Oportunidades externas

A 7ª edição das Semanas de Inovação entre Brasil e Suécia irá ocorrer entre os dias 19 e 30 de novembro. Durante os eventos, especialistas, empresários, acadêmicos, representantes de instituições públicas, pesquisadores brasileiros e suecos irão se encontrar para discutir assuntos relevantes para os dois países. Para ampliar ainda mais o horizonte, foram planejados diversos eventos com temas inovadores em várias localidades do Brasil. Nesta edição serão abordados tema de bioeconomia, saúde, energia renováveis (biogás), aeronáutica, financiamento, mobilidade, indústria 4.0, engenharia, empreendimentos entre outros assuntos. 

Neste ano será realizado um Workshop em Brasília, no dia 20 de novembro, sobre cooperação em pesquisa e mobilidade entre
Brasil e Suécia. O seminário contará com apresentações da Capes e do CNPq além de depoimentos de pesquisadores que já participaram de programas de cooperação entre os dois países.

O seminário será aberto ao público mas sujeito ao limite do auditório.

Para fazer a inscrição basta preencher o formulário: https://goo.gl/forms/90wpKIbOOv9MeT203

Participem!!

Saiba mais: https://inovacaosueciabrasil.com.br/


Com o tema 'Agbára Dúdú', evento celebra o Mês da Consciência Negra e lembra a contribuição dos povos africanos para a astronomia

O Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) realiza a XXVI Semana de Astronomia (SEMA), de 13 a 17 de novembro, com uma série de atividades grátis. Em celebração ao Mês da Consciência Negra, a instituição vai lembrar as contribuições dos povos africanos para a cultura e a astronomia moderna. Durante cinco dias, o evento com o tema Agbára Dúdú (no idioma yorubá significa 'força negra') mostrará ao público recentes descobertas da ciência por meio de atividades lúdicas e palestras para crianças, jovens e adultos. Uma das novidades deste ano é uma programação específica para professores, que acontecerá paralelamente às atividades voltadas aos visitantes do Museu e contará com a presença de cientistas africanos.

Normalmente, a ciência é compreendida como algo abstrato e alheio às tensões e processos sociais. No entanto, este entendimento vem mudando nas últimas décadas com os avanços dos estudos sociais das ciências. Neste contexto, a XXVI Semana de Astronomia levantará discussões sobre uma das principais heranças da diáspora africana na América: a cultura brasileira. Isto se justifica porque não é possível fazer história da ciência, promover a educação em ciências nem divulgação científica sem entender a cultura que produziu seus cientistas, suas instituições e suas práticas.

Entre os destaques da Semana de Astronomia do MAST, estão as sessões de planetário sobre astronomia nas culturas africanas --elaboradas pelo grupo de planetaristas do programa Ciência Móvel do Museu da Vida --, sessões de filmes e debates com o Coletivo Cineclube Atlântico Negro (CAN), palestras de astronomia na perspectiva étnico-racial e oficinas como a de 'Relações Raciais e Cultura Brasileira' com astrônomos do Observatório Nacional.

Para os Professores

O MAST criou uma programação especial para os professores, que acontecerá na quinta-feira, 15/11. Com a participação de cientistas africanos, as atividades terão com carga horária de 10 horas, com direito a declaração de participação, a abordará os desafios para o ensino da astronomia e da física em sala de aula, boas práticas e trocas de experiências entre os docentes. Para participar, no entanto, é necessário fazer a inscrição.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA

XXVI Semana de Astronomia 2018 - Agbára Dúdú

Terça-feira - 13/11

Planetário Astronomia nas Culturas: África - Sessões às 9h,10h, 11h, 14h,15h e 16h - Sala de Atividades do Prédio Sede do MAST

Muita gente pode não se dar conta, mas os diferentes povos e culturas atribuem diversificadas interpretações e significados ao céu, lua, sol, estrelas e eclipses. Nesta sessão de planetário será explorada a cosmovisão de alguns povos africanos.

Programa de Observação do Sol - De 9h às 12h  e das 14h às 17h - Pátio Externo do MAST.

O MAST possui telescópios e filtros para a observação do Sol de forma segura. Por meio deles vemos o Sol com um aspecto alaranjado e podemos observar as manchas solares, observadas pela primeira vez com por Galileu Galilei, no século XVI.

Bate-papo com cientistas brasileiros e africanos - 10h - Auditório do Prédio Anexo do MAST

O astrônomo moçambicano Valente Cuambe, a astrônoma cabo-verdiana em formação Dulcelena Cardoso Semedo e a geóloga do Nordeste do Brasil Dayse Mirella Oliveira Timóteo conversam com o público sobre suas trajetórias acadêmicas.

Oficina de Astronomia - Astrônomos do Observatório Nacional - 15h

Quarta-feira - 14/11

Planetário Astronomia nas Culturas: África - Sessões às 9h,10h, 11h, 14h,15h e 16h - Sala de Atividades do Prédio Sede do MAST

Programa de Observação do Sol - De 9h às 12h  e das 14h às 17h - Pátio Externo do MAST.

Oficina de Astronomia -Astrônomos do Observatório Nacional - 10h

Exibição do curta-metragem Jurema seguido de debate com Clementino Junior (CAN) e Aza Njeri (UFRJ) - 15h - Auditório do Prédio Anexo do MAST

Realizado em 2014 pelo cineasta Clementino Junior, o filme de 14 minutos mostra o registro íntimo do Ritual da Jurema, como é feito na Umbanda da Irmandade Cercado de Boiadeiro em Sepetiba, Rio de Janeiro, sob o comando da Iyalorixá e atriz Chica Xavier.

Quinta-feira - 15/11

Planetário Astronomia nas Culturas: África - Sessões às 15h e 17h - Sala de Atividades do Prédio Sede do MAST

Programa de Observação do Sol - Das 14h às 17h - Pátio Externo do MAST

Oficina 'Desconstruindo Olhares' - Dra. Moema Vergara, Dr. Bruno Capilé e Hellen Tavares (MAST) - 16h - Auditório do Prédio Sede do MAST.

A  cultura brasileira é marcada pela miscigenação em um contexto de dominação colonial que gerou uma hierarquização das relações raciais e o consequente racismo, causador de conflitos no cotidiano. Nesta oficina, a historiadora do MAST, Dra. Moema Vergara, o biólogo Dr. Bruno Capilé e a pedagoga em formação, Hellen Tavares, irão provocar uma discussão, por meio de imagens, sobre os processos que construíram nossa percepção sobre a questão racial.

Sexta-feira - 16/11

Planetário Astronomia nas Culturas: África - Sessões às 9h,10h, 11h, 14h,15h e 16h - Sala de Atividades do Prédio Sede do MAST

Programa de Observação do Sol - De 9h às 12h  e das 14h às 17h - Pátio Externo do MAST.

Palestra Do Big Bang às Culturas: A História da Astronomia Numa Perspectiva Étnico-Racial - 10h - Auditório do Prédio Anexo do MAST.

Narração   de   história   apresentada   pelo   Dr.   Alan   Alves   Brito,   astrofísico da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, apresentará a história da Astronomia numa perspectiva étnico-racial. De 13.8 bilhões de anos atrás para cá, o tecido cósmico do Universo, a luz, a matéria, as galáxias, as estrelas, os buracos negros, os planetas e a própria vida como a conhecemos fazem parte do "retrato de família" do Universo.

Exibição do Filme Águas no Muquém - Sobreviventes de uma Enchente seguido de debate com Clementino Junior (CAN) e  Mestre Julio Vítor - 15h - Auditório do Prédio Anexo do MAST.

Este documentário de 25 minutos registra as memórias dos sobreviventes do Quilombo do Muquém, referentes à enchente de 2010 do Rio Mundaú em União dos Palmares, Alagoas. As tábuas de salvação de dezenas de pessoas foram os tetos das casas e principalmente os Pés de Jaca que sustentaram diversos moradores durante mais de 10 horas. Realizado em 2013, o filme é fruto da Oficina de Vídeo-Memória do Cineclube Atlântico Negro ministrada pelo professor Clementino Junior em União dos Palmares.

Sábado - 17/11

Planetário Astronomia nas Culturas: África - Sessões às 15h e 17h - Sala de Atividades do Prédio Sede do MAST

Programa de Observação do Sol - Das 14h às 17h - Pátio Externo do MAST

Palestra 'Narrar e dominar: algumas reflexões sobre as representações do Antigo Egito' - 15h - Auditório do Prédio Anexo do MAST.

Nesta palestra, a professora Giselle Marques Camara (da área de História Antiga no Departamento de História da PUC-Rio e do Programa de Pós-graduação em História Antiga e Medieval UERJ) discutirá as representações do Egito dos Faraós, que nos faz imaginar em "um Egito branco e ocidental" descolado da África.

Brincando com o Sol - Demonstração de Aparatos de Energia Solar - 14h às 17h - Pátio Externo do MAST.

Oficina AstroMania: Radioastronomia Loves África! - 16h - Auditório do Prédio Sede do MAST.

Nesta atividade são abordadas as ondas de rádio que vêm de origem extraterrestre e são capturadas por grandes antenas chamadas radiotelescópios. Neste AstroMania temático, construiremos uma antena galena, que capta ondas de rádio terrestres. A antena vai nos ajudar a entender mais sobre os radiotelescópios e como astrônomos do Square Kilometre Array, o maior radiotelescópio terrestre ser instalado em oito países da África e Austrália, irão desvendar mistérios sobre galáxias, estrelas e buracos negros.

Sarau astronômico-musical com o cavaquinista Pedro Cantalice - 17h30 - Campus do MAST / Observatório Nacional

Programa de Observação do Céu - 18h30 às 20h - Pavilhão da Luneta Equatorial 21

Nesta atividade, são utilizados equipamentos como a centenária Luneta Equatorial Heyde de 21 cm e um telescópio refletor Celestron de 8 polegadas de abertura. No período da XXVI SEMA será possível observar a Lua e Marte.

SERVIÇO

XXVI Semana de Astronomia (SEMA) - 13 a 17 de novembro Museu de Astronomia e Ciências Afins - MAST
Rua General Bruce, 586 / Tel:
3514-5299 e 3514-5229

Inscrições para Professores - Acesso pelo link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSezgkr2GrMy2WZOayZjUzJ0M9icB_9zmXvV6YtCq44S_A1OTQ/viewform

Grupos escolares - Agendamento com o Núcleo de Público do MAST pelo e-mail atendimento@mast.br ou pelo telefone (21) 3514-5229. Grátis


O Banco de boas práticas da Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) é um registro das melhores práticas na área de responsabilidade socioambiental de órgãos e instituições parceiras da A3P. Ele dá conhecimento público do sucesso de programas e projetos desenvolvidos pelo setor público dentro de diretrizes socioambientais, premiadas pelo programa A3P.

É fato que nem toda boa prática nos órgãos públicos está aqui documentada. É preciso reconhecer que a capacidade de criar e implementar ações socioambientais no setor público nem sempre está associada à A3P e nem sempre foi premiada pelo programa. A A3P parabeniza esses atores anônimos, discretos, e os convida a se integrarem ao programa pelo muito que têm a contribuir e ensinar para todos os demais.

O prêmio A3P visa reconhecer e documentar as melhores práticas, possibilitando a troca de experiências, compartilhando as ideias e promovendo o enriquecimento mútuo sobre o tema.

O prêmio acontece a cada dois anos, possuindo um histórico de grande incidência de inscrições dos mais diversos recantos do país, mostrando que os órgãos e instituições têm orgulho do que fazem e querem difundir seus casos de sucesso para todo país.

Estes casos de sucesso revelam para a A3P e para a sociedade que é possível fazer uma boa gestão sob os princípios da sustentabilidade com efeitos ambientais e sociais irreversíveis. Eles mostram que há necessidade de adoção de diretrizes socioambientais nos órgãos públicos por ser o que há de mais moderno no planeta.

Para ampliar o seu Banco de Boas Práticas, o Ministério do Meio Ambiente e o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente firmaram uma parceria para identificar e divulgar boas práticas que possam auxiliar prefeitos, secretários e outros gestores públicos dos 5.570 municípios brasileiros a implementarem programas de sustentabilidade.
 
Órgãos públicos do Executivo, Legislativo e Judiciário, instituições de ensino e pesquisa, empresas públicas e privadas, cooperativas e organizações não governamentais estão convidados a participar desta chamada pública e inscrever gratuitamente suas iniciativas (práticas, projetos, programas e políticas) que apresentam resultados positivos concretos até o dia 23 de novembro de 2018.
 
Para mais informações clique AQUI!

Inscrições de projetos podem ser realizadas entre 30 de outubro e 09 de dezembro no site https://www.fcc.org.br/fcc/educacao-pesquisa/editalef2/

 

O Itaú Social, em parceria com a Fundação Carlos Chagas (FCC), lança o edital Os Anos Finais do Ensino Fundamental: Adolescências, Qualidade e Equidade na Escola Pública para financiar pesquisas aplicadas que apontem recomendações para a superação dos desafios da etapa de escolarização do 6º ao 9º ano. Serão destinados R$ 3,68 milhões para o financiamento de até 14 projetos, com duração de até dois anos (confira abaixo principais pontos do regulamento).

 

Pesquisadores, escolas públicas, redes de ensino e organizações da sociedade civil (OSCs) são convidados a investigar este ciclo, promovendo a interação entre a academia e a realidade escolar. O Edital está disponível no site da FCC (https://www.fcc.org.br/fcc/educacao-pesquisa/editalef2/) e as inscrições ser realizadas entre 30 de outubro e 09 de dezembro.

 

De acordo com Patricia Mota Guedes, gerente de Pesquisa e Desenvolvimento do Itaú Social, ¿é nessa etapa de escolarização que se intensificam os problemas de desempenho, reprovação, abandono e evasão, e que se agravam até o Ensino Médio. Ainda existe carência de estudos que investiguem e proponham alternativas para os desafios desse ciclo¿.

 

¿Trata-se de um período com muitas especificidades, seja no âmbito curricular, didático, de organização escolar e também do perfil dos estudantes, adolescentes a partir de 11 anos, muitos com histórico de distorção idade-série¿, afirma Gisela Lobo Tartuce, uma das coordenadoras do projeto e pesquisadora do Departamento de Pesquisas Educacionais da FCC.

 

Do 6º ao 9º ano, os índices de acesso, permanência e aprendizagem são preocupantes. A soma da taxa de reprovação e abandono dos Anos Finais (12,6% em média) continua sendo radicalmente superior à dos Anos Iniciais (5,8%). Somente no 6º ano, três em cada dez estudantes têm, no mínimo, dois anos de atraso escolar.

 

A melhoria da qualidade das políticas educacionais e do funcionamento cotidiano das escolas passa, entre outras iniciativas, pelo fomento, apoio e disseminação de pesquisas comprometidas com a construção de soluções que contribuam para a melhoria da educação e enfrentamento das dificuldades.

 

O Edital destinará recursos para o financiamento de até 14 projetos. Os que forem submetidos nas modalidades 1 e 2 terão prazo de realização de 18 meses e receberão R$ 100 mil. Na modalidade 3, os projetos têm duração de dois anos e receberão o valor de R$ 150 mil por ano.

 

As inscrições ocorrem entre 30 de outubro e 09 de dezembro e deverão ser feitas por pesquisadores com titulação mínima de doutorado, com parceria firmada com escola, rede pública e/ou OSC. O pesquisador coordenador também poderá estabelecer associação ou não com pesquisadores com titulações menor ou similar. 

Os projetos selecionados serão divulgados em março de 2019. O recebimento dos recursos e início dos trabalhos ocorrerão em maio de 2019.

 

Detalhes do Edital

Quem pode participar:

Os projetos devem ser elaborados coletivamente por pesquisador doutor junto a escola(s) pública(s) e/ou equipe técnica de rede(s) de ensino. Organizações da sociedade civil, que atuam no campo da educação, também podem participar, desde que em parceria com os atores citados anteriormente.

 

Inscrições:

30 de outubro a 09 de dezembro de 2018. A submissão dos projetos no sistema on-line de inscrição deverá ser feita apenas pelo pesquisador doutor.

 

Modalidades:

  1. elaboração de diagnóstico e produção de agenda de recomendações;
  2. sistematização e avaliação de projeto ou programa educacional já implementado ou em implementação;
  3. orientação de implementação de projeto ou programa educacional que seja realizado originalmente por OSC, coletivo, escola, rede de ensino ou instituição de ensino superior como projeto de extensão.


Eixos orientadores*:

  1. Espaços de ação educativa:
  • Escola;
  • Relação entre escola e comunidade;
  • Relações institucionais no sistema de ensino;
  • Relações intersetoriais em políticas públicas.

 

  1. Campos temáticos (com subtemas):
  • Currículo, práticas e avaliação;
  • Clima escolar e relações interpessoais;
  • Processos gestão escolar e educacional.

* Os projetos devem contemplar os dois eixos de pesquisa, estabelecendo cruzamento entre eles.


Etapas de seleção:

  1. Análise técnica pela Comissão de Avaliadores ad hoc da adequação ao edital e documentação - caráter eliminatório;
  2. Análise de mérito pela Comissão de Avaliadores ad hoc;
  3. Análise de mérito pelo Comitê Executivo.

 

Duração e financiamento:

  1. Modalidades 1 e 2:
  2. 18 meses;
  3. R$ 100 mil;
  4. De 5 a 7 projetos selecionados;
  5. Bolsa para pesquisador coordenador: R$ 3.000,00 por mês.

 

  1. Modalidade 3:
  • 24 meses;
  • R$ 150 mil por ano;
  • De 5 a 7 projetos selecionados;
  • Bolsa para pesquisador coordenador: R$ 3.000,00 por mês.


Resultado: 15 de março de 2019

Recebimento de recursos e início das pesquisas: maio de 2019

 

 

__________________________________________

TAMER COMUNICAÇÃO

Atendimento:

Elaine Alves ¿ 11 3031-2388 ¿ ramal 237 ¿ 11 97514-0799 (elaine@tamer.com.br)

Paula Ferraz ¿ 11 303-2388 ¿ ramal ¿ 239 (paula@tamer.com.br)

Coordenação:

Ana Claudia Bellintane ¿ 11 3031-2388 ¿ ramal 238 ¿ 11 96909-4407

(anaclaudia@tamer.com.br)

 


 

Já estão abertas as inscrições para aqueles que têm interesse em submeter propostas de Comunicação Oral e/ou Apresentação Artística em torno da temática ¿Vida e obra de Ernani Aguiar e Guinga¿.

 

As propostas deverão ter 20 minutos de duração e poderão ser submetidas individualmente ou por grupos.

 

As submissões deverão ser enviadas até o dia 15 de novembro exclusivamente por sistema de formulário eletrônico disponível na página www.fmcb.com.br/inscricoes


Estão abertas as inscrições para o Programa de Bolsas Keizo Obuchi - UNESCO/Japão para jovens pesquisadores.

Serão oferecidas dez bolsas de pesquisa nas seguintes áreas de interesse da UNESCO: 1) meio ambiente, com ênfase em redução de riscos de desastres; 2) diálogo intercultural; 3)tecnologias da informação e comunicação; e 4)resolução pacífica de conflitos. 

As candidaturas deverão ser enviadas pelas Comissões Nacionais à Seção de Programas e Bolsas da UNESCO, até 30 de novembro. Cada comissão nacional poderá enviar no máximo duas candidaturas.

Cópias dos processos de candidatura poderão ser adiantadas por correio eletrônico, aos endereços s.bantchev@unesco.org e l.zas-friz@unesco.org

Mais informações em https://en.unesco.org/fellowships/keizo-obuchi/institutional-page/new-launching-cycle-2018


O Human Vaccines Project abriu inscrições para os Prêmios Michelson 2019, que oferecem US $ 150.000 concedidos anualmente a investigadores com menos de 35 anos com pesquisas que promovam o desenvolvimento de vacinas e imunoterapias para as principais doenças globais.

Os Prêmios Michelson de 2019 foram expandidos para incluir três áreas de foco:

  • Imunologia Humana
  • Biologia Computacional e Engenharia de Proteínas
  • Doenças Parasitárias Negligenciadas

O prazo para inscrição é 29 de outubro de 2018.

O Prêmio é aberto a candidatos de todas as áreas interdisciplinares (incluindo pesquisa clínica, engenharia de proteínas, inteligência artificial, imagens, ciência da computação, bioengenharia, nanotecnologia e outros).

Visite www.humanvaccinesproject.org/MichelsonPrizes para saber mais.


 

ICMC está com inscrições abertas em três programas de pós-graduação

Quem sonha fazer mestrado, doutorado ou doutorado direto na melhor universidade do Brasil nas áreas de matemática, computação ou estatística pode se inscrever nos processos seletivos do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos. Para ler os editais dos três programas de pós-graduação do Instituto que estão com inscrições abertas, ficar sabendo quais são os prazos para inscrição e como funcionará as etapas da seleção de cada um, basta acessar este link: www.icmc.usp.br/pos-graduacao/ingresso. Os selecionados ingressam nos programas no primeiro semestre de 2019.

A oportunidade de conciliar a escolha por uma universidade de alto padrão, classificada como a melhor da América Latina em vários rankings, com uma ótima qualidade de vida tem atraído cada vez mais estudantes para a USP, em São Carlos. Entre as vantagens que os estudantes destacam está o fato de conseguirem morar perto da Universidade, gastando pouco tempo nos deslocamentos; poderem ser orientados por uma equipe de professores altamente qualificados, que atuam em 31 diferentes grupos de pesquisa; e, ainda, contar com uma infraestrutura capaz de suprir todas  as necessidades de um pós-graduando.

Matemática ¿ Um ambiente excitante para discutir e aprender matemática. É assim que o professor Daniel Smania define o ICMC. O Programa de Pós-Graduação em Matemática (PPG-Mat) do Instituto é um dos melhores da área no país, sendo reconhecido com nota máxima (7) na última avaliação trienal realizada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

¿A tradição e qualidade do programa abre, ainda, oportunidades para bolsas, financiamentos, parcerias e intercâmbios, o que contribui para a formação de nossos alunos¿, explica Smania, que coordena PPG-Mat. ¿O custo de vida é menor do que nas grandes cidades, então, as bolsas podem ser melhor aproveitadas. E o campus pequeno e convidativo ajuda muito na integração dos alunos¿, completa Smania.

As inscrições para mestrado e doutorado no PPG-Mat estão abertas até dia 25 de outubro. Saiba mais acessando este link: www.icmc.usp.br/pos-graduacao/ppgmat/ingresso.

Computação ¿ Em 2017, o Programa de Pós-Graduação em Ciências de Computação e Matemática Computacional (PPG-CCMC) do ICMC também recebeu a nota máxima (7) na avaliação quadrienal realizada pela Capes. ¿A nota 7 é atribuída apenas a programas que têm excelência internacional, ou seja, que são equivalentes aos oferecidos pelas melhores universidades do mundo¿, explica o professor Adenilso Simão, que coordena o Programa.

Em todo Brasil, existem hoje 77 programas de pós-graduação na área de computação e apenas sete deles receberam a nota máxima da Capes. ¿Os doutores que se formam no ICMC têm atuado na criação de diversos outros programas de pós-graduação no Brasil e na América Latina¿, completa o professor.

As inscrições para ingressar no PPG-CCMC estão abertas: quem deseja fazer doutorado ou doutorado direto deve se inscrever até 27 de setembro; já aqueles que pretender entrar no mestrado têm até dia 24 de outubro para efetuar a inscrição. Saiba mais acessando este link: www.icmc.usp.br/pos-graduacao/ppgccmc/ingresso.

Estatística ¿ O Programa Interinstitucional de Pós-Graduação em Estatística (PIPGEs) é resultado de uma parceria entre o ICMC e o Departamento de Estatística da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). O principal objetivo do PIPGEs é a formação de pesquisadores com atuação direta na modelagem, descrição e estimação de fenômenos aleatórios, assim como na sua aplicação na indústria e em áreas como medicina e biologia, dentre outras.

As inscrições para ingressar no mestrado e no doutorado do PIPGES podem ser realizadas até dia 29 de novembro. Já as inscrições para o doutorado direto começam na segunda-feira, 24 de setembro, e também se estendem até 29 de novembro. Saiba mais acessando este link: www.icmc.usp.br/pos-graduacao/pipges/ingresso.

Outros programas ¿ Além desses programas, o ICMC oferece dois mestrados profissionais: o Mestrado Profissional em Matemática, Estatística e Computação Aplicadas à Indústria (MECAI) e o Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (ProfMat), oferecido em parceria com a Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).

Este ano o Instituto criou, ainda, um novo curso de pós-graduação a distância para formar especialistas em computação aplicada à educação. Qualquer pessoa com formação universitária pode se inscrever nessa iniciativa, já que não é necessário possuir conhecimento prévio na área de computação e programação.

Texto: Assessoria de comunicação do ICMC/USP 

Foto: Nilton Júnior/ArtyPhotos

Mais informações
Serviço de Pós-Graduação do ICMC: (16) 3373.9638
E-mail: posgrad@icmc.usp.br

 

Vagas estão abertas para alunos de Ciências de Computação, Engenharia de Computação ou Sistemas de Informação; inscrições vão até 12 de setembro

 
Alunos matriculados em cursos de Ciências de Computação, Engenharia de Computação ou Sistemas de Informação podem se candidatar a uma vaga de estágio no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos. 
 
O estagiário vai atuar junto à Seção Técnica de Informática do Instituto e realizará atividades práticas de apoio a projeto, análise e desenvolvimento de software. Para se inscrever, o candidato deve ter completado o 4º semestre do curso.
 
As inscrições estão abertas até o dia 12 de setembro, e devem realizadas por meio do site vagas.icmc.usp.br. A remuneração é de R$ 1.025,15, além de auxílio transporte diário, para jornada semanal de atividades é de 30 horas. O processo seletivo será composto por prova objetiva de múltipla escolha. 
 
 
Mais informações
Edital ICMC/USP 002/2018: www.icmc.usp.br/e/1c201
Inscrições até 12 de setembro: vagas.icmc.usp.br
Assessoria de Comunicação do ICMC: (16) 3373.9666
 

Vaga é oferecida pelo programa de pós-graduação oferecido em parceria pelas duas Universidades

O Programa Interinstitucional de Pós-Graduação em Estatística (PIPGEs) está com inscrições abertas até o próximo domingo, dia 23 de setembro, no processo seletivo para uma bolsa de pós-doutorado. Oferecido em parceria pelo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, e pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), o PIPGEs oferece a oportunidade no âmbito do Programa Nacional de Pós-Doutorado (PNPD) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

A pessoa selecionada atuará sob a supervisão de docente do núcleo permanente do PIPGEs, desenvolvendo trabalho na linha de pesquisa desse docente. A bolsa, no valor de R$ 4,1 mil mensais, terá duração de um ano, com início previsto para o mês de outubro deste ano. A seleção será realizada com base no projeto de pesquisa e no plano de trabalho apresentados, bem como no currículo. Todas as informações referentes à seleção estão em edital disponível no site do PIPGEs, em www.pipges.ufscar.br.

O PIPGEs foi iniciado em 2013, a partir de uma associação entre os grupos de pesquisa do Departamento de Matemática Aplicada e Estatística do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USPde Probabilidade e Estatística do Departamento de Estatística (DEs) da UFSCar e . Suas linhas de pesquisa são: Análise de Sobrevivência; Inferência Bayesiana; Inferência Estatística; Modelos de Regressão; e Probabilidade. Mais informações podem ser conferidas no site do Programa, e dúvidas podem ser encaminhadas ao e-mail pipges@ufscar.br.
 
Texto: Assessoria de Comunicação do ICMC com informações da Coordenadoria de Comunicação Social da UFSCar
 
Mais informações
Seção de Pós-Graduação: (16) 3351.8292 / 3351.8241
Site do PIPGEs na UFSCar: www.pipges.ufscar.br

Aulas começam dia 12 de setembro e acontecem às quartas-feiras, das 14 às 16 horas

 
Quem tem 60 anos ou mais e deseja se aproximar do mundo dos computadores pode se inscrever em um curso gratuito de informática básica para a terceira idade. A iniciativa é oferecida pelo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos.
 
O objetivo é ensinar aos alunos conhecimentos básicos de informática, para que elas tenham independência no acesso à informação, entretenimento, cultura e lazer por meio da internet. As aulas começam no dia 12 de setembro e terminam em 31 de outubro, sempre às quartas-feiras, das 14 às 16 horas. 
 
As inscrições já estão abertas e se encerram no dia 11 de setembro. Há 20 vagas disponíveis e, para se inscrever, é preciso comparecer ao Serviço de Apoio Acadêmico, que fica na sala 3-001 do ICMC, na área I do campus da USP. O horário de atendimento é das 9 às 11 horas e das 14 às 16 horas. No dia  dia 7 de setembro.
 
Como há uma grande demanda pelo curso, antes de ir ao Instituto fazer a inscrição, recomenda-se que os interessados se informem sobre a existência de vagas por meio do telefone (16) 3373-9146. Como forma de contribuição solitária, os alunos matriculados deverão trazer, no primeiro dia de aula, um litro de leite longa vida, que serão doados para asilos da cidade.
 
Coordenado pelos professores Marcelo Manzato e Ellen Barbosa, o curso é uma iniciativa conjunta do Programa de Educação Tutorial (PET-Computação) do ICMC, do Núcleo de Apoio à Pesquisa em Software Livre (NAPSoL) e do Centro de Competência de Software Livre (CCSL). O projeto foi especialmente desenvolvido para propiciar aos idosos um atendimento personalizado: alunos do ICMC vão ajudar a ministrar as aulas, atuando como monitores. A seguir, confira o conteúdo do curso. Conteúdo do curso:
 
 
Noções básicas de hardware
  • CPU, mouse, teclado, monitor de vídeo
  • Periféricos: CD, DVD, pendrive, HD externo
  • Outros: Impressora, máquina fotográfica, scanner, celular, tablet, smartphone
Noções básicas de software
  • Organização e armazenamento de documentos
  • Editores de texto simples
  • Ferramentas de cálculo
Internet
  • Principais navegadores e ferramentas de busca
  • Ferramentas de comunicação e redes sociais (email, Facebook, Skype, whatsapp)
  • Calendário, agenda
  • Uso consciente: vírus e programas maliciosos
  • Sites de interesse do público-alvo
 

Texto: Assessoria de Comunicação do ICMC-USP / Imagem: Marcos Santos
 
 
Serviço: Curso de informática básica para a terceira idade
Inscrições: pessoalmente, no Serviço de Apoio Acadêmico do ICMC (sala 3-001)
Avenida Trabalhador são-carlense, 400, área I do campus da USP, no centro de São Carlos
Período de inscrições: 5 a 11 de setembro, ou enquanto houver vagas
Horário de atendimento: das 9 às 11 horas e das 14 às 16 horas
Telefone: (16) 3373.9146
E-mail: ccex@icmc.usp.br
 

O Programa Horizonte 2020 anunciou o lançamento de duas chamadas específicas sobre infraestruturas de pesquisa. Essas chamadas abrangem, respectivamente, pesquisa e atividades de política e estratégias voltadas para infraestruturas de pesquisa, estando as instituições brasileiras aptas a receberem fundos da UE.

Como se trata de chamadas internacionais, cujas candidaturas são feitas diretamente no Portal da União Europeia, as principais condições e requisitos para apresentação das propostas, bem como os endereços eletrônicos com os respectivos os "guidelines" foram resumidos a seguir, no idioma inglês.

Confira:

INFRAIA-01-2018-2019-b) / Integrating activities for Advanced Communities (updated on 25 July 2018)

https://ec.europa.eu/research/participants/portal/desktop/en/opportunities/h2020/topics/infraia-01-2018-2019.html

Some main features:

  • Research and Innovation Actions (RIAs): Collaborative research projects.
  • Budget: ¿110 million - About 11 projects will be supported among the 20 areas addressed for the 2019 deadline. i.e. not all areas can be supported.
  • 20 areas under Biological and medical sciences; Energy; Environmental and earth sciences; Mathematics and ICT; Materials sciences and analytical facilities; Physical sciences; and Social sciences and humanities.
  • Given the specific nature of this topic, all the three types of activities: networking, access and joint research activities shall be included in the proposals (see provisions under the part D of the section ¿Specific features for Research Infrastructures¿ for the preparation of applications).
  • Legal entities established in ¿ Brazil¿ which provide, under the grant, access to their research infrastructures to researchers from EU Members States and Associated countries to Horizon 2020, are eligible for funding from the EU.
  • Opening on 14 Nov.2018 and deadline 20 March 2019.

INFRASUPP-01-2018-2019-d) / Policy and international cooperation measures for research infrastructures

https://ec.europa.eu/research/participants/portal/desktop/en/opportunities/h2020/topics/infrasupp-01-2018-2019.html

Some main features:

  • Coordination and Support Action (CSA): Accompanying measures such as networking, policy and strategic dialogues and studies, dissemination, awareness-raising and communication ¿ No research project.
  • Budget: ¿1.5 million - Only one project will be supported.
  • Legal entities established in Brazil are eligible for funding from the EU.
  • Opening on 14 Nov.2018 and deadline 20 March 2019.

 


Estão abertas as inscrições para o Prêmio em Saúde da Fundação Baillet Latour.

Com o tema 'Doenças Cardiovasculares', a premiação é no valor de 250 mil euros, concedida pelo Comitê Científico para Pesquisa Médica da Fundação.

As inscrições vão até 30/09/2018.

Saiba mais: http://www.fondsbailletlatour.com/media/misc_media/2019-FBL_Health_Prize-Regulations.pdf


A Grand Challenges Canadá, por meio do programa Stars, está recebendo propostas para financiar estudos em Saúde e Direitos Sexuais e Reprodutivos (SRHR), com um foco elevado na violência sexual e de gênero e no casamento infantil, precoce e forçado. A oportunidade de financiamento é para candidatos em países de baixa e média renda e no Canadá.

A intenção é buscar ideias ousadas com grande impacto para produtos, serviços e modelos de implementação que possam transformar a forma como os desafios persistentes na saúde e nos direitos sexuais e reprodutivos são abordados. As propostas bem-sucedidas receberão doações de até CAD $ 100.000 por até 12 meses.

PRAZO DE INSCRIÇÃO: Terça-feira, 25 de setembro de 2018, às 15:00 (ET)

Saiba mais em: www.grandchallenges.ca/funding-opportunities


Segunda edição do evento acontece de 2 a 6 de setembro no ICMC
 
Apresentar as mais avançadas e promissoras técnicas e ferramentas para análise de grandes volumes de dados. Este é o principal objetivo da segunda edição da Escola Avançada em Big Data Analysis, que acontecerá de 2 a 6 de setembro no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos. O evento é composto por 10 minicursos, que serão apresentados por renomados pesquisadores do Brasil e do exterior.
 
A Escola é voltada para alunos de pós-graduação e profissionais graduados em computação, estatística, engenharias, economia e áreas afins. Alunos de graduação serão aceitos desde que estejam no último ano do curso. As inscrições estão abertas e podem ser realizadas por meio do site do evento. Há um desconto na taxa para as inscrições realizadas até o dia 10 de agosto. 
 
"Tanto big data quanto deep learning se apresentam como duas grandes tendências que irão impactar e influenciar o futuro da ciência de dados. Por seu caráter multidisciplinar, acredita-se que esta escola proporcionará o desenvolvimento de importantes pesquisas abordando os temas envolvidos", afirma a professora Roseli Romero, coordenadora geral do evento.
 
Empresas e instituições que quiserem espaço para expor seus produtos e serviços devem entrar em contato pelo e-mail rafrance@icmc.usp.br.
 
Realização e apoio - A Escola é organizada pelo Departamento de Ciências da Computação do ICMC e conta com apoio do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), do Centro de Robótica de São Carlos (CRob) e da Pró-Reitoria de Pesquisa da USP.
 
Com informações da Assessoria de Comunicação CeMEAI


Mais informações
Site do evento: www.cemeai.icmc.usp.br/2EABDA/
Seção de Eventos do ICMC
Tel. (16) 3373-9622 / eventos@icmc.usp.br
 

 
Evento acontece de 20 a 24 de agosto no ICMC; submissão de trabalhos pode ser realizada até a próxima quarta-feira, 1 de agosto
 
O Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), da USP, em São Carlos, promove o 21º Simpósio de Matemática para a Graduação (SiM) de 20 a 24 de agosto. O evento tem como objetivo promover a formação global do aluno de graduação, despertando nele o interesse pela pesquisa através de discussões multidisciplinares e contatos com pesquisadores do Instituto e de outras instituições. A iniciativa possibilita também que os alunos apresentem seus projetos e conheçam trabalhos de outros alunos que realizam iniciação científica em diferentes áreas da matemática.
 
São convidados a participar do SiM alunos de graduação, professores e docentes do nível superior que tenham interesse em matemática. As inscrições podem ser feitas até dia 20 de agosto no site do evento e os valores da inscrição variam de R$ 15 a R$ 55. Já os que tiverem interesse em submeter trabalhos devem se inscrever até a próxima quarta-feira, dia 1 de agosto. Os resumos serão publicados em um livro eletrônico, com ISBN.
 
Programação ¿ ¿A mesa-redonda de ex-alunos do ICMC é um ponto forte da programação, em que egressos de vários cursos de matemática fornecem depoimentos sobre suas carreiras profissionais, seus sucessos e os desafios enfrentados¿, comenta uma das coordenadoras do evento, a professora Edna Zuffi. Além disso, ela explica que a novidade desta edição é um bate-papo sobre possibilidades profissionais com o Banco Safra e também uma palestra com tour guiado até o Laboratório de Ensino de Matemática do ICMC. A programação completa estará disponível no site do evento a partir do dia 13 de agosto.
 
O SiM é promovido conjuntamente pelos Departamentos de Matemática (SMA) e de Matemática Aplicada e Estatística (SME) do ICMC. O evento, que faz parte de um programa de valorização do ensino na graduação e das suas relações com atividades de extensão, também foca na divulgação da área de matemática no Brasil, especificamente, na região central do Estado de São Paulo.
 
Texto: Talissa Fávero - Assessoria de Comunicação do ICMC/USP

Mais informações
Site do evento: http://sim.icmc.usp.br/sim2018/
Telefones: (16) 3373-9703 e 3373-6601
E-mail: sim@icmc.usp.br
 

 
Inscrições devem ser realizadas até o dia 6 de agosto
 
O Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, está com inscrições abertas para o curso de animação 2D. O objetivo é apresentar conceitos, técnicas e ferramentas do desenvolvimento de arte digital para jogos, com foco em uma aplicação prática. 
 
O curso Técnicas de Animação usando Anima2D é gratuito, destinado a todos os interessados e acontecerá na quarta-feira, 8 de agosto, das 14 às 18 horas, no laboratório 6-303/304 do ICMC. Há 40 vagas disponíveis e os alunos devem se inscrever pelo Sistema Apolo, no seguinte link: icmc.usp.br/e/b4800. As inscrições podem ser realizadas até o dia 6 de agosto ou enquanto houver vagas.
 
Sob coordenação do professor Cláudio Toledo, a atividade é uma iniciativa do grupo de extensão Fellowship of the Game (FoG), que é voltado ao estudo e desenvolvimento de jogos digitais. Quem vai ministrar o curso são os alunos Arthur Souza e Gabriel Arantes, do ICMC, que atuam no FoG desde 2015. Arthur tem experiência no desenvolvimento de jogos empregando diversas ferramentas (Unity, Unreal Engine 4). Já Gabriel tem conhecimentos da área de jogos com ênfase no desenvolvimento da parte gráfica e possui experiência com diversas ferramentas de desenho (Krita, GIMP) e animação (Animação 2D).
 
O desenvolvimento de jogos eletrônicos vem galgando posição relevante tanto como segmento industrial, com significativa expressão econômica, quanto como área de atração de talentos para a área de computação. Confira, a seguir, o programa detalhado do curso:
  • Introdução à animação por ossos
  • Aplicação de animação por ossos em 2D 
  • Malhas bidimensionais (sprite mesh) 
  • Atribuição de pesos a ossos (binding) 
  • Animação de ossos 
  • Inversed-Kinematics (IKs) 
  • Finalização de uma animação (baking). 
 
Texto: Talissa Fávero - Assessoria de Comunicação do ICMC/USP
 
Curso de Animação 2D
Inscrições: até 6 de agosto ou enquanto houver vagas, por meio do link:  icmc.usp.br/e/b4800
Quando: 8 de agosto, quarta-feira, das 14 às 18 horas 
Local: sala 6-303/304 no bloco 6 do ICMC. O endereço é avenida Trabalhador são-carlense, 400, na área I do campus da USP em São Carlos. 
Mais informações: (16) 3373.9146 ou ccex@icmc.usp.br

 
A Bolsa Chanceler Alemã é uma oportunidade única para jovens talentos brasileiros que, além de impulsionarem suas carreiras, recebem incentivo financeiro para capacitação profissional e pessoal na Alemanha, país detentor de importantes e renomadas universidades, tecnologias e mestres. Além disso, o projeto conta com o patrocínio da Chanceler da República Federal da Alemanha possibilitando, assim, a oportunidade única aos bolsistas de apresentarem o resultado de seus projetos pessoalmente a Chanceler Alemã Angela Merkel.

As inscrições para a Bolsa Chanceler Alemã para Futuros Líderes estão abertas e vão até o dia 15 de setembro. A data de início do programa para os selecionados neste ano é o dia 1° de outubro do ano seguinte (2019) e tem duração de um ano. Mais informações sobre o programa Bolsa Chanceler Alemã: www.humboldt-foundation.de/youngleaders.

De olho na Bolsa Chanceler Alemã para futuros líderes
O programa German Chancellor Fellowship é destinado a jovens pesquisadores do Brasil, da China, da Índia, da Rússia e dos Estados Unidos. A iniciativa da Fundação Alexander von Humboldt (AvH) concede ainda os futuros líderes a oportunidade de realizarem um projeto de pesquisa sobre questões mundiais como convidados em cooperação com uma instituição-anfitriã da Alemanha. Com apoio do anfitrião, os bolsistas têm um ano para se concentrarem em seus objetos de estudo. A Bolsa Chanceler contempla várias áreas como Política, Economia, Mídia, Administração ou Cultura.

Formação superior completa, fluência em inglês ou em alemão são alguns dos requisitos da bolsa. Outra exigência é a apresentação de uma carta de recomendação de um mentor para a pesquisa, que pode ser de instituição de ensino privada ou pública. A ajuda mensal para os aprovados varia entre 2.150 euros e 2.750 euros, dependendo das qualificações. Cursos adicionais de alemão, suporte para a família acompanhar o bolsista e as despesas com viagem estão previstos na bolsa. Todos os requisitos podem ser conferidos no edital da fundação.

Fonte: BrasilAlemanha News


 

O Curso de Ilustração Científica é ministrado pela ilustradora Rosa Alves e o de História Natural por um especializado corpo de professores instrutores

Da Redação ¿ Ascom Inpa

Foto: Museu na Floresta

 

Os primeiros dois cursos na recém inaugurada Base Alto Cuieiras do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTIC) tiveram início nesta semana. Promovidos pelo projeto Museu na Floresta, o I Curso de Ilustração Científica ¿ Desenhando Plantas e Bichos da Floresta segue até domingo (8) e o curso de História Natural vai até o dia 14 de julho.

Localizada em um conglomerado de áreas protegidas da Amazônia, a Base Alto Cuieiras foi inaugurada dia 08 de maio. O objetivo é desenvolver pesquisas, popularizar a ciência produzida pelo Inpa com atividade de turismo científico e capacitações para a observação e conservação da biodiversidade amazônica e a valorização da cultura dos povos tradicionais. No entorno da Base há seis comunidades tradicionais, cinco delas indígenas.

¿Queremos que essa experiência se repita várias vezes, com a integração dos diferentes grupos nessa base que é uma das nossas áreas de visitação do Inpa¿, destacou a coordenadora de Extensão do Inpa e vice-coordenadora do projeto Museu na Floresta, a pesquisadora Rita Mesquita.

O Museu na Floresta é uma parceria do Inpa com a Universidade de Quioto (Japão). Cada curso ofereceu 20 vagas. Além de alunos do Amazonas, como do Rio Purus, os cursos contam com participantes de outros estados, a exemplo do Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Minas Gerais.  

O I Curso de Ilustração Científica ¿ Desenhando Plantas e Bichos da Floresta é ministrado pela ilustradora científica Rosa Alves, autora dos primeiros cadernos de ilustração científica em língua portuguesa.

No retorno a Manaus, Rosa Alves lançará na manhã do próximo dia 10 (terça-feira) o livro bilíngue ¿Ilustração Botânica/ Ilustración botánica¿, que traz uma pesquisa inédita sobre história da ilustração botânica na Europa e na America Latina, além de oito técnicas, incluindo a ilustração digital, para a realização de desenhos in situ (conservação de recursos genéticos existentes em ecossistemas e habitats naturais) e em herbários.

História Natural

O curso de História Natural conta com a participação de professores e monitores distribuídos em seis eixos ou grupos de trabalho. São eles: aves, mamíferos, plantas, fungos, peixes e artrópodos. Durante o curso, cada eixo ficará responsável pela organização de uma ou mais atividades que resultarão em propostas (ou produtos) de atividades de turismo científico com enfoque na natureza.

Além de construir com os alunos propostas de atividades científicas que possam ser implementadas como atividades educativas e de turismo científico, o curso tem como objetivo também produzir informação sobre a biodiversidade da área e introduzir os ecossistemas amazônicos, a identificação de organismos, interações ecológicas e demais aspectos da "história natural¿. Os participantes ainda poderão experimentar novas tecnologias para coleta de dados biológicos.

Serão professores no curso Alberto Vicentini, Flávia Santana, Mario Cohn-Haft, Noemia Ishikawa, Rita Mesquita, Charles Zartman, André Luis Sousa, Charles Zartman, Cintia Cornelius, Eduardo Prata, Fabricio Baccaro, Fernando Andriolli, Kota Onizawa, Marcelo Gordo e Ramiro D. Melinski.

 

 

 
Professor da Universidade Estadual de Michigan, o matemático Selman Akbulut ministrará aulas no ICMC a partir da próxima sexta-feira, 6 de julho
 
O Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, está com inscrições abertas para o curso Introdução à Topologia de Conjuntos Algébricos Reais. As aulas serão ministradas pelo matemático turco Selman Akbulut, da Universidade Estadual de Michigan, nos Estados Unidos, que atualmente é professor visitante do ICMC e possui vasta experiência nessa área de pesquisa matemática. 
 
O objetivo do curso é motivar alunos de pós-graduação, jovens pesquisadores e demais interessados em estudar problemas relacionados à topologia de conjuntos algébricos reais. Apesar de ser uma ampla área de pesquisa, ainda não há especialistas no Estado de São Paulo trabalhando nesse ramo. 
 
Coordenado pelo professor Raimundo Nonato dos Santos, do ICMC, o curso é composto por sete aulas, com duas horas de duração cada uma, e acontecerá a partir da próxima sexta-feira, dia 6 de julho, das 10 às 12 horas. As demais seis aulas ocorrerão no dia 11 (das 16 às 18 horas); nos dias 16, 17, 19 e 20 (das 14 às 16 horas); e no dia 1º de agosto, das 16 às 18 horas. No primeiro dia de aula, as atividades acontecerão na sala 4-001, no bloco 4 do Instituto, momento em que os participantes serão informados sobre os locais onde serão realizadas as demais aulas.
 
São oferecidas 30 vagas e as inscrições, que são gratuitas, devem ser realizadas pelo sistema Apolo da USP, por meio deste link: icmc.usp.br/e/401d3. Para conferir todos os tópicos a serem abordados no curso, acesse o programa disponível no site do ICMC: icmc.usp.br/e/e0b0c
 
Texto - Assessoria de Comunicação do ICMC/USP
 
Mais informações
Comissão de Cultura e Extensão Universitária do ICMC: (16) 3373.9146