Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Gabriela Vanini Costa

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • aplicação de técnicas analíticas avançadas na investigação geoquímica molecular do petróleo em estudos forenses
  • O crescente aumento da produção de petróleo offshore no Brasil resultou na necessidade de uma caracterização geoquímica desses novos óleos, uma vez que aspectos distintos da composição molecular são fundamentais para o entendimento da contribuição da matéria orgânica, evolução térmica e biodegradação, além de apresentar importante potencial forense. Para auxiliar tais pesquisas, é necessário empregar técnicas analíticas de alto desempenho. Desta forma, este projeto consiste na caracterização a nível molecular das substâncias presentes nos novos petróleos brasileiros e sua avaliação semiquantitativa, utilizando técnicas analíticas de alta resolução de forma complementar: a cromatografia gasosa bidimensional abrangente acoplada à espectrometria de massas por tempo de voo (GC×GC-TOFMS, comprehensive two-dimensional gas chromatography with time-of-flight mass spectrometry) e a espectrometria de massas de alta resolução do tipo Orbitrap-MS. O principal objetivo é ter métodos eficientes para monitorar e classificar substâncias presentes em petróleos com diferentes valores de ºAPI do pré e pós sal de maneira a facilitar e otimizar investigações de óleos adulterados e/ou acidentes ambientais envolvendo esse tipo de amostra. Para este estudo, serão avaliados um conjunto de 25 amostras de petróleo com ampla faixa de ºAPI (13,1 - 53,7). Essas amostras serão submetidas ao fracionamento em cromatografia líquida, fornecendo as frações de hidrocarbonetos saturados (SAT), hidrocarbonetos aromáticos (ARO) e compostos polares (POL), que serão utilizadas nas análises cromatográficas e por espectrometria de massas. A integração das técnicas analíticas de alta resolução, GC×GC-TOFMS e ESI(±)Orbitrap-MS aliadas a métodos quimiométricos, destaca a relevância deste projeto, possibilitando a obtenção do perfil geoquímico de amostras de petróleos brasileiros que representam a variedade de óleos explorados no país, mostrando-se como uma estratégia robusta para investigação de biomarcadores, hidrocarbonetos e substâncias polares em óleos. Além disso, a pesquisa também contribuirá para a formação de recursos humanos nos níveis de graduação e pós-graduação visando o setor de petróleo, dentro da geoquímica forense, uma área ainda pouco explorada, mas com um grande potencial científico, além da consolidação do grupo de pesquisas do Núcleo de Análises Forenses do IQ/UFRJ.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Gabriella Frosi Albuquerque Figueiroa Faria

Ciências Agrárias

Agronomia
  • rna-seq de stylosanthes scabra vogel em resposta a deficiência hídrica
  • A presente proposta visa continuar a linha de pesquisa de estudos moleculares com plantas da região semiárida nordestina brasileira, onde encontra-se a Caatinga, uma floresta tropical sazonalmente seca de elevada biodiversidade, e que vem sendo fortemente degradada por ações antrópicas. Estudos multidisciplinares que visam trabalhar com espécies vegetais deste ecossistema são escassos, sendo relevantes os projetos propõem a geração de conhecimento para um desenvolvimento sustentável e recuperação da região. Além das pressões antrópicas, os cenários de mudanças climáticas não são favoráveis para a região Nordeste, com indicativos de aumentos de temperaturas e redução das chuvas. Desse modo, o objetivo central da presente proposta é contribuir com o conhecimento para essa região, estudando uma espécie nativa forrageira, Stylosanthes scabra, no que tange a análise e validação de um conjunto de genes envolvidos nos principais mecanismos moleculares associados à tolerância ao déficit hídrico, um dos principais estresses abióticos do semiárido. Diante da alta performance dessa espécie em campo sob condição de seca, S. scabra é uma potencial fonte de genes a ser explorada através das novas tecnologias de alto rendimento - RNA-Seq. Para alcançar esse objetivo, o trabalho será desenvolvido através das análises do transcriptoma radicular dessa espécie. Serão realizadas anotações funcionais do transcriptoma, análise dos transcritos diferencialmente expressos, validação da expressão diferencial via RT-qPCR. Os resultados esperados contribuirão para o entendimento de um cenário cada vez mais desfavorável para as espécies do semiárido brasileiro em relação aos mecanismos de tolerância diante de secas cada vez mais severas. As chances das metas aqui propostas de serem alcançadas são grandes, uma vez que a universidade possui a infraestrutura necessária, além de uma equipa experiente, produtiva e multidisciplinar.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Gaël Yves Poirier

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • geração de propriedades ópticas não lineares em vidros óxidos de metais pesados por polarização térmica e cristalização controlada para desenvolvimento de dispositivos ópticos
  • O foco principal desse projeto é a micro-estruturação de superfícies de materiais vítreos por polarização térmica e caracterização das propriedades ópticas lineares e não lineares implementadas pelo tratamento com campo elétrico, assim como estudo de propriedades ópticas não lineares em vitrocerâmicas obtidas por tratamento térmico controlado. Para tanto, os recursos desse projeto serão destinados à montagem na UNIFAL-MG de uma célula de polarização térmica de materiais e aquisição de componentes ópticos necessários às caracterizações ópticas desses materiais. As composições vítreas estudadas nesse projeto serão germanatos de nióbio e tântalo nos sistemas ternários GeO2-M2O-M´2O5 sendo M=Na ou K e M´=Nb ou Ta devido às propriedades de luminescência e transparência extendida no infravermelho médio já demonstradas. Esses vidros serão submetidos à tratamentos de polarização térmica aplicando uma alta voltagem de 1 a 3KV entre as faces do vidro em temperaturas entre 200 e 400°C. Os parâmetros experimentais como temperatura de tratamento, voltagem aplicada e escolha do material utilizado no ânodo (silício, ITO etc..) serão aspectos fundamentais para obtenção de uma polarização homogênea. O campo elétrico implantado pela migração dos íons alcalinos criando uma anisotropia ortogonal à superfície da amostra, propriedades ópticas não lineares de segunda ordem (geração de segundo harmônico SHG, X2) poderão ser observadas e caracterizadas. As características estruturais e ópticas da camada polarizada serão estudadas para determinação das variações estruturais induzidas e constantes ópticas do material formado. Finalmente, será testada a possibilidade de tratamento de polarização térmica usando eletrodos de ITO micro-estruturadas preparadas por ablação laser para implantação de estruturas periódicas com contraste de índice de refração e propriedades ópticas não lineares de segunda ordem periódicas. Essa etapa permitirá avaliar a viabilidade de desenvolvimento de dispositivos ópticos operando no infravermelho médio com vidros de germanatos de nióbio e tântalo impressos por polarização térmica. Além da geração de propriedades ópticas não lineares de segunda ordem por polarização térmica, será ainda investigada a possibilidade de SHG por cristalização controlada dos vidros germanatos propostos. De fato, sabe-se que podem ser obtidas fases perowskitas de tipo M2M´8O21 (M=Na ou K e M´=Nb ouTa) por separação de fase decorrente de tratamento térmico acima da Tg. Essas fases cristalinas apresentam ausência de centro-simetria, que deve resultar na possibilidade de geração de segundo harmônico. Em particular, será investigado o comportamento da polarização de luz gerada com frequência 2w em função da polarização da luz incidente de frequência w com intuito de desenvolvimento de componentes birrefringentes.
  • Universidade Federal de Alfenas - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Galdino Andrade Filho

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • antibiótico produzido por pseudomonas aeruginosa cepa lv: ensaio clínico e obtenção do produto contra bactérias multirresistentes klebsiella pneumoniae e staphylococcus aureus
  • Novos fármacos de ação antimicrobiana para o controle das bactérias resistentes devem ser encontrados devido ao crescente surgimento de cepas multirresistentes aos antibióticos disponíveis no mercado, para que ocorra a redução da morbimortalidade e o tempo de internação hospitalar assim como o custo de tratamento destes pacientes com infecções. No Laboratório de Ecologia Microbiana, estamos estudando há mais de 10 anos o isolamento e caracterização de cepas que produzem antibióticos, e a sua purificação para o controle de bactérias fitopatogênicas e isolados clínicos bacterianos que causam infecção hospitalar. Os resultados até o momento demonstraram que quanto maior o nível de purificação das substâncias, maior é o efeito no controle das cepas patogênicas. As frações com atividade antibiótica já foram caracterizadas e estão sendo testadas nos mais importantes grupos de bactérias multirresistentes, tais como, bactérias produtoras de betalactamases e Carbopenicilinases (KPC) e Staphylococcus resistentes a meticilina (MRSA). No entanto, pouco se conhece sobre a forma de ação deste composto no controle de bactérias multirresistentes em camundongos previamente infectados. A determinação da concentração inibitória mínima e a forma de ação das substâncias na ultraestrutura das células de órgãos do animal tratado, são informações relevantes para o determinar o potencial terapêutico do composto. Espera-se também no término deste projeto, melhorar a produção e qualidade das substâncias antibióticas produzidas pelas cepas de P. aeruginosa e preparar todo o processo para iniciar a fase clínica em humanos.
  • Universidade Estadual de Londrina - PR - Brasil
  • 14/12/2018-31/12/2020
Foto de perfil

Galdino Xavier de Paula Filho

Ciências Agrárias

Agronomia
  • implantação do núcleo de estudo em agroecologia e produção orgânica da universidade federal do amapá – campus mazagão (nea – unifap/mzg)
  • A área de abrangência do objeto da presente proposta está inserida no Território Sul do estado do Amapá, que abrange uma área de 46.787,90 km2, compreendendo os municípios de Mazagão, Laranjal do Jari e Vitória do Jari. Nela se encontram em torno de 3.700 famílias de agricultores familiares, indígenas e populações tradicionais que apresentam como meios de subsistência e economia, atividades ligadas à produção agrícola (agricultura de corte e queima com pouca tecnologia) e animal (principalmente bubalinos para alimentação e mão de obra animal, além de galinha caipira), ao extrativismo vegetal (principalmente do açaí e castanha-do-pará) e à pesca artesanal. O objeto da presente proposta é a implantação do NEA – UNIFAP/MZG. A proposta está inserida no contexto da produção familiar, com ações a serem mediadas por um processo educativo junto ao público-alvo da proposta, na perspectiva do desenvolvimento rural sustentável e da valorização, resgate e aperfeiçoamento de sistemas produtivos voltados para os aspectos socioeconômicos e ambientais. Propõe-se a realização de estudos e atividades de pesquisa e extensão em ações específicas para a produção familiar de comunidades rurais do Território Sul do Amapá, sob a orientação dos preceitos agroecológicos e da produção orgânica. Buscar-se-á, com isso, o aperfeiçoamento de práticas e a difusão de novas tecnologias acessíveis a esse público, com propósito de otimizar o rendimento produtivo das atividades e a qualidade de vida dos sujeitos envolvidos, em consonância com a preservação ambiental nas comunidades. Para tanto, a proposta está pautada na geração de conhecimento e tecnologias, bem como no aproveitamento e valorização dos saberes tradicionais do público envolvido, no tocante às práticas agroecológicas e à identificação do perfil da organização produtiva do público em questão. Logo, são pretendidos as seguintes diretrizes e eixos de atuação: a) Incentivo à produção sustentável e ao desenvolvimento local e regional, de forma a garantir a subsistência das famílias e o fortalecimento da agricultura familiar; b) Promoção de estratégias para fortalecer os sistemas de produção orgânica de base ecológica em comunidades tradicionais, visando o uso racional dos recursos naturais de modo a garantir a sustentabilidade dos ecossistemas amazônicos; c) Viabilização da conservação e recomposição dos ecossistemas modificados por ação antrópica, mediante incentivo à adoção de sistemas de produção agrícola/criação fundamentadas em práticas de conservação e diversificação das unidades produtivas e/ou extrativistas; d) Desenvolvimento de tecnologias, uso e reuso de insumos e material alternativo de baixo custo como estratégias produtivas compatíveis com o modo de organização produtiva dos agricultores familiares, reduzindo a dependência de insumos externos, na observância de princípios agroecológicos; e) Resgate de conhecimentos tradicionais aplicáveis à promoção da sustentabilidade econômica e ambiental mediante a orientação da produção alinhada à preservação dos recursos naturais disponíveis; f) Promoção e fomento à criação e manutenção de material vegetal propagativo de espécies alimentícias convencionais e não convencionais, medicinais e melitófilas, prioritariamente nativas e adaptadas localmente, por meio da implementação de banco de sementes crioulas e viveiro de produção de mudas; g) Implementação de medidas organizacionais que viabilizem o fortalecimento de associações e cooperativas nas comunidades, criando alternativas para melhorar autonomia subsistencial e financeira dos sujeitos que as compõem, por meio da produção vegetal/animal de base agroecológica; h) Valorização dos(as) produtores(as) orgânicos por meio da certificação de seus produtos, visando fortalecer sua identidade sociocultural; i) Registro em foto e vídeo das atividades realizadas pelo Núcleo de Estudo em Agroecologia e Produção Orgânica e produção de documentários e exposições de fotografias como instrumento de Memória e Divulgação das tecnologias e inovações num diálogo entre o saber tradicional e o conhecimento produzido pela academia; j) Integração entre ensino, pesquisa e extensão por meio do diálogo entre conhecimento científico e saberes tradicionais, envolvendo a comunidade acadêmica, sobretudo discentes e docentes do Curso de Licenciatura em Educação do Campo da UNIFAP – MZG, e as comunidades do campo e suas representações. A proposta está elaborada visando contemplar todas as atividades planejadas em um período de 24 meses, tendo, contudo, proposições de continuidade pelas estruturas e serviços que serão deixados ao público beneficiado. Para tanto, a gestão dos eixos principais do projeto estão sequencialmente organizados em Educação Socioambiental e Produção Vegetal e Animal na Perspectiva Agroecológica. Os resultados esperados quanto aos potenciais da criação do NEA – UNIFAP MZG, contribuições na formação de conhecimentos sobre Agroecologia e Sistemas Orgânicos de Produção a discentes, docentes, agricultores familiares e agentes extensionistas, que serão responsáveis por socializá-los/difundi-los em seus setores de atuação e comunidades em que residem. É visado ainda a integração com órgãos de Assistência Técnica e Extensão Rural do Amapá (RURAP, IEF e PESCAP) e Conselhos Municipais de agricultura e pecuária das cidades da região sul do estado do Amapá para discutir as tomadas de decisões do setor, contribuindo para o desenvolvimento sustentável desses municípios, além de melhorar a qualidade de vida dos munícipes nos seus aspectos ambientais, sociais e econômicos. Espera-se também, mediante as ações de produção, difusão e valorização do conhecimento agroecológico e de produção orgânica a serem desenvolvidas no âmbito do NEA – UNIFAP MZG, a promoção às condições de sobrevivência das populações do campo nas comunidades que constituem a área de abrangência da proposta, alinhando-as no contexto do desenvolvimento social e econômico ecologicamente sustentável.
  • Universidade Federal do Amapá - AP - Brasil
  • 01/12/2017-31/10/2020
Foto de perfil

Garibaldi D Gurgel Junior

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • impactos do pmaq-ab na atenção básica: análise da aplicação do incentivo financeiro por desempenho às equipes de saúde no brasil
  • O Programa Nacional de Melhoria do Acesso e Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB), instituído no SUS, desde 2011, é uma estratégia para fortalecer o primeiro nível de atenção do sistema de saúde no Brasil que se tornou o principal programa de repasse de recursos financeiros por desempenho do país. Esse esquema de pagamento pode ser realizado em distintos formatos e modalidades pelas autoridades municipais de saúde no Brasil. Este estudo objetiva analisar as diferentes modalidades de aplicação dos incentivos financeiros do PMAQ-AB realizadas pelos municípios brasileiros e sua repercussão no desempenho ao longo do processo de certificação dos três ciclos do programa. Metodologicamente, o estudo caracteriza-se como analítico, de acompanhamento longitudinal retrospectivo, com uso de métodos mistos sequenciais. Os dados serão coletados através de aplicação de questionário on line aos gestores municipais do Brasil, realização de entrevistas em profundidade e grupo focal. Será realizada análise descritiva das variáveis, com a determinação das frequências absolutas e relativas de ocorrência das categorias analisadas. Técnicas de análise multivariada serão aplicadas para a construção de tipologias das diferentes modalidades de aplicação dos incentivos financeiros do PMAQ-AB e serão comparados o desempenho no processo de certificação do PMAQ-AB, considerando-se os 3 ciclos do Programa e as diferentes regiões geográficas do Brasil. Todos os testes terão um nível de significância de 5%. As entrevistas e grupo focal serão analisados pela técnica de análise de conteúdo. Espera-se, com esse projeto, contribuir com a qualificação do PMAQ-AB, a partir da possibilidade de identificar as formas mais eficientes e eficazes de aplicação dos incentivos financeiros e formas de pagamento por desempenho, considerando as repercussões para a qualificação da AB, nas diferentes regiões do país.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 15/05/2019-31/05/2022
Foto de perfil

Gaspar Rogério da Silva Chiappa

Ciências da Saúde

Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • estudo da atividade da óxido nítrico sintetase e hiperóxia no controle da oxigenação muscular: implicações do exercício de oclusão vascular em indivíduos jovens e idosos
  • Fundamentação. O efeito da idade é associado com redução da frequência cardíaca máxima, redução da função ventricular esquerda, aumento da resistência vascular periférica e total, reduzida densidade capilar, disfunção endotelial, e alterada hemodinâmica capilar. Esse conjunto de alterações sugere que a oferta de O2 convectiva para os músculos exercitados durante exercício pode estar comprometido nos idosos. Além disso, estudos prévios têm demonstrado que o aumento do débito cardíaco (DC) para um dado aumento no consumo de oxigênio pulmonar (VO2p) é atenuado nos idosos em comparação com indivíduos jovens adultos. Portanto, parece que os idosos apresentam uma reduzida habilidade em redistribuir o fluxo sanguíneo desde a circulação esplânica e renal durante exercício. Reduções no fluxo sanguíneo dos membros inferiores e condutância vascular no repouso e durante exercício de estado-estável em idosos tem sido bem documentado. Além disso, a oferta de O2 muscular pode ser reduzida nos idosos durante o transiente do exercício. A distribuição da disponibilidade do fluxo sanguíneo pode ainda estar alterada com a idade. Por outro lado, é importante ressaltar que o exercício com oclusão vascular, por reduzir a velocidade do fluxo distalmente ao cuff poderá gerar um estímulo capaz de alterar o padrão de recrutamento das fibras musculares fazendo com que se tenha primeiramente ativação de fibras do tipo 2, similar ao que acontece quando realizamos eletroestimulação muscular. Estudos realizados em modelos animais têm sugerido que fibras que possuem predominantemente fibras tipo I podem fazer com que a dinâmica do Qm seja mais rápida do que a cinética do VO2m. Ao contrário, fibras do tipo 2 por não serem limitados pelo fluxo proporcionaria uma relação de Qm mais lento do que a cinética do VO2m. Portanto, uma resposta aguda ao exercício com oclusão vascular poderia gerar uma maior lentidão (ou seja, tornar-se mais lento) do fluxo sanguíneo muscular em comparação ao consumo de oxigênio pulmonar (problema principal). Agudamente isso pode gerar várias implicações como uma forte sobrecarga cardiovascular na tentativa de manter um fluxo adequado, vasoconstrição periférica mediada pela atividade simpática e redução da oxigenação a nível cerebral compatível com fadiga central, o que poderia justificar a queixa de atordoamento mental muito frequente nesse tipo de modalidade de exercício. Hipótese. Ainda, se for comprovado que o efeito agudo atrase ainda mais essa dinâmica entre o fluxo e a cinética do VO2p e que com as sessões de exercício com oclusão consiga levar a uma adaptação (estudo crônico). Perguntas de pesquisas. O exercício de oclusão vascular é capaz de melhorar a relação da dinâmica do fluxo em relação a cinético do VO2p? Se sim, esse fenômeno é dependente do mecanismo de shear stress? Dependente da atividade do óxido nítrico sintetase-1 (NOS-1)? Para testarmos isso necessitaremos de bloquear a NOS-1 e verificar seu efeito agudo. O óxido nítrico tem a capacidade de afetar ambos, VO2 e QO2, por enfraquecer a ligação do citocromo oxidase (43, 44) e promover o relaxamento do músculo liso. Estudos de oclusão em animais têm demonstrado um aumento da NOS-1 (45). Neste contexto o exercício de oclusão vascular melhoraria a dinâmica do fluxo em relação ao consumo de oxigênio em longo prazo aumentando a biodisponibilidade de NO. No entanto, os efeitos no bloqueio da NOS na dinâmica do VO2m (acelerando?) e QO2 (lentificando?) determinado simultaneamente nos músculos de idosos e jovens através da transição com o exercício ainda permanecem desconhecidos. E finalmente, se o exercício de oclusão provoca maior ativação de fibras tipo 2 aumentando a carga mecânica das unidades motoras maiores, será que a eletroestimulação com oclusão vascular é capaz de gerar os mesmos efeitos?
  • Centro Universitário de Anápolis - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Gastão Wagner de Sousa Campos

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • a contribuição do método paidéia na implementação de um projeto de ensino em atenção primária à saúde
  • Introdução: Apesar das evidências de que sistemas de saúde orientados pela Atenção Primária à Saúde- APS são mais efetivos e menos onerosos, persiste a dificuldade de orientar os sistemas de saúde e a formação profissional para a APS. Uma das hipóteses para esta dificuldade são os limites da gestão. No presente momento, tanto ou mais importante do que a descoberta de novos tratamentos, será a descoberta de melhores formas de gestão da implementação das políticas que poderá gerar mais impacto na morbimortalidade da população brasileira. Este trabalho se propõe a implementar um Método de Gestão Paidéia e avaliar seu impacto na reorientação do sistema de saúde para a APS na perspectiva da Interprofissionalidade. Objetivo Geral: Implementar um modelo de gestão participativa de Coletivo Paidéia com o grupo gestor de professores de saúde coletiva dos nove cursos da área de saúde da UFPel e analisar seu impacto na reorientação da formação profissional. Objetivos Específicos: Investigar a inserção dos estudantes, as estratégias de formação profissional, construir uma metodologia para gestão da formação nas UBS, construir um componente curricular interprofissional, analisar os obstáculos à reorientação da formação e medir o impacto do Método Paidéia no processo de reorientação da formação profissional. Metodologia: O Método Paidéia é um modelo de gestão baseado no fortalecimento dos sujeitos e na democratização das instituições. O referencial teórico são os estudos de Gastão Wagner de Souza Campos. O autor detalha as potencialidades dos Coletivos Organizados para a Produção na produção de Valores de Uso e na sobrevivência das instituições. Partindo de uma crítica a Racionalidade Gerencial Hegemônica, o autor descreve que a possibilidade do novo está no singular. O Singular é entendido, neste contexto, como o momento em que um sujeito, dotado de suas questões imanentes (internas do sujeito), como a estrutura biológica, os desejos e os interesses, e de suas questões transcendentes (externas ao sujeito), as necessidades sociais, as instituições, as leis, as regras, encontra-se em um coletivo que o autoriza a manifestar afetos, desejos, interesses, e em contato com este Coletivo Forma Compromisso e faz Contratos e Projetos. O Coletivo Organizado para a Produção objetiva ampliar a capacidade de Escuta sobre o encontro destes diversos planos (desejos, interesses, necessidades) e, num fenômeno diacrítico, desalienar-se e construir uma Obra. Este método de gestão será vivenciado no comitê gestor do COAPES da UFPel de julho de 2018 a dezembro de 2019. Serão coletados dados ANTES da intervenção para diagnóstico da situação de orientação para a APS e da interdisciplinaridade, por meio de entrevistas com estudantes, docentes e gestores das UBS. Será realizada a intervenção por 18 meses construindo um coletivo organizado para a produção com os princípios do Método Paidéia. DEPOIS dos 18 meses, serão reaplicados os instrumentos de pesquisa já usados na primeira etapa. Serão analisados os impactos usando o indicador de interdisciplinaridade, outros indicadores produzidos pelo coletivo gestor da pesquisa e a análise das categorias de respostas aos instrumentos qualitativos. O indicador de interdisciplinaridade será calculado dividindo o número de estudantes que informam ter trabalhado planejando o cuidado junto com outra categoria profissional no último semestre pelo número total de estudantes que passaram na UBS no último semestre. A análise da percepção dos entrevistados para referir-se à situação da formação e orientação para APS e a sua mudança após a intervenção serão analisadas. Resultados Esperados: Melhora no indicador de interdisciplinaridade após a intervenção, superação da racionalidade gerencial hegemônica e exercício da gestão participativa, produção de um método para pactuação da inserção dos estudantes em cada UBS considerando necessidades, desejos e interesses de cada agente do processo, e produção de uma proposta de componente curricular multiprofissional, interdisciplinar na perspectiva da Interprofissionalidade.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Geancarlo Zanatta

Ciências Biológicas

Farmacologia
  • análise, via bioquímica quântica, do efeito das mutações e isoformas proteicas na via pi3k/akt/mtor-nf-κb durante o tratamento farmacológico dos distintos subtipos de linfoma difuso de grandes células b e desenvolvimento de novos fármacos.
  • O emprego de ferramentas de bioinformática estrutural no desenvolvimento racional de novos fármacos consiste em uma estratégia moderna, o qual acelera o processo de desenvolvimento reduzindo o custo total do processo. Dentre as ferramentas mais utilizadas no desenvolvimento de fármacos estão os métodos clássicos de modelagem proteica, ancoragem molecular e dinâmica molecular e quânticos, baseados na Teoria do Funcional da Densidade. Através da combinação destas metodologias é possível reproduzir sistemas biológicos/farmacológicos com alta precisão, e identificar características (descritores) fundamentais para desenvolvimento racional de novos medicamentos. Neste projeto, a exemplo de outros sistemas já estudados em nosso grupo, utilizaremos cálculos quânticos, via DFT, para descrever a energia de interação entre proteínas envolvidas na fisiopatologia e terapêutica do linfoma difuso de grandes células B (DLBCL) e compostos de interesse farmacêutico. O DLBCL é o subtipo de linfoma não-Hodgkin mais prevalente na população adulta, subdividindo-se em células B centro germinal (GCB), células B ativadas (ABC) e linfoma mediastinal de grandes células B (PMBL), sendo o subtipo ABC o de pior prognóstico. Embora o tratamento com R-CHOP tenha aumentado as chances de alcançar a remissão completa ou parcial, entre 30 e 40 % dos pacientes é refratário ou reincidente a esta primeira linha de tratamento. Infelizmente, as tentativas iniciais de combinar inibidores da via PI3K/AKT/mTOR ao tratamento com R-CHOP não foram muito promissoras devido a presença de mutações nos alvos terapêuticos e a expressão de isoformas distintas da PI3K em resposta aos tratamentos iniciais. Logo, apesar dos avanços na compreensão da fisiopatologia do DLBCL, devido à grande heterogeneidade destes linfomas, não há consenso sobre a melhor estratégia a ser empregada. Dessa forma, torna-se fundamental para o desenho racional de novos medicamentos, a compreensão clara das semelhanças e diferenças estruturais existentes entre as isoformas expressas em cada subtipo de DLBCL, bem como as alterações estruturais nos sítios farmacológicos devido a presença de mutações. Neste projeto, utilizaremos ferramentas de bioinformática estrutural, com ênfase em métodos de cálculo quântico, para modelar e investigar o mecanismo de inibição da via PI3K/AKT/mTOR e NF-κB, reproduzindo as características (mutações e isoformas) de cada subtipo de DLBCL. Também, será utilizado modelagem molecular e triagem virtual para a prospecção de novos agentes em grandes bancos de dados de compostos, sendo que as moléculas mais promissoras serão avaliadas quanto ao seu potencial de toxicidade in vitro.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Geane Carolina Gonçalves Cavalcante

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • reologia e mecanismos de deformação em zonas de cisalhamento usando a técnica de difração de elétrons retroespalhados em um microscópio eletrônico de varredura (mev-ebsd)
  • Durante a construção de um orógeno, rochas de diferentes níveis crustais são deformadas. A deformação é expressa através de estruturas que podem ser observadas em macro-, meso- e microescala. As microestruturas são o resultado da ativação de diferentes mecanismos de deformação. Os mecanismos de deformação responsáveis pela geração de microtrama dependem de diversos fatores (anisotropia cristalográfica, temperatura, presença de fluidos, taxa de deformação, pressão, etc), e estão relacionados com a forma como os minerais e rochas respondem a deformação imposta. Neste sentido, tramas tectônicas geradas em materiais rochosos, incluindo foliações, lineações, orientações cristalográficas, tamanho de grão e feições de limite de grão, representam o resultado dos processos termomecânicos, experimentados por esses materiais desde sua formação até sua exumação. Sob condições de deformação típicas de zonas de cisalhamento (altas taxas de deformação), fatores adicionais, tais como redução do tamanho do grão, devido a processos de recristalização dinâmica, podem alterar a reologia das rochas, conduzindo a um “enfraquecimento” reológico, dada a ativação de mecanismos de difusão ou sensíveis ao tamanho do grão. A interação entre os diversos mecanismos de recristalização (migração do limite do grão, subgrain e bulging), somada a taxa de deformação, as condições de temperatura e pressão, a composição da rocha, e a presença de fluidos, promove diferentes microestruturas, e afeta o desenvolvimento da orientação preferencial cristalográfica (OPC). Portanto, estudos detalhados de OPC e microestruturas em rochas expostas em zonas de cisalhamentos, auxiliam na investigação dos mecanismos responsáveis por suas microtramas, consequentemente, na compreensão dos processos responsáveis pela forma como a deformação é acomodada ao longo de zonas de cisalhamento. Neste projeto, pretende-se realizar um estudo detalhado de microtramas, via a técnica MEV-EBSD (Microscópio Eletrônico de Varredura – Electron Backscatter Diffraction), em rochas deformadas ao longo de zonas de cisalhamento de contextos geológicos distintos, do Brasil e da Noruega, a fim de entender como a deformação é acomodada pelos principais minerais formadores de rochas, ao longo de zonas de cisalhamento litosféricas.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Geciane Silveira Porto

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • identificação das rotas tecnologicas nas redes de cooperação nos segmentos da biotecnologia: uma aplicação da ars em patentes.
  • Este estudo se propõe a analisar a evolução dos esforços tecnológicos no setor de Biotecnologia no Brasil e no Mundo, aplicando a técnica de análise de redes sociais (ARS) para construir as redes de cooperação entre empresas, universidades e institutos de pesquisa e mapear as rotas tecnológicas que resultaram no desenvolvimento de invenções protegidas por patentes nos segmentos da biotecnologia nestas redes. Como resultado espera-se mapear os principais atores, as tecnologias promissoras e seus mercados alvos nos últimos 20 anos e por fim verificar a inserção dos atores Brasileiros nas respectivas redes colaborativas. A partir destes resultados será possível monitorar as tendências de tecnologias emergentes e, desta forma, contribuir para o aprimoramento de políticas públicas voltadas ao incentivo da Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil e também potencializar a seleção e análise de projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P&D&I) em biotecnologia nas empresas.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Gecilane Ferreira

Outra

Divulgação Científica
  • vi feira de ciências do estado do tocantins - pesquisa na educação básica: caminhos e perspectivas
  • O presente Projeto tem como principal objetivo colaborar para a melhoria do Ensino de Ciências e Biologia no nível Fundamental e Médio da rede de ensino da Educação Básica do Estado do Tocantins – Região Norte do Brasil, por meio da introdução de uma prática de pesquisa no Ensino de Ciências e Biologia, bem como, estimular o processo interdisciplinar por meio da realização de projetos. A proposta tem como tema central a realização da VI Feira de Ciências do Estado do Tocantins, tendo como tema: Pesquisa na Educação Básica: caminhos e perspectivas. O evento terá em sua programação momentos de reflexão sobre o que é e como fazer ciências. Tem por objetivo também, selecionar dez trabalhos de pesquisa realizados por alunos da Educação Básica que se destacarem dentro dos critérios estabelecidos para avaliação, sendo estes premiados com troféus e Bolsas de Iniciação Científica Junior – CNPq. Os trabalhos serão apresentados na formal de painel por dois alunos tendo um professor orientador e publicados seus resumos num livro do evento (Anais). Para melhor apresentação dos resultados dos trabalhos, os alunos poderão também utilizar, mapas, modelos, maquetes e outros recursos.
  • Universidade Federal do Tocantins - TO - Brasil
  • 04/12/2018-31/12/2020
Foto de perfil

Gecilane Ferreira

Ciências Agrárias

Agronomia
  • vii feira de ciências do estado do tocantins: pesquisa na educação básica: caminhos e perspectivas
  • O evento será realizado no município de Araguaína/TO, no Campus da Universidade Federal do Tocantins (UFT) em Araguaína. Receberá como inscrição até quatro (04) trabalhos de cada escola cadastrada. Onde ao cadastrar o trabalho, a escola deverá submeter o resumo conforme normas estabelecidas pelo Regulamento do Evento (em anexo). Tais normas serão amplamente divulgadas por meio de cursos de formação de professores, palestras em escolas, cartazes e folders que serão distribuídos para as escolas, onde contaremos com a parceria da DREA – Diretoria Regional de Ensino de Araguaína, também contaremos com o apoio da SEDUC/TO para ampla divulgação. A partir de 2019, A Feira passou a ser objeto de pesquisa do Programa de Pós Graduação em Ensino de Ciências e Matemática – PPGecim/UFT, sendo disponibilizado na página do Programa, informações e fichas de inscrição https://ww2.uft.edu.br/ppgecim.
  • Universidade Federal do Tocantins - TO - Brasil
  • 07/01/2020-31/01/2021
Foto de perfil

Gecilane Ferreira

Ciências Humanas

Educação
  • clube de ciências como possibilidade de alfabetização e iniciação científica
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal do Tocantins - TO - Brasil
  • 12/08/2019-30/11/2021
Foto de perfil

Geison Eduardo Cambri

Ciências Biológicas

Genética
  • investigação funcional de variantes genéticas na suscetibilidade do hospedeiro à hanseníase: obtenção de clones com variantes genéticas não sinônimas do gene nod2
  • Ao longo das últimas décadas estudos genéticos vêm evidenciando a participação de diversos genes e suas variantes no processo de surgimento, estabelecimento e desenvolvimento clínico da hanseníase. Esses estudos têm gerado dados de grande importância para o entendimento da patogênese e evolução da doença. Entretanto, ensaios funcionais são necessários para a comprovação do envolvimento desses genes na fisiopatologia da hanseníase. Em um estudo anterior realizado pelo nosso grupo de pesquisa, uma família com casos extremos de hanseníase de início precoce foi investigada a fim de identificar variantes genéticas candidatas ao controle da susceptibilidade à doença. O estudo foi bem-sucedido na identificação de genes portadores de variantes não sinônimas com alto potencial de impacto sobre a ocorrência da hanseníase; como próxima etapa, estudos funcionais são necessários, conforme apresentado no presente projeto. Nossa proposta baseia-se na edição genética por CRISPR/Cas de uma variante candidata encontrada no gene NOD2 em células primárias de membros da família estudada. Este procedimento permitirá a execução de estudos subsequentes para a geração de células pluripotentes induzidas (iPSC) e posteriormente a diferenciação em células alvos do Mycobacterium leprae, o agente etiológico da hanseníase. Em posse de células alvo que possuem o mesmo background genético contendo ou não a variante em estudo, investigações funcionais poderão ser desenvolvidas, evidenciado o impacto das variantes editadas. Além disto, abre-se a possibilidade de estudos com células de difícil obtenção, como por exemplo células de Schwann e células dendríticas, conhecidamente envolvidas na hanseníase. Por fim, eventos celulares e imunológicos poderão ser investigados para desvendar o papel funcional das variantes em estudo.
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Gelmires de Araujo Neves

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • efeito da estabilidade térmica de argila organo-paligorsquita nas propriedades reológicas para fluidos de perfuração base óleo
  • Embora as tecnologias de algumas energias renováveis estão se desenvolvendo rapidamente, como por exemplo a energia eólica, nuclear, entre outras, a de petróleo e gás, energia tradicional, é a principal fonte de energia do mundo. A demanda de petróleo e gás está aumentando devido ao rápido desenvolvimento da sociedade. No entanto, a indústria do petróleo está perfurando cada vez mais poços tecnicamente desafiadores e difíceis. A perfuração de poços mais profundos em todo o mundo exige constantes pesquisas de fluidos de perfuração adequados para superar condições extremas. A argila atapulgita/paligorsquita é um silicato complexo de magnésio, com uma estrutura em canal aberto, formando cristais alongados, e pertencentes ao grupo das hormitas. Pesquisas recentes vêm dando destaque a esse argilomineral por serem menos sensíveis a sais orgânicos e assim apresentam propriedades reológicas adequadas mesmo na presença de altas concentrações de eletrólitos. Também vem sendo observado que o processo de organofilização desses argilominerais é um processo superficial e não ocasiona mudanças em sua estrutura, aumentando assim o leque de aplicabilidade para este tipo de organofílica. Diante do exposto nosso projeto de pesquisa pretende-se avaliar o comportamento da atapulgita/paligorsquita, policatiônica e/ou nomocatiônica, com aplicabilidade em fluidos de perfuração à base de óleo, a partir da atapulgita/paligorsquita in natura e/ou organofilizada, levando em consideração o efeito da estabilidade térmica no processo de organofilização e nas propriedades reológicas. Pretende-se com este trabalho estabelecer uma nova sistemática laboratorial para aplicação em argilas atapulgita/paligorsquita in natura e/ou organofilizada de forma a planejar uma reologia adequada para seu uso em fluidos de perfuração base óleo.
  • Universidade Federal de Campina Grande - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Gelvam André Hartmann

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • o campo paleomagnético médio na américa do sul entre 0-5 ma
  • O campo magnético da Terra (CMT) de origem interna apresenta variações em diferentes escalas de tempo, desde anos até bilhões de anos. A análise integrada de dados de paleodireção e de paleointensidade para os últimos 5 milhões de anos (Ma) revela feições de campo não-dipolares que parecem semelhantes àquelas observadas em modelos e dados de campo para escalas de tempo de séculos a milênios. No entanto, a estrutura do CMT é limitada em grande parte pela qualidade e pelas distribuições espacial e temporal dos dados paleomagnéticos. A escassez desses dados é bastante marcante em baixas e altas latitudes em ambos os hemisférios, mas em especial no hemisfério sul. Este projeto de pesquisa tem por objetivo principal estudar a variação do CMT para o intervalo de tempo de 0-5 Ma, a partir de uma criteriosa seleção de dados paleomagnéticos disponíveis na literatura, combinados com um novo conjunto de dados de paleodireção e de paleointensidade absoluta que serão obtidas em alvos de rochas vulcânicas das zonas Sul e Norte da Cordilheira dos Andes, na Argentina e na Colômbia. Pretende-se com isso: (i) contribuir com novos dados paleomagnéticos e de paleointensidade absoluta para o banco de dados da América do Sul; (ii) avaliar o comportamento da variação paleosecular, através da dispersão angular de uma distribuição de polos geomagnéticos virtuais em função da latitude e da frequência de reversões geomagnéticas; (iii) estimar a contribuição de componentes não-dipolares para o CMT por meio de análises estatísticas da anomalia de inclinação em função da latitude. Este novo conjunto de informações podem permitir uma melhor compreensão sobre a variabilidade do campo geomagnético para o intervalo de 0-5 Ma.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Gemael Chaebo

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • coprodução da coleta seletiva: participantes, relacionamentos, motivações e permanência na dinâmica de implementação
  • Por coprodução entende-se o relacionamento colaborativo entre poder público e população atendida, produzindo conjuntamente políticas públicas. A literatura destaca que estas políticas públicas não poderiam ter seus resultados alcançados sem o esforço conjunto de ambas as partes. Neste sentido, este projeto de pesquisa tem como objetivo geral descrever os tipos de participantes envolvidos, seus relacionamentos, motivações e por quanto tempo se dispõem a permanecer ativos na dinâmica de coprodução. Este objetivo será operacionalizado por meio de estudo comparativo da coprodução da coleta seletiva de lixo em municípios do estado de Mato Grosso do Sul. Serão escolhidos para comparação cinco municípios com sistema de coleta seletiva implementado. Os dados qualitativos, coletados por meio de entrevista, documentos e fontes bibliográficas, serão analisados por meio da análise de conteúdo e, complementarmente, através de análise qualitativa comparativa (csQCA). Espera-se que os dados obtidos possam esclarecer lacunas conceituais da coprodução de políticas, bem como auxiliar na elaboração de estratégias de coprodução da coleta seletiva municipal, em Mato Grosso do Sul, especificamente, e – potencialmente - em outras regiões do Brasil.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Genoile Oliveira Santana Silva

Ciências da Saúde

Medicina
  • impacto de um programa de intervenções na não-adesão a medicamentos em pacientes de retocolite ulcerativa: ensaio clínico randomizado
  • Alguns autores apontam a baixa adesão ao tratamento medicamentoso como um problema de saúde pública com magnitude variável de 15% a 93% para pacientes com doenças crônicas, sendo caracterizada como uma “epidemia invisível”. No Brasil, poucos ensaios clínicos foram identificados com o intuito de avaliar intervenções, tendo como desfecho primário o impacto na não-adesão, sendo os participantes da pesquisa em sua maioria portadores de doenças cardiovasculares e nenhum com portadores de doenças inflamatórias intestinais. Observa-se uma lacuna na produção do conhecimento de intervenções avaliadas através de estudos com desenho de ensaio clínico randomizado, que possam gerar impacto na não-adesão dos pacientes com doenças inflamatórias intestinais, caracterizando este estudo como inovador. As doenças inflamatórias intestinais fazem parte dos Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas do Ministério da Saúde com ampla cobertura do tratamento com fornecimento de medicamentos via oral e parenterais. Por este motivo, é de fundamental importância a avaliação e implementação de medidas com o objetivo de aumentar a adesão ao tratamento prescrito. O presente estudo tem como objetivo geral avaliar o impacto de um programa de intervenção na não-adesão ao tratamento medicamentoso em pacientes com Retocolite Ulcerativa (RCU). Trata-se de um estudo experimental longitudinal prospectivo com desenho de ensaio clínico randomizado pragmático, com previsão de início em Março de 2019. Serão aplicados para coleta de dados, a técnica de entrevista semi-estruturada com uso dos instrumentos Brasil SF-36 e o Teste de Morisky-Green-Levine, além de questionários elaborados especificamente para este estudo e coleta de dados secundários dos prontuários dos participantes, quando necessário. Os dados serão lançados em banco de dados construído com o pacote estatístico SPSS, versão 21.0. Os participantes do Grupo Controle (GC) não receberão as intervenções, enquanto os do Grupo Intervenção (GI) receberão o programa de intervenção de forma individual em ambiente privativo. O programa será composto por intervenções educacionais e intervenções comportamentais aplicado por um período de 6 meses. Serão analisadas variáveis sócio demográficas, econômicas, clínicas, farmacoterapêuticas, não-adesão e qualidade de vida. Será considerado nível de significância bilateral (1-alpha) de 95%, poder (1-beta) com 80% de probabilidade de detecção, razão de tamanho da amostra entre expostos/não expostos de 1, porcentagem de não expostos positivos de 50% e porcentagem de expostos positivos de 80%, Odds Ratio: 4, razão de risco/prevalência de 1,6 e diferença de risco/prevalência de 30, o cálculo gerado através do OpenEpi, versão 3.01, calculou-se 45 participantes em cada grupo (GC e GI) para pacientes de RCU, com tamanho amostral de 90. As variáveis quantitativas serão descritas com médias (desvio-padrão) ou medianas (intervalo interquartil), enquanto as qualitativas serão descritas com medidas de frequência absoluta e percentual. Para comparar os grupos expostos (GI) e não expostos (GC) em relação às variáveis qualitativas será utilizado o teste do qui-quadrado ou o teste exato de Fischer, quando recomendado. A comparação das variáveis quantitativas entre os grupos de exposição será realizada mediante aplicação do teste t de Student para amostras não pareadas ou, se indicado, o teste não paramétrico de Mann-Whitney. A ocorrência (incidência) dos desfechos do estudo (não-adesão) será realizada pela razão entre o total de participantes que não aderiram ao tratamento e o total de participantes do grupo, multiplicada por 100, calculadas, separadamente para os grupos intervenção e comparativo. O risco relativo (RR) com o respectivo intervalo de confiança de 95% (IC95%) será utilizado como medida de eficácia, obtido pela razão entre a incidência do grupo intervenção e a incidência do grupo comparativo. Para ajustes para potenciais confundidores, a Regressão de Poisson com variância robusta será utilizada para estimar RR ajustados com os respectivos IC 95%. O número necessário para tratar (NNT) será utilizado para calcular número de indivíduos que necessitam receber o tratamento para obter um resultado mais favorável. Serão consideradas significantes as associações com valores de p menor que 0,05. A análise será feita por intenção de tratamento. Como resultados desta pesquisa esperamos uma melhoria da taxa de adesão e qualidade de vida dos pacientes com RCU, e como consequência, uma redução no Índice de Lichtiger que traduz o status clínico, repercutindo em menos internamentos e complicações.
  • Universidade do Estado da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

George Augusto Batista Câmara

Engenharias

Engenharia de Energia
  • o uso do subsolo para o armazenamento de energia: percepção publica das tecnologias, análise do marco regulatório brasileiro vigente e identificação de lacunas
  • A geração de eletricidade via Fontes de Energia Renováveis (FER) é um objetivo estratégico para diversas nações mundiais, motivadas pela necessidade de redução das emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE). O estado da Bahia, como todo o Nordeste, com elevados potenciais eólicos e solares, está bem posicionado para aproveitar os benefícios socioeconômicos associado ao aproveitamento das FER. O processo de migração de fontes de energia tradicionais para as FER não é simples, haja vista a intermitência e não despachabilidade de muitas FER, cujos picos de disponibilidade não coincidem com a demanda de energia. As empresas e instituições do setor energético enfrentam um desafio ao seu desenvolvimento econômico: como assegurar a segurança de abastecimento num contexto de aumento das FER no mix energético? É neste contexto que o Armazenamento de Energia vem sendo promovido ao redor do mundo e uso do subsolo tem ganhado destaque como opção para a solução deste problema. A implementação das tecnologias de armazenamento de energia no subsolo depende da existência de reservatórios geológicos adequados e a Bahia, em razão de nela existir diversos tipos de formações geológicas, apresenta um potencial para a aplicação desta tecnologia. Associado a isso está a aptidão do estado para a geração de energia via FER. Diante da potencialidade do estado da Bahia, o presente projeto tem o propósito de dar o primeiro passo para a análise da viabilidade da implementação da tecnologia de armazenamento de energia neste estado. A primeira etapa do projeto consistirá na caracterização da tecnologia, na avaliação dos projetos deste tipo existentes no mundo e na verificação da percepção pública das tecnologias de armazenamento de energia. Nesta etapa, serão analisados trabalhos que tratem da percepção pública das tecnologias de armazenamento de energia no subsolo, focando nos seguintes temas: conhecimento prévio da população e órgãos específicos sobre essas tecnologias; percepção dos indivíduos sobre os riscos e benefícios da tecnologia (ambientais e de segurança); o efeito “Não no meu quintal” (resistência da população em ter a implementação desta tecnologia próximo à sua residência); compreensão da população sobre a importância da segurança energética; e nível de aprovação das tecnologias. A segunda etapa estará focada nas questões regulatórias existentes para o uso em larga escala do subsolo com fins de armazenamento de energia na Bahia. Para tanto, será realizado o levantamento das condições vigentes do marco regulatório brasileiro das atividades petrolíferas e minerais, bem como da situação regulatória atual para o possível armazenamento energético (gás natural, hidrogênio e ar comprimido) em reservatórios petrolíferos exauridos ou formações geológicas, como cavernas de sal-gema. Além disto, buscar-se-á identificar as lacunas existentes no arcabouço regulatório vigente sobre os temas em estudo, tendo como referência a experiência internacional, e propor medidas visando o aprimoramento da regulamentação brasileira. Para o cumprimento das duas etapas do projeto, pretende-se utilizar como base metodológica, primeiramente, a pesquisa bibliográfica sobre o tema proposto. No segundo momento, almeja-se fazer um estudo de caso no projeto de armazenamento de energia em Huntorf, na Alemanha, no qual a triangulação entre três técnicas de coleta de dados será efetivada: entrevistas, análise de documentos e observação. As entrevistas serão realizadas com profissionais que atuem neste projeto de armazenamento de energia com o uso do subsolo. Os documentos analisados são de diversas fontes, destacando-se as leis, decretos, portarias, relatórios, estudos e projetos. Já a observação será feita na sede do projeto, com o intuito de verificar os procedimentos adotados, as características do projeto, dentre outras coisas. No estudo de caso, a questão da caracterização da tecnologia, da percepção pública e do marco regulatório serão contemplados.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

George Augusto Valença Santos

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • de produtos para plataformas: um framework para design de ecossistemas de software
  • O paradigma de ecossistemas de software tem se tornado uma estratégia competitiva para empresas que passam a concorrer e colaborar em rede. Este ambiente geralmente resulta da ação de uma empresa líder chamada de keystone, que parte de um modelo orientado ao produto para um modelo orientado à uma plataforma de software. Inicialmente, a partir da oferta de Application Programming Interfaces e, posteriormente, com Software Development Kits, essa empresa promove o engajamento e orquestra diversos atores externos (complementadores, revendedores, usuários, etc.). Ao firmar parcerias, esses atores passam a fazer parte do ecossistema e obter vantagens como: compartilhamento de clientes, acesso a novos mercados, divisão de custos de P&D e inovação de seus produtos. Com isso, os processos de co-criação de valor se tornam cada vez mais interligados e surgem desafios típicos das relações de poder e dependência que se formam entre os participantes. Ecossistemas de software conhecidos e bem-sucedidos incluem Apple iOS, Google Android, Microsoft Dynamics, SAP e Salesforce. Embora ao longo dos últimos anos a literatura tenha explorado a dinâmica de funcionamento de ecossistemas de software, há pouca compreensão sobre como eles surgem. Acreditamos que entender as forças que influenciam a criação de um ecossistema é vital para compreender o desempenho da indústria de software, no atual cenário altamente especializado, competitivo e dinâmico. Diante disso, o presente projeto de pesquisa tem por objetivo investigar o nascimento de ecossistemas através da construção de um framework para guiar as empresas que buscam desenvolver um ecossistema de software. Este framework deverá reunir orientações na forma de estratégias, processos e modelos que caracterizam um ecossistema, em suas três dimensões (técnica, social e de negócio). Desenvolveremos tal contribuição a partir de uma referencial conceitual consolidado, adotando teorias de áreas associadas à ecossistemas de software, como cooperação e inovação. Por fim, realizaremos estudos de campo diversos, com revisão por especialistas e ciclos de pesquisa-ação, para aplicação e evolução do framework em empresas de software.
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

George Balster Martins

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • influência da interação spin-órbita sobre o efeito kondo
  • Este projeto, com duração prevista de dois anos, visa responder duas perguntas relativas ao efeito Kondo presente em um sistema contendo uma impureza quântica acoplada a um fio quântico uni-dimensional sujeito à interação spin-órbita (aqui chamado de sistema [1d]Rashba+Kondo. Primeiramente, vamos examinar se uma mudança na helicidade da Superfície de Fermi (SF) do fio quântico induz uma mudança qualitativa no estado Kondo. A mudança na helicidade da SF será obtida através da variação do potencial químico ao redor de um ponto onde a helicidade não é definida. Subsequentemente, vamos analisar se um efeito reportado recentemente [Phys. Rev. B 93, 241111(R) (2016)], sugerindo a observação teórica de um efeito Kondo exótico envolvendo um momento magnético local S=2/3 em um sistema Rashba 2d, pode ser simulando usando técnicas numéricas mais robustas, e se o efeito ocorre também em 1d. As simulações serão feitas usando três técnicas diferentes: a chamada Aproximação Atômica, o Grupo de Renormalização perturbativo (Poor man's scaling), e o Grupo de Renormalização Mumérico.Ao mergulhar em tais estudos no sistema [1d]Rashba+Kondo, tentaremos jogar luz sobre uma discussão corrente relacionada à dependência da temperatura de Kondo (TK), a única escala de energia definindo o estado Kondo, com o acoplamento spin-órbita.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

George Deroco Martins

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • caracterização espectral e espacial de áreas da cultura cafeeira infestadas por nematoides e bicho mineiro a partir de dados de sensoriamento remoto adquiridos em multiescala
  • Nas últimas décadas, a cultura do café tornou-se uma das atividades agrícolas mais rentáveis entre as lavouras brasileiras, sendo assistida por sofisticadas técnicas de plantio e manejo utilizando uma diversidade de insumos agrícolas. Porém, mesmo sob a era da tecnologia, as lavouras de café são constantes alvos de parasitas e pragas, tais como os nematoides e o bicho mineiro. Sabendo que esses problemas constituem um dos principais fatores responsáveis pela queda da produção cafeeira e que a detecção e o controle destas infestações são, por muitas vezes, ineficazes, cresceu, nos últimos anos, a necessidade de se desenvolver técnicas para detectar a ocorrência destes agentes nas culturas agrícolas, para um posterior controle e manejo das áreas de infestação. Neste contexto, a presente pesquisa embasa-se no uso de técnicas de Sensoriamento Remoto para detectar a ação dos nematoides e do bicho mineiro, mais especificamente em situações em que a ocorrência da infestação não é perceptível com uma simples verificação visual em campo. A metodologia proposta considera a integração de dados hiperespectrais e imagens multiespectrais para avaliar as diferenças espectrais e na configuração espacial de áreas sadias e afetadas por estes agentes parasitas do cafeeiro. Portanto, o estudo tem como objetivo a caracterização espectral e espacial de talhões da cultura cafeeira infectada por nematoides e pelo bicho mineiro.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

George dos Reis Alba

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • a influência das emoções autoconscientes sentidas (vs. antecipadas) no comportamento de poupança
  • Existe uma lacuna entre a teoria normativa econômica e o julgamento e tomada de decisão das pessoas relativo a poupança, independente da sua renda. Quando analisam trade-offs entre consumir e poupar ao longo de sua vida, os consumidores estão longe de otimizar os seus recursos. Entretanto, a maioria das explicações comportamentais de porque as pessoas não conseguem poupar dinheiro, são relativamente imutáveis e apenas recentemente, a literatura vem avançando sobre fatores situacionais. As emoções autoconscientes consistem em uma classe especial desses fatores, uma vez que representam emoções cognitivamente dependentes e requerem procedimentos de autoavaliação. Este projeto busca investigar como as diferentes emoções autoconscientes nas suas duas formas (sentidas vs. antecipadas) desencadeiam diferentes consequências no comportamento de poupança do consumidor. O projeto terá abordagem causal, utilizando experimentos de laboratório e de campo. Os resultados deste trabalho possibilitarão criar avenidas de contribuições que possam entender e criar estratégias para reduzir a distância da tomada de decisão dos poupadores e o modelo normativo econômico.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

George Evergton Sales Souza

Ciências Humanas

História
  • disciplinando almas, disciplinando a sociedade. a igreja na bahia colonial.
  • Este projeto apresenta um programa de pesquisas que tem por objetivo descrever e analisar as formas pelas quais o cristianismo, por meio da instituição eclesiástica, estabeleceu e difundiu mecanismos de disciplinamento no bispado e, a partir de 1676, arcebispado da Bahia. Busca-se compreender o alcance e eficácia dos padrões religiosos, morais e comportamentais prescritos pela Igreja, bem como dos seus instrumentos de normatização, controle e disciplinamento do clero e da sociedade. Para tanto, importa investigar estruturas, agentes eclesiásticos e suas relações com o Estado, além do modo como os diferentes grupos sociais presentes na sociedade colonial, aos quais se dirigiu o projeto disciplinador, aderiram, rejeitaram ou adaptaram os modelos que lhes foram impostos
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

George Felix Cabral de Souza

Ciências Humanas

História
  • identificação e sistematização da correspondência ativa e passiva da câmara municipal do recife (1710-1822)
  • As câmaras municipais coloniais na América portuguesa foram umas das mais ativas instituições administrativas. Por serem uma tribuna para as reivindicações e manobras de grupos das elites locais, as municipalidades representam um importante objeto de estudo do referido período, permitindo-nos vislumbrar uma série de características e dinâmicas do exercício de poder local e suas conexões com outros agentes administrativos. Essas relações ficaram registradas na correspondência ativa e passiva das municipalidades. O objetivo deste projeto é concluir a identificação da correspondência ativa e passiva da Câmara do Recife no período que vai de sua instalação (1710) até a Independência (1822), e sistematizá-la para dimensionar o campo de atuação desta municipalidade como agente de poder, atentando para os assuntos tratados e para os limites da negociação com os poderes centrais e/ou com seus representantes. O Recife foi a municipalidade escolhida em virtude da importância da vila ao longo do século XVIII e primeiras décadas do XIX, bem como pela invulgar disponibilidade de documentação conservada localmente. Serão trabalhados documentos conservados no Arquivo Histórico Ultramarino, Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico Pernambucano, Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, Arquivo Público Estadual de Pernambuco, Arquivo Nacional da Torre do Tombo, Biblioteca Nacional de Lisboa e Biblioteca da Ajuda, entre outros.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

George Henrique de Moura Cunha

Ciências Sociais Aplicadas

Economia
  • renda per capita dos estados brasileiros e a norte-americana: uma aplicação dos modelos de convergência
  • Um conjunto de trabalhos publicados nas últimas décadas sobre a renda per capitas dos estados brasileiros apontam para um processo de convergência (Azzoni, 1994; Elley Jr.e Ferreira, 1996; Borges Ferreira, 1996; Borges Ferreira e Diniz, 1995; Borges Ferreira, 1998;e Santos e Carvalho,2007. Na literatura brasileira é comum associar a renda per capita de nacional com a das demais unidades da Federação. Porém, carece de algum estudo introdutório comparando o comportamento dos estados brasileiros com o resto do mundo. Objetivo deste trabalho é investigar o comportamento da renda per capita dos Estados e regiões brasileiras, com relação aos Estados Unidos, entre 1985 até os dias atuais. Para tanto, serão empregados dados do IBGE e IPEADATA, e New Maddison Project Database
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

George Joaquim Garcia Santos

Ciências Biológicas

Zoologia
  • taxonomia do filo porifera para o estado do ceará
  • As esponjas (Porifera) são importantes constituintes de comunidades bentônicas, distribuindo-se em quase todos os ambientes aquáticos. Desempenham vários papéis nestas comunidades, servindo de substrato para colonização, abrigo e alimento para diversos grupos de organismos, colaborando significativamente para a manutenção da biodiversidade. Por serem sésseis e se alimentarem das menores frações orgânicas, as esponjas também são boas indicadoras ecológicas e têm sido sugeridas como biomonitoras de poluição. Além disso, elas produzem diversos compostos bioativos com grande interesse farmacológico, o que agrega a elas um alto potencial econômico. Para o Brasil são conhecidas até o momento cerca de 520 espécies sendo que para o Nordeste, principalmente no Estado do Ceará, existem grandes lacunas de conhecimento que dificultam o entendimento da biodiversidade e da distribuição destas esponjas. O presente trabalho tem como objetivos: (1) a caracterizar a espongiofauna do Estado do Ceará, com enfoque taxonômico; (2) descrever eventuais novas espécies e (3) Fornecer uma diagnose e informações de distribuição e biologia das espécies identificadas. Os resultados obtidos desse projeto serão utilizados no desenvolvimento de trabalhos biogeográficos, taxonômicos e sistemáticos; e serão compilados, publicados e divulgados nos vários segmentos de ensino, pesquisa e extensão.
  • Universidade Federal do Cariri - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

George Rêgo Albuquerque

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • o avanço da uesc em áreas estratégicas: saúde e bioeconomia
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Estadual de Santa Cruz - BA - Brasil
  • 08/01/2020-08/01/2025
Foto de perfil

George Wilton Albuquerque Rangel

Engenharias

Engenharia de Transportes
  • desenvolvimento de equipamentos automatizados para a medição de parâmetros da via permanente ferroviária: medidor de flechas
  • Curvas ferroviárias com baixa qualidade de manutenção podem ocasionar sérios acidentes ou trazer prejuízos à operação ferroviária normal. Entre diversos itens a serem conservados, tais como os trilhos, dormentes, fixações ou lastro, tem-se a própria geometria da curva, que pode impactar diretamente na velocidade operacional dos trens, caso esteja precária. A atividade de levantamento da condição geométrica das curvas passa pelo levantamento manual das flechas, utilizando uma corda padronizada e no mínimo 3 pessoas. Ocorre que tal levantamento sofre direta influência humana, além de ser um trabalho fisicamente desgastante, rotineiramente gerando problemas relacionados com a ergonomia. Recentemente, têm-se empregado métodos baseados em automação computacional, como prototipação de hardware e inteligência artificial para solucionar problemas semelhantes com eficiência e menor custo. Assim, objetivando melhorar tal atividade, este projeto de pesquisa propõe investigar a viabilidade de se criar e empregar métodos computacionais para automatizar a medição de flechas em curvas ferroviárias, tanto em relação ao desempenho, quanto em relação ao custo ao comparar-se com a medição manual. Para tanto, pretende-se utilizar a capacidade de automação da plataforma de hardware livre Arduino. Baseada em módulos, a plataforma permite, com relativa facilidade, o acoplamento de módulos de sensores e aturadores, assim como a programação e montagem eletrônica por parte de iniciantes, ideal para a aprendizagem dos alunos. Pretende-se com isso investigar a criação e emprego de um equipamento de baixo custo produtivo, mas de grande eficiência e eficácia, em substituição a equipamentos caros e/ou de grande porte, melhorando a qualidade das medidas em campo, assim como a ergonomia dos trabalhadores.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Georgia Correa Atella

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • metabolismo de lipídios: alvos moleculares para o controle das doenças transmitidas por insetos
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Georgiana Eurides de Carvalho Marques

Ciências Agrárias

Agronomia
  • manutenção do núcleo de estudo de agroecologia do ifma, campus monte castelo
  • O NEA pretende continuar com atividades que possam alavancar e melhorar as atividades agrícolas, culturais, sócias e ambientais realizadas pelas comunidades tradicionais da região do Baixo Munim- MA. Assim, para o biênio 2017-2019 pretende-se continuar nessa troca de experiências nas áreas de extrativismo e manejo de roçados, aperfeiçoando os sistemas agrícolas desenvolvidos nestas comunidades através da implantação de Unidades de Referência. Na pesquisa serão desenvolvidos estudos para geração de subprodutos com as plantas locais de uso das comunidades tradicionais, estudos sobre sua composição química, suas características medicinais e outras finalidades. No ensino será oferecido um curso na modalidade FIC com carga horária de 160 horas sobre Juventude e Agroecologia com o público alvo de jovens agricultores que participam como feirantes nas Feiras Agroecológicas Municipais na região do Baixo Munim e que entregam produtos para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Na extensão serão realizadas ações da Campanha Anual pelos Produtos Orgânicos, divulgação das Fichas Agroecologicas, Cadernetas das Mulheres, momentos de encontros dos agricultores como diálogo de saberes, intercâmbio, visitas técnicas, imersões dentre outros. Portanto, será promovida com a renovação do NEA atividades de ensino, pesquisa e extensão com foco na Agroecologia com o envolvimento de docentes, discentes, técnicos e agricultores para a valorização do trabalho das comunidades tradicionais do Baixo Munin e aperfeiçoamento de seus produtos.
  • Instituto Federal do Maranhão - MA - Brasil
  • 01/12/2017-31/10/2020
Foto de perfil

Geova Maciel de Alencar Filho

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • simetria conforme em modelos de randall-sundrum e integrabilidade em teoria corda
  • Este projeto de pesquisa se divide em duas partes. A primeira pretende estudar problemas relacionados a modelos de Randall-Sundrum tipo I e II (RS-I e RS-II). Uma das desvantagens do modelo RS-II, não compacto, é o fato de que os únicos campos localizados na brana são os campos escalar e gravitacional. Campos de Gauge e Fermions, por exêmplo, não são localizados. A fim de resolver isto recentemente propus dois modelos com acoplamentos não mínimos com a gravidade no modelo RS-II. Um com um acoplamento do tipo Yukawa com a gravidade e outro com uma simetria conforme escondida. Aqui primeiramente devemos estudar as consequências destes modelos para o caso compacto(RS-I): estabilização de raio, estabilidade da gravidade, espectro de massa de campos e consequências cosmológicas e fenomenológicas. Também devemos realizar estudos adicionais sobre o caso não compacto: Localização de Fermions e campos de altos spins, consequências cosmológicas e fenomenológicas além de generalizações para dimensões maiores. A segunda parte visa estudar integrabilidade em teoria de cordas. Um dos aspectos mais atrativos da correspondência $AdS/CFT$ é a presença de {\em integrabilidade} no limite plano. Este triunfo levanta a questão da possiblidade de se encontrar estruturas integráveis em teorias de gauge menos simétricas. Sabemos, por exemplo, que quando uma deformação $\beta$ de Leigh-Strassler marginal é complexa, integrabilidade não esta presente. Uma abordagem prática é estudar configurações particulares de cordas empacotadas em que a teoria da folha-mundo admita uma truncagem unidimensional e cujas equações de movimento (EDO não lineares) possam ser analisadas numericamente ou analiticamente. A ideia é achar um soliton de cordas e mostrar que a dinâmica de tal objeto é não integrável no sentido definido por Liuville. A existência de uma forma fechada ou solução Liouvilliana depende da característica de uma combinação de funções que aparecem na Equação de Variação Normal(EVN) derivada da propagação da corda. Os trabalho de Kovacic nos dá critérios para uma solução Liouvilliana existir e ainda fornece um algoritmo de construção de tais soluções. Quando a EVN não é Liuvillianamente integrável então podemos concluir teoria de folha-mundo de cordas também não é. Esta estratégia foi aplicada recentemente em artigos por Nunez {\it et al}. Aqui devemos aplicá-la para estudar integrabilidade de backgrounds holográficos com fatores $AdS$ e alguma isometria $SU(2)$, preservando oito supercargas de Poincare, integrabilidade de geodésicas no backgroud de Gaiotto-Maldacena backgrounds e integrabilidade no modelo de matriz de onda plana.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Geovani Gurgel Aciole da Silva

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • analisando o projeto “mais médicos para o brasil”: o caso da região nordeste do estado de são paulo
  • O Programa Mais Médicos foi instituído em 2013, por meio da Lei 12.781/2013, sob responsabilidade dos Ministérios da Saúde e da Educação, com a finalidade de formar recursos humanos, na área médica, para o Sistema Único de Saúde em três eixos: melhoria da infraestrutura da rede de saúde; ampliação das reformas educacionais dos cursos de medicina e residência médica; e provisão de médicos para áreas vulneráveis, sendo este eixo o “Projeto Mais Médicos para o Brasil”. Esta pesquisa visa analisar os impactos do Programa, sob a ótica dos resultados quantitativos e qualitativos do processo de implantação do eixo “Projeto Mais Médicos para o Brasil”, a partir da supervisão acadêmica das Instituições de Ensino Superior, particularmente da Universidade Federal de São Carlos/SP. Trata-se de estudo quanti-qualitativo, de caráter exploratório e avaliativo, no qual o levantamento de informações e análise se dará pela triangulação metodológica. Serão seus procedimentos de pesquisa: aplicação do PCA-tools adaptado, versão usuários e versão profissionais de saúde, nos municípios que aderirem à pesquisa; após seleção, serão realizadas entrevistas semiestruturadas e grupos focais com gestores e coordenadores da atenção básica, equipes de saúde locais, supervisores da IES e usuários; narrativas de situações vivenciadas na supervisão, de livre escolha, para constituir “casos” que serão utilizados como “traçadores” do processo para avaliação e análise, através da leitura e impregnação do conteúdo, da categorização desse material. Para o registro do desenvolvimento dessa pesquisa será utilizado um diário de campo pelos pesquisadores. Com os dados dessa pesquisa, serão construídos análises estatísticas, indicadores e resultados, casos analisadores, mapas analíticos e uma cartografia de demandas para capacitação de gestores e equipes locais, como subsídios a qualificação na intervenção e consolidação da Atenção Básica como coordenadora de cuidado e o fortalecimento do Sistema de Saúde.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Geovani Nunes Grapiglia

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • desenvolvimento, análise teórica e implementação de métodos iterativos para otimização contínua
  • Este projeto de pesquisa visa o desenvolvimento, análise teórica e implementação de métodos iterativos para otimização contínua com ênfase em problemas de grande porte e problemas de otimização sem derivadas.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 01/06/2017-30/12/2020
Foto de perfil

Geovani Soares de Lima

Ciências Agrárias

Engenharia Agrícola
  • estratégias de manejo da salinidade da água e doses de potássio no cultivo de maracujazeiro amarelo
  • Os estresses abióticos, como a salinidade, são responsáveis pela perda de produção agrícola no mundo inteiro e especialmente na região semiárida, onde é comum a ocorrência de águas com elevada concentração de sais, evidenciando a necessidade de pesquisas que tenham como meta a obtenção de estratégias que possam minimizar os efeitos deletérios da salinidade às plantas. Assim a presente proposta tem como objetivo avaliar os efeitos das estratégias de manejo com águas salinas e doses de potássio no cultivo de maracujazeiro amarelo. A pesquisa será desenvolvida sob condições de campo na área experimental pertencente a fazenda ‘Rolando Enrique Rivas Castellón’, no Centro de Ciências Tecnologia Agroalimentar da Universidade Federal de Campina Grande, localizado no município de São Domingos, Paraíba, PB. A pesquisa será constituída de três experimentos, em sucessão, sendo estudados, no primeiro, os efeitos da irrigação com águas salinas e adubação potássica no cultivo de genótipos de maracujazeiro amarelo. No segundo, será avaliado os efeitos do uso de água com alta salinidade, em alternância com água de baixa concentração de sais, variando as fases do ciclo fenológico das plantas de maracujazeiro amarelo adubadas com doses de potássio. No primeiro experimento, será utilizado o delineamento experimental de blocos casualizados, em esquema fatorial 3x5x4, cujos os tratamentos serão construídos pela combinação de três fatores: três genótipos de maracujazeiro amarelo (BRS Gigante amarelo, BRS Sol do cerrado e BRS Rubi do cerrado), cinco níveis de condutividade elétrica da água de irrigação – CEa (0,5; 1,2; 1,9; 2,6; 3,3 dS m-1), associados a quatro doses de potássio (60; 80; 100 e 120% da recomendação de K2O), com 3 repetições. A dose de 100% corresponderá a 60g de K2O por planta ano-1. No segundo e terceiro experimento, os tratamentos serão distribuídos em blocos ao acaso e analisados em esquema fatorial 11 x 2 relativos as estratégias de irrigação com águas salinas em alternância com água de baixa concentração de sais (0,5 dS m-1 (1. SE (Irrigação com água de baixa salinidade durante todo o ciclo de cultivo); 2. VE (Do transplantio até o surgimento do primórdio floral); 3. FL (Do surgimento do primórdio floral e o total desenvolvimento do botão floral – antese); 4. FR (Da fecundação do botão floral até o surgimento dos frutos com manchas amarelas entremeadas); 5.MAT (A partir do surgimento de manchas amarelas e o completo amadurecimento dos frutos com superfície predominantemente amarela); 6.VE/FL; 7.VE/FR; 8.VE/MAT; 9.FL/FR; 10.FL/MAT; 11.FR/MAT) e duas doses de potássio (A serem determinadas com base nos resultados obtidos no subprojeto I), com quatro repetições, sendo cada parcela composta por três plantas, perfazendo o total de 264 unidades experimentais. Serão avaliadas variáveis de crescimento, fisiológicas, bioquímicas, composição mineral, produção e qualidade pós-colheita das plantas.
  • Universidade Federal de Campina Grande - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Geovanni Dantas Cassali

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • patologia mamaria comparada: avaliação da arquitetura e orientação das fibras colágenas, do perfil imunofenotipico e metástases dos carcinomas de mama da cadela
  • Desde 1994 temos trabalhado na área de patologia comparada da glândula mamária, utilizando principalmente as neoplasias espontâneas da cadela como modelo para o estudo do câncer de mama humano. Nossa linha de pesquisa levou-nos ao trabalho em parceria com professores da Faculdade de Medicina e da Escola de Veterinária, ambos da UFMG e com o Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto - Portugal. Este grupo tem se consolidado principalmente pelo apoio da CAPES/ICCTI (035/98) e CAPES/GRICES (112/04), através de convênio internacional (Brasil/Portugal), pelo apoio da FAPEMIG (Projetos CBS: 838/96, 919/97, 1005/01, CDS 572/04, APQ-01702-10, CVZ - APQ-01951-15) e pelo CNPq (Edital Universal 019/04, Edital MCT/CNPq 14/2008, Edital MCT/CNPq 10/2010, Edital MCT/CNPq 14/2012. Edital MCT/CNPq 14/2014). A primeira fase do nosso trabalho priorizou o conhecimento e classificação dos tumores, o estadiamento clínico, a graduação histológica e a padronização de marcadores prognósticos e preditivos (mais utilizados na área humana) em material de glândula mamária de cadelas. Em uma segunda fase iniciamos projetos visando o tratamento dos tumores de glândula mamária de cadelas, visto que, o tratamento baseava-se quase que exclusivamente na exérese cirúrgica, testamos e disponibilizamos novas alternativas terapêuticas, principalmente para os casos mais avançados, onde a cirurgia é pouco efetiva, visando proporcionar ao paciente uma sobrevida maior com uma boa qualidade de vida. Mais recentemente estudamos o perfil inflamatório associado aos tumores de mama e a relação entre sobrepeso e tumores de mama. Dando continuidade a nossa linha de pesquisa, pretendemos avaliar a arquitetura e orientação das fibras colágenas, o perfil imunofenotipico e metástases dos carcinomas de mama da cadela.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Geraldo Braz Júnior

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • análise e processamento de imagens médicas usando aprendizagem profunda
  • Algumas patologias provocam danos irreversíveis, não só financeiros, mas também há o custo humano, que inclui a incerteza e o sofrimento que um diagnóstico possui. Por trás de cada estatística há um indivíduo, acompanhado por seus familiares e amigos que juntos sofrem do mal. A medicina de forma geral tem realizado grandes avanços na prevenção, detecção e tratamento. Parte desses avanços foi possível a técnicas de exames por imagem, que consistem em métodos não invasivos de obtenção de informação complementar de forma a auxiliar o médico. Tais imagens possuem um grande volume de informação, mas para que este uso seja totalmente aproveitado se faz necessário a implantação de recursos computacionais de análise e reconhecimento de informações inicialmente não perceptíveis. Avanços em metodologias de detecção e diagnóstico auxiliado por computador têm contribuído para o auxilio a detecção precoce, indicando áreas suspeitas, bem como no diagnóstico preciso de anormalidades. Este projeto trata de técnicas de visão computacional e aprendizado de máquina para a proposição de métodos eficientes de diagnóstico de glaucoma e retinopatia diabética via imagem de fundo de olho. Todas as patologias em questão são silenciosas e normalmente agressivas quando tratadas tardiamente o que motiva campanhas de acompanhamento e triagem realizadas por órgãos de saúde. Ambos os casos contribuem significativamente como as principais causas de cegueira, mas que podem ter um tratamento e acompanhamento eficiente quando diagnosticadas em estágios iniciais. O Glaucoma é uma doença ocular crônica que leva à perda de visão, em que o nervo óptico é progressivamente danificado devido ao aumento da pressão intra-ocular (PIO). Os sintomas só são detectados quando a doença está em estágio avançado. Embora o glaucoma não possa ser curado, a sua progressão pode ser abrandada pelo tratamento da pressão intra-ocular. A detecção precoce do glaucoma com a ajuda de imagens do fundo do olho é importante porque pode permitir que os especialistas atuem contra a doença para dar ao paciente uma melhor qualidade de vida. A Retinopatia Diabética é uma doença que afeta pequenos vasos da retina, através de microaneurismas e exudatos. O seu aparecimento está principalmente ligado a duração da diabetes e ao descontrole das taxas glicêmicas. Sua prevenção e tratamento é realizada através de exames oftalmológicos regulares. Os exames regulares normalmente são realizados via imagem do fundo de olhou (retinografia). A técnica de aquisição de imagem do fundo do olho é uma das formas principais e populares para o diagnóstico de glaucoma e retinopatia diabética porque não é invasiva e barata. O profissional de saúde usa apenas uma câmera capaz de adquirir estruturas importantes a partir da imagem do fundo do olho, como o disco óptico (OD) e os vasos sanguíneos. Essas estruturas são capazes de fornecer informações úteis para o diagnóstico. O dispositivo é configurado com um microscópio conectado e uma fonte de luz projetada para tirar fotos da superfície interna do olho. O objetivo deste projeto de pesquisa científica consiste em analisar e desenvolver técnicas de aprendizado profundo para a construção de ferramentas eficazes no auxílio e diagnóstico de doenças. A aprendizagem profunda, do termo Deep Learning tem sido aplicado com sucesso em contextos de imagens naturais e também na área médica, principalmente quando se dispõe de grande quantidade de exames de imagem. Grandes desafios na área consistem em lidar com bases de imagens severamente desbalanceadas, busca automática de hiperparâmetros e com a definição automática da topologia dessas arquiteturas. A pesquisa proposta neste projeto tem como foco a proposição de métodos eficientes no diagnóstico de glaucoma e retinopatia diabética de maneira a contribuir com o tratamento eficiente. A metodologia consiste em viabilizar a junção de aprendizagem profunda, imbalanced learning e meta-aprendizagem (Auto-ML) aplicado aos problemas propostos. Durante a pesquisa, esperamos comprovar que a associação dessas técnicas pode fornecer subsídios para a construção de aplicações inteligentes e inovadoras na área de conhecimento. Ao fim, o projeto pretende contribuir com a construção de ferramentas de alto desempenho para ser distribuída para a rede pública de saúde brasileira e também para a população em geral.
  • Universidade Federal do Maranhão - MA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Geraldo Eduardo Guedes de Brito

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • o trabalho interprofissional na atenção básica
  • É consensual que a Atenção Básica deve proporcionar cuidado por meio das práticas interprofissionais, devido à complexidade das necessidades de saúde que são postas nesse nível de atenção à saúde, com práticas orientadas pela interação entre trabalhadores de diferentes núcleos de conhecimento almejando um objetivo comum: integralizar. Assim, o processo de trabalho deve se configurar como práticas participativas e de relacionamentos pessoais mútuos e recíprocos entre os integrantes das equipes. No caso deste estudo, as da Estratégia Saúde da Família e dos Núcleos Ampliados de Saúde da Família e Atenção Básica. Porém, evidências sugerem que as práticas interprofissionais ainda representam um desafio a ser superado por essas equipes de saúde. Nesse contexto, este estudo objetiva analisar a orientação para o trabalho interprofissional de trabalhadores da Estratégia Saúde da Família e dos Núcleos Ampliados de Saúde da Família e Atenção Básica em duas capitais do Brasil. Para isso, serão investigados casos múltiplos (João Pessoa e Campo Grande), com a utilização combinada dos métodos quantitativo e qualitativo. A população-alvo deste estudo são os trabalhadores e os usuários da Estratégia Saúde da Família (agentes comunitários de saúde, cirurgiões-dentistas, enfermeiros e médicos) e dos Núcleos Ampliados de Saúde da Família e Atenção Básica. Para gerar os dados quantitativos, será aplicado um questionário estruturado a uma amostra aleatória de trabalhadores de equipes de Saúde da Família (cirurgiões-dentistas, enfermeiros e médicos) e de nível médio (agentes comunitários de saúde) e de trabalhadores de nível superior que compõem as equipes do NASF-AB dos municípios estudados. Para gerar os dados qualitativos, serão realizadas entrevistas em profundidade com uma amostra intencional de usuários, cirurgiões-dentistas, enfermeiros, médicos e agentes comunitários de saúde da Estratégia Saúde da Família e de trabalhadores que compõem os Núcleos Ampliados de Saúde da Família e a Atenção Básica dos municípios estudados. Os dados quantitativos serão tabulados, armazenados, limpos e analisados por meio da estatística descritiva e inferencial. Para o tratamento dos dados qualitativos oriundos das entrevistas em profundidade, será utilizado o método da análise de conteúdo. Depois de feita a análise dos resultados do componente quantitativo e qualitativo isoladamente, será estabelecido o diálogo entre os dados obtidos, com a finalidade de produzir um informe único. Espera-se que este estudo possa contribuir, por meio da geração de conhecimentos e da divulgação de tecnologias, para melhorar a organização, a efetividade, a eficiência e a qualidade da resposta do Estado para as necessidades de saúde da população por meio da Atenção Básica. Seus resultados poderão ser revertidos em benefícios e subsidiar discussões e reformulações entre as diversas esferas envolvidas e interessadas em melhorar a vida e a saúde da população e qualificar e valorizar os trabalhadores desse nível de atenção à saúde.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Geraldo Rodrigues Sartori

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • desenvolvimento de novos scfv antineoplásicos contra a programmed cell death 1 (pd-1) e seus ligantes pd-l1 e pd-l2
  • A câncer é uma das classes de doença que mais mata no mundo e também no Brasil, com a previsão de aumento em 70% no número de mortes derivadas dela nos próximos 20 anos. Uma das formas de tratamento que vem ganhando bastante força nos últimos anos é o uso da imunoterapia. Isso se deve ao avanço na compreensão de como o câncer burla o sistema imune humano e ao aumento na sobrevida do paciente com o uso dessa forma de tratamento, em relação ao método tradicional. Essa metodologia se iniciou com o uso de anticorpo monoclonal completo, que possui problemas farmacocinéticos, baixa permeabilidade nos tecidos e interação com outras moléculas. Uma das formas de driblar essa dificuldade é com o uso de fragmentos de anticorpo, se destacando o fragmento de ligação do antígeno (scFv). Esses pequenos fragmentos possuem um tempo de meia-vida bastante rápido, mas são de mais fácil manipulação genética e servem como base para a montagem de moléculas multivalentes e multiespecíficas mais estáveis e com melhor perfil farmacocinético. Dentre as vias que são estudadas para o tratamento de câncer, se destaca a proteína ‘programmed cell death 1’ (PD-1) e seu ligante PD-L1, que estão relacionadas ao mecanismo de evasão do sistema imune pelo câncer. Esta vem recebendo muita atenção da comunidade científica, sendo que foram aprovados pelo FDA e ANVISA cinco imunoterapias baseadas nessa via nos últimos quatro anos. As estruturas tridimensionais dos cinco complexos proteína-anticorpo estão disponíveis, mas, até o nosso conhecimento, não existem trabalhos que descrevem a dinâmica de interação entre os complexos anticorpo-proteína e como a flexibilidade das proteínas é afetada pela presença dos mesmos, apesar de já haver trabalhos tratando do espaço conformacional amostrado pelas proteínas PD-1 e PD-L1 livres e ligadas. Esse tipo de informação é de grande relevância para a melhoria racional da interação do anticorpo com a respectiva proteína. Frente a esse panorama, o projeto busca descrever a flexibilidade de cada um dos sistemas isoladamente, considerando tanto somente a porção extracelular quanto a construção completa das proteínas, na presença e na ausência dos anticorpos. Com as informações obtidas, pretendemos sugerir possíveis novos hotspots e então sugerir novos fragmentos de ligação do antígeno de maior afinidade pelas proteínas PD-1 e PD-L1.
  • Fundação Oswaldo Cruz - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Geraldo Wellington Rocha Fernandes

Ciências Humanas

Educação
  • ações de intervenção em escolas de educação básica no alto jequitinhonha baseadas no letramento científico e nas metodologias e abordagens diferenciadas em ensino de ciências
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK - MG - Brasil
  • 12/08/2019-30/11/2021
Foto de perfil

Geraldo Wilson Afonso Fernandes

Ciências Biológicas

Ecologia
  • mudanças globais em montanhas tropicais: serra do cipó
  • Com a manutenção do Sítio PELD CRSC, nossos principais objetivos são: i) o entendimento dos mecanismos ecológicos e os processos evolutivos que geram e mantêm a biodiversidade e os serviços ambientais em montanhas tropicais e ii) como as alterações globais e mudanças no uso do solo alteram esses processos. A manutenção do sítio irá garantir a continuidade da coleta de informações que, aliadas aos dados que já foram obtidos, permitirão a compreensão a longo prazo do efeito das variações climáticas, pressões antrópicas e alterações no uso do solo sobre a biodiversidade, sua ecologia e evolução. Nesta nova etapa pretendemos dar continuidade ao monitoramento climático já existente, mas também o ampliando e modernizando. O objetivo é permitir que os mesmos possam ser utilizados pela sociedade científica e tomadores de decisão. Vamos ainda dar prosseguimento aos estudos visando o entendimento das variações da flora e em especial aquelas espécies que respondem aos distúrbios antrópicos, tais como o fogo e entender o comportamento das espécies da flora frente às variações climáticas no ambiente montanhoso, focando principalmente no processo de polinização. Além disso, nesta nova fase do projeto iremos também buscar sintetizar e consolidar o conhecimento sobre as espécies invasoras nos ecossistemas montanhosos, ampliar o conhecimento dos táxons bioindicadores das mudanças climáticas, construindo um sólido banco de dados empíricos. Vamos também monitorar pela primeira vez neste projeto aqueles grupos de invertebrados indicadores da qualidade da água frente aos distúrbios climáticos e antrópicos ao longo do gradiente altitudinal e aprofundar o conhecimento sobre as comunidades de invertebrados, incluindo aqueles indicadores de mudanças globais nas ilhas de floresta atlântica nos cumes do Espinhaço com vistas a inserir as dinâmicas nestas florestas como sentinelas das mudanças globais em montanhas. Finalmente, ampliaremos os estudos que visam entender com os devidos detalhes os ecossistemas de referência dos campos rupestres para programas sólidos e duradouros de restauração ambiental. Uma análise crítica das duas fases iniciais do nosso sítio evidencia um grande sucesso que nos permite pleitear esta nova etapa. Os resultados do sitio CRSC tem sido constantemente apresentados em eventos científicos e publicados em periódicos e livros nacionais e internacionais e rapidamente traduzidos para a sociedade. Além disso, no sítio CRSC já foram formados diversos estudantes de graduação e pós-graduação. Ao final desta nova fase, iremos buscar sintetizar o conhecimento e, quando possível desenvolver modelos em várias áreas, tais como aqueles envolvendo o banco de espécies regenerantes e de solo, além de modelos de distribuição de espécies endêmicas e invasoras. Este conhecimento é importante para entender o funcionamento dos frágeis ecossistemas de montanhas e dos impactos sobre sua alteração na gigantesca população que depende dos serviços ambientais forjados nas montanhas do Espinhaço.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 01/01/2017-31/12/2020
Foto de perfil

Geraldo Wilson Afonso Fernandes

Ciências Biológicas

Ecologia
  • serviços ecossistêmicos providos por espécies nativas da mata atlântica
  • A diversidade tem múltiplas escalas e não está restrita unicamente ao número de espécies ou habitats, mas também é representada pela diversidade genética, química e até mesmo arquitetônica contida em um determinado ecossistema. Adicionalmente, a importância da biodiversidade das UC's na preservação da diversidade de espécies e produtos que estas podem fornecer para a sociedade para a cura de problemas médicos é de grande relevância. Baccharis é um dos gêneros neotropicais mais estudados ao redor do mundo. A presente proposta busca, promover a valorização da biodiversidade e de serviços ecossistêmicos em duas unidades de conservação da Mata Atlântica (Parques Nacionais do Caparaó e do Itatiaia) utilizando abordagem multi- e interdisciplinar para o estudo de espécies de Baccharis ocorrentes nos mesmos. Para isto, serão preparados extratos das espécies visando à constituição de uma extratoteca do gênero no Instituto de Ciências Biológicas da UFMG. Realizando a caracterização química dos extratos mediante técnicas cromatográficas para identificar a ocorrência de metabólitos secundários. Após isto, as espécies com uso etnomédico serão selecionadas e testadas em extratos para a atividade citotóxica frente a um painel de células tumorais humanas para selecionar os extratos mais ativos nos ensaios in vitro. Finalmente, serão desenvolvidos protocolos de propagação das espécies estudadas.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 11/12/2017-31/12/2020
Foto de perfil

Geraldo Wilson Afonso Fernandes

Ciências Biológicas

Ecologia
  • ignite: uma ferramenta de gestão participativa para subsidiar o manejo integrado e adaptativo do fogo no cerrado
  • Diante do crescente entendimento da necessidade de implementação de uma política consistente de manejo do fogo no Cerrado, desde 2016, novos Planos de Manejo Integrado do Fogo (MIF) propõem práticas e conceitos nunca antes testados no Brasil, incluindo a introdução de pirodiversidade como forma de garantir a biodiversidade. Por serem metodologias ainda incipientes e sem precedentes no país, é urgente o desenvolvimento de ferramentas que sistematizem o conhecimento científico disponível para fundamentar, conduzir e conferir segurança aos gestores nos difíceis processos de tomada de decisão. Para isso, propomos o desenvolvimento de uma ferramenta de software que permita a síntese e integração de informações, planejamento, tomadas de decisões e monitoramento que utilizará tecnologias inovadoras como Big Data e Inteligência Artificial para permitir ao usuário, no caso o gestor de fogo, identificar habitats importantes para o sustento das atividades humanas e ao mesmo tempo, mais vulneráveis ao regime de fogo na região. Tudo isso com base na literatura disponível e no julgamento de especialistas. A ideia é que com o desenvolvimento das etapas do projeto, os gestores sejam capazes de identificar e priorizar ações de manejo, estabelecer metas e indicadores para avaliação da efetividade das intervenções e monitorar os elementos mais vulneráveis dos ecossistemas, fechando o ciclo do manejo adaptativo. Nosso objetivo é permitir o diálogo de saberes, a democratização do conhecimento científico e a conciliação das demandas de subsistência das comunidades locais/tradicionais com as necessidades de preservação da biodiversidade. Em linhas gerais, o software funcionará como uma ferramenta de passo-a-passo: em uma primeira etapa, deverão ser descritas e ranqueadas as principais atividades de subsistência desenvolvidas na região, bem como os recursos naturais, serviços ecossistêmicos e habitats necessários para mantê-las. Essa etapa é importante para que as pessoas possam participar das decisões e compreender a importância da proteção desses habitats contra regimes de fogo inapropriados. Isso irá fortalecer a interação entre os gestores e as comunidades rurais/tradicionais, ampliar o diálogo de saberes e estimular o engajamento social na implementação do manejo adaptativo e integrado do fogo. Em uma segunda etapa, os gestores precisarão inserir informações sobre o atual regime de fogo em cada habitat utilizando ferramentas de geoprocessamento e tutoriais preparados pela nossa equipe. Nós vamos avaliar a possibilidade de automatizar esse processo. Posteriormente, os gestores deverão avaliar o status de conservação de cada habitat com base em fatores indiretos que possam favorecer ou aumentar o risco e os impactos negativos do fogo (cobertura de gramíneas invasoras, por exemplo). Para isso, definiremos os fatores relevantes e elaboraremos um protocolo para avaliação de campo. Em seguida, serão analisados: o grau de exposição ao fogo e a capacidade de resiliência (tempo para regeneração estrutural) de cada habitat. Utilizaremos a literatura disponível e o conhecimento de especialistas em ecologia e dinâmica do fogo para delimitar os limiares dos fatores indiretos, exposição e resiliência de cada habitat. Finalmente, os gestores poderão definir habitats prioritários com base na relevância para as comunidades rurais/tradicionais, status de conservação, grau de exposição ao fogo e capacidade de resiliência. Nas últimas etapas os gestores deverão inserir as metas mensuráveis de curto, médio e longo prazos, as ações de manejo, os inputs necessários para a implementação, as oportunidades e barreiras e por fim, os indicadores de curto, médio e longo prazos. Esperamos que essa ferramenta contribua para a gestão participativa do fogo, levando em consideração o conhecimento científico disponível, os interesses de comunidades locais, indígenas ou quilombolas e a necessidade de preservação da biodiversidade.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 30/11/2018-30/11/2021
Foto de perfil

Geraldo Wilson Afonso Fernandes

Ciências Biológicas

Ecologia
  • gatilhos do declínio das abelhas no brasil: microssensores, metagenômica e ecologia da paisagem
  • O declínio de vários grupos de polinizadores tem sido documentado em todo o planeta e causado grande preocupação ambiental, social e econômica. Uma diminuição nas populações de abelhas poderia desencadear uma crise ambiental e alimentar sem precedentes, afetando seriamente a saúde humana no planeta. O disturbio de colapso das colônias ("Colony Collapse Disorder") de Apis mellifera na Europa e nos Estados Unidos tem sido associado a fatores ambientais e epidemiológicos; no entanto, até a data, os fatores bióticos e abióticos que estariam moldando esse fenômeno não foram avaliados em conjunto. No Brasil, 68% das culturas dependem de polinizadores e o colapso das abelhas ameaçaria a segurança alimentar do país. Propõe-se, pela primeira vez, fazer um estudo quantitativo do declínio dos polinizadores em três regiões do Brasil (centro-oeste, sudeste e nordeste) utilizando A. mellifera como modelo. O projeto avalia a relação dos fatores genéticos e ecológicos com a suscetibilidade a patógenos e parasitas em Apis mellifera. Concomitantemente será avaliado os parasitas e patógenos comuns de A. mellifera em abelhas nativas. Para tanto, integraremos informações de sequenciamento de nova geração e microsensores de atividade das abelhas, metagenomica do pólen, suscetibilidade a parasitas e patógenos. O conhecimento gerado auxiliará na tomada de decisões para minimizar os possíveis enfraquecimentos e perdas de colônias de abelhas. O projeto contribui com o avanço do conhecimento sobre o efeito cascata do grau de perturbação da paisagem na diversidade genética e populacional de A. mellifera, e interações com a distribuição biogeográfica da espécie em função da sua origem geográfica e linhagem racial que resultam no uso comercial através de métodos modernos e inovadores de alta resolução. Produziremos uma séria de novas informações sobre os efeitos da importância de ambiente saudável com alta diversidade de recursos florais na saúde e produtividade das colméias em experimentos de campo sólidos em três regiões do país. O treinamento de novos pesquisadores na área de genômica, bioinformática, ecologia de polinizadores, conservação de recursos naturais e serviços ambientais 'e outro ponto fortíssimo do projeto. O projeto conta com um time de cientistas com amplo conhecimento do assunto tanto do Brasil quanto do exterior (UFMG, USP, UFPE, Embrapa, Lanase/UNAM-México e sua ampla rede de pesquisadores nas Américas, entre outras) e cuja missão principal tem sido entender a intrincada rede de drivers que influenciam o declínio de polinizadores a nível mundial e conduzir a práticas ambientalmente corretas para sua correção e manutenção.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 03/07/2018-31/07/2021
Foto de perfil

Gerhard Ernst Overbeck

Ciências Biológicas

Ecologia
  • grasssyn – biodiversidade de campos e savanas brasileiras: padrões e determinantes, serviços ecossistêmicos, estratégias para conservação e restauração
  • Para que o manejo de recursos naturais efetivamente conserve e restaure biodiversidade, mantendo ao mesmo tempo serviços ecossistêmicos para a sociedade humana, é necessário integrar teoria ecológica e os melhores dados disponíveis sobre a diversidade, os seus condicionantes e estressores, e o seu estado de conservação e os processos de degradação no seu contexto. Este projeto propõe uma síntese sobre a biodiversidade e os serviços ecossistêmicos de campos e savanas brasileiras (na sequência: campos), seu manejo e restauração, incluindo os seguintes aspectos: (i) Síntese do conhecimento sobre padrões de distribuição espacial de comunidades de plantas (composição e diversidade) e serviços ecossistêmicos, incluindo estoque de carbono, e suas variáveis determinantes; (ii) Avaliação do atual estado de conservação e desenvolvimento de estratégias de conservação, adaptadas às diferentes regiões campestres do Brasil; (iii) Desenvolvimento de um arcabouço estrutural para o planejamento da restauração que considere condições ecológicas específicas de distintas regiões campestres do Brasil, incluindo suas vulnerabilidades e seu potencial para uso econômico. A proposta inclui campos e savanas de todo Brasil, isto é, no Cerrado, Pampa e Pantanal, onde campos e savanas (inclusive as hipersazonais) são dominantes, mas também os encraves de campos/savanas na Amazônia e Mata Atlântica. O grupo modelo para os dados de biodiversidade será o de plantas das comunidades, pois há bons dados disponíveis para a maioria das regiões do Brasil. Comunidades de plantas são bons indicadores de várias características ecossistêmicas, incluindo habitat para outros grupos taxonômicos (por ex., animais dependentes de campos). A síntese nos permitirá, pela primeira vez, compreender padrões e condicionantes da biodiversidade em ecossistemas campestres do Brasil, avaliar o atual estado de conservação, incluindo serviços ecossistêmicos, e desenvolver estratégias adequadas para conservação e restauração. Este último ponto é de grande relevância política, pois atualmente países Europeus, frequentemente em colaboração com organizações internacionais, anseiam contribuir financeiramente com restauração em escala de paisagem em regiões tropicais, porém as regiões campestres não foram alvo até o momento, possivelmente por que as necessidades de restauração estão pouco visíveis (divulgadas) e as estratégias ainda não foram desenvolvidas. Os resultados da síntese serão publicados em artigos científicos em jornais de alto impacto e em formatos relevantes à política (‘white papers’, e outros, em inglês e português), sempre em conjunto com uma divulgação na mídia (comunicados de imprensa, vídeos e conteúdos na internet) endereçada a um público mais amplo. Outros resultados incluem um banco de dados quantitativos de comunidades de plantas de campos numa plataforma brasileira, aberto para uso por pesquisadores, e um ‘Mapa de Oportunidades para Restauração Campestre’. A síntese será desenvolvido por um grupo de pesquisa multidisciplinar de pesquisadores junior e senior, de diferentes regiões do Brasil e com um forte componente de colaboração internacional.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 29/11/2019-30/11/2021
Foto de perfil

Gerhard Ernst Overbeck

Ciências Biológicas

Ecologia
  • semeando os campos sulinos: superando barreiras de dispersão na restauração de ecossistemas campestres
  • A restauração ecológica se tornou uma área estratégica para a conservação, e no Brasil metas exigentes foram estabelecidos para a restauração de todos os tipos de ecossistema. No entanto, ainda existem poucas experiências práticas com a restauração dos Campos Sulinos, o que impede ganhos de escala na restauração ecológica. A falta de conhecimentos sobre técnicas eficientes de restauração é especialmente problemática dado o baixo potencial de recuperação espontânea (por exemplo, via restauração passiva) destes ecossistemas, já que a maioria das espécies campestres é fortemente limitada por dispersão. A proposta aqui apresentada visa contribuir para o desenvolvimento de técnicas para superar a limitação de dispersão na restauração de ambientes campestres do sul do Brasil. Especificamente, pretende-se: (1) Elaborar uma lista de espécies prioritárias para a restauração dos Campos Sulinos, com base em dados da composição de áreas campestres e na aplicação de diferentes filtros de forma hierárquica; (2) Obter informações sobre taxas de germinação de um amplo rol (aprox. 50 espécies) de espécies consideradas prioritárias, com base em experimentos em laboratório; (3) Avaliar a produção de sementes em vegetação nativa e o potencial para restauração de campos utilizando feno ao longo do ano; (4) Testar o desempenho de espécies campestres e o desempenho da comunidade quando plantados em misturas de espécies com diferentes diversidades e densidades; (5) Avaliar efeitos de prioridade (priority effects) na restauração dos Campos Sulinos numa abordagem experimental. Os resultados do projeto, além de formarem a base para artigos científicos em revistas de impacto, também serão disseminado através de material de divulgação para os relevantes setores da sociedade. Além disso, pretende-se estabelecer uma rede de Restauração Ecológica dos Campos Sulinos, a fim de contribuir para a continua interação entre atividades de pesquisa e prática na restauração ecológica na região dos Campos Sulinos.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Geri Eduardo Meneghello

Ciências Agrárias

Agronomia
  • tratamento industrial de sementes de soja: implicações no teste de germinação, no potencial de armazenamento e no crescimento de raízes
  • Nas condições atuais da agricultura, ajustes metodológicos apresentam-se imprescindíveis para o aprimoramento das técnicas de manejo da cultura da soja, neste contexto, o tratamento de sementes é considerado a premissa básica para o adequado estabelecimento, crescimento, desenvolvimento das plantas e rendimento de grãos, bem como, proporciona o escape aos principais estresses bióticos intrínsecos ao ambiente de cultivo. Nos últimos anos o tratamento foi aprimorado para a forma industrial, visando melhor distribuição do produto sobre a superfície da semente, além de propiciar menor risco ambiental e oferecer maior proteção aos operadores. No entanto, ainda há carência de informações sobre os reais efeitos dos produtos, quanto utilizados de forma combinada, sobre a qualidade das sementes. Além disso, de forma frequente, são observados resultados inconsistentes no teste de germinação com sementes de soja tratada. Diante disto, busca-se com este trabalho: verificar a necessidade de ajustes metodológicos nas condições para a condução do teste de germinação em sementes da soja, submetidas ao tratamento com fungicidas e inseticidas, aplicados isoladamente ou em combinação; Definir a melhor estratégia para o tratamento químico de sementes armazenadas para potencializar o crescimento e desenvolvimento inicial da soja; e, Estabelecer relações fisiológicas e bioquímicas do tratamento de sementes com o vigor das sementes da soja. Esta pesquisa será organizada em três etapas, sendo conduzidas no Laboratório Didático de Análise de Sementes da Universidade Federal de Pelotas. Na etapa 1, busca-se adequar a metodologia do teste de germinação usando tratamento de sementes. Na etapa 2, objetiva-se definir a influência fisiológica do tratamento de sementes no crescimento e desenvolvimento inicial da soja durante o armazenamento e, na etapa 3 identificar as implicações do tratamento químico no vigor das sementes e o desenvolvimento radicular em cultivares de soja. Espera-se ajustar os procedimentos metodológicos no teste de germinação e recomendar eventuais adequações, com isto oferecer alternativas aos laboratórios de análise de sementes para realização deste procedimento. Com o segundo estudo, será possível posicionar o momento mais adequado da realização do tratamento industrial de sementes, bem como, identificar quanto tempo antes da efetiva utilização da semente este pode ser realizado. Por fim, no terceiro estudo será identificado às implicações que a interação entre os diferentes produtos químicos no crescimento radicular e na expressão enzimática em plântulas da soja.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Germán Ayala Valencia

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • filmes inteligentes contendo antocianinas de resíduos agroindustriais estabilizados com nanopartículas
  • Os filmes inteligentes à base de biopolímeros podem oferecer novas vantagens relacionadas ao monitoramento da qualidade dos alimentos. Um dos compostos mais utilizados na produção dos filmes inteligentes são as antocianinas, que mudam de cor em uma ampla faixa de pH. Dessa forma, diversos estudos têm avaliado a adição das antocianinas em matrizes biopoliméricas, objetivando a produção de filmes inteligentes, sensíveis as mudanças no pH. Contudo, são poucas as fontes de antocianinas estudadas na produção destes filmes, além disso, as antocianinas presentes nos filmes inteligentes têm se apresentado instáveis à luz, limitando sua aplicação na indústria de alimentos. A partir do exposto, o objetivo geral deste projeto é produzir filmes inteligentes à base de biopolímeros, estabilizados com nanopartículas de laponita, utilizando antocianinas extraídas das cascas de berinjela (Solanum melongena), jamelão (Syzygium cumini) e jabuticaba (Plinia cauliflora). Os sistemas antocianinas/laponita assim como os filmes inteligentes serão caracterizados para conhecimento das suas principais propriedades físico-químicas. A resposta colorimétrica e estabilidade das antocianinas presentes nos filmes inteligentes serão estudadas em função da mudança do pH do meio, da temperatura, assim como da exposição à luz. Finalmente, os filmes inteligentes serão aplicados para monitorar as mudanças de pH em produtos cárneos.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Germana de Oliveira Moraes

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • estado d’arte, fundamentos e efetivação do princípio da harmonia com a natureza e dos direitos de pachamama (mãe terra)
  • Propõe-se, neste projeto intitulado, Estado d’arte, fundamentos e efetivação do princípio da Harmonia com a Natureza e dos direitos de Pachamama (Mãe Terra), uma ação cooperada entre docentes e discentes da Pós-graduação da Universidade Federal do Ceará (UFC), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e da Universidade Federal de Goiás (UFG), no Brasil, e no exterior, com a Universidad Andina Simon Bolívar, no Equador, e as Universidad de Burgos, Universidad de Valencia e Universidad de Sevilla, na Espanha, em estudos e investigações sobre o estado d’arte; os fundamentos históricos, político-sociais, filosóficos e jurídicos, e, as políticas de efetivação do princípio da Harmonia com a Natureza e dos direitos de Pachamama (Mãe Terra), no direito positivo nacional, no direito estrangeiro e no direito Internacional. Esse projeto tem como escopo principal a elaboração de subsídios teóricos a elaboração de proposta de uma eventual Declaração Universal da Harmonia e dos direitos de Pachamama (Mãe Terra).Esta proposta de estudos e pesquisas sobre o princípio da Harmonia com a Natureza e os direitos de Pachamama (Mãe Terra), desdobra-se em três eixos: 1) o estado d’arte, subdividido em “Diagnóstico da positivação dos direitos da Mãe Terra” e a “identificação e aferição dos estilos de Vida em Harmonia com a Natureza”; 2) Fundamentos históricos, político-sociais, filosóficos e jurídicos, sob a perspectiva do bem viver do constitucionalismo latino; 3) Efetivação, mediante a identificação e análise da jurisprudência constitucional sobre os temas, a busca de uma nova hermenêutica sobre as relações entre os Direitos da Natureza e Direitos Humanos, e políticas públicas relativas aos direitos dos animais e ao direito das águas.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Gero Arthur Hubertus Thilo Freiherr von Gersdorff

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • física além do modelo padrão no lhc
  • Neste projeto proponho estudar vários aspectos da fenomenologia de física Além do Modelo Padrão. 1) Novos sinais para modelos de Higgs Composto. 2) O potencial para detectar Nova Física em processos iniciados por fótons no LHC. 3) Modelos testáveis de massas de férmions en teorias supersimétricas. 4) Modelos da quebra da simetria eletrofraca com dimensões extras warped e seus sinais no LHC. 5) Teoria Efetiva do Modelo Padrão e Implicações para Nova Física
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Gerônimo Ferreira da Silva

Ciências Agrárias

Engenharia Agrícola
  • produção de cana-de-açúcar fertirrigada por gotejamento contínuo e pulsado no estado de pernambuco
  • A produção da cana-de-açúcar desempenha um papel fundamental na geração de matéria prima para as agroindústrias do açúcar, álcool e alguns subprodutos. Entretanto, o rendimento satisfatório da cultura está associado ao emprego de técnicas e ferramentas que fomentem a redução nos custos e proporcionem melhorias na qualidade dos produtos. Entre as novas técnicas desenvolvidas para dar suporte ao manejo de irrigação tem-se a irrigação por pulsos, um conceito com estudos recentes que apresenta potencial para maximizar o uso da água e fertilizantes. Neste aspecto, partindo-se da hipótese de que o emprego da irrigação por gotejamento pulsada proporciona uma maior produtividade, uma melhor qualidade tecnológica, uma melhor eficiência de extração de nutrientes, um maior acúmulo e uma nutrição mineral mais equilibrada na cultura da cana-de-açúcar objetiva-se com a presente proposta avaliar o efeito de lâminas de fertirrigação por gotejamento pulsado e contínuo sobre o crescimento, o estado nutricional, a produtividade e a qualidade tecnológica da cultura da cana-de-açúcar. Visando-se testar a hipótese e atender ao objetivo proposto serão desenvolvidos dois experimentos (cana planta) e (cana soca) em condições de campo na Região da Zona da Mata do Estado de Pernambuco. Os experimentos serão instalados em delineamento experimental de blocos casualizados com 10 tratamentos distribuídos em esquema fatorial 2 x 5, sendo o primeiro fator o tipo de aplicação da fertirrigação (fertirrigação por pulsos e fertirrigação contínua) e o segundo fator cinco lâminas de reposição da evapotranspiração da cultura (40, 60, 80, 100 e 120% da ETc), com quatro repetições. Para a condição de aplicação da fertirrigação por pulsos serão definidos seis pulsos de irrigação com intervalo de 60 minutos de repouso entre duas irrigações. A cultivar de cana-de-açúcar plantada será a RB92579. O material vegetal a ser utilizado será proveniente da Estação Experimental de Cana-de-Açúcar de Carpina (EECAC-UFRPE). O sistema de irrigação utilizado será por gotejamento com gotejadores autocompensados e antidrenantes. Serão analisadas as seguintes variáveis: número de perfilhos por planta, diâmetro de colmos, altura de planta, número de folhas, índice da área foliar, produtividade de colmos, massa fresca de folha, massa fresca de ponteiro, massa fresca de colmo, massa seca de colmo, massa seca do ponteiro, análise nutricional (teor de nutrientes - diagnose foliar e acúmulo de nutrientes nas plantas - colmos e ponteiros), análise de maturação (índice de maturação, teor de sólidos solúveis - °Brix, porcentagem em massa de sacarose no caldo, POL da cana, açúcares totais recuperáveis, teor fibra, açúcares redutores totais e pureza aparente). Também serão avaliadas as trocas gasosas por meio da temperatura foliar, concentração interna de CO2, condutância estomática, transpiração, fotossíntese líquida, eficiência instantânea de uso da água e a eficiência intrínseca do uso da água. Os dados obtidos serão submetidos ao teste de normalidade, homocedasticidade e à análise de variância pelo teste F (p < 0,05). Quando constatados efeitos significativos pelo teste F, estes serão submetidos a análise de regressão polinomial (lâminas de reposição da evapotranspiração) e ao teste de comparação de médias (tipos de aplicação da fertirrigação).
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Gerson Cipriano Junior

Ciências da Saúde

Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • efeitos do treinamento muscular inspiratório com resistência dinâmica sobre a capacidade aeróbica na lesão medular traumática: ensaio clínico randomizado
  • A lesão da medula espinhal, resulta em profundas mudanças tanto do ponto de vista funcional quanto psicossocial do indivíduo, com consequências na saúde física, nas atividades de vida diária e na qualidade de vida. A musculatura torácica e abdominal desnervada reduz a eficiência respiratória, tão mais grave quanto mais cranial e extensa for a LM. Nesse sentido, estratégias para melhorar a eficiência respiratória são de extrema importância. O treinamento muscular respiratório tem sua eficácia e segurança bem documentadas em outras populações com insuficiência cardíaca e doença pulmonar, entretanto, os benefícios nos pacientes com LM ainda são questionáveis. O objetivo do presente estudo é avaliar o efeito do treinamento inspiratório com resistência dinâmica sobre a função cardiopulmonar em repouso e no esforço máximo em pacientes com LM sedentários. A hipótese principal é que as adaptações ventilatórias induzidas pelo TMV, com resistência inspiratória dinâmica, auxiliado por interface gráfica do trabalho ventilatório, aumente a reserva funcional e consequentemente melhore o consumo máximo e submáximo de oxigênio, em indivíduos com LM traumática. O estudo será desenvolvido por meio de um ensaio clinico controlado e aleatorizado, em indivíduos do sexo masculino, com LM traumática, com lesão motora completa (ASIA A ou B), entre os níveis T5 e C5, ocorrida há pelo menos 6 meses, com habilidade para realizar exercício em cicloergômetro de membros superiores, que realizam menos que 150 min/semama de atividade física. O grupo experimental treinará inicialmente a 50% da MIP, em 4 séries de 25 incursões, iniciando na capacidade residual funcional até o máximo da capacidade inspiratória. Será feito uma vez ao dia, 3 vezes por semana por 12 semanas. A carga poderá deverá ser aumentada até 80% quando o indivíduo atingir capacidade de realizar 25 incursões. O Grupo sham fará o treinamento idêntico, porém sem carga, na mesma frequência e duração. A condução do treinamento será feita por um fisioterapeuta. Todos os indivíduos serão avaliados quanto a Função pulmonar em repouso, Pressão Respiratória Máxima Estática e Dinâmica, Teste Cardiopulmonar, Ecocardiografia e Espessura Diafragmática por meio do Ultrassom, antes e após o protocolo de intervenção.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Gerson Fauth

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • evolução climática do paleoceno-mioceno: conexões entre o oceano austral e a península antártica
  • Nós propomos um estudo multidisciplinar que visa compreender as mudanças climáticas ocorridas durante o Paleoceno-Mioceno em áreas marinhas plataformais da Antártica e suas conexões com mudanças climáticas registradas em arquivos sedimentares marinhos profundos, principalmente no setor Atlântico do Oceano Austral. Para atingir esse objetivo, serão coletados dados paleontológicos, geoquímicos e paleomagnéticos de seções sedimentares paleocênicas e eocênicas na Ilha Seymour e seções sedimentares oligocênicas-miocênicas na Ilha King George (Península Antártica). Os dados da Península Antártica serão comparados com proxies de testemunho perfurados pelo Ocean Drilling Program (ODP) no Oceano Atlântico Sul.
  • Universidade do Vale do Rio dos Sinos - RS - Brasil
  • 25/12/2018-31/12/2022
Foto de perfil

Gerson Fauth

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • mudanças paleoclimáticas durante o mioceno tardio ao plioceno: o atlântico sul no contexto paleoceanográfico global
  • A proposta desse projeto consiste em realizar estudos sobre os efeitos de mudanças climáticas e oceanográficas ocorridas durante o Mioceno tardio à Plioceno no Atlântico Sul, península antártica e áreas oceânicas adjacentes. Serão realizadas análises bio-, magneto- e quimioestratigráficas em amostras de testemunhos coletados na região do Alto de Rio Grande (Atlântico Sul) e Scotia Sea (Oceano Austral). Com esta pesquisa, pretende-se melhor compreender qual era o papel do Oceano Atlântico Sul no sistema climático, durante um intervalo de tempo caracterizado por temperaturas médias globais acima dos valores atuais.
  • Universidade do Vale do Rio dos Sinos - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Gesinaldo Ataíde Cândido

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • instituições de ensino superior e suas contribuições para a geração do desenvolvimento regional: uma aplicação de modelo integrativo na terceira região geoadministrativa do estado da paraíba - pb
  • As Instituições de Ensino Superior (IES) instalados em um dado território podem contribuir para o desenvolvimento regional. Na era do conhecimento, as IES se configuram como as organizações de maior propulsão e difusão do conhecimento. Neste sentido, as IES devem desenvolver as suas atividades prioritariamente visando atender demandas dos espaços territoriais aos quais estejam inseridas. Neste sentido, existem bases teóricas e empíricas que abordam as interações universitárias com a economia regional acontecem através de negócios locais, agências governamentais e infraestrutura de negócios e apontam que as interações das IES com a sociedade precisa ser compreendida considerando o papel e forma de atuação deste tipo de instituição deve ser voltada para a promoção do fomento do conhecimento tanto para as demandas da sociedade quanto para o avanço científico-tecnológico. Neste contexto, Lendel (2010) propõe um framework dividido em dois escopos: geração de novo conhecimento e trabalho especializado. O modelo proposto pela autora mostra a relação dos produtos universitários (educação, pesquisas contratadas, trabalho especializado, difusão tecnológica, novo conhecimento. novos produtos e negócios e produtos culturais) com o desenvolvimento regional. Outros produtos, além dos citados podem ser identificados. Assim, buscando na literatura, evidências de novos produtos, identificaram-se dois outros produtos, denominados nesta pesquisa endógenos e exógenos, a saber: articulação estratégica e sistemas de inovação. Em ternos de delimitação de escopo geográfico para realização da pesquisa, a região Nordeste foi escolhida pelo potencial de contribuição que as universidades podem promover na área mais pobre do território brasileiro. Neste sentido, a presença de universidades pode promover o avanço da carreira das pessoas da região configurando uma possibilidade de mudança desta realidade. Especificamente, o estado da Paraíba foi selecionado por se caracterizar por problemas sociais e econômicos graves e possuir uma malha de instituições de ensino superior consistente em termos de quantidade e qualidade, com formas de atuação capazes de contribuir para solução de tais problemas e atender parte significativa das demandas dos diversos atores sociais e institucionais ali instalados. A base introdutória desta pesquisa, permite inferir o seguinte argumento: a quantidade e a qualidade dos produtos gerados pelas universidades e suas combinações promovem o desenvolvimento regional quando mediados por um modelo integrativo que equacione os interesses dos diferentes atores em sua construção, gerenciamento e monitoramento. Em termos metodológicos, a pesquisa a ser realizada pode ser considerada como descritiva e exploratória, utilizando técnicas de pesquisa quantitativas e qualitativas para triangulação de dados oriundos da análise de dados secundários da região pesquisada; de dados primários obtidos a partir das múltiplas formas de percepção dos atores sociais envolvidos com a forma de atuação das IES e com as políticas de fomento e atuação relacionadas à geração do desenvolvimento regional, além das inferências da equipe de pesquisa de acerca dos diversos dados coletados e decorrentes da observação não participante.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Gherman Garcia Leal de Araujo

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • produção biossalina da palma forrageira e gliricidia e seus múltiplos usos como fontes de água e nutrientes em dietas para pequenos ruminantes do semiárido
  • A utilização de água com elevada concentração de sais é uma prática relativamente antiga que remonta aos idos dos anos 50, quando então alguns pesquisadores idealizaram o aproveitamento das águas do Mar Vermelho para irrigação de áreas secas do Estado de Israel. A agricultura biossalina quase sempre envolve algum compromisso sobre rendimentos das culturas, até mesmo para aquelas espécies tolerantes ao sal. Para lidar com a escassez de água doce e salinização crescente das áreas agrícolas, tem havido um interesse renovado no uso das águas denominadas marginais (salinas). Os pecuaristas, principalmente, das regiões semiáridas vêm enfrentando problemas seríssimos com a disponibilidade hídrica para atender a produção de forragens e a dessedentação de seus animais. A maioria, não são capazes de disponibilizar água de forma suficiente e de qualidade para dessedentação de seus animais, bem como para produção de forragens. A busca de alternativas para suprir essa necessidade passa a ser extremamente importante, até porque já se vivencia a crise da água em todo o mundo. Assim o planejamento alimentar e hídrico é imprescindível para pecuária, visto que, esta é uma das mais importantes atividades econômicas e sociais para o semiárido brasileiro, especialmente nas regiões mais secas em virtude dos maiores riscos de insucessos com os cultivos de alternativas agrícolas. Por outro lado, uma das possibilidades de aumento da oferta de alimentos para animais, em regiões que se destacam pela eficiência agrícola, é o uso de subprodutos. O semiárido do vale do São Francisco dispõe de um representativo aporte de subprodutos de frutas que podem se tornar alternativas excelentes, desde que utilizadas corretamente. O objetivo desta proposta é avaliar o potencial de produção biossalina da palma forrageira e gliricidia e seus múltiplos usos como fontes de água e nutrientes associadas a subprodutos de frutas, visando a oferta em dietas para pequenos ruminantes. Para alcance dos objetivos serão realizados seis experimentos, coordenados pela Embrapa Semiárido, Universidade Federal da Paraíba (PPGZ/PDIZ) e pela da Universidade Federal do Vale do São Francisco (CPGCA) e, conduzidos por estudantes dos Programas de Pós-graduação em Zootecnia (mestrado e doutorado). Os experimento serão: a) Efeito da aplicação de diferentes lâminas de água salina e resíduos orgânicos na produção de palma-forrageira; b) Efeito da utilização de diferentes laminas de água salina e quantidades de matéria orgânica na produção de gliricidia; c) Perfil fermentativo e nutricional de silagens de palma forrageira associada a diferentes percentuais de maniçoba; d) Valor nutritivo e características fermentativas de silagens de gliricidia associadas a diferentes subprodutos de frutos; e) Silagens de palma forrageira exclusiva ou associadas a gliricídia, pornunça e capim buffel comparadas com a silagem de milho para dietas de ovinos em confinamento e f) Silagens compostas de gliricidia e subprodutos da fruticultura como fonte de volumosos para dietas de ovinos em confinamento. Pretende-se, além de forma uma equipe interinstitucional e multidisciplinar, que possibilite a capacitação de estudantes de pós-graduação, gerar informações cientificas que possam elucidar os desafios de se conservar cactáceas e leguminosas na forma de silagem associadas a diferentes alternativas para uso em dietas, que possam atender as demandas nutricionais de ruminantes no semiárido brasileiro. Uma outra expectativa é trazer à tona em vários fóruns, a discussão sobre a importância da produção biossalina de forrageiras, do componente água nos sistemas de produção animal e do uso de subprodutos da fruticultura.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Giana Bitencourt Frizzo

Ciências Biológicas

Genética
  • criança feliz: planejando ações com a famílias e as equipes de saúde
  • A presente proposta busca a criação de materiais didáticos (conteúdos, recursos e atividades) para o Programa Criança Feliz, com vistas à capacitação de Multiplicadores Estaduais, Supervisores municipais, visitadores domiciliares, gestores municipais de Assistência Social, técnicos do CRAS e demais atores que atuam em políticas voltadas para a Primeira Infância. Particularmente, essa capacitação tem como objetivo ampliar e qualificar a atuação dos profissionais vinculados ao Programa Criança Feliz e demais profissionais sobre aspectos éticos e morais, sobre trabalho em equipe, planejamento das ações no território, bem como aprofundar conhecimentos sobre as etapas de desenvolvimento infantil e sobre a importância do brincar. Na criação dos materiais, serão usados recursos gameficados e de imagem (para elaboração de vídeos, por exemplo). Também serão usados objetos de aprendizagem disponibilizados online e outros recursos de imagem já existentes. Ainda, serão organizados materiais teóricos, que subsidiarão as discussões e o embasamento teórico. Os temas a serem abordados na capacitação serão referentes tanto aos processos de trabalho (trabalho em equipe, motivação, resolução de conflitos, etc.) como à compreensão do desenvolvimento infantil e recursos para a promoção do desenvolvimento saudável (por ex., brincadeiras). Espera-se que, ao final da capacitação, os participantes possam estar mais atentos e qualificados para atender às demandas das famílias vinculadas ao Programa, tanto quanto aos conhecimentos acerca do desenvolvimento infantil como aspectos éticos e morais no ambiente de trabalho, além de noções de planejamento das ações no território.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 16/01/2020-30/09/2020
Foto de perfil

Giana Lange do Amaral

Ciências Humanas

Educação
  • a produção e atuação discente no ensino secundário em pelotas, rs (décadas de 1930 a 1960)
  • O presente projeto alia-se a dois projetos por mim coordenados junto ao CEIHE (centro de documentação e pesquisa do PPGE/UFPel): História e memórias de escolas da cidade de Pelotas e Acervos escolares: possibilidade de ensino, pesquisa e extensão no campo da História da Educação (do qual recebo bolsa PQ2 desde 2011). Tem como objetivo dar continuidade ao processo de constituição e de organização de acervos no CEHIE, especificamente os escritos orais e iconográficos sobre práticas discentes de secundaristas, bem como desenvolver pesquisas sobre a essa temática (ainda pouco estudada no Brasil) que resultem na publicação artigos e de livros com coletâneas de textos. Para tanto serão utilizados referenciais epistemológicos da História Cultural, da História Oral e da constituição de acervos pelos historiadores da educação.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Giancarlo Di Vaccari Botteselle

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • síntese de moléculas bioativas contendo se e n a partir de reações catalisadas por cobre nanoparticulado suportado em vidros recicláveis
  • O presente projeto de pesquisa propõe a síntese de pequenas moléculas orgânicas heterocíclicas contendo selênio e nitrogênio, com potencial aplicação farmacológica, como é o caso das fenoselenazinas e dos triazóis contendo selênio. Adicionalmente, pretende-se desenvolver metodologias sintéticas sustentáveis e compatíveis com a realidade financeira e estrutural da instituição envolvida no projeto, para a preparação das moléculas propostas. De preferência, a partir de rotas sintéticas que se enquadrem ao máximo nos princípios da química verde. Para tanto, propõem-se o emprego de naoparticulas de cobre auto suportadas em vidros, como catalisadores das reações envolvidas. Além disso, o presente projeto visa o desenvolvimento de uma nova linha de pesquisa em síntese orgânica na UNIOESTE, contribuindo para a formação de recursos humanos de qualidade e, consequentemente, para o desenvolvimento da universidade e também da região oeste do Paraná.
  • Universidade Estadual do Oeste do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Gierri Waltrich

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • transferência de energia acústica
  • Transferência de Energia Acústica (TEA) é uma forma relativamente nova de transmissão de energia sem contato que usa ondas sonoras para transmitir energia sem fio. Em contraste com o acoplamento indutivo, ela é adequada para transmissão de energia em distâncias grandes em comparação com as dimensões do transmissor e do receptor do sistema por indução magnética. As frequências utilizadas são baixas, minimizando as perdas e mantendo a eletrônica simples. Está previsto também neste projeto a construção de dispositivos eletrônicos capazes de transmitir energia acústica com o intuito principal de carregar baterias, realizar comunicação e controlar atuadores aos quais o contato físico é de difícil acesso, como em aplicações biomédicas (principalmente implantes), ou onde ondas eletromagnéticas não conseguem infiltrar, como exemplo, tubos ou caixas metálicas.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Gil de Aquino Farias

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • propriedades eletrônicas de sistemas de baixa dimensionalidade
  • O presente projeto visa: (i) dar suporte financeiro ao Grupo de Sistemas de Baixa Dimensionalidade (GTMC) do Departamento de Física da Universidade Federal do Ceará e (ii) dar continuidade aos trabalhos desenvolvidos pelo mencionado grupo. Particularmente estamos interessados em propriedades eletrônicas e de transporte em sistemas semicondutores e materiais bidimensionais, tais como o grafeno e fosforeno, propriedades estruturais em aglomerado de partículas interagindo fortemente, plasmons e polaritons superficiais, e propriedades eletrônicas e estruturais de sistemas quânticos e clássicos 1D e 2D.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Gil Guerra Júnior

Ciências da Saúde

Medicina
  • uso das técnicas de transcriptoma, exoma e expressão gênica para elucidar diferentes fenótipos de distúrbios da diferenciação do sexo em pacientes 46,xy
  • As condições que apresentam desenvolvimento genital e/ou gonadal incompleto ou desordenado levando a uma discordância entre o sexo genético, gonadal e fenotípico do indivíduo afetado são classificadas como Distúrbios da Diferenciação do Sexo (DDS). São conhecidos diversos genes que atuam nas vias da determinação e diferenciação do sexo, como por exemplo: WT1, SRY, NR5A1, DMRT1, SOX9, GATA4, NR0B1, AHM, AR, SRD5A2, HSD17B3, entre outros. Entretanto, após a triagem em busca de mutações nesses genes, duas questões importantes se apresentam. A primeira delas diz respeito aos casos em que mutações são identificadas. Nesses casos o desafio principal é investigar o efeito biológico que estas exercem e quais seriam suas reais influências nos fenótipos. A segunda questão a ser enfrentada é que através do sequenciamento gene a gene, cerca de 60-70% dos casos permanecem com etiologia indefinida. Na tentativa de abordar essas duas questões frente aos resultados de estudos anteriores, propomos este projeto que será dividido em duas partes. A primeira será analisar a função gênica in vitro por expressão de gene repórter e in vivo através do transcriptoma de material de biópsia de pacientes que apresentam mutações em dois receptores nucleares (AR e NR5A1), a fim de averiguar como estas alterações afetam a regulação de genes, causando um possível desequilíbrio no padrão de expressão gênica, e correlacionar os efeitos observados com os diferentes fenótipos apresentados pelos pacientes. Para tal, serão realizados estudos in vitro de transfecção em células de mamíferos, além de RNA-seq e PCR Real Time, com RNA obtido a partir das gônadas ou tecido genital dos pacientes. A segunda parte, visa analisar por sequenciamento de exoma, 10 pacientes classificados como DDS 46,XY idiopáticos, com o intuito de identificar a presença de variantes patogênicas e, eventualmente, revelar novos genes envolvidos na diferenciação testicular. Dessa maneira, este trabalho poderá contribuir para uma melhor compreensão dos mecanismos moleculares que possam explicar o fenótipo dos pacientes, bem como, servirá para implementar os estudos de exomas e transcriptomas em nosso laboratório.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Gilberto Barbosa Domont

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • análise proteômica de cérebro, líquido amniótico, placenta e plasma na microcefalia zika-positiva
  • Não há na literatura científica nenhuma evidência experimental causal confirmando que o vírus Zika é o único agente etiológico responsável pelo desenvolvimento de más-formações cerebrais em fetos humanos durante a gravidez. Dentro deste quadro, as estratégias proteômicas do tipo discovery-driven aparecem como fundamentais para elucidar as bases moleculares envolvidas nas infecções pelo vírus Zika e identificar proteínas com potencial diagnóstico ou candidatos vacinais. Serão estudadas amostras de cérebros de natimortos ou neonatos microcefálicos infectados, ou não, com o vírus da Zika e com a presença, ou ausência de BVDV, líquidos amnióticos de mães infectadas com Zika e/ou BVDV e sangue de grávidas portadoras de infecção pelo Zika, BVDV e sem ou com fetos microcefálicos. Os estudos com BVDVB devem-se a coleta de dados proteômicos obtidos de três cérebros Zika positivos que indicaram a presença de peptídeos associados ao vírus da diarreia viral bovina, VDVB (ou BVDV). Estes resultados, se comprovados verdadeiros, sinalizam que o vírus Zika pode não ser, sozinho, o único agente etiológico responsável pela microcefalia e sugerem que a discovery-driven proteomics pode ter papel crucial na procura de proteins virais e de outros agentes em fluidos e tecidos biológicos. Várias técnicas de espectrometria de massa serão usadas para postular quais proteínas estão diferencialmente expressas nos cérebros e líquidos amnióticos e, combinando buscas qualitativas e quantitativas de modificações pós-traducionais - fosforilação, glicosilação, acetilação e ubiquitinação totais e de proteínas específicas –, concluir sobre as variações conjunta e comparativa, de abundância proteica nos vários tipos de amostras e de seus modificomas que poderão indicar as rotas e a regulação metabólica afetadas. Também a procura de proteínas expressas por outros agentes infecciosos virais ou bacterianos nas amostras de microcéfalos é de suma importância para se acrescentar novos dados, ainda neste ensaio discovery-driven. Finalmente, outro tema de pesquisa será a busca por espectrometria de massa de regiões antigênicas virais. Este é um ensaio direto, com resultados imediatos com amostras de plasma ou soro de pacientes Zika-positivos para maior velocidade e eficiência de coleta de dados. Além de shotgun proteomics usaremos técnicas de fronteira na análise de proteínas intactas como top-down proteomics e dirigida por alvos - targeted-proteomics – parallel reaction monitoring, PRM – para identificar, quantificar peptídeos, proteínas e pequenas moléculas (metabolômica) com enorme exatidão de massa e velocidade de varredura. As sequências de produtos gênicos e de suas proteoformas serão determinadas e caracterizadas suas modificações pós-traducionais (fosfoproteoma, glicoproteoma, acetiloma, ubiquitiloma etc) com alta seletividade e sensibilidade. Para atingir estes objetivos é necessária a aquisição de um espectrômetro de massa de alta resolução, sensibilidade e alta produtividade. Em resumo, busca-se colher dados para conhecer a etiologia do vírus Zika e do BVDV nas infecções humanas, na microcefalia, e postular sítios antigênicos para preparação de vacinas empregando plataformas de espectrometria de massas in tandem.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 03/10/2016-31/10/2020
Foto de perfil

Gilberto Dantas Saraiva

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • estudo e aplicações de cristais e nanoestruturas cristalinas de molibdatos e tungstatos
  • Este projeto visa à estruturação e consolidação parcial do Laboratório de Síntese e Caracterização Molecular, bem como do Grupo de Pesquisa em Síntese e Prospecção Molecular da Faculdade de Educação Ciências e Letras do Sertão Central (FECLES-QUIXADÁ), Universidade Estadual do Ceará. Neste projeto temos como objetivos; a síntese, caracterização e estudo das propriedades estruturais, eletrônicas e vibracionais de cristais e nanoestruturas cristalinas, utilizando como modelos molibidatos e tungstatos. Além das propriedades estudadas, os cristais obtidos terão aplicação no campo da catálise e adsorção química. A síntese de cristais e das nanoestruturas é concebível pela utilização de uma tecnologia tradicional, onde podemos utilizar equipamentos básicos para o desenvolvimento de síntese de cristais e das nanoestruturas. No que abrange a caracterização, a mesma será realizada com equipamentos da Universidade Estadual do Ceará (campus do Itaperi) e no Departamento de Física no Campus da Universidade Federal do Ceará, onde diversas técnicas de caracterização tais como: Microscopia de força atômica, Microscopia de varredura, Raio-X, Microscopia Raman, infravermelho e fotoluminescência encontram-se disponíveis. Recentemente o Grupo de Pesquisa Síntese e Prospecção Molecular – SPM juntamente com o Laboratório de Síntese e Caracterização Molecular tem realizados síntese de diversos cristais de molibdatos com diferentes aplicações. Vale ressaltar que os materiais sintetizados em nosso laboratório já estão sendo aplicados em catálise junto ao departamento de química da Universidade Federal do Ceará e nos estudos de adsorção em colaboração junto ao Laboratório de Adsorção da UECE. A busca pela síntese e caracterização de novos materiais e materiais nanoestruturados tem sido objeto de intensa investigação nestas duas últimas décadas. Nanoestruturas, e Nanoestruturas funcionalizadas têm recebido muita atenção por serem materiais com propriedades interessantes, tais como as propriedades mecânicas, térmicas e elétricas [1]. Nos anos recentes testemunhamos um interesse significativo de aplicações biológicas dos novos nanomateriais no estado sólido [2,3]. Materiais funcionalizados mostram que estes compostos podem ser usados para descobrir novas rotas de associação desses materiais mostrando propriedades resultantes de grande aplicabilidade, podendo ser usadas, por exemplo, na área de nanocompósitos [3,4]. Sistemas unidimensionais tais como nanofios, nanobastões e nanotubos são considerados blocos de construção para a nanotecnologia [5,6,7] e ultimamente estão sendo intensamente estudados. A unidimensionalidade destes sistemas faz com que estes materiais apresentem fortes efeitos de confinamento quântico bem como novos fenômenos e propriedades físicas restritos apenas a esses tipos de sistemas. As propriedades óticas e eletrônicas desses materiais são fortemente dependentes do tamanho e da morfologia e estas podem ser modificadas e controladas usando nanoarquiteturas híbridas tais como cabos co-axiais feitos de diferentes materiais [8].
  • Universidade Estadual do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Gilberto Ferreira da Silva

Ciências Humanas

Educação
  • interculturalidade na formação continuada de professores desde américa latina: perspectivas descoloniais
  • Esta pesquisa se propõe a investigar as contribuições, tanto teóricas quanto práticas de processos de formação continuada com educadores no contexto da regiao latino-americana. Busca-se compreender os fenômenos da diversidade cultural, inerentes á realidade social das nações latinas no contexto da formação docente. Nesta pesquisa aposta-se em processos participativos e colaborativos no trabalho formativo, enfatizando a busca de informações sobre práticas que privilegiam o protagonismo e a autonomia docente. A formação continuada representa hoje, além de uma necessidade, uma possibilidade de construir ações pedagógicas coerentes e viáveis nos contextos da ação profissional docente. É neste sentido que formação continuada e práticas pedagógicas não podem mais ser compreendidas de forma descolada, em que uma atua como pré-requisito da outra e sim em um processo contínuo de interdependência. Esta proposta de investigação assenta-se nas contribuições teóricas adivindas do grupo Mordernidade/Colonialidade (G M/C), nos resultados de pesquisa realizados pelos membros do Grupo de Pesquisa em Educação Intercultural (GPEI/Unilasalle/Canoas) em diálogo com vozes outras na educação, tais como os movimentos sociais, as comunidades originárias indígenas e comunidades quilombolas. Procura também estreitar os laços com os educadores das redes públicas de educação básica, em sintonia com os propósitos de uma formação que responda aos anseios dos docentes que vivem o cotidiando do chão da escola. A pesquisa esta dividida em etapas, sendo que uma delas refere-se ao estudo de revisão de literatura e refinamento teórico, uma outra etapa envolve o mapeamento e análise de experiências de formação docente continuada e, uma outra diz respeito ao processo que projeta a criação, aplicação e avaliação de um programa de formação a ser realizada com um grupo de educadores na Rede Municipal de Educação de Canoas. Os resultados, tanto da revisão de literatura quanto dos dados produzidos durante a realização do programa de formação docente serão analisados a partir das contribuições teóricas da interculturalidade e descolonialidade, aportes tomados como referência para a produção desta pesquisa. Ao final espera-se poder, de forma sistematizada, para além da produção de artigos e papers, produzir e disponibilizar às redes públicas municipais e estaduais um Programa de Formação Docente.
  • Universidade La Salle - Canoas - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Gilberto Icle

Lingüística, Letras e Artes

Artes
  • estudos da presença: práticas (per) formativas na formação em artes cênicas
  • Este projeto pretende investigar a formação em Artes Cênicas no interior dos processos criativos por intermédio do estabelecimento de um banco de dados formado por protocolos de procedimentos em teatro, dança, performance, manifestações populares etc. A produção de dados e sua análise será formada pela Rede Internacional de Estudos da Presença, grupo de pesquisadores em artes da cena do Brasil, França, Portugal e Argentina. Este projeto insere-se na seguinte problemática: como os processos de criação podem circunscrever processos formativos desde o seu interior, não estabelecendo em relação a estes últimos uma decalagem temporal ou espacial?
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Gilberto Januario

Ciências Humanas

Educação
  • a aprendizagem do professor mediada por sua relação com materiais curriculares de matemática
  • A pesquisa com foco no uso de materiais curriculares por professores que ensinam Matemática têm enfatizado esses recursos como agentes que contribuem significativamente para a aprendizagem crítica dos professores, especialmente sobre conhecimentos matemáticos para o ensino. Nesse sentido, este projeto tem por objetivo estudar referencial teórico que subsidia a compreensão da aprendizagem do professor a partir de sua relação crítica com materiais curriculares de Matemática. O desafio posto refere-se à emergente identificação e compreensão do papel que esses materiais exercem para as práticas dos professores, sobretudo para o seu processo de aprendizagem. Nesse sentido, a pesquisa ora proposta se caracteriza como de abordagem qualitativa, em que a coleta de dados se dará a partir de mapeamento de artigos em sites de periódicos nacionais e internacionais e em livros de autores que realizam estudos sobre o tema. Também será realizado mapeamento, em repositórios institucionais, por pesquisas desenvolvidas em programas de pós-graduação em que a relação professor-materiais curriculares e a aprendizagem docente são objeto de análise. Do ponto de vista teórico-metodológico, será considerado o modelo teórico que envolve os recursos do professor (conhecimento matemático para o ensino), os recursos curriculares (objetos físicos, procedimentos e representações de domínio) e os conceitos de agência e affordance.
  • Universidade Federal de Ouro Preto - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Gilberto José Miranda

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • características qualitativas das informações contábenis nas contratações públicas no brasil
  • A pesquisa tem o intuito de evidenciar que o não atendimento às características qualitativas da informação contábil estabelecidas pela Estrutura Conceitual para a Elaboração e Apresentação das Demonstrações Contábeis (Pronunciamento CPC 00) aumenta os problemas de descontinuidade de contratos celebrados entre administração pública e empresas privadas, causados pelas empresas contratadas. A análise econômico-financeira das contratações públicas possui restrições e limitações que fragilizam o processo de seleção das empresas. Como consequência, ocorrem problemas de descontinuidade de contratos com a Administração Pública que se replicam por todo o Brasil. No Estado de Pernambuco foram identificados 1.422 contratos com obras paralisadas no ano de 2016, totalizando aproximadamente R$ 7 bilhões (TCE-PE, 2018). No Estado do Rio Grande do Norte, havia no ano de 2017, 313 obras paralisadas, representando um potencial de dano a administração pública de R$308 milhões (TCE-RN, 2018). Já no Estado de São Paulo, o Tribunal de Contas do Estado fiscalizou 234 obras e destas, 20% estavam paralisadas por problemas contratuais. E das obras paralisadas, aproximadamente 56% apresentavam falhas no cronograma financeiro (TCE-SP, 2018). Ao confrontar a legislação que trata do processo de qualificação econômico-financeira com a Estrutura Conceitual para Elaboração e Apresentação das Demonstrações Contábeis (CPC 00), principalmente em relação às características qualitativas, tanto as fundamentais quanto as de melhoria da informação contábil-financeira útil, nota-se limitações e fragilidades no processo de análises, nos seguintes aspectos: relevância, materialidade e representação fidedigna (características qualitativas fundamentais) e comparabilidade, verificabilidade, tempestividade e compreensibilidade (características qualitativas de melhoria). A falta de observação do critério de relevância relaciona-se com a pouca importância dada às demonstrações contábeis pelos agentes públicos em função da falta de confiabilidade nas demonstrações. Aliado a isto está a falta de auditoria e transparência das demonstrações de empresas de capital fechado (SOBREIRA, et al., 2014) A materialidade refere-se ao fato de que a omissão ou distorção nas demonstrações contábeis pode afetar nas decisões que os usuários da informação contábil a respeito da entidade analisada. Considerando-se a possibilidade de que as demonstrações contábeis não sejam auditadas, a não observância de tais critérios pode resultar em demonstrações contábeis com a presença de fraudes e erros materiais (SOBREIRA et al., 2014). Tratando-se da representação fidedigna, especificamente quanto aos critérios ou características da informação ser completa, neutra e livre de erro material, nota-se que as informações exigidas não são suficientes, pois há exigência de demonstrações contábeis de apenas do último exercício financeiro, há margem considerável para gerenciamento de resultados, fraudes e erros em função da falta de auditoria e transparência (CARNEIRO JUNIOR, 2015). Em relação às características qualitativas de melhoria, tais como a comparabilidade, verificabilidade, tempestividade e compreensibilidade também são identificadas fragilidades no processo de contrações públicas. No aspecto de verificabilidade, nota-se que nos casos de empresas que não são de capital aberto, as informações não são divulgadas e, portanto, falta transparência no processo. E quanto ao critério de compreensibilidade, este se relaciona à falta de preparo dos servidores da administração pública para analisar as informações com razoável diligência e entendimento, pois, geralmente o setor de contratações dos órgãos públicos em geral não dispõe de servidores com conhecimentos técnicos de contabilidade para realizar a devida avaliação das empresas (LESTER; BORBA; MÚRCIA, 2009). Outra inconsistência entre o processo de análise das demonstrações contábeis preconizado pela legislação e a literatura contábil, consiste nos critérios ou indicadores de rentabilidade ou lucratividade. A Lei Federal Nº 8.666/93 não permite o uso de tais indicações nos editais de licitação. Todavia, a literatura de análise de previsão de insolvência o considera como construto relevante para a geração de caixa futuro necessário à capacidade de pagamento no médio e longo prazo, expressados em liquidez e solvência (PEREIRA; MARTINS, 2015). Os estudos empíricos com foco em análise de previsão de insolvência, tais como os de Altman (1968), Ohlson (1980), Du Jardin (2015) e Li e Wang (2017) utilizaram construtos relacionados à Liquidez, Rentabilidade, Endividamento e Desempenho operacional e alcançaram níveis de assertividade próximos de 90%. Desse modo, observa-se que existem lacunas na etapa de qualificação econômico-financeira na legislação de contratações públicas, que não estão em acordo com os estudos empíricos relacionados à análise de previsão de insolvência e com a Estrutura Conceitual para Elaboração e Apresentação das Demonstrações Contábeis (CPC 00). Portanto, a administração pública pode estar contratando empresas sem condições de executar um contrato e consequentemente podem resultar em contratos descontinuados na administração pública. A consequência disso são desperdícios de recursos públicos e baixa qualidade de produtos e serviços ofertados. Nesse sentido, Lester, Borba e Múrcia (2009) afirmam que a qualificação econômico-financeira é um problema real das entidades públicas e consequentemente de todos os brasileiros e ao mesmo tempo, consiste em um tema incipiente na literatura acadêmica.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Gilberto Kac

Ciências da Saúde

Nutrição
  • inquérito nacional de alimentação e nutrição infantil
  • Caracterização geral do problema a ser abordado. A Política Nacional de Alimentação e Nutrição (PNAN) destaca a avaliação do estado nutricional e de práticas de amamentação e consumo alimentar como ferramenta importante para identificar prioridades de ação de acordo com o perfil alimentar e nutricional da população assistida e estabelecer diretrizes dietéticas, determinar associações entre dieta e saúde na população e projetar programas de alimentação e nutrição. Contudo, não existem estudos populacionais com representatividade nacional que tenham explorado o consumo alimentar individual e sua associação com o estado nutricional e a deficiência de micronutrientes em crianças brasileiras menores de cinco anos. Objetivos: Avaliar as práticas de aleitamento materno, alimentação complementar e consumo alimentar, o estado nutricional antropométrico e a epidemiologia das deficiências de micronutrientes (hemoglobina, retinol sérico, proteína C reativa, vitamina D, ferritina, vitamina E, zinco e beta caroteno) entre crianças brasileiras menores de cinco anos, segundo macrorregiões do país, zonas rural e urbana, faixa etária e sexo e mensurar desigualdades nestes indicadores. Métodos. O desenho do estudo compreende um inquérito nacional de base domiciliar. O plano amostral será estratificado por macrorregião e selecionado em dois (setor censitário e domicílio) ou três estágios (município, setor censitário e domicílio). O tamanho da amostra foi estimado em 15.000 domicílios em 123 municípios. Este projeto é constituído de três eixos: (I) Avaliação do aleitamento materno e do consumo alimentar. Serão aplicados questionário fechado com perguntas sobre amamentação e alimentos consumidos no dia anterior à entrevista e recordatório de 24h (R24h), com repetição deste último em dia não consecutivo à primeira avaliação em uma subamostra de 20%. Com esses dados, serão estimados: (a) a prevalência de indicadores do aleitamento materno, de consumo alimentar, de uso de suplementos de micronutrientes, de ambiente alimentar doméstico e de habilidades culinárias do cuidador da criança; (b) o consumo de energia, macro e micronutrientes e (c) a participação de alimentos ultraprocessados na dieta. Serão também identificados padrões alimentares das crianças. (II) Avaliação do estado nutricional a partir da antropometria. Serão realizadas as medidas antropométricas de comprimento/estatura e massa corporal (MC). Essas medidas serão expressas em quatro índices: MC para idade, altura (comprimento/estatura) para idade, MC para altura e índice de massa corporal para idade. O estado nutricional das crianças será classificado para cada índice utilizando os critérios e o padrão de referência da OMS. (III) Estimativa de carências de micronutrientes. Será contratado um Laboratório de Análises Clínicas, que possua comprovação de qualidade técnica que ficará responsável pela coleta, análise, armazenamento e transporte das amostras de sangue. A coleta acontecerá nos domicílios e será previamente agendada. Serão analisados os seguintes marcadores: hemoglobina, retinol sérico, proteína C reativa, vitamina D, ferritina, vitamina E zinco e beta caroteno na amostra completa. Será coletada uma alíquota de sangue para armazenamento e constituição de biobanco. Diversos procedimentos serão realizados antes, durante e depois da coleta de dados para garantia e controle de qualidade do projeto. Antes do início da coleta: desenvolvimento do protocolo de pesquisa, dos manuais de operações e das entrevistas; pré-teste dos instrumentos e procedimentos; treinamento e certificação das equipes para aferição de medidas antropométricas, entrevistas e coleta de sangue; realização de estudo piloto; e pré-teste do sistema de entrada e gerência de dados. Durante a coleta de dados: criação de mecanismos de comunicação intra-equipes; treinamento, (re)certificação; acompanhamento das visitas utilizando checklists que embasarão a confecção de um relatório qualitativo semanal, para cada supervisor ou pesquisador de campo; repetição de medidas antropométricas em 10% da amostra; revisão periódica de equipamentos; e monitoramento dos dados coletados (análise de dados faltantes, concordância intra-observador, análise de preferência por dígito terminal, identificação de valores extremos). Também serão adotados protocolos e manuais para garantia da qualidade das análises de dados para publicações que utilizarem as informações deste projeto. Contribuições adicionais da proposta: Também está previsto avaliar: (a) a equidade/desigualdade em nutrição por meio de indicadores de desigualdade absoluta e relativa (índice de inclinação e de concentração, respectivamente) e (b) a associação entre a participação de programas de proteção social e desfechos nutricionais, que será realizada por meio do link entre os dados do inquérito e aqueles contidos no Cadastro Único do Governo Federal. Resultados esperados. Com o desenvolvimento da proposta, pretende-se descrever o perfil nutricional de menores de cinco anos no Brasil, incluindo: (a) prevalência de déficit de peso e estatura/comprimento, e excesso de peso; (b) práticas de amamentação, alimentação complementar e padrões alimentares; (c) prevalência de deficiência de micronutrientes; e (d) trajetória de mudanças temporais nos indicadores nutricionais (comparação com inquéritos nacionais anteriores, como a Pesquisa Nacional de Demografia em Saúde 1996 e 2006); (e) identificação da associação entre a participação em programas de proteção social como bolsa família, minha casa minha vida, Brasil alfabetizado, salário maternidade e aposentadoria rural e desfechos nutricionais e (f) análise da prevalência de indicadores da nutrição infantil segundo critérios de equidade como a desigualdade absoluta e indicadores de desigualdade relativa e verificar as tendências temporais desses indicadores com inquéritos anteriores.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 24/11/2017-30/04/2021
Foto de perfil

Gilberto Maia

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • produção de eletrocatalisadores metálicos inéditos de baixo custo aplicados às reações de desprendimento de hidrogênio e oxigênio, e redução de oxigênio
  • A geração sustentável de H2 a partir da ‘quebra’ da água é crucial para uma economia baseada em hidrogênio objetivando diminuir nossa dependência de combustíveis fósseis e seus impactos ambientais prejudiciais. Geralmente, a platina (Pt) é o eletrocatalisador mais utilizado para a reação de desprendimento de hidrogênio (RDH) em meio ácido devido à sua boa estabilidade, baixa energia livre de Gibbs (ΔGHH*) para a adsorção de hidrogênio, e performances eletrocatalíticas superiores. No entanto, a característica ‘nobre’ da Pt impede sua ampla comercialização para a produção de H2 em grande escala, devido ao seu elevado custo e baixa abundância na Terra. Adicionalmente, nos últimos anos, foram desenvolvidos catalisadores usando metais de transição da primeira fila da tabela periódica em vez de metais nobres e raros para a redução de prótons produzindo hidrogênio (RDH). A reação de desprendimento de oxigênio (RDO) tem atraído bastante atenção devido a sua aplicação em eletrolisadores de água e baterias de metal-ar. A RDO envolve quatro etapas combinadas de transferências de elétrons acopladas com prótons, e essa reação necessita de grande quantidade de energia (elevado sobrepotencial) para superar a barreira de energia cinética (cinética lenta) para que a mesma ocorra. Na atualidade, materiais baseados em Ru e Ir são utilizados como o estado-da-arte de catalisadores para a RDO, devido mostrarem excelente atividade catalítica tanto em meio ácido quanto básico. No entanto, Ru e Ir são metais preciosos (caros), além de apresentarem pobre estabilidade operacional por longo tempo, devido à dissolução dos mesmos em condições de elevados potenciais anódicos. Assim, o desenvolvimento de catalisadores eficientes e duráveis para RDO envolvendo elementos abundantes na Terra (por exemplo, metais de transição) e de baixo custo torna-se uma necessidade premente. Catalisadores que são substancialmente mais eficientes em relação à reação de redução de oxigênio (RRO) são freneticamente pesquisados na atualidade, dada a importância desta reação em dispositivos de conversão de energia, como células a combustível e baterias de metal-ar, bem como em processos industriais, como a eletrólise cloro-alcalina. Um obstáculo importante, no entanto, é que o RRO tem uma cinética muito lenta (da ordem de grandeza cinco ou mais vezes menor para catalisadores à base de Pt) em comparação com a reação de oxidação do hidrogênio (ROH) quando aplicado, por exemplo, às células a combustível de membrana de troca de prótons (PEMFCs). A Pt tem sido investigada e utilizada como catalisador superior para a RRO, no entanto, devido à cinética lenta, a reação requer cátodos bastante enriquecidos desse metal (Pt). Uma opção é desenvolver catalisadores que contenham pequenas quantidades de Pt, proporcionando alta eficiência catalítica em relação à RRO e estabilidade a longo prazo. Isto pode ser conseguido através da produção de ligas de Pt que empreguem metais (por exemplo, Pd, Ni, Cu, Co) capazes de modificar a estrutura eletrônica e cristalográfica de Pt. Assim fica claro a relevância e impacto da presente proposta que trata do desenvolvimento científico, tecnológico, de inovação, sócio-econômico, e ambiental, de eletrocatalisadores baratos, facilmente produzíveis, bastante ativos, e estáveis, para serem usados nas RDH, RDO, e RRO, eletrocatalisadores esses que serão tentativamente obtidos através da síntese de várias nanoestruturas (nanocompósitos) metálico nitrogenadas (ou contendo enxofre) NixM1-xN(e/ou S) (onde M = Co, Fe, Cu, W, e Mo) (recobertas ou não com uma fina camada de Pt) suportadas em material de carbono (nanofitas de óxido de grafeno ou nanofitas de grafeno).
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Gilberto Petraconi Filho

Engenharias

Engenharia Aeroespacial
  • tecnologia de plasma aplicada a processos de materiais compósitos termoestruturais
  • A presente proposta explora sobre três frentes principais de investigações: (i) em processos de gaseificação de resíduos a plasma visando a produção de materiais carbonosos avançados; (ii) processos de síntese de materiais compósitos termoestruturais por aspersão térmica a plasma e; (iii) ensaios de ablação em túnel de plasma, com o objetivo de obter as propriedades ablativas, térmicas e microestruturais que qualifiquem os materiais processados à aplicação em sistemas de proteção térmica de dispositivos aeroespaciais. Processos de conversão térmica a plasma de resíduos com elevado teor de carbono têm se mostrado promissores, não somente pela sua capacidade de destruição e/ou inertização de compostos perigosos, mas também pela sua potencial qualidade de geração alternativa de energia e subprodutos de elevado valor agregado. Neste escopo, o presente projeto visa o emprego de uma planta planta laboratorial de plasma instalada no Laboratório de Plasma e Processos do ITA, com capacidade de realização de operações de demonstração quanto à capacidade de conversão térmica de piche e alcatrão em matéria prima para a obtenção de gases combustíveis (essenciais para automanutenção energética da planta) e precursores de materiais carbonosos avançados (MCA), tais como o piche mesofásico utilizado na fabricação de fibras de carbono, microesferas de mesocarbono, compósitos carbono-carbono, coques especiais, fulerenos, negro de fumo, nanoestruturas de carbono, peneiras moleculares, materiais carbonosos ativados e grafites sintéticos, todos de elevado interesse do setor de manufatura aeroespacial. Os MCA obtidos pelo processo de gaseificação de piche e alcatração serão utilizados como reforços na fabricação de Compósitos a base de fibra de carbono (C/C), amplamente utilizados em componentes estruturais, especialmente quando expostos as intensas cargas aerotermodinâmicas. Sua alta resistência e excepcional tenacidade à fratura, combinados com suas propriedades refratárias, resistência à erosão, corrosão e desgaste tornam os compósitos reforçados com fibra de carbono ideal para aplicações em componentes estruturais, submetidos a altas temperaturas, tais como turbinas, tubeiras e partes de veículos de reentrada atmosférica. Quando utilizados em atmosferas inertes ou em vácuo, os compósitos C/C mantêm suas propriedades a temperaturas superiores a 2000°C. Porém, nas condições de ambientes oxidantes e de elevadas temperaturas, os compósitos a base de fibras de carbono sofrem intensa degradação devido à elevada catalicidade de reações entre o carbono e o oxigênio, dificultando e, muitas vezes, impossibilitando seu uso em dispositivos aeroespaciais. Neste contexto, objetiva-se o desenvolvimento de processos de síntese recobrimentos nanoestruturados de barreira ambiental (Environmental Barrier Coating, EBC), utilizando (inicialmente) precursores líquidos de ZrO2+SiO2 visando a proteção contra oxidação dos compósitos estruturais de C/C. Os recobrimentos nanoestruturados sobre C/C serão depositados por meio do processo de spray a plasma de alta velocidade por precursores líquidos (High Velocity Solution Plasma Spray, HVSPS), desenvolvido no Laboratório de Plasmas e Processos (LPP) do ITA e em processo de patente entre o ITA e UNIFESP. Por fim, os materiais sintetizados serão expostos a ensaios de ablação em tunel de plasma hipersônico visando sua qualificação ao emprego em sistemas de proteção térmica. O Túnel de plasma do LPP/ITA é o único em operação na América Latina e extensivamente utilizado nos processos de qualificação dos materiais termoestruturais desenvolvidos pelo Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) do DCTA.
  • Instituto Tecnológico de Aeronáutica - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Gilberto Reynoso Meza

Engenharias

Engenharia de Produção
  • projeto em engenharia mediante técnicas de otimização multiobjetivo
  • O projeto de sistemas é uma tarefa complexa quando os parâmetros de projeto precisam atender a um número combinado de especificações ou objetivos que geralmente são conflitantes. O design do sistema pode ser entendido como a busca pelo melhor compromisso entre todas as especificações exigidas. Problemas em que o projetista deve lidar com o cumprimento de múltiplos objetivos são conhecidos como problemas multi-objetivos. Neste projeto, são propostas abordagens de Otimização Multi-objetivo para projetos de engenharia, a fim de melhorar seu desempenho geral. A principal diferença entre as abordagens de otimização multi-objetivo e otimização clássica é que o último busca uma solução única descrevendo o trade-off esperado; o primeiro procura um conjunto de soluções, com diferentes trade-offs. A abordagem multi-objetivo é uma ferramenta valiosa que pode fornecer uma vantagem para o designer se: • É difícil encontrar um trade-off razoável para uma solução que atenda a vários requisitos; Isso ocorre porque, com um conjunto de possíveis soluções, o projetista pode ponderar os pontos fortes e os inconvenientes de cada proposta, a fim de selecionar os mais preferidos para a aplicação atual. • Vale a pena analisar os objetivos do projeto em um sentido geral. Isso pode levar a uma melhor compreensão do problema de design e, assim, extrair conhecimento adicional do problema, útil para os projetistas. O uso de uma abordagem de otimização multi-objetivo para o projeto de sistemas requer três etapas fundamentais: a definição do problema multi-objetivo, o processo de otimização multi-objetivo e a tomada de decisão multicritério. Este processo integral e holístico será denotado a seguir como um procedimento MOOD (Multi-objective Optimisation Design). Este projeto apoia o projeto PQ intitulado: Procedimentos de projeto de otimização multiobjetivo (MOOD) para sistemas de engenharia, processo 304066 / 2016-8 e está sendo executado de 03/2017 a 03/2020. Em tal projeto, quatro áreas-chave estão sujeitas a pesquisa: transferência de conhecimento, sistemas aéreos não tripulados, dispositivos mecatrônicos e aplicações industriais. Este projeto se concentra na primeira área-chave, transferência de conhecimento, dando suporte sobre o uso de procedimentos de MOOD para problemas de projeto para a rede internacional dentro do projeto.
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Gilberto Tadeu Lima

Ciências Sociais Aplicadas

Economia
  • macrodinâmica computacional com modelagem baseada em agentes (abm)
  • O presente projeto visa desenvolver uma série de extensões computacionais na área de macrodinâmica a partir da metodologia da modelagem baseada em agentes adaptativos. A incorporação de diversas formas de heterogeneidade comportamental e interação estratégica em rede de maior complexidade a modelos macrodinâmicos com solução analítica já elaborados pelos pesquisadores do projeto permitirá derivar novas propriedades emergentes de interesse teórico e com perspectiva de teste empírico.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-31/03/2023
Foto de perfil

Gilberto Úbida Leite Braga

Ciências Agrárias

Agronomia
  • identificação dos sistemas envolvidos na percepção e resposta à luz no fungo metarhizium acridum por meio da transcriptômica e proteômica
  • Diversos processos importantes em fungos, como o metabolismo primário e secundário, o desenvolvimento, a reprodução, a patogenicidade e a virulência, são regulados pela luz. A percepção da luz também permite a adaptação morfológica e fisiológica de estruturas, como conídios e micélios, a condições futuras de estresse. No fungo entomopatogênico Metarhizium acridum, exposições à luz branca e azul induzem um aumento da tolerância à radiação UV-B (280-320 nm) e ao calor, o que é extremamente desejável já que a fotoinativação do inóculo pela radiação solar compromete a eficácia do fungo como micoinseticida. Entretanto, os mecanismos moleculares que resultam nesse efeito ainda não foram elucidados. Dessa forma, o objetivo geral desse projeto é elucidar os sistemas envolvidos na indução da tolerância à radiação UV pela luz em Metarhizium por meio do uso combinado das análises transcriptômica e proteômica. Os fotorreceptores envolvidos na percepção da luz serão identificados por meio da obtenção de linhagens do fungo com deleções nos genes que codificam os principais fotorreceptores conhecidos (White Collar-1, Cry-DASH, Cryptochrome-2 e para uma CDP photolyase). As abordagens transcriptômica, por meio do sequenciamento de RNA (RNA-seq), e proteômica, por meio de LC-MS/MS, serão utilizadas, de forma integrada e complementar, nas mesmas amostras, para identificar os genes e as proteínas envolvidos na resposta à luz visível. Espera-se que os resultados, além de fornecerem informações sobre os mecanismos envolvidos na percepção e resposta à luz no fungo, contribuam para a obtenção de linhagens mais tolerantes ao estresse ambiental e, portanto, mais apropriadas para serem utilizadas como micoinseticidas.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022