Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Juliana Inaba

Ciências da Saúde

Farmácia
  • desenvolvimento de um imunossensor eletroquímico para a detecção da proteína adam-33 como biomarcador de carcinoma de mama do tipo lobular invasivo.
  • Excetuando-se os casos de pele não melanoma, o câncer de mama é o tipo de câncer mais frequente entre a população mundial e a principal causa de morte por câncer entre as mulheres, 90% dos óbitos em decorrência de metástases. Os adenocarcinomas mamários classificam-se em decorrência da sua localização, ductal ou lobular, e ainda in situ, quando se refere a uma proliferação neoplásica limitada aos ductos e lóbulos pela membrana basal, ou invasivo, quando a proliferação atravessa a membrana basal, alcançando o estroma. Os carcinomas invasivos de mama ductal, CDI, e lobular, CLI, são as malignidades de mama mais comuns, e correspondem por 80% e 15% dos casos, respectivamente. As características clínicas dos dois tipos de malignidades são muito similares, dificultando sua diferenciação. Entretanto, os locais de metástase entre os dois tipos de carcinomas e a resposta à terapia adjuvante diferenciam-se. Sendo que no primeiro, a metástase ocorre nos pulmões, cérebro, ossos e fígado, enquanto que no segundo, acomete o trato gastrointestinal, peritônio e retroperitônio. Com relação à taxa de sobrevida, esta é maior no carcinoma ductal invasivo, comparado ao lobular, mostrando-se resistente à terapia adjuvante. O diagnóstico, prognóstico e a tomada de decisão com relação ao tratamento do câncer de mama é baseado na detecção de biomarcadores utilizando a técnica de imunohistoquímica de proteínas como os receptores de estrógeno (ERα), de progesterona (PgR), produto do gene ERBB2 e de citoqueratinas. Porém, alguns dos CDI apresentam o mesmo perfil de CLI, dificultando a sua classificação. Baseado nisso, outros marcadores veem sendo procurados com o objetivo de se classificar o carcinoma invasor mamário, tendo como destaque as E-caderinas, proteínas presentes nas membranas de células epiteliais, envolvidas com adesão celular. Foi evidenciado que em CDI ocorre perda ou hipo-expressão desta proteína, enquanto que no CLI, sua expressão parece estar diminuída, embora os dados sejam discrepantes, variando de 0-45% o que dificulta o diagnóstico. Recentemente foi identificado um biomarcador para classificação de carcinoma mamário invasivo, a proteína ADAM-33. Esta trata-se de uma glicoproteína transmembrana que desempenha diversos papéis na célula, como remodelamento da superfície celular, mediadora de interação célula-matriz e célula-célula. Seniski et al. mostraram que a hipermetilação do promotor da ADAM-33 ocorria em 76,2% dos casos de CLI, comparados com 25,5% em CDI, sugerindo que o silenciamento do gene ADAM-33 possa estar envolvido com a natureza histológica de CLI. A partir deste estudo, os autores sugeriram que esta proteína poderia ser utilizada como biomarcador diferencial de CLI e CDI em ensaios utilizando western blotting e imunohistoquímica, as quais são trabalhosas, demandam elevado tempo de análise, equipe treinada, estrutura laboratorial robusta e, na última, patologistas com conhecimento específico. Uma alternativa para a detecção da presença da proteína ADAM-33 em tecidos mamários é o uso de biossensores, em especial os imunossensores eletroquímicos. Imunossensores são dispositivos que possuem um papel central na análise de amostras clínicas e biológicas. Devido à natureza complexa deste tipo de amostras, os imunossensores possibilitam a detecção interação entre o antígeno (Ag) e anticorpo (Ac), de forma sensível e específica. Estes métodos envolvem frequentemente a imobilização do Ag sobre o transdutor eletroquímico e o uso de uma substância ativa eletroquímica para geração de sinal. Em seguida, o sensor pode ser exposto diretamente a uma amostra biológica, identificando a presença do Ac nesta, ou vice e versa. Esta interação induz alterações nas características físico-químicas do filme na superfície do eletrodo, podendo então ser detectadas. O desenvolvimento de imunossensores baseados na reação específica entre Ag e Ac com transdução eletroquímica é uma abordagem aplicada ao diagnóstico clínico que tem recebido grande atenção nos últimos anos. Isto deve-se à possibilidade de produzir métodos viáveis para diagnóstico in vitro e in vivo, com baixo custo, tamanho reduzido e tempo de resposta curto e portabilidade. Os imunossensores são dispositivos promissores e atrativos devido à alta especificidade da interação Ag-AC, de simples operação, por não degradar a amostra, fácil preparação da amostra e de análise, e elevada sensibilidade, que permite limites de detecção na ordem de fentomoles. Visando contribuir para o desenvolvimento de um método de diagnóstico laboratorial preciso e rápido que possa diferenciar de forma confiável entre CDI ou CLI, o objetivo principal deste trabalho é a preparação de um imunossensor eletroquímico atóxico, biodegradável e biocompatível, de baixo custo, portátil, e de resposta rápida e eficiente para a detecção da proteína ADAM-33. Para isso, será utilizada a técnica de construção Layer by layer (LbL), utilizando a adsorção de camadas alternadas de polieletrólitos de origem biológica, a quitosa como policátion, alternada com um nanohíbrido de nanopartículas metálicas para aumentar a transdução do sinal eletroquímico, utilizando o polissacarídeo sulfatado porfirana como nanoreator e poliânion. Serão produzidos e purificados anticorpos monoclonais anti-ADAM-33, que servirão de âncora para a detecção da proteína alvo. A interação Ag-Ac será avaliada por voltametria cíclica e impedância eletroquímica. Uma vez estabelecidas as melhores condições para a construção, imobilização das biomoléculas e detecção da proteína alvo, este eletrodo poderá servir de modelo para a construção de outros imunossensores utilizando outros anticorpos monoclonais dirigidos para a busca de biomarcardores específicos. Desta forma, essa metodologia se aplica como uma alternativa rápida e de baixo tempo e custo e com provável aumento de sensibilidade, comparada à técnica de imunohistoquímica, atualmente utilizada para a detecção destes biomarcadores.
  • Universidade Estadual de Ponta Grossa - PR - Brasil
  • 01/06/2017-31/07/2020
Foto de perfil

Juliana Infante

Ciências Humanas

Filosofia
  • v feira de ciências, arte e cultura do ifsp matão
  • De acordo com a legislação federal, na forma da Lei de Diretrizes Básicas (LDB 9394/96) e dos PCNs, a contextualização e interdisciplinaridade são muito importantes no ensino. Neste sentindo, as feiras constituem boas oportunidades, uma vez que, permitem aos alunos relacionarem a teoria com a prática e articular conhecimentos diversos na busca de soluções para problemas reais presentes no seu cotidiano. As feiras/mostras científicas e culturais trazem um enriquecimento curricular significativo tanto aos discentes, que ao deixarem de ser meros espectadores, assumem papel de atores principais no processo de aprendizagem, quanto aos docentes que os orientam, já que muitas vezes também são desafiados a mudarem suas perspectivas e visão de mundo, a encontrarem resoluções não tão fáceis para determinados questionamentos/problemas. Além disso, por propiciarem maior aproximação com os alunos, tais eventos permitem que o docente possa melhor compreendê-los, entendendo seus anseios, necessidades e comportamento o que, inclusive, pode melhorar a relação professor-aluno e aluno-escola, extremamente importante, sobretudo, nos dias atuais. As escolas da cidade de Matão atendem a alunos de várias faixas etárias e com grande diversidade sociocultural, apresentando problemas comuns tais como: alunos desmotivados, sem pré-requisitos, sem acompanhamento familiar, falta de verbas para melhorias na estrutura física. Tendo em vista a necessidade de contextualização interdisciplinar e de uma melhor integração professor/aluno/comunidade e com o intuito de amenizar esses problemas, as escolas realizam anualmente feiras de ciências em nosso município. Considerando a tendência de viabilizar a pesquisa na educação básica, nota-se a necessidade de realização de um evento a nível municipal. Um evento tal como uma feira que possa reunir os trabalhos desenvolvidos por alunos de várias escolas, promovendo a integração científica e social desses alunos. Desta forma, surge o projeto V Feira de Ciências, Arte e Cultura do IFSP-Matão que ao buscar a valorização do aluno e do conhecimento, por meio da difusão do conhecimento cultural, tecnológico e científico entre a comunidade interna do IFSP- Matão e a sociedade matonense, contará com apresentação de 60 trabalhos de alunos de ensino médio do IFSP-Matão (1°, 2° e 3° anos) e de alunos das escolas municipais, estaduais e particulares desta cidade que estão cursando o ensino fundamental (9º ano) e ensino médio (1º e 2º anos) integrado ou não ao ensino técnico. Os trabalhos envolverão a elaboração de experimentos científicos e mostras culturais e, além dos alunos que apresentarão seus trabalhos, serão convidados a prestigiar a feira os demais alunos e professores do 9º ano do Ensino Fundamental e dos 1º, 2º e 3º anos do Ensino Médio de Matão, docentes e demais servidores destas escolas e a comunidade de Matão
  • Instituto Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 07/01/2020-31/01/2021
Foto de perfil

Juliana Kessia Barbosa Soares

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • efeito da suplementação com polpa de macaíba (acrocomia intumescens) sobre parâmetros bioquímicos, estresse oxidativo e comportamento em ratos exercitados
  • A prática regular de exercício físico juntamente com uma alimentação equilibrada contribui para uma relação inversa com o risco de desenvolvimento de doenças crônico degenerativas e com efeito positivo sobre a qualidade de vida. Dentre os componentes alimentares que já demonstraram contribuir na terapêutica da ansiedade, redução do estresse oxidativo, obesidade e doenças associadas, estão os lipídeos, compostos antioxidantes dietéticos, vitaminas, fibras, sendo estes encontrados em quantidades significativas em diversas frutas. Considerada como boa fonte de ácidos graxos insaturados, além de apresentar carotenoides, vitaminas, fibras e aminoácidos, está a polpa de macaíba (Acrocomia intumescens), palmeira cujo fruto se caracteriza por apresentar duas porções comestíveis, sendo estas a polpa e a amêndoa. Mesmo apresentando em sua composição ricos constituintes, ainda é pouco valorizada pela população da caatinga brasileira, onde é encontrada. Não sendo, até o presente momento encontrados estudos científicos que comprovem benefícios à saúde ou aproveitamento de sua polpa na indústria alimentícia, nem como parte habitual da alimentação da população. Desta forma se torna necessário que se comprove sua segurança, quanto ao seu consumo, promovendo a valorização da mesma. Em estudo preliminar desenvolvido por nosso grupo de pesquisa, verificou-se que a polpa de macaíba foi eficaz na melhora de parâmetros bioquímicos de ratos dislipidêmicos, bem como na redução de gorduras viscerais (dados não publicados). Tendo-se em vista a escassez de estudos utilizando a polpa de macaíba associada ou não ao exercício físico, pesquisas nessa área se justificam por ser uma proposta de caráter inovador e que podem contribuir com a expansão no consumo e cultivo de frutos da caatinga do Brasil e da agroindústria especializada em produtos nativos, com destaque para a macaíba. Desta forma, com este trabalho visa verificar os efeitos da polpa de macaíba sobre os parâmetros físicos, bioquímicos, estresse oxidativo e comportamental em ratos exercitados. Para tanto, serão utilizados 40 ratos machos da linhagem Wistar, sendo estes divididos em quatro grupos distribuídos em: 1) grupo controle sedentário (CS), onde será administrado água destilada (via gavagem); 2) grupo macaíba sedentário (MS), onde será administrado solução de macaíba na concentração de 1000mg/kg de peso do animal (via gavagem); 3) grupo controle exercitado (CE), onde será administrado água destilada (via gavagem) e será conduzido à exercício de natação; 4) grupo macaíba exercitado (ME), será administrado solução de macaíba na concentração de 1000mg/kg de peso do animal (via gavagem) e será conduzido à exercício de natação. O protocolo de exercício de natação, será realizado por um período de oito semanas, nado livre, cinco vezes por semana. Sendo a primeira semana de adaptação iniciando com tempo de 10 min até atingir 60 min no último dia de adaptação. Ao final do tratamento todos os animais serão submetidos a testes comportamentais de labirinto em cruz elevado e de transição claro-escuro, para verificação de parâmetros de ansiedade. Após os testes comportamentais os animais serão eutanasiados e serão coletados sangue e tecidos, para análises bioquímicas e de avaliação de estresse oxidativo. Este projeto visa gerar informações científicas ainda escassas, particularmente, sobre a polpa de macaíba e no estudo da funcionalidade deste alimento, temas estes de caráter inovador, contribuindo para a expansão e valorização do agronegócio local, possibilitando fomentar o desenvolvimento sustentável do Semiárido brasileiro.
  • Universidade Federal de Campina Grande - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Juliana Maia de Queiroz

Lingüística, Letras e Artes

Letras
  • brasileiros em portugal: romances que cruzaram o atlântico na segunda metade do século xix
  • Importantes estudos acerca da circulação transatlântica de impressos no século XIX têm mobilizado pesquisadores de diferentes países da área da literatura em diálogo com a história cultural. Contrariando a ideia de um circuito unilateral de produção, circulação e recepção de livros entre metrópole e ex-colônia ou, ainda, entre países europeus e Brasil, pesquisas mais recentes mostram que, ao longo do século XIX, houve também um importante trânsito de livros brasileiros em países europeus. No que se refere à circulação de obras brasileiras em terras portuguesas, sabe-se que ela se deu de forma mais efetiva a partir dos anos setenta do oitocentos, sobretudo de romances. Nesse sentido, interessa-nos examinar a presença, circulação e recepção de romances brasileiros em Portugal no momento em que a produção romanesca já havia se consolidado em ambos os países e esse gênero ganhava cada vez mais interesse de leitores, editores e críticos nos dois lados do Atlântico.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Juliana Michaello Macedo Dias

Ciências Sociais Aplicadas

Planejamento Urbano e Regional
  • feiras populares: territórios do persistir
  • O projeto em questão pretende investigar as feiras populares a partir de sua compreensão como territórios de persistência. As feiras são hoje lugares de reafirmação das tradições, o que se exacerba quando falamos das identidades nordestinas. No entanto, em Alagoas percebemos que a riqueza das mesmas é constantemente afrontada pelas ações do poder público, que tratam as feiras como espaços residuais. O projeto pretende discutir a feira enquanto território, expressando as tensões e resistências que marcam seus processos de territorialização, ao tempo em que busca compreender a importância das suas táticas de persistência. Fruto de reflexões surgidas durante pesquisa extensiva no território alagoano quando da realização do Projeto de Salvaguarda do Patrimônio Imaterial Cultural de Alagoas, o projeto pretende aprofundar análises preliminares sobre a territorialidade da feira, tomando por base entrevistas, experiências vivenciais, pesquisa histórica e socioeconômica e análise dos processos de planejamento urbano em sua relação urbano-territorial com as feiras. O projeto será estruturado em 4 eixos analíticos, a saber: (1) a feira como lugar de memória; (2) as corpografias da feira; (3) a feira enquanto território de resistência urbana; (4) a feira como território de invenção. Em cada um desses eixos a pesquisa pretende discutir as tensões existentes e as potencialidades presentes nas feiras enquanto agenciamentos de persistência. Trata-se, para tanto, de uma abordagem interdisciplinar que perpassa a história, a antropologia e o planejamento urbano. A partir de uma perspectiva em que se entende as cidades como tessitura cotidiana de seus habitantes, a pesquisa compreende sua relevância ao explicitar inventividades e tensões na relação da feira com o espaço urbano contemporâneo e possivelmente subsidiar ações de salvaguarda cultural e planejamento urbano focadas nas pessoas.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Juliana Milanez

Ciências Humanas

Educação
  • iii feira de ciências ufrj-macaé
  • A Feira de Ciências UFRJ-Macaé é uma atividade técnico-científico-cultural que se destina a aproximar a escola, a comunidade e a UFRJ em Macaé, oportunizando trocas de conhecimentos e a apresentação de trabalhos de investigação, de maneira a estimular a originalidade, a criatividade, o raciocínio lógico e a capacidade de pesquisa, visando à autonomia intelectual. Fundamenta-se na ideia de extensão universitária como processo educativo, cultural e científico, e contempla a interação transformadora entre universidade e sociedade. Além disso, o projeto visa a manutenção de um espaço aberto à sociedade, onde serão realizados experimentos científico-tecnológicos, visando à divulgação científica e a discussão sobre temas na interface ciência/sociedade/meio ambiente/saúde/sustentabilidade.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 04/12/2018-31/12/2020
Foto de perfil

Juliana Onofre de Lira

Ciências da Saúde

Fonoaudiologia
  • comparação do efeito de reabilitação cognitiva e dupla tarefa em idosos com comprometimento cognitivo leve e demência leve.
  • Introdução: As intervenções não farmacológicas na demência e Comprometimento Cognitivo Leve (CCL) podem contemplar a reabilitação cognitiva isolada, exercício físico ou associação de ambos, o que é denominada dupla tarefa. Não há consenso qual modalidade apresenta maior eficácia nesta população. Objetivo: Comparar o efeito da intervenção baseada em reabilitação cognitiva isolada versus dupla tarefa nas funções cognitivas, comportamento, funcionalidade e qualidade de vida em idosos com comprometimento cognitivo leve e demência leve. Método: Idosos com CCL, demência leve e controles encaminhados a um Centro de Referência em Assistência à Saúde do Idoso do Distrito Federal serão submetidos a uma avaliação gerontológica ampla e direcionados homogeneamente a duas modalidades de intervenção: Reabilitação cognitiva isolada e Reabilitação por dupla tarefa. Cada grupo de intervenção acontecerá duas vezes por semana durante 4 meses. Após este período será realizada uma reavaliação com os mesmos instrumentos iniciais.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Juliana Perrone Bezerra de Menezes

Ciências Biológicas

Biologia Geral
  • estudo da modulação da migração celular por leishmania e seu impacto na disseminação do parasito no hospedeiro
  • Leishmania spp. infectam diversos de hospedeiros vertebrados, incluindo o homem (Banuls et al., 2007; WHO, 2010). As doenças causadas por este protozoário, as leishmanioses, podem apresentar diferentes tipos de manifestações clínicas, desde lesões localizadas na pele que cicatrizam espontaneamente, lesões de pele, que se espalham de forma disseminada, a forma mucocutânea da doença, além da leishmaniose visceral, forma mais grave que podem levar à morte se não tratada (Ashford, 2000; Desjeux, 2004). A OMS classifica a leishmaniose como uma das mais importantes doenças tropicais negligenciadas. A doença é endêmica em quase todos os continentes, estimando-se que 12 milhões de indivíduos estejam infectados por Leishmania e que 350 milhões de indivíduos corram risco de ser infectados (WHO, 2010). No Brasil, a leishmaniose cutânea é endêmica, sendo registrados cerca de 12.690 mil novos casos por ano, além da forma visceral da doença, que apresenta 3.200 mil novos casos por ano (OPAS, 2018). A disseminação e homing de células infectadas contendo antígenos de Leishmania são fundamentais para a sobrevivência deste parasito no hospedeiro e para o estabelecimento da lesão. Ainda hoje, pouco se sabe sobre os mecanismos envolvidos na adesão da célula hospedeira e sua migração na infecção por este protozoário. Como principal célula hospedeira da Leishmania, macrófagos desempenham um papel crucial no estabelecimento da infecção causada por este parasito. Adicionalmente, estudos recentes sugerem que células dendríticas são essenciais para a iniciação e regulação de uma resposta immune protetora a este protozoário. Entretanto, pouco se sabe como as células do sistema immune contribuem para a disseminação da doença. Em trabalho realizado anteriormente utilizando macrófagos murinos, nós mostramos uma redução da motilidade e migração de macrófagos infectados por Leishmania em ambiente bidimensional, associada à redução da expressão de proteínas envolvidas em formação de complexos de adesão, assim como sua fosforilação. Mostramos ainda um aumento da polimerização de filamentos de actina nessas células (Menezes et al., 2016). Entretanto, pouco se conhece sobre a migração de células dendríticas ou monócitos inflamatórios infectados por Leishmania, especialmente em células humanas. Assim, para melhor entender as células e mecanismos envolvidos na disseminação de Leishmania, neste projeto, propomos avaliar como este parasito modula a migração de macrófagos, células dendríticas e monócitos humanos em ambiente bidimensional e tridimensional, uma vez que a migração transendontelial destas células e sua infiltração nos tecidos envolve sinais regulatórios oriundos de um ambiente tridimensional. Utilizaremos ainda diferentes espécies de Leishmania com o objetivo de entender como o parasito dissemina no hospedeiro vertebrado em diferentes formas clínicas da doença. Nossa hipótese é que células dendríticas humanas infectadas por Leishmania migram mais do que macrófagos e monócitos humanos infectados, contribuindo para a apresentação de antígenos em linfonodos drenantes e para a disseminação da doença no hospedeiro vertebrado. Na leishmaniose, a relação entre disseminação do parasito e enfermidade é particularmente estreita. Estudos para melhor entender a de migração de células hospedeiras infectadas e sua relação com a disseminação da doença são fundamentais para a concepção de novas estratégias terapêuticas e prevenção do desenvolvimento de formas graves e desfigurantes da leishmaniose.
  • Fundação Oswaldo Cruz - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Juliana Pertille da Silva

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • evolução temporal e metamórfica do complexo porongos, rio grande do sul, brasil.
  • O Complexo Porongos compreende a sequência supracrustal do Cinturão Dom Feliciano ao sul da Província Mantiqueira. O complexo de 150 km N-S e 30 km E-W é formado dominantemente por rochas metapelíticas e quartzitos intercalados com serpentinitos, mármores e rochas metavulcânicas. Recentes estudos de proveniência de zircão detrítico revelaram que o Complexo Porongos foi formado através de deposições episódicas em distintas bacias e estágios evolutivos do Ciclo Brasiliano. Apesar dos significativos avanços, dados sobre a história termal, condições e idades de metamorfismo das rochas metassedimentares são raros ou completamente inexistentes. Esse projeto propõe o estudo inédito da evolução temporal e metamórfica das rochas metassedimentares do setor sul do Complexo Porongos, entre as cidades de Santana da Boa Vista e Pinheiro Machado. A metodologia proposta para obtenção dos resultados inclui a integração de dados de mapeamento geológico de detalhe, geoquímica de rocha total, geocronologia U-Pb em zircão e rutilo detríticos e de minerais metamórficos (monazita, xenotima). Aliadas às técnicas de geocronologia, esse projeto propõe a determinação das condições de P-T das rochas metapelíticas através da construção de pseudosseções.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Juliana Petri Tavares

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • implicações das alterações físicas e psíquicas na qualidade de vida de policiais civis
  • Este estudo tem como objetivo analisar a relação entre alterações físicas e psíquicas e a qualidade de vida em policiais civis de Porto Alegre-RS. Trata-se pesquisa com delineamento misto, com abordagem quantitativa e qualitativa que será realizada com uma amostra de 237 policiais civis. A avaliação das alterações físicas dos policiais civis será realizada por meio da aplicação do instrumento Standardised Nordic Questionnaire e perguntas fechadas sobre doenças crônicas. A avaliação das alterações psíquicas dos policiais civis será realizada por meio da aplicação do Self-Report Questionaire (SRQ-20), Maslach Burnout Inventory (MBI) e Escala Desequilíbrio Esforço-Recompensa (DER). O desfecho do estudo será a qualidade de vida e será avaliada por meio do World Health Quality of Life (WHOQOL-breve). Os dados serão submetidos a análise estatística descritiva, inferencial e Regressão Linear Múltipla. Serão consideradas como diferenças estatisticamente significativas os dados com “p” bicaudal menor que 0,05, ou com intervalo de confiança de 95%. Serão respeitados os preceitos éticos conforme Resolução 466/12 do Conselho Nacional de Saúde. O projeto foi a aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da UFRGS com CAAE 65391717.1.0000.5347
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Juliana Pinto Viecheneski

Ciências Humanas

Educação
  • construção e manutenção de práticas pedagógicas de ciências com enfoque cts em escolas com baixo ideb na região de irati - pr
  • Vide projeto anexo
  • Instituto Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 12/08/2019-30/12/2021
Foto de perfil

Juliana Salles Machado Bueno

Ciências Humanas

Arqueologia
  • fág.tar. a força delas. mulheres e territorialidades no presente/passado entre sociedades indígenas e tradicionais no brasil
  • O intuito desta pesquisa é contribuir para uma ainda escassa reflexão sobre as práticas, seus efeitos e significados, das mulheres indígenas e de sociedades tradicionais nos processos territoriais, a partir de perspectivas interdisiplinares e colaborativas. Busca-se consolidar no âmbito desta pesquisa uma rede já existente de colaboração entre historiadoras, arqueólogas, antropólogas e mulheres indígenas e ribeirinhas, numa tentativa conjunta de compreender as práticas, os papéis e processos de identificação/reconhecimento e representação, conquistados e atribuídos às mulheres particulamente nos contextos de formação, uso manutenção e significação de seus territórios. Para o desenvolvimento desta pesquisa utilizarei três abordagens metodológicas: a compilação e escrita de biografias de mulheres; análise dos dados de pesquisas etnoarqueológicas; e a sistematização de dados arqueológicos, históricos e etnográficos publicados sobre a temática relacionada às mulheres e suas relações com os processos de territorialidade. O desenvolvimento desta pesquisa, visa assim diminuir a invisibilidade da mulher nas narrativas históricas, pré-coloniais, coloniais e do tempo presente no context brasileiro, em contraposição à sua presença constante nos mitos e sua importância nas formas de organização, liderança e representação social indígena desde a conquista européia até os dias de hoje, particularmente no manejo territorial, agricultura e luta pela terra.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Juliana Soledade Barbosa Coelho

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • dicionário de nomes em uso no brasil
  • Vide projeto anexo
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Juliana Torres Rodrigues Pereira

Ciências Humanas

História
  • benevolência e misericórdia: a correção pedagógica dos erros contra a fé no mundo inquisitorial (século xvi)
  • O objetivo da pesquisa proposta é analisar a formulação e circulação de uma corrente teológica que pregava a paciência e a docilidade na correção dos erros contra a fé por parte de uma determinada ala do episcopado do período tridentino, em oposição ao modus operandi inquisitorial. Pretende-se investigar como tais ideias se propagaram e foram aplicadas em quatro cenários distintos: Portugal, Espanha, Itália e Goa
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Juliane Feix Peruzzo

Ciências Sociais Aplicadas

Serviço Social
  • novas formas de extração do valor na esfera dos serviços: a precarização da vida e do trabalho, dos/as trabalhadores/ras dos call center
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Juliano Alex Roehrs

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • reatividade e aplicação do peróxido de hidrogênio-ureia (uhp) na síntese de compostos organocalcogênios
  • Devido à atividade biológica relacionada a compostos contendo átomos de enxofre e selênio em sua estrutura, muitos pesquisadores estão desenvolvendo novas moléculas orgânicas com o interesse de estudar sua aplicação como proposta terapêutica para diferentes enfermidades. Nesse contexto, diferentes classes de compostos orgânicos que contêm átomos de calcogênio em sua estrutura já demonstraram propriedades biológicas, tais como ação antioxidante, antidepressiva, anti-inflamatória, antiretroviral, entre outras. Considerando essa promissora linha de pesquisa aliada à busca por reações mais eficientes e limpas, no presente projeto pretende-se desenvolver uma biblioteca de compostos via reações de substituição eletrofílica em compostos carbociclos e heterociclos. Para isso, uma das estratégias a ser estudada é a inserção de espécies eletrofílicas de calcogênio a compostos aromáticos e heteroaromáticos, via formação in situ destas espécies, utilizando um sistema oxidante ainda não descrito: Peróxido de Hidrogênio-Ureia (UHP) e dicalcogenetos de diorganoíla. A vantagem em utilizar esse reagente frente aos habitualmente utilizados está relacionada ao seu baixo custo, sua estabilidade, facilidade de manuseio, solubilidade em água, bem como sua baixa toxicidade. O UHP, também chamado de peróxido de carbamida no consultório odontológico, é um sólido composto de quantidades iguais de peróxido de hidrogênio e ureia, usado para branqueamento, desinfecção e oxidação. O UHP é um peróxido sólido e isento de água, o que oferece maior estabilidade e melhor controle do que o peróxido de hidrogênio líquido quando usado como agente oxidante. Com o desenvolvimento deste projeto, almeja-se consolidar um sistema de colaboração entre Professores das quatro grandes áreas da química (Orgânica, Inorgânica, Físico-Química e Analítica) do IFSul campus Pelotas com grupos de pesquisa das Universidades Federais, de Pelotas (UFPel), Santa Maria (UFSM) e do Pampa (Unipampa) e Santa Catarina (UFSC). Pretende-se também, contribuir efetivamente para formação de recursos humanos qualificados, proporcionando a difusão e troca de conhecimentos científicos através da interação entre os colaboradores envolvidos no projeto.
  • Instituto Federal Sul-Rio-Grandense - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Juliano Bandeira Lima

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • processamento de sinais sobre grafos: novos conceitos, técnicas e aplicações
  • Informações distribuídas sobre redes são constantemente produzidas, armazenadas e processadas em diversos ambientes práticos. Medições em redes de sensores, scores de opinião em redes sociais e atributos de objetos virtuais 3D são exemplos dessas informações. Cenários como esses podem ser vistos como grafos, a cujos vértices se encontram associadas amostras de um sinal. Nesse contexto, a principal particularidade é que a topologia é arbitrária, o que restringe o uso de métodos clássicos para processamento digital de sinais. A necessidade de tratar de forma adequada as informações sobre essas redes fez surgir, na última década, o processamento de sinais sobre grafos (GSP, do inglês graph signal processing). O GSP busca estender métodos clássicos de processamento de sinais para os casos em que o domínio é irregular, representado por um grafo arbitrário. A vasta gama de cenários práticos enquadráveis nesse escopo e o grande número de problemas em aberto a respeito do GSP justificam a execução deste projeto. Pretende-se estabelecer no quadro descrito ferramentas matemáticas análogas às transformadas discretas e definidas sobre estruturas algébricas finitas, propondo novas definições e investigando suas propriedades e aplicações. Espera-se que as novidades teóricas obtidas possam ser empregadas em processamento e análise de dados massivos, proteção e compressão de informação multimídia e de objetos virtuais 3D, detecção de falhas e estimação de medições em redes de observações climatológicas, modelagem de sistemas de transporte e engenharia de tráfego. A pesquisa deve ser pautada em desenvolvimentos matemáticos apoiados por simulações computacionais e implementações em hardware, e com uso de bases de dados reais relacionadas ao tema.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Juliano Bordignon

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • descoberta e reposicionamento de fármacos com atividade antiviral para arboviroses negligenciadas baseado em um sistema de microscopia de alta performance
  • As arboviroses, do inglês arthropod-borne virus, são doenças transmitidas por insetos vetores e que apresentam ampla distribuição geográfica, em especial nas áreas tropicais e subtropicais do globo. No Brasil, os arbovírus mais relevantes em termos de Saúde Pública, são os vírus da dengue, Zika, febre amarela e o vírus Chikungunya, estando implicados em surtos e epidemias recentes. Apesar destes vírus estarem relacionados a grandes epidemias nas últimas décadas, outros arbovírus representam atualmente potencial risco de emergência, sendo reportados como arboviroses negligenciadas, a saber, o vírus Oropouche (OROV) da família Bunyaviridae; e o vírus Mayaro (MAYV) da família Togaviridae. Casos de infecção por OROV e MAYV vem sendo reportados em diferentes regiões do Brasil nos últimos anos. No entanto, as condições de hiperendemicidade dos vetores para estes vírus, a falta de políticas públicas sólidas e duradouras de controle vetorial, e a ausência de vacinas e/ou antivirais específicos indicam que estes patógenos apresentam grande potencial epidêmico. Deste modo pretende-se identificar, reposicionar e validar fármacos com atividade antiviral contra OROV e MAYV baseado em um sistema de microscopia de alta performance. Serão analisados mais de 300 compostos para cada vírus em questão, sendo 159 compostos de uma biblioteca de moléculas já em uso clínico para diferentes agravos e aprovada pelo Food and Drug Administration (FDA) e 150 compostos purificados da biblioteca particular do Laboratório de Virologia Molecular do ICC/Fiocruz. Inicialmente serão produzidos alguns insumos necessários para os ensaios, bem como, a quantificação da infecção viral será padronizada e validada no sistema de microscopia de alta performance (Operetta CLS). Os compostos que apresentarem viabilidade maior que 80% e reduzirem a infecção em 80% (threshold) ou mais serão selecionados como hits e terão sua atividade confirmada por ensaios confirmatórios. Finalmente, espera-se desenvolver insumos e metodologias para o estudo destas arboviroses, bem como, identificar e/ou reposicionar compostos/moléculas com atividade anti-OROV ou -MAYV. Estes dados podem levar a indicação de compostos promissores para testes pré-clínicos e em última análise ao desenvolvimento futuro de antivirais efetivos para o tratamento destas infecções.
  • Fundação Oswaldo Cruz - PR - Brasil
  • 05/12/2019-31/12/2021
Foto de perfil

Juliano Carlo Rufino de Freitas

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • docking molecular, síntese e avaliação antitumoral, antimicrobiana e antiviral de novos alvos moleculares naturais e sintéticos
  • A pesquisa por novos compostos que exibam atividade biológica acentuada, atualmente, é uma área de fronteira que visa o planejamento e desenvolvimento de novos quimioterápicos seletivos. Dentre os diversos compostos alvos deste estudo, destacam-se os sistemas poli-insaturados e as diidropiranonas, devido sua forma particular de atuação nestes processos biológicos. Em vista disto, o projeto foi idealizado na concepção de envolver diferentes áreas do conhecimento, a fim de otimizar custos operacionais e gerar dados que venham fortalecer a Química de Telúrio e dos Sistemas Poli-insaturados no estado da Paraíba-PB. Para isso, inicialmente, será realizado um screening dos novos alvos moleculares a partir do docking molecular, depois a síntese e caracterização desses compostos, que serão sintetizados utilizando como intermediário-chave os reagentes de organotelúrio, para posterior verificação de suas potencialidades contra diferentes linhagens de células tumorais, diferentes cepas de fungos e bactérias patagônicas e contra o vírus da dengue-2 linhagem New Guinea C. Como resultado, espera-se patentear as novas moléculas que exibirem as melhores atividades biológicas, publicar artigos científicos em journals indexados e divulgar os resultados em eventos científicos de âmbito nacional e internacional, além de contribuir para a formação de recursos humanos na região.
  • Universidade Federal de Campina Grande - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Juliano Carvalho Cardoso

Engenharias

Engenharia de Energia
  • melhoramento da capacidade calorífica do biogás através da redução fotoeletrocatalítica / fotocatalítica de co2 usando processo de fotossíntese artificial
  • A busca por novas tecnologias direcionadas ao desenvolvimento, aprimoramento e melhoramento de energias renováveis é altamente relevante, principalmente para minimizar o desequilíbrio da emissão de dióxido de carbono (CO2) para a atmosfera, agravando ainda mais os problemas ambientais. Inspirando-se na natureza, onde o CO2, juntamente com a água, é processado através da fotossíntese, utilizando energia solar para produzir carboidratos e gás oxigênio (O2), a fotossíntese artificial é baseada na utilização da luz solar para gerar produtos com elevado conteúdo energéticos, partindo dos mesmos substratos. A redução de CO2 a produtos com alto valor agregado tais como, ácido fórmico, metano e álcoois representa uma reação de grande interesse, tendo em vista dois dos principais problemas da atualidade: o aquecimento global e a diminuição das reservas dos combustíveis fósseis. Neste sentido, considerando que o biogás produzido pela fermentação anaeróbia da matéria orgânica é composto majoritariamente por metano e CO2 (razão molar CH4:CO2 = 1,5), além de outros subprodutos gasosos em menor concentração, como: H2S, NH3 e H2 estudos sobre o aproveitamento desta fonte é importante tanto no contexto ambiental, destinando um fim socioeconômico aos aterros urbanos e sanitários, dejetos de animais e industriais e entre outros, quanto para o melhoramento energético, através da conversão do CO2 presente a metano e/ou outros produtos de valor comercial. Assim, o presente projeto tem por objetivo investigar o desenvolvimento de um sistema integrado de materiais fotocatalisadores de estruturas nanotubulares de dióxido de titânio e pentóxido de nióbio decorados com complexos de estrutura orgânico-metálico do tipo MOFs – Metal-Organic Frameworks e nanofitas de grafeno contendo nanopartículas metálicas de paládio, platina e cobre para promover as reações da fotossíntese artificial, através da redução fotocatalítica e fotoeletrocatalítica de CO2 em meio aquoso e gasoso visando aumentar a concentração de metano e paralelamente a produção de ácidos carboxílicos e alcoóis primários, tais como, metanol e etanol sob irradiação solar natural e artificial.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Juliano Casonatto

Ciências da Saúde

Educação Física
  • impacto da suplementação dietética de nitrato sobre o comportamento da pressão arterial pós-exercício em hipertensos
  • A hipotensão pós-exercício (HPE) é um fenômeno estabelecido como uma das formas não farmacológicas de redução da pressão arterial, produzindo impactos importantes, particularmente em pessoas hipertensas. Porém, os fatores intervenientes na magnitude e duração desse efeito são relativamente pouco estudados. Dessa forma, a biodisponibilidade de mediadores da vasodilatação pode maximizar a duração e magnitude da HPE. Nesse sentido, o objetivo do presente projeto será verificar o impacto da suplementação dietética de nitrato (via suco de beterraba) sobre o comportamento da pressão arterial em hipertensos, durante 24 h após uma sessão de exercício aeróbio. Serão selecionados 15 indivíduos hipertensos adultos. Inicialmente a amostra será submetida a medidas antropométricas e pressão arterial de repouso. Respeitado o intervalo mínimo de 72 h, os sujeitos serão submetidos aleatoriamente a quatro situações experimentais (controle/placebo, controle/nitrato, exercício/placebo; exercício/nitrato) em delineamento crossover. As sessões controle (50 min em posição sentada) e de exercício (40 min de caminhada/corrida em esteira a 60% da FCres) serão realizadas com intervalo mínimo de 48 h. Após cada sessão, a pressão arterial será registrada a cada 10 minutos durante 60 minutos [fase laboratorial] e por monitorização ambulatorial durante 24 h [fase ambulatorial] em ciclos de 20 min (vigília) e 30 min (sono). Para a análise dos dados, os valores de pressão arterial serão plotados em média do período de vigília, média do período de sono e média das 24 h. As comparações serão realizadas por meio da ANOVA de medidas repetidas, seguindo os pressupostos recomendados. Será considerado como nível de significância estatístico o valor de P<0,05. Espera-se que os resultados do presente projeto tragam luz ao conhecimento referente à modelos não farmacológicos voltados ao controle e tratamento da hipertensão arterial.
  • Universidade Norte do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Juliano Coelho da Silveira

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • descrição de um novo mecanismo de comunicação entre células do sistema reprodutivo feminino, oócitos e embriões bovinos mediado por vesículas extracelulares
  • As técnicas de reprodução assistida (TRA) são alternativas para infertilidade e aumento da produção de animais de interesse. Porém, apesar de amplamente utilizadas as TRA podem causar consequências negativas aos indivíduos desde o estabelecimento da gestação até a vida adulta. Tentativas de mimetizar o ambiente in vivo têm sido aplicadas como formas de melhorar problemas causados pelas TRA. Vesículas extracelulares (VEs) secretadas por células são alvos de estudos recentes devido suas funções na comunicação intercelular. Estas vesículas são encontradas em fluidos corporais e possuem material bioativo, como miRNAs, que regulam o funcionamento de células a partir da modulação pós-transcricional. Por isso, o papel das VEs nos mecanismos de competência oocitária e embrionária estão sendo investigados. A hipótese deste estudo é que VEs pequenas secretadas por células foliculares e células do oviduto são capazes de alterar a maturação e fertilização de oócitos in vitro, bem como o desenvolvimento de embriões bovinos produzidos in vitro. O objetivo é avaliar os efeitos da suplementação de VEs pequenas oriundas de células foliculares e células do oviduto na maturação e fertilização de complexos cumulus-oócitos (CCOs) e no desenvolvimento embrionário in vitro de bovinos. Para isso, VEs serão isoladas de fluido folicular bovino em diferentes estágios do ciclo estral, de lavado de oviduto e de meio condicionado de oviduto e serão caracterizadas. A partir deste estudo espera-se determinar o papel da suplementação de VEs durante a maturação e desenvolvimento embrionário inicial, o que poderá influenciar o sistema de produção in vitro atual.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Juliano Fiorelli

Engenharias

Engenharia Civil
  • painel de partícula sanduiche de madeira balsa residual
  • O projeto de pesquisa considera o estudo numérico e experimental de painéis de partículas OSB (Oriented Strand Board), no formato plano (2D) e sanduiche trapezoidal (3D), produzidos com biomassa florestal residual e matriz orgânica. Neste trabalho serão utilizadas partículas residuais de madeira de reflorestamento (Balsa - Ochroma piramidale), matriz orgânica (resina poliuretana bicomponente à base de óleo de mamona). Serão determinadas e comparadas as propriedades termo-físico-mecânicas, de durabilidade e microestruturais e a otimização do desempenho estrutural dos painéis em estudos se dará pela análise com modelagem computacional aplicada via elementos finitos, com o uso do programa Ansys©. Os resultados obtidos fornecerão subsídios para validar o uso da biomassa florestal residual como matéria-prima para produção de painéis OSB plano e trapezoidal aglomerados com matriz orgânica e indicar possíveis usos para esses materiais nas construções urbanas e rurais.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Juliano Geraldo Amaral

Ciências da Saúde

Farmácia
  • espectrometria de massas e molecular networking como ferramenta para o estudo da diversidade química de espécies nativas de passiflora l. (passifloracea).
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Juliano Moro

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • estudo dos parametros do plasma ionosfericos na anomalia magnetica da america do sul
  • A Anomalia Magnética da América do Sul (SAMA – South America Magnetic Anomaly) é caracterizada por apresentar os valores menos intensos do campo geomagnético na Terra. A incidência de partículas de alta energia dos cinturões de radiação de Van Allen é intensificada na SAMA, e diversos trabalhos mostram que a precipitação ocasiona alterações no padrão da densidade eletrônica da ionosfera. Consequentemente, são observados fenômenos relacionados ao Clima Espacial. O objetivo desse projeto de pesquisa é estudar os parâmetros do plasma ionosférico como altura e frequência das regiões E, F e camadas esporádicas Es com respeito a sazonalidade, variação diária e com as atividades solar e magnética. Para atingir esse objetivo serão utilizados os dados coletados por uma Digissonda, modelo DPS4D, recentemente instalada no campus da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), em Santa Maria – RS. Os resultados das pesquisas serão publicados em revistas de circulação internacional indexadas no Web of Science e apresentados em congressos científicos nacionais e internacionais.
  • Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Juliano Smanioto Barin

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • entalpimetria no infravermelho: novos métodos analíticos para o controle da qualidade de alimentos
  • Na entalpimetria, em geral, a variação de entalpia de uma reação química pode ser medida direta ou indiretamente de forma a permitir a determinação quantitativa de um reagente ou catalisador. As principais abordagens para a análise entalpimétrica são a titulação termométrica, entalpimetria por injeção direta (DIE, do inglês Direct Inject Enthalpimetry) e entalpimetria em fluxo. No entanto, apesar de hoje em dia haver a disponibilidade de instrumentos comerciais para este fim, essas técnicas foram substituídas e quase desapareceram da literatura, provavelmente devido ao custo elevado de dispositivos de microcalorimetria e pela limitação da baixa freqüência de análise, levando à escolha de outros métodos analíticos. Recentemente, a entalpimetria por injeção direta foi revisitada e uma nova técnica analítica foi proposta, sendo chamada de entalpimetria no infravermelho térmico (TIE, do inglês Thermal Infrared Enthalpimetry). Essa técnica foi desenvolvida no grupo de pesquisa do proponente do projeto, sendo estabelecida empregando-se reações de neutralização, complexação, precipitação e oxirredução. A TIE foi realizada em microplacas de poliestireno do tipo ELISA, empregando pipeta multicanal para a adição dos reagentes e uma câmera no infravermelho para monitoramento de temperatura gerada no interior dos poços após a adição dos reagentes. Os resultados obtidos foram concordantes com aqueles oriundos de técnicas convencionais (volumétricas) recomendadas nos compêndios oficiais para determinação de acidez de vinagres, assim como a concentração de cálcio, cloreto e ferro em produtos farmacêuticos. Porém, as análises puderam ser realizadas de maneira rápida, eficaz e com potencial para ser aplicada como análise de rotina, devido à simplicidade, rapidez e elevada freqüência de análise. Assim, novos métodos serão desenvolvidos para o controle da qualidade de alimentos, envolvendo, por exemplo, o uso de novos reatores (p. ex., dispositivos de papel) e sensores para determinação da temperatura (p. ex., pirômetros óticos). Os resultados obtidos serão comparados com os métodos recomendados em compêndios oficiais de controle de qualidade de alimentos, como a determinação de sódio, teor alcoólico, acidez etc.. Além dos parâmetros de mérito convencionalmente utilizados para a avaliação de métodos analíticos (p. ex., precisão, exatidão, limite de detecção, etc), serão considerados outros relacionados à química analítica verde, tais como o consumo de reagentes e descarte de resíduos, gasto energético, segurança do operador, entre outros.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Juliano Soyama

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • investigação da formação microestrutural e propriedades mecânicas de aços de baixa densidade com variações de al
  • O desenvolvimento de aços de alta resistência pode contribuir para estruturas mais leves e eficientes que consequentemente vão diminuir a emissão de gases estufa e o consumo de combustível. Logo, existe uma tendência recente de desenvolvimento de aços de baixa densidade e alta resistência para aplicações no setor de transporte, principalmente automotivas. Eles também são chamados de aços leves com plasticidade induzida por maclação (lightweight steels with induced plasticity) ou L-IP, os quais também são frequentemente classificados como aços avançados de alta resistência da 3ª geração. Sua composição é baseada no sistema Fe-Mn-Al-C e apresentam ótimas propriedades mecânicas em conjunto com alta ductilidade. Os elementos de liga utilizados são tanto austenitizantes (Mn e C) como ferritizantes (Al) e, por isso, a microestrutura pode ser multicomponente composta por α-ferrita, γ-austenita, carbonetos e intermetálicos cujas frações de fase influenciam fortemente as propriedades mecânicas. Tipicamente adições de Al abaixo de 10% p. são utilizadas pois teores de Al muito altos podem levar a formação extensiva de aluminetos (FeAl e Fe3Al) além do κ-carboneto (Fe,Mn)3AlC e consequentemente a redução da ductilidade. Entretanto, isso depende da fração de fases, morfologia e distribuição dos precipitados. Por isso, o objetivo principal do projeto envolve a preparação de diferentes composições baseadas no sistema Fe-Mn-Al-C com alto Mn e Al com variações em Al a fim de investigar a formação da microestrutura e a viabilidade da utilização de fases duras que contenham Al para aumentar a resistência mecânica, preferencialmente com pouco comprometimento da ductilidade.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Juliany Cola Fernandes Rodrigues

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • contribuições morfofisiológicas para a elucidação de alvos celulares na quimioterapia anti-leishmania: associando o estudo de novas moléculas e a nanotecnologia
  • Este projeto está apoiado na necessidade urgente do desenvolvimento de novos fármacos para o tratamento das leishmanioses, uma importante doença infecto-parasitária de amplo espectro de manifestações clínicas, amplamente distribuida pelas principais regiões do Brasil e do mundo. As leishmanioses também fazem parte do grupo das doenças negligenciadas que afetam um número elevado de seres humanos e se encontram relegadas a um segundo plano pelas indústrias farmacêuticas para a produção de novos medicamentos. O principal tratamento está baseado no Glucantime, um antigo medicamento que apresenta graves efeitos colaterais e um acentuado número de casos de resistência. Nosso grupo vem investindo em diferentes frentes de trabalho na tentativa de descobrir novas soluções terapêuticas para o tratamento das leishmanioses: 1) Estudos in vitro com novos compostos de diferentes classes, tais como: inibidores da biossíntese de fosfolipídeos e de ergosterol, inibidores de histonas desacetilases, algumas moléculas com atividade biológica conhecida, e compostos organo-metálicos; 2) Melhor entendimento dos mecanismos de ação envolvidos na inibição do crescimento induzido pelos diferentes inibidores; 3) Caracterização dos processos de morte celular envolvidos nos tratamentos com os compostos mais promissores; 4) Estudos in vivo utilizando modelos animais de infecção com os inibidores que apresentaram menor valor de IC50 in vitro; 5) Terapia combinada, que é um gargalo da quimioterapia anti-leishmaniose; 6) Desenvolvimento de nanopartículas superparamagnéticas de óxido de ferro (SPIONs) recobertas com polímeros biocompatíveis e funcionalizada com diferentes drogas como a miltefosina e anfotericina B, que quando associadas a hipertermia magnética é uma importante inovação em “drug delivery”. Nossas metas envolvem a utilização de diferentes técnicas associadas como: microscopia óptica e eletrônica, técnicas fisiológicas e bioquímicas como citometria de fluxo e fluorimetria utilizando diferentes marcadores fluorescentes para as organelas celulares. Os diferentes resultados obtidos pela microscopia, em conjunto com dados fisiológicos, bioquímicos e moleculares nos permitirão fazer uma análise morfofisiológica bastante eficiente e assim propor mecanismos de ação para as drogas tanto em modelo in vitro quanto in vivo.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Julio Alejandro Navoni

Engenharias

Engenharia Sanitária
  • água de reuso como alternativa para o desenvolvimento sustentável: qual o risco sanitário imposto pelos poluentes emergentes?
  • O semiárido brasileiro representa cerca de 10% do território nacional, e abriga uma população de 21 milhões de habitantes. Dentre os estados que pertencem à esta região, o Rio Grande do Norte apresenta-se como um dos mais carentes em oferta hídrica, devido possuir 90,6% do seu território localizado dentro do polígono das secas. Como medida alternativa para redução desse estresse hídrico destaca-se o reuso das águas salobras e residuárias, atividade que consiste no aproveitamento de aguas improprias para consumo ou utilização (salobras) ou de águas previamente utilizadas (esgotos), para suprir as necessidades de diversos usos benéficos tais como a agricultura, piscicultura, alimentação animal, uso recreacional e potabilidade dentre outros. Por outro lado, a utilização de agua de reuso em condições improprias de tratamento ou uso pode acarretar em impactos diversos relacionados a riscos sanitários. Por exemplo, a presença de microrganismos, traços de metais pesados e compostos orgânicos podem causar efeitos tóxicos e acumulativos à população trazendo riscos para a saúde pública. Nesse contexto, se faz necessário procedimentos que avaliem e gerenciem os riscos resultantes visando minimizar os impactos gerados pelas utilização da agua de reuso. Agregado a isso, a falta de legislação específica contribui para um cenário de insegurança, em especial, nas aplicações que afetam direta ou indiretamente o homem, como agricultura, piscicultura e a alimentação animal. Aguas salobras quanto os esgotos são caracterizados por apresentar concentração elevada de sais e metais pesados, excesso de nutrientes além de contaminação orgânica e biológica. Desta forma a utilização de aguas de reuso podem levar, por exemplo, nas culturas irrigadas, a causar colmatação do solo, aporte elevado de nitrogênio ocasionando um crescimento excessivo da vegetação, maturação de colheita retardada ou desigual e qualidade reduzida da cultura. Contudo, um aspecto significativamente importante é a transferência, bioconcentração e bio-magnificação de substancias toxicas através do uso de agua de reuso em condições improprias atingindo indiretamente as populações consumidoras desses produtos. Outro fator importante a levar em consideração, em especial na utilização de aguas de reuso proveniente do tratamento de esgoto, é a ocorrência de contaminantes emergentes. Trata-se de substancias de uso massivo que são incorporadas nos ecossistemas como consequência de sua utilização cujas consequências toxicas para o bioma e o ser humano não tem sido ainda claramente estabelecidos. Uma particularidade desta família de compostos é que devido a sua alta produção e consumo e, a introdução no ambiente, eles não precisam ser persistentes para causar efeitos negativos como é no caso de outras substancias como os hidrocarbonetos aromáticos policíclicos, bifenilos policorados ou dioxinas. Além disso, não estão contemplados nas legislações devido a não serem considerados como problemáticas qye podem provocar riscos à saúde da população como é o caso das substancias disruptoras endócrinas, fármacos tais como hormônios, antibióticos, quimioterápicos e meios de contraste como alguns exemplos já considerados em vários estudos. Portanto, o tratamento de aguas improprias para uso humano deve avançar em prol de que a disponibilidade de alternativas hídricas não atrele outras problemáticas sanitárias. Deste modo, é de extrema importância a avaliação da qualidade da aguas de reuso em paralelo aos riscos socioambientais envolvidos. Assim, o presente estudo tem como objetivo analisar o potencial da agua de reuso como fonte hidrica para o desenvolvimento sustentável em áreas de escassez hídrica mediante a análise de risco atrelado aos processos de tratamento de aguas salobras nas distintas microregiões e de Estações de Tratamento de Esgoto do Semiárido do RN. No monitoramento será avaliada a qualidade da agua de reuso por meio de análises físico-químicas, microbiológicas e de mutagenicidade. Além disso, para agua de reuso proveniente de estações de tratamento de esgotos será realizada uma pesquisa dirigida a caracterizar, identificar e quantificar poluentes emergentes. A presente proposta visa ainda, compilar os dados da literatura (normas vigentes), para o estabelecimento de fatores de riscos inerentes aos usos múltiplos da água, estabelecendo um panorama de comunicação de potencial de reuso e risco dos efluentes aqui tratados associados a cadeia produtiva de cada região.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Julio Antonio Larrea Jiménez

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • descubrendo topological e fenómenos quânticos exoticos usando experimentos alem do estado do arte
  • The production of new materials and the understanding of their physical properties governed by underlying quantum phenomena with non-trivial topology currently challenge several areas of basic and applied research. Topological and exotic quantum phenomena open new subjects of investigation that synergistically contribute to realize cutting-edge technologies with sustainable generation, storage and distribution of energy together with a memory-efficient storage and transport data information. Stimulated by this challenge, we propose to underpin experimental evidences of novel quantum phenomena and topological order in quantum matter. We plan to focus our investigation on hydrodynamic flow of phonons (Poiseuille effect) in SrTiO$_{3}$, low-lying interaction (electron-electron, spin-spin) carried by topological features in thin films and nanoparticles FeGa$_{3-y}$Ge$_{y}$ (with $y =$ 0, 0.15 and 3), the evolution of the topological Weyl-semimetal state in CeRu$_{4}$Sn$_{6}$ under high pressure and the search for topological superconductivity on the surface of iron-based superconductor thin film FeSe$_{x}$Te$_{1-x}$ (with $x =$ 0, 0.45(5), 0.7 and 1). In order to uncover the fate of exotic and topological phases inside the bulk we are going to perform M\"{o}ssbauer spectroscopy (MS), electrical transport and specific heat measurements under extreme conditions of very high pressure, very low temperatures and intensive magnetic fields. In addition, we propose new methodologies to distinguish protected topologically surface states in our thin film and bulk samples. To investigate electronic surface states we plan to address properly Conversion Electron M\"{o}ssbauer spectroscopy (CEMS) and Conversion x-ray M\"{o}ssbauer spectroscopy (CXRMS) whereas to uncover spin locked states we plan to set up Spin Seebeck effect measurements. We expect that our results highly advance the understanding of novel quantum phenomena and topological phases of quantum matter. Finally, the funds assigned to this project will help to consolidate an early career University Professor who has committed to establish a fruitful collaboration between many research groups worldwide, to promote scientific formation of high-skill undergraduate and postgraduate students and to extend in Brazil new experimental methods that goes beyond the state-of-the-art.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Júlio Apolinário Cordioli

Engenharias

Engenharia Aeroespacial
  • atenuação de ruído de motores aeronáuticos instalados
  • Nas últimas décadas, o crescimento do tráfego aéreo tem levado a um aumento significativo do ruído em torno de aeroportos, fazendo com o que chamado ruído ruído aeronáutico ou aeroportuário tornou-se uma grande fonte de incômodo às comunidades próximas de aeroportos. De forma a contornar o problema, legislações cada vez mais rígidas veem impondo limites ao ruído gerado pelo funcionamento dos aeroportos, o que se reflete na necessidade de desenvolver aeronaves mais silenciosas. De fato, muitos aeroportos proíbem o pouso e decolagem de aeronaves que não atendam certos critérios de ruído, fazendo com que este aspecto seja fundamental no sucesso de uma nova aeronave. O projeto tem por objetivo o estudo do ruído aerodinâmico (ruído gerado por escoamentos turbulentos no espaço livre ou na presença de fronteiras sólidas) decorrente de motores turbofan de aeronave, em especial nos casos onde os mecanismos de geração de ruído são alterados pela proximidade de estruturas da aeronave, conhecidos como efeitos de instalação. O projeto busca analisar o efeito de instalação para diferentes fontes de ruído do motor (ruído de jato, ruído de fan, etc.). Como parte deste projeto, a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC, Brasil) será responsável pelo estudo dos mecanismos de geração de ruído de jato quanto posicionado próximo a uma superfície rígida (ruído de jato instalado) e o impacto de mudanças na geometria da superfície, e pelo desenvolvimento de novos tratamentos acústicos aplicados a motores aeronáuticos. O Aerodynamics Research Institute (ARI,China) estudará as fontes de ruído associadas ao rotor do motor (ruído de fan) na configuração quando o motor está localizado próximo da asa, o que pode afetar consideravelmente está fonte de ruído. O Tsentralniy Aerogidrodinamicheskiy Institute (TsAGI, Rússia) será responsável pelo estudo dos mecanismos de geração de ruído de jato através da decomposição do campo sonoro em modos azimutais e desenvolver um método de medição do conteúdo modal do ruído adaptada ao problema do ruído jato instalado. Espera-se que o projeto produza novas ferramentas de análise e controle do ruído gerado por motores turbofan de aeronaves comerciais, assim como pessoal especializado no assunto, permitindo que as indústrias aeronáuticas dos diferentes países envolvidos sejam competitivas nesse quesito.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 08/08/2019-31/08/2022
Foto de perfil

Julio Carlos Pereira da Silva

Ciências Agrárias

Agronomia
  • contribuição da diferentes sistemas de cultivo na supressão a fitonematoides e influência no microbioma do solo
  • Diferentes sistemas apresentam variações na microbiota do solo. Muitos sistemas agrícolas como cultivo protegido conduzem à redução da produção, pelo aumento da incidência de importantes fitopatógenos. Maior quantidade de matéria orgânica na superfície do solo significa maior estímulo aos microrganismos deste solo. Dessa maneira, a biodiversidade do solo desempenha um papel fundamental na regulação dos processos nos ecossistemas e deve ser melhor estudada sob a influência de diferentes sistemas agrícolas. Neste trabalho nosso objetivo será verificar a contribuição de diferentes sistemas de cultivo na dinâmica microbiana do soloe na supressividade a fitonematoides cusadores de galhas. Para isso, áreas de hortaliças em produção orgânica e convencional serão utilizadas para verificação da diferença na composição da microbiota do solo, parte aérea e na supressividade a fitopatógenos. Também serão isolados microrganismos possíveis agentes de controle biológico para serem utilizados no manejo de fitopatógenos. Dessa forma, amplia-se os conhecimentos em supressividade a fitopatógenos de solos e a busca de alternativas mais sustentáveis no controle e manejo a fitopatógenos de solo em hortaliças, onde produtos químicos apresentam alta restrição quanto ao uso.
  • Universidade Federal de Lavras - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Júlio Cesar Andrade de Abreu

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • blockchain aplicada ao setor público: potenciais de inovação democrática
  • Surgiu recentemente, com a popularização das criptomoedas, uma tecnologia tão disruptiva quanto a máquina a vapor e a eletricidade, criando expectativa de que se converta em um novo paradigma capaz de modificar profundamente a maneira como a sociedade e a economia funcionam. Trata-se do blockchain. A presente proposta de pesquisa discute as potencialidades desta inovação aplicada ao setor público, partir do prisma de experiências de participação democrática mediadas pela Internet. O método empregado terá como coleta de dados entrevistas semiestruturadas e análise de conteúdo. Os resultados esperados envolvem a melhoria das práticas de gestão pública que ficariam mais porosos a participação, ao controle social, transparência, accountability gerando assim mais eficiência nos modelos de gestão.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Julio Cesar Batista Ferreira

Ciências Biológicas

Morfologia
  • impacto do aldeído no metabolismo mitocondrial e equilibrio redox das células satélites musculares: nova estratégia terapêutica
  • As células satélites musculares esqueléticas são células-tronco residentes entre a lâmina basal e o sarcolema da fibra muscular. Uma vez ativadas, essas células progenitoras mononucleadas são capazes de desencadear uma reprogramação celular que resulta na proliferação, renovação e diferenciação das mesmas em mioblastos. Considerando as diferentes demandas energéticas dos processos descritos acima, espera-se que o estado metabólico dessa população celular esteja bem sincronizado com sua necessidade funcional. Entretanto, vale salientar que o perfil metabólico das células satélites musculares esqueléticas nos diferentes estados de ativação ainda não foi descrito. Além disso, não sabemos se possíveis alterações no metabolismo e consequente reorganização da sinalização redox são essenciais na mudança do estado de ativação da célula satélite muscular esquelética. Sendo assim, na presente proposta de pesquisa pretendemos inicialmente 1. Isolar e cultivar células satélites musculares esqueléticas de camundongos selvagens; e 2. Caracterizar tanto o metabolismo energético quanto o balanço redox dessa população de células satélites em seus diferentes estados de ativação. Uma vez caracterizado o perfil bioenergético das células satélites musculares esqueléticas, pretendemos buscar possíveis sinalizadores celulares oriundos do metabolismo energético e balanço redox (sinalizadores metabólicos) envolvidos no controle da biologia da célula satélite muscular esquelética. Os aldeídos de cadeia curta (moléculas estáveis e bastante reativas) são considerados importantes produtos metabólicos e interlocutores entre metabolismo energético/estresse oxidativo e diferentes processos celulares (ex. degradação de proteína, dinâmica mitocondrial). Atualmente sabemos que aldeídos oriundos dos metabolismos glicolítico (acetaldeído) e oxidativo (4-hidroxi-2-nonenal) afetam diretamente a biologia de células-tronco mesenquimais. Contudo, é desconhecida a contribuição dos aldeídos supracitados na biologia das células satélites musculares esqueléticas. Acreditamos que os aldeídos oriundos do metabolismo energético exerçam papel chave no controle do estado de ativação das células satélites musculares esqueléticas. Sendo assim, na segunda etapa do projeto pretendemos caracterizar os níveis dos aldeídos (acetaldeído e 4-hidroxi-2-nonenal) nas células satélites musculares esqueléticas em seus diferentes estados de ativação. Além disso, avaliaremos se essa possível sinalização metabólica mediada por aldeídos é essencial ou secundária à biologia da célula satélite muscular esquelética. Para isso utilizaremos intervenções farmacológicas e genéticas capazes de bloquear ou estimular o metabolismo de aldeídos através da enzima mitocondrial aldeído desidrogenase 2. Esses experimentos serão realizados em sistemas com diferentes graus de complexidade (in vivo, fibra isolada e cultura celular). Por fim, isolaremos células satélites musculares esqueléticas de camundongos selvagens e transgênicos para a aldeído desidrogenase 2 (que apresentam prejuízo no metabolismo de aldeídos), as transplantaremos em modelo experimental de lesão muscular induzida por estresse metabólico (ligadura permanente da artéria femoral em camundongos), e avaliaremos a capacidade de regeneração muscular. Nossos resultados preliminares demonstram que esse modelo experimental apresenta redução da atividade da enzima aldeído desidrogenase 2, acúmulo de aldeídos, lesão muscular e perda de função contrátil. Cabe salientar que esse projeto descreverá pela primeira vez o metabolismo energético/balanço redox das células satélites em seus diferentes estados de ativação. Ainda, caracterizaremos o papel dos aldeídos como possíveis interlocutores entre o metabolismo energético e os estados de ativação das células satélites musculares esqueléticas (sinalizadores metabólicos), bem como suas participações no processo de regeneração muscular. Ainda, os resultados obtidos poderão abrir uma nova perspectiva no desenvolvimento de ferramentas que regulem a biologia das células satélites. Para esse projeto, colaboraremos com a Profa. Dra. Daria Mochly-Rosen (Stanford University), o Prof. Dr. Da-Zhi Wang (Harvard University); a Profa. Dra. Alicia Juliana Kowaltowski do Depto de Bioquímica do Instituto de Química da USP, e a Profa. Dra. Patricia Chakur Brum da Escola de Educação Física e Esporte da USP.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Júlio Cesar de Carvalho Balieiro

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • perfil transcriptômico comparativo da maciez da carne em bovinos nelore e cruzados nelore x angus
  • O aumento do interesse do consumidor por produtos de qualidade vem fazendo com que as indústrias de carne bovina ofereçam cortes com melhor perfil qualitativo. Dentre as características de qualidade de carne bovina, a maciez é a mais apreciada pelo consumidor e, a que agrega maior valor comercial. Entretanto, é uma característica altamente complexa, influenciada por diversos fatores e que apresenta grande variabilidade. Portanto, entender os fatores que afetam a maciez continua sendo uma das principais preocupações de pesquisadores e da indústria da carne. O entendimento a nível transcricional dos fatores que influenciam a maciez podem ajudar a predizer precocemente essa característica. Assim, o presente projeto visa avaliar as diferenças no transcriptoma, por meio do estudo dos mRNA e microRNAs no músculo Longissimus dorsi (LD) de bovinos da raça Nelore e cruzados Angus x Nelore, associado a característica de maciez da carne. Serão avaliadas amostras do músculo LD de 200 animais, sendo 100 animais da raça Nelore e 100 animais cruzados Angus x Nelore. Do nascimento até o sobreano (18 a 20 meses) os animais serão criados a pasto, posteriormente os animais serão terminados em confinamento sob as mesmas condições de manejo e nutrição. As amostras para transcriptômica serão coletadas do músculo LD na altura da 12ª costela imediatamente após o abate. Para as análises de maciez, serão coletados bifes entre a 10ª e 13ª costelas do músculo LD após maturação sanitária. A análise de maciez será realizada conforme protocolo proposto pela American Meat Science Association. O perfil transcriptômico de mRNA e microRNAs será realizado por meio da técnica de sequenciamento de RNA em larga escala. Para essas análises serão utilizados trinta e dois animais, divididos em quatro grupos visando comparar os animais entre diferentes populações (Nelore x Cruzados) e dentro da mesma população. Os resultados possibilitarão a caracterização de potenciais biomarcadores e permitirão uma melhor compreensão dos mecanismos moleculares que regulam a maciez da carne. Os conhecimentos gerados contribuirão com o aumento da acurácia na predição genética da maciez, possibilitando a inclusão dessas informações em programas de melhoramento genético.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Julio Cesar de Souza Inácio Gonçalves

Outra

Ciências Ambientais
  • otimização de câmaras de cavitação hidrodinâmica para o tratamento de lixiviado de aterro sanitário
  • A cavitação hidrodinâmica é gerada pela passagem do líquido por uma constrição física, como por exemplo um Venturi, uma placa de orifício ou uma válvula parcialmente fechada. A cavitação hidrodinâmica, associada à agentes oxidantes, como o peróxido de hidrogênio (H2O2), surgiu, no início do século XXI, como um método promissor para o tratamento de águas residuárias. Os estudos mostraram que este método possui potencial em remover compostos orgânicos complexos (e.g. pesticidas, corantes, disruptores endócrinos, produtos farmacêuticos, etc). Contudo, até o momento, pesquisas não investigaram o efeito da geometria das constrições (câmaras de cavitação) sobre a eficiência de degradação de compostos orgânicos. Este estudo tem como objetivo encontrar a configuração geométrica ideal para que elevadas eficiências de degradação sejam obtidas usando baixas concentrações de H2O2 e curto tempo de tratamento. Para tanto, essa pesquisa será dividida em duas etapas. A primeira consiste na aplicação da Dinâmica dos Fluidos Computacional (CFD) para analisar o comportamento hidrodinâmico de diferentes configurações geométricas das câmaras de cavitação (10 no total). Serão analisadas cinco câmaras Venturi com diferentes ângulos da seção divergente e cinco câmaras placas de orifício com diferentes relações entre o diâmetro do orifício e a espessura da placa. A segunda parte consiste na construção das 10 câmaras e na realização de experimentos de remoção de DQO e COT de lixiviado de aterro sanitário. As câmaras serão acopladas em um aparato de cavitação, construído em escala de bancada. A combinação dos resultados de degradação e da simulação computacional permitirá escolher a melhor câmara, bem como definir parâmetros hidrodinâmicos e geométricos que sejam importantes para a análise da cavitação. Os resultados do projeto serão divulgados em congressos e periódicos especializados, destacando os novos conhecimentos produzidos sobre a cavitação hidrodinâmica.
  • Universidade Federal do Triângulo Mineiro - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Júlio César Fabris

Ciências Humanas

Ciência Política
  • iii mostra de astronomia, astrofísica, astronáutica e cosmologia
  • O projeto visa difundir a ciência, em especial a astronomia, entre os estudantes do ensino médio do estado do Espírito Santo, ao público circundante ao espaço das escolas, incentivar o desenvolvimento pelos estudantes e professores de ensino médio de projetos científicos, e consolidação de vocações científicas. Paralelamente, pretende-se uma maior integração entre a Universidade, os Institutos Federais de Educação e escolas estaduais do ensino médio, tanto do ponto de vista pedagógico quanto científico. Vide projeto anexo
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 07/01/2020-31/01/2022
Foto de perfil

Júlio Cesar Godoy Bertolin

Ciências Humanas

Educação
  • pode a educação superior consubstanciar valores de liberdade, tolerância e justiça? em busca de associações entre visões de mundo dos estudantes, cursos de graduação e capital cultural
  • Nas últimas décadas, não obstante a globalização e a emergência da economia do conhecimento, o conceito de desenvolvimento dos países tem avançado para o campo político e social. A emergência de entendimentos mais amplos como, por exemplo, de ‘desenvolvimento como liberdade’ de Amartya Sen tem levado a um claro reconhecimento de que os benefícios da educação superior para as sociedades e nações podem ir muito além do capital humano e crescimento econômico. Assim, num momento global em que se vive clara radicalização do pensamento e ampliação do discurso de ódio, marcados por posições neoconservadoras, nacionalistas, misóginas e xenófobas, a potencialidade da educação superior de iluminar e esclarecer estudantes, de forma que os mesmos assumam a defesa de princípios basilares das sociedades livres e democráticas, deve ser ratificada. Provavelmente, não por outro motivo, a ONU incluiu dentre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável o conceito de cidadania global como uma forte defesa da tolerância, respeito mútuo e construção da paz. Por conseguinte, nesse contexto, torna-se oportuno investigar se a educação superior está, de fato, desenvolvendo uma formação, nas mais distintas profissões e áreas do conhecimento, que contribui para consolidação de valores de liberdade, tolerância e justiça. Ou ainda, em forma de problema de pesquisa, importa arguir: considerando o contexto contemporâneo de emergência de pensamentos ultraconservadores e reacionários, em que medida a educação superior está contribuindo para a consubstanciação da visão de mundo democrática e plural dos estudantes? Estudos com evidências empíricas sobre a ‘visão de mundo’ dos graduandos em países em desenvolvimento são raros. No caso específico do Brasil não se encontram publicações que abordem, para além das habilidades e competências profissionais, os valores e princípios desenvolvidos no âmbito das graduações. Desta forma, com o objetivo de compreender melhor as relações da educação superior com a consolidação de sociedades abertas e plurais, o presente projeto busca verificar a existência de associações entre visões de mundo dos estudantes, áreas do conhecimento e capital cultural nos cursos de graduação.
  • Universidade de Passo Fundo - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Júlio César Martins da Silva

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de nanomateriais com morfologia controlada para eletro-oxidação de ureia e amônia presentes em efluentes aquáticos, visando a geração de energia elétrica.
  • Este projeto tem por finalidade o desenvolvimento e aplicação de eletrocatalisadores nanoestruturados com morfologia controlada em processos eletroquímicos relacionados à geração de energia elétrica e degradação de poluentes em fase aquosa. O foco é desenvolver principalmente nanomateriais baseados em níquel e Platina com morfologia controlada. Assim, serão sintetizadas nanopartículas de platina com morfologia cúbica por meio de diferentes processos, envolvendo o uso de surfactantes (tais como, polivinilpirrolidona - PVP) ou brometo de potássio para controle de morfologia. Tal processo será estendido à síntese de nanopartículas compostas por ambos os metais, níquel e platina, sempre buscando manter o controle da morfologia. Tal proposta visa obter materiais com alta atividade eletrocatalítica para as reações eletroquímicas de interesse. Os eletrocatalisadores serão empregados nas reações de eletro-oxidação de amônia e ureia, substâncias presentes como contaminantes em diversos efluentes, como por exemplo, em efluentes municipais cuja concentração de ureia provém principalmente da urina humana. Vale ressaltar que o gás hidrogênio (H2) é um produto da eletro-oxidação de ambas as substâncias, de forma que poderá ser utilizado em células a combustível, visando à geração de energia elétrica com alta eficiência e isenta da produção de poluentes. Dessa forma, o projeto está relacionado à geração de energia e a área ambiental. Os materiais serão caracterizados por difração de raios-X, microscopia eletrônica de transmissão (técnica que o proponente possui experiência, pois é usuário da técnica junto ao LNNanno - LNLS) , microscopia eletrônica de varredura, espectroscopia de energia dispersiva e espectroscopia fotoeletrônica de raios-X. O desenvolvimento do projeto proposto poderá contribuir de forma significativa com a tecnologia relacionada à geração de energia elétrica e com o desenvolvimento de processo eletroquímico para a degradação das moléculas estudas em ambientes aquáticos.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Júlio César Rodrigues de Azevedo

Outra

Ciências Ambientais
  • bioacumulação de contaminantes emergentes em perifíton
  • As regiões urbanos geralmente eram estabelecidas próximos aos recursos hídricos. Sem qualquer ou nenhuma tecnologia, estar perto da água era extremamente importante para a sobrevivência humana; pois é essencial água para beber, cozinhar, limpar e manter a higiene corporal. Mais tarde, os recursos hídricos foram cruciais para o transporte, fins agrícolas e industriais. Nestes centros urbanos, o crescimento populacional e a industrialização são as principais causadores da deterioração do meio ambiente. Por esta razão, a qualidade da água nos centros urbanos e seus rios é uma preocupação mundialmente conhecida. A alta densidade populacional e problemas frequentes nos sistemas de coleta e tratamento de esgoto podem implicar em uma grande carga de matéria orgânica, nutrientes e outras substâncias. Esse fluxo frequente de poluentes em um corpo de água pode causar intensa degradação e afetar sua instabilidade. Mas os efeitos reais e permanentes das atividades antrópicas são difíceis de identificar e compreender, devido à complexidade dos processos biológicos e químicos e ao número de substâncias dentro dos sistemas aquáticos lóticos. Um grande número de substâncias geradas através de processos antrópicos são considerados poluentes. As leis ambientais em todo o mundo regulamentaram a presença de várias delas na água, nos sedimentos e nos solos. Embora algumas leis sejam extremamente completas, elas não podem incluir todos os poluentes. Por exemplo, uma classe de compostos que os países geralmente não regulam é a classe de contaminantes emergentes. Além disso, os compartimentos ambientais normalmente contemplados em tais leis são principalmente água e, às vezes, sedimentos. Outros compartimentos, como material particulado suspenso e biota, não são, apesar de sua importância dentro dos ecossistemas aquáticos. Portanto, universidades e centros de pesquisa desempenham um papel importante no monitoramento de compostos e compartimentos ambientais que geralmente não são cobertos por leis ambientais e documentos regulamentares. A importância do monitoramento de tais compartimentos e compostos é ainda maior em áreas urbanas onde os sistemas aquáticos são degradados e os níveis de poluição são elevados, como a bacia do rio Belém, localizada em Curitiba, sul do Brasil. O perifíton é uma das formas de vida mais comuns e bem-sucedidas da Terra. É uma assembléia de inúmeras células microbianas, formando uma comunidade complexa de bactérias, algas, fungos e outros microorganismos. Águas superficiais, sedimentos e perifíton serão amostrados para avaliar a contaminação no rio por compostos de interesse emergente e seus efeitos sobre a biota. A colocação de material cerâmico também será desenvolvida para avaliar o crescimento e efeito de contaminantes de preocupação emergentes nestes biofilmes formados (perifíton).
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Júlio César Sá de Oliveira

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • a agroecologia como fator de promoção e interseção entre a pesquisa científica, o ensino e a extensão universitária em comunidades tradicionais dos municípios de macapá e mazagão- amapá
  • O projeto Agroecologia como fator de promoção e interseção entre a pesquisa científica, o ensino e a extensão universitária em comunidades tradicionais do estado do Amapá tem como escopo a pesquisa-ação, a formação/capacitação agroecológica e a extensão universitária e rural que buscam atender o fortalecimento da Agroecologia no Amapá, bem como estimular o aprendizado de cidadania de produtores agrícolas de base familiar e populações tradicionais do estado, com inclusão socioprodutiva, acesso às políticas públicas, inserção profissional e o bem viver dos agricultores familiares, ribeirinhos, pescadores artesanais, piscicultores de base ecológica e quilombolas. Os objetivos da proposta visam desenvolver atividades de difusão da Agroecologia no estado através de ações educativas em escolas públicas do município de Macapá, cursos de média carga horária em várias abordagens (horticultura e piscicultura orgânica, meliponicultura e utilização de subprodutos de pescado) para as comunidades tradicionais envolvidas; curso de formação inicial e continuada (FIC) em Produção Agroecológica destinado aos alunos e professores em Educação do Campo da Universidade Federal do Amapá; desenvolver atividades de extensão universitária e em ATER, tais como: ações de promoção da saúde das comunidades envolvidas; palestras e oficinas sobre Agroecologia, Cooperativismo, Legislação Ambiental; Educação Ambiental, Liderança Cidadã, Drogas, gravidez adolescente, etc. para as comunidades envolvidas no projeto; realização da 1ª Feira Agroecológica da Universidade Federal do Amapá no âmbito da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia e da Campanha Anual para a Promoção do Produto Orgânico; e realizar o 2º Seminário de Pesca e Aquicultura Agroecológica do Amapá. Além dos objetivos anteriormente elencados, o projeto também objetiva desenvolver pesquisas que possam demonstrar, tecnicamente, os danos ambientais que o uso de agrotóxicos está provocando na área de dois polos horticultores do município de Macapá e nas áreas de plantação de soja no mesmo município, através do levantamento dos Agrotóxicos utilizados pelos horticultores de dois polos e suas consequências à saúde dos agricultores, monitoramento da qualidade da água e Ecotoxicologia da ictiofauna do rio Pedreira (Amapá) na região onde ocorre o cultivo de soja com agrotóxicos. Todas as atividades do projeto compõem, de forma integrada, ações de ensino, pesquisa e extensão, que serão desenvolvidas pelos atores universitários (professores, alunos, técnicos), atores do ensino fundamental e médio público (alunos e professores), agentes em ATER e comunidades tradicionais envolvidas, buscando estabelecer métodos interdisciplinares na formação de alunos e na prática docente. Como resultados espera-se a capacitação de 120 acadêmicos de graduação em educação do campo e 10 técnicos do Amapá em ATER; capacitação de agricultores familiares e pescadores-aquicultores da área em estudo através de cursos específicos de capacitação Agroecológica; realização de estudo da qualidade da água do rio Pedreira envolvendo 3 pesquisadores e 6 alunos de graduação; realização de 8 palestras de diversos temas nas comunidades envolvidas com público mínimo estimado de 200 pessoas e 8 palestrantes; promoção da saúde de 300 pessoas das comunidades priorizando crianças, grávidas e idosos, mas também jovens e adultos, com a participação de 4 enfermeiros, 2 médicos ,2 técnicos em análise clínicas e 20 acadêmicos de medicina e 20 de enfermagem, através de exames clínicos de pressão arterial, glicose, triglicérides, colesterol, exames de fezes e urina, bem como consultas médicas e palestras; integração do NEA-UNIFAP com as comunidades envolvidas no projeto; conclusão das pesquisas e publicação de 2 artigos científicos em revista com qualis CAPES mínimo B2; desenvolvimento de cultivo experimental em tanques-rede em duas unidades de referência; formação de 4 alunos de graduação e 2 de Mestrado com trabalho de conclusão de curso desenvolvido nas atividades do projeto NEA-UNIFAP; confecção de 1 apostila para o curso FIC, 1 apostila para cada curso extensionista e 1 cartilha sobre Agroecologia, além de folders sobre as ações do NEA; elaboração de 02 Fichas Agroecológicas com Tecnologias Apropriadas à Produção Orgânica;publicação das atividades do projeto na home-page do NEPA-UNIFAP e facebook com informações de todas suas atividades; e implantação de 2 unidades de Referência nas unidades produtivas familiares. Espera-se ainda que esta metodologia integrativa seja eficiente, eficaz e efetiva para a difusão da Agroecologia no âmbito da Universidade Federal do Amapá, das comunidades envolvidas no projeto, das instituições parceiras e da sociedade Amapaense.
  • Universidade Federal do Amapá - AP - Brasil
  • 01/12/2017-31/10/2020
Foto de perfil

Julio Cesar Serafim Casini

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • estudo do recobrimento de ímãs permanentes de terras raras com óxido de grafeno na melhora da resistência à corrosão
  • Neste projeto propõe-se investigar o recobrimento de ímãs permanentes de terras raras com óxido de grafeno (GO) visando aumento da resistência a corrosão. A rota experimental a ser seguida utilizará tanto para os ímãs quanto para o óxido de grafeno, produtos comerciais e desenvolvidos em laboratório. Inicialmente ímãs permanentes de terras raras produzidos em laboratório pelo processo de HD (Hidrogenação e Desproporção) serão submetidos ao recobrimento de GO via processo de deposição eletroforética, variando a corrente elétrica e o tempo de exposição. Posteriormente, serão testados nas mesmas condições ímãs de terras raras comerciais variando as dimensões dos ímãs (área exposta para deposição). O objetivo principal será estudar a influência destas condições (corrente elétrica, tempo de deposição eletroforética e dimensões do material) na eficiência da deposição de GO nos ímãs e consequentemente no aumento da resistência a corrosão. Para o procedimento de deposição eletroforética, uma fonte com controle minucioso da corrente elétrica (da ordem de microampères) será necessária. Serão utilizados, também, as técnicas de caracterização de materiais como a microscopia eletrônica de varredura (MEV-EDX), microscopia eletrônica de transmissão (MET) e difração de raios-X (DRX) e espectroscopia no infravermelho com transformada de Fourier (FTIR).
  • Comissão Nacional de Energia Nuclear - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Julio Cosme Santos da Silva

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • explorando as propriedades estruturais, eletrônicas e mecanísticas da metaloenzima pmmo a partir de métodos clássicos e híbridos do tipo mq/mm
  • A forma particulada da enzima metano monooxigenase, pMMO, representa o catalisador para oxidação de alcanos mais abundante encontrado na natureza. Entretanto, devido uma série de dificuldades envolvendo a identificação e completa elucidação da estrutura de seu sítio catalítico, o mecanismo de ação dessa enzima ainda é um tema de grande debate na química bio-inorgânica moderna. Dessa forma, a proposta central deste projeto é a investigação detalhada ao nível molecular das propriedades estruturais e eletrônicas dos sítios catalíticos que têm sido propostos para a pMMO, visando compreender como essas propriedades influenciam o mecanismo de ação da enzima. Para este fim, este projeto visa a utilização de uma combinação de métodos modernos de química computacional (mecânico quânticos (MQ), clássicos (MM) e híbridos do tipo MQ/MM). Sobre as questões acerca das propriedades estruturais da pMMO, o presente projeto propõe o desenvolvimento de novos parâmetros empíricos de mecânica molecular para tratar classicamente os possíveis modelos do sítio ativo da pMMO. Esses novos parâmetros permitirão a realização do primeiro estudo da dinâmica estrutural desta enzima na presença do solvente considerando um modelo molecular totalmente flexível. Em relação a estrutura eletrônica dos possíveis modelos para o sítio ativo, o projeto propõe a realização de um estudo sistemático envolvendo o cálculo dos parâmetros de ressonância paramagnética eletrônica (RPE) com o intuito de auxiliar na interpretação de dados experimentais recentes e no estabelecimento de um protocolo computacional para o cálculo de parâmetros de EPR de sistemas bio-inorgânicos.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Júlio Criginski Cezar

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • estudo das propriedades eletrônicas de heteroestruturas de óxidos complexos
  • Neste projeto Universal propomos o crescimento e estudo aprofundado de multicamdas de óxidos complexos. O intuito principal é obter a relação entre as propriedades macroscópicas e as estruturais dessas amostras, com ênfase no estudo da estrutura eletrônica através de técnicas avançadas de espectroscopia de raios-X baseadas em luz síncrotron e no acoplamento magnetoelétrico em heteroestrutruas ferromagnéticas/ferroelétricas através de microscopia de emissão de fotoelétrons.
  • Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Julio Henrique Rosa Croda

Ciências da Saúde

Medicina
  • profilaxia primária para prevenção de tuberculose em populações privadas de liberdade
  • A tuberculose (TB) ainda representa um grave problema no contexto da saúde mundial. Nos últimos sete anos, a incidência estimada, na população geral, diminuiu 0,8% ao ano. Um fator associado a este lento progresso no controle da doença no Brasil e, em outros países emergentes, é a presença de populações vulneráveis, como por exemplo as prisões, que podem atuar como reservatórios ou amplificadores para a transmissão do agravo. A incidência da TB aumentou 70% nos últimos sete anos entre a população prisional no Brasil (958/100.000 em 2007 para 1.335/100.000 em 2013) e, atualmente, representa cerca de 10% de todos os casos relatados no país. Estudos realizados por nosso grupo identificara uma taxa anual de 26% de infecção latente por TB entre a população prisional no estado de Mato Grosso do Sul. Atualmente, o Ministério da Saúde do Brasil recomenda a busca ativa de TB na entrada do dentento e, uma vez por ano, por radiografia de tórax. No entanto, devido ao custo e à logística, a maioria das prisões não adere a esta recomendação. Dada a combinação de alta taxa de infecção nas prisões e o período de encarceramento, a profilaxia primária com isoniazida pode ser uma alternativa efetiva para o controle da doença. Com este estudo, pretendemos avaliar a efetividade da profilaxia primária com isoniazida em indivíduos saudáveis, mas expostos a um ambiente de alta transmissão de TB. Trata-se de um ensaio clínico de fase IV randomizado, duplo-cego, controlado por placebo, envolvendo 728 presos em regime fechado na Penitenciária Estadual de Dourados (PED). Os participantes serão monitorados por 12 meses para calcular o risco relativo, redução do risco relativo, redução absoluta do risco e número necessário para tratar. Com a realização da pesquisa, espera-se encontrar evidências científicas que contribuam para o controle da tuberculose nas prisões e nas populações circunvizinhas.
  • Fundação Oswaldo Cruz - MS - Brasil
  • 30/11/2017-30/11/2020
Foto de perfil

Julio Otavio Jardim Barcellos

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • desmame hiperprecoce em bezerros de corte: aspectos comportamentais, alterações no trato gastrointestinal e nos mecanismos imunológicos
  • O processo de desmame envolve vários fatores estressantes para os bezerros e quanto mais precoce for realizado, piores condições de bem-estar podem ser enfrentadas pelo bezerro, com possíveis reflexos na saúde a longo prazo. Desse modo, o projeto propõe investigar os efeitos do estresse do desmame hiperprecoce na resposta comportamental, na fisiologia do trato gastrointestinal e no sistema imunológico de bezerros de corte em contraste com aqueles do desmame precoce ou convencional. A pesquisa está estruturado em duas etapas: na primeira será realizada uma revisão sistemática da fisiologia do trato gastrointestinal dos bezerros e na segunda etapa será realizado o experimento a campo na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Nesta última etapa, serão desmamados vinte e quatro bezerros em cada tratamento, sendo que no tratamento referente ao desmame hiperprecoce (DH), os bezerros serão desmamados aos 30 dias de idade, no desmame precoce (DP) os bezerros serão desmamados com média de 75 dias de idade e no desmame convencional (DC) eles serão desmamados com 180 dias. Durante os desmames, os bezerros permanecerão no curral por 15 dias, nesse período serão coletas amostras sanguíneas para mensurar a concentração de hormônios e proteínas que são indicadores de estresse, assim como avaliações imunológicas, comportamentais e fisiológicas. O desenvolvimento desses bovinos será acompanhado até 730 dias de idade. Espera-se que a partir do conhecimento isolado e/ou integrado dos parâmetros comportamentais, fisiológicos e imunológicos dos bezerros desmamados aos 30 dias, poderá se elucidar a influência no desenvolvimento futuro desses animais.Com isso, esta pesquisa contribuirá para qualificar uma nova prática de manejo, a qual tem possibilidades de ser implementada no Brasil, pelo fato da necessidade de melhoria dos índices produtivos do rebanho de cria.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Júlio Santos Rebouças

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de sistemas à base de porfirinas para uso analítico, biomimético, terapêutico e biotecnológico
  • O presente projeto de pesquisa, intitulado “Desenvolvimento de sistemas à base de porfirinas para uso analítico, biomimético, terapêutico e biotecnológico” é submetido como requisito Chamada Universal MCTIC/CNPq n.º 28/2018 – Faixa C e encontra-se fortemente relacionado ao projeto aprovado na Chamada de Bolsa de Produtividade em Pesquisa 2017 do CNPq. O escopo da proposta está inserido nas linhas de pesquisa do Programa de Pós-graduação em Química da UFPB (PPGQ-UFPB) e do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia da Rede Nordeste de Biotecnologia (RENORBIO-UFPB), dos quais o proponente é docente permanente. Os principais elementos da proposta compreendem aspectos centrais dos planos de trabalho de 7 discentes do PPGQ e 2 bolsistas de iniciação científica da UFPB. Adicionalmente, parte deste projeto se insere nos temas centrais do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Fotônica, Fase II (INCT-INFo), recentemente aprovado. Esta proposta dá ainda continuidade parcial ao Projeto Universal “Moduladores redox de estresse oxidativo baseados em metaloporfirinas: Uso de catalisadores biomiméticos para aumento da eficiência produtiva em biotransformações”, cuja vigência encerrou-se em nov/2016. O projeto será executado no Departamento de Química da UFPB sob a coordenação do proponente, Dr. Júlio Santos Rebouças, Professor Associado I (DE) nesta instituição, e conta com a participação formal de docentes distribuídos em 4 instituições no Brasil, a saber Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e Instituto Tecnológico do Tocantins (IFTO), e 1 instituição na Argentina, Universidad Nacional del Sur (UNS, Bahía Blanca, Argentina). Integram a equipe científica 7 doutores (sendo 1 bolsista de pós-doutorado PNPD/CAPES), 7 alunos de pós-graduação (sendo 1 doutorado cotutela entre a UFPB/Brasil e a UNS/Argentina) e 2 bolsistas de iniciação científica (PIBIC/CNPq/UFPB). A proposta conta ainda com a cooperação de grupos de pesquisa consolidados do país (UFPB, UFPE, UFPR, UFMG, UNICAP) e no exterior (Duke University School of Medicine, EUA; Kuwait University, Kuwait; e Universidade Nacional del Sur, Argentina), que desenvolvem colaborações de pesquisa em andamento em temas correlatos. Mn-porfirinas figuram entre os melhores mímicos das enzimas superóxido dismutase (SOD) enquanto Zn-porfirinas são excelentes fotossensibilizador. Estes sistemas têm se destacado em estudos pré-clínicos como uma classe importante de reguladores ou moduladores redox (foto)catalíticos de estresse oxidativo. A eficácia in vivo é resultante da associação de uma elevada atividade catalítica ou fotossensibilizadora a uma maior lipofilia, biodisponibilidade e concentração intracelular do (foto)catalisador. Propõe-se neste projeto o planejamento racional de porfirinas simétricas e de baixa simetria para síntese de complexos modelos biomiméticos de enzimas oxidorredutases de interesse para o desenvolvimento de agentes terapêuticos redox-(foto)ativos e com potencial uso biotecnológico em reações de biotransformação. Em particular, propõe-se a síntese de novas metaloporfirinas com lipofilia controlada e metaloporfirinas suportadas como fotossensibilizadores e modelos biomiméticos das enzimas SOD, citocromos P450 e haloperoxidases. Pretende-se explorar esses sistemas para fins analíticos (como a quantificação eletrocatalítica de analitos de interesse, por exemplo, H2O2), biomiméticos (como modelos de oxidorredutases), terapêuticos (como fotossensibilizadores e agentes experimentais redox-ativos) e biotecnológicos (como adjuvante em processos de biocatálise por células íntegras de microrganismos). A exploração de moduladores redox, fundamentado nas propriedades físico-químicas e de biodisponibilidade de metaloporfirinas encontra-se em plena infância. Espera-se que o investimento na proposta tenha seu retorno através de 1) manutenção de um grupo de trabalho dedicado à síntese de porfirinas funcionais com planejamento moldado às aplicações em procedimentos bioanalíticos, terapêuticos e biotecnológicos; 2) modificações de materiais e eletrodos com porfirinas para fins bioanalíticos para quantificação em matrizes complexas biológicas e ambientais; 3) desenvolvimento de porfirinas com lipofilia controlada como contribuição para o avanço de modelos biomiméticos de oxidorredutases e agentes terapêuticos redox-ativos de interesse cardiovascular; 5) o estudo de propriedades pró-oxidantes (P450 e haloperoxidase) de compostos tipicamente utilizados em sistemas biológicos como agentes antioxidantes catalíticos (mímicos de SOD) e materiais suportados para catálise oxidativa; 6) caracterização fotofísica de Zn-porfirinas hidrossolúveis de interesse para uso como fotossensibilizadores para inativação fotodinâmica e tratamento de leishmanioses; 7) investigação de interação de agentes terapêuticos redox-ativos e fotossensibilizadores à base de porfirinas com biomacromoléculas, tais como albumina sérica; e 8) o desenvolvimento de Mn-porfirinas como alternativa viável para reduzir/controlar estresse oxidativo e melhorar a atividade da biomassa em biocatálise com células íntegras para o desenvolvimento de biotecnologias para a síntese de compostos orgânicos de maior valor agregado. Trata-se de um projeto na interface das áreas da Química e da Biologia, com viés medicinal e biotecnológico. A equipe científica da proposta tem produção consolidada e formação acadêmica formal ampla em Química, Biofísica, Fisiologia e Farmacologia, compatível com a diversidade dos temas abordados. Neste sentido, o investimento contribuirá também para formação de recursos humanos capacitados para transitar nas interfaces da química, biologia e biotecnologia. Além da geração de produção científica, a proposta tem potencial de geração de propriedade intelectual.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Julio Sérgio Marchini

Ciências da Saúde

Nutrição
  • lipidômica e termogênese em mulheres com obesidade
  • Considerando que o insucesso do tratamento da obesidade é justificado pela etiofisiopatologia multifatorial desta morbidade, é necessário estudos que entendam as variações fisiológicas, para desenvolver estratégias de diagnóstico, controle e prevenção, com isso este projeto tem como hipóteses: (I) a ocorrência e/ou perpetuação da obesidade seja resultante do desarranjo do metabolismo lipidico e bioenergética mitocondrial; (II) o desequilíbrio é modificado terapeuticamente por meio do exercício físico; Objetivos: avaliar o metabolismo lipidico, metabolismo energético corporal, mitocondrial e desempenho físico de mulheres submetidas a treinamento físico. Materiais e métodos: 40 mulheres adultas jovens (idade entre 20 e 40 anos), dividas em dois grupos: Grupo Obesidade (GO): composto por 20 mulheres clinicamente diagnosticadas com obesidade (IMC entre 30 e 40 kg/m²); Grupo Controle (GC): composto por 20 mulheres com peso normal (IMC entre 18,5 e 24,9 kg/m²). Ambos grupos serão submetidos a 8 semanas de treinamento físico combinado (exercícios aeróbio e de força muscular) e serão avaliados antes e depois da intervenção, quanto: a coleta de sangue, tecido adiposo subcutâneo (para análise do perfil da lipidoma através da Lipidomica e respiração mitocondrial), composição corporal, gasto energético e desempenho físico. Resultados esperados: Espera-se ratrear todo o perfil lipidico a partir da Lipidomica, associar ao metabolismo energético e mitocondrial, e, compreender os motivos da disfunção que a obesidade provoca no metabolismo energético. Além, de promover modificações no metabolismo lipidico e energético através da prática de exercício físico. E, a partir dos resultados encontrados, pretemos realizar a publicação de artigos científicos, participações em congressos e premiações.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Julliane Tamara Araújo de Melo Campos

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • ciência para todos: integrando a universidade às escolas públicas potiguares
  • Este projeto visa: i) proporcionar oportunidades para que os estudantes do ensino médio da rede pública dos municípios de Natal, Santa Cruz, São Bento do Trairi, Japi e Natal, no estado do Rio Grande do Norte (RN) possam desenvolver suas potencialidades intelectuais e culturais; e ii) melhorar o processo de ensino-aprendizagem dos cursos de Fisioterapia, Nutrição, Enfermagem e Psicologia da Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi (FACISA), Campus da UFRN em Santa Cruz/RN, bem como dos cursos de Ciências Biológicas, Biomedicina e Farmácia do Centro de Biociências, Campus Central da UFRN em Natal/RN. Neste projeto, serão utilizadas metodologias de ensino criativas, participativas e inovadoras, como a elaboração de peças teatrais e de jogos lúdicos sobre o funcionamento do corpo humano, além da realização de cursos de férias, feiras de ciências e estágios supervisionados para estudantes e professores da rede pública como estratégia para promoção da difusão e popularização da ciência. Desta forma, estimularemos o desenvolvimento das competências e habilidades dos estudantes do ensino médio da rede pública de São Bento do Trairi, Japi, Santa Cruz e Natal/RN bem como o desenvolvimento social e o espírito crítico dos estudantes de graduação dos campi da UFRN na capital e no interior do RN.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 07/01/2020-31/01/2021
Foto de perfil

Jullyana de Souza Siqueira Quintans

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • desenvolvimento de complexos de inclusão em β-ciclodextrina contendo bisabolol, e avaliação do efeito antihiperalgésico em modelo de dor crônica
  • A dor é um dos mais importantes problemas de saúde em todo o mundo e permanece como um importante desafio da medicina moderna. A dor neuropática pode surgir a partir de uma doença ou lesão do sistema nervoso central (SNC) ou do sistema nervoso periférico (SNP). Várias doenças resultam secundariamente de lesão do SNC, ou, mais comumente, em associação com uma lesão nos SNP, como dores de amputação, radiculopatias, herpes zoster e neuropatias diabéticas. Por esta razão, diversos estudos vêm sendo conduzidos na busca de novas alternativas para o tratamento da dor neuropática, incluindo os estudos com plantas medicinais que são uma das principais fontes de novas entidades químicas para o setor farmacêutico. Por outro lado, em virtude da crescente demanda da população brasileira, por meio das Conferências Nacionais de Saúde e das recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) aos Estados-membros para formulação de políticas visando integração de sistemas médicos complexos e recursos terapêuticos, o Ministério da Saúde aprovou a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) no SUS, contemplando as áreas de Homeopatia, Plantas Medicinais e Fitoterapia, Medicina Tradicional Chinesa/Acupuntura, Medicina Antroposófica e Termalismo Social – Crenoterapia, promovendo a institucionalização destas práticas no Sistema Único de Saúde (SUS). O (−)-α-Bisabolol, é um álcool sesquiterpênico monocíclico insaturado, obtido do óleo essencial de plantas tais como Matricaria chamomilla e Vanillosmopsis erythropappa. Muito utilizado na indústria química e farmacêutica, apresenta algumas propriedades já descritas como anti-inflamatórias, antioxidante, antissépticas e antinociceptivas. Devido a sua natureza hidrofóbica, será encapsulado em β-ciclodextrina (βCD), para melhorar suas propriedades farmacêuticas. Assim, o objetivo deste estudo visa caracterizar o efeito anti-inflamatório e antinociceptivo do (−)-α-bisabolol (BIS) isolado e complexado a β-ciclodextrina (α-BIS/β-CD) em modelos experimentais de dor crônica em camundongos. Esse projeto visa avaliar os efeitos farmacológicos, vias de sinalização e outros mecanismos de ação relacionados ao bisabolol, serão avaliados parâmetros hematológicos e bioquímicos como parte inicial de toxicidade deste. Vale a pena ressaltar que a abordagem desta proposta com foco em produtos naturais, plantas medicinais e biotecnologia são potencialidades deste projeto, que o direcionam também para publicação de artigos científicos em periódicos especializados indexados em importantes bases, realização de depósito de patentes e desenvolvimento tecnologias sociais. Deste modo, os resultados obtidos a partir deste projeto contribuirão para o desenvolvimento científico e tecnológico nacionais, além de fornecer uma estratégia para a melhor biodisponibilidade do composto e sua aplicabilidade no desenvolvimento de produtos aplicáveis e com sustentabilidade. Além disso, é importante enfatizar que serão formados recursos humanos que atuarão no fortalecimento das linhas de pesquisa desenvolvidas na Universidade Federal de Sergipe (UFS).
  • Universidade Federal de Sergipe - SE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Juneo Freitas Silva

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • papel da kisspeptina e seu potencial terapêutico na disfunção ovariana e feto-placentária causada pelo hipotireoidismo
  • O hipotireoidismo é uma das principais endocrinopatias que causam disfunção ovariana e infertilidade em mulheres e animais, além de causar aborto e restrição de crescimento feto-placentário. Como essas alterações estão associadas a falhas na liberação de GnRH e LH e ocorrência de estresse oxidativo na interface materno-fetal, respectivamente, suspeita-se que a kisspeptina (Kp) possa estar envolvida na gênese desses processos, uma vez que é o neuropeptideo chave da reprodução por controlar a liberação de GnRH e ser um importante modulador do estresse oxidativo e da tolerância imunológica na gestação. Por isso, o objetivo deste projeto é avaliar o papel da kisspeptina e seu potencial terapêutico na disfunção ovariana e feto-placentária causada pelo hipotireoidismo. Ratas Wistar adultas cíclicas e gestantes serão utilizadas nos experimentos 1 e 2, respectivamente. O hipotireoidismo será induzido pela administração oral diária de propiltiouracil (PTU) (1mg/rata) e o controle receberá água como placebo. Em ambos os experimentos, os animais serão divididos nos grupos controle, hipotireoideo e hipotireoideo tratado com kisspeptina 10 (Kp10; 2µg/rata/dia). No experimento 1, os animais serão eutanasiados após três meses de tratamento com PTU, sendo o tratamento com Kp10 realizado no último mês. A ciclicidade será avaliada diariamente por meio de citologia vaginal e serão avaliados a histomorfometria dos ovários, os níveis séricos de LH, PRL, estrógeno e progesterona por ELISA, a expressão gênica de Kiss1, Gpr54 e Gnrh no hipotálamo e de Lhβ de Gnrhr na hipófise por qPCR e a expressão imunohistoquímica no hipotálamo de Kiss1 e Gpr54. No experimento 2, os animais serão eutanasiados com 14 e 19 dias de gestação e o tratamento com Kp iniciará no 8º dia. Serão avaliados o desenvolvimento feto-placentário, os níveis séricos de PRL e progesterona por ELISA, a histomorfometria placentária e a expressão de kisspeptina e seu receptor (GPR54) e de anti-oxidantes (superóxido dismutase, catalase e glutationa peroxidase) por imunohistoquímica e qPCR. Com os resultados alcançados nos dois experimentos pretende-se trazer novos avanços quanto ao conhecimento acerca do papel da kisspeptina na regulação da reprodução pelos hormônios tireoidianos, além da publicação dos resultados em congressos e periódicos científicos conceituados na área e treinamento de recursos humanos.
  • Universidade Estadual de Santa Cruz - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Junior Reis Silva

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • síntese de vitro-cerâmicas transparente óxido-cloreto dopadas com íons terras-raras para aplicação como refrigeradores ópticos
  • Nos últimos anos têm crescido o número de estudos científicos que buscam avanços tecnológicos sem provocar danos ao meio ambiente. Estas pesquisas têm produzido uma onda de propostas que visam à utilização dos recursos naturais no desenvolvimento de vários campos da ciência. Um exemplo desse tipo de trabalho são os estudos realizados em cristais, vidros e vitro-cerâmicas dopados com íons terras-raras e metais de transição. Estes materiais têm despertado interesse devido à possibilidade de serem utilizados em áreas estratégicas como no aumento da eficiência de placas solares no processo de geração de energia limpa e renovável, construção de dispositivos LEDs mais eficientes e adequados a cada ambiente de iluminação e novas tecnologias sem a utilização de gases nocivos ao meio ambiente para sistemas de refrigeração. Cristais e vidros têm sido amplamente estudados para aplicações fotônicas. As excelentes propriedades luminescentes de cristais dopados com íons terras-raras, por exemplo, já são bem conhecidas e muito exploradas. Contudo, para algumas aplicações cristais, embora tenham as melhoras características, se tornam inviáveis em termos econômicos e/ou de engenharia. Por isso, vidros foram propostos para substituir esses materiais. Entretanto, após décadas de estudos, em geral, vidros quando também dopados com íons terras-raras não conseguem exibir as mesmas boas características luminescentes apresentadas por cristais, e não podem ser considerados substitutos a altura desses materiais. Assim, tem despertado bastante interesse na comunidade científica materiais vitro-cerâmicos que prometem unir as boas propriedades de vidros como, por exemplo, maior facilidade e mais baixo custo no processo de síntese e possibilidade de moldagem aos diversos tipos de aplicação, além das boas qualidades ópticas, às boas qualidades espectroscópicas de cristais como: espectro estreito de fônons, altas seções de choque de absorção e emissão e alta eficiência quântica de luminescência. O número de publicações a respeito de materiais vitro-cerâmicos transparente tem crescido consideravelmente desde o ano 2000. Entre os anos de 1993 a 1998 foram 5 publicações, 10 de 1999 a 2000, mais de 80 artigos de 2001 a 2005 e mais de 200 publicações de 2006 a 2010. Outro fator importante é o grande número de patentes que tem sido requerido para esse tipo de material devido principalmente as suas interessantes propriedades fotônicas e condições de aplicação. Vitro-cerâmicas são materiais constituídos de uma fase vítrea e pelo menos uma fase cristalina. Na maioria das vezes são nanocristais fluoretos embebidos em uma matriz vítrea de natureza óxido. Por outro lado, vitro-cerâmicas óxido-cloreto também possuem grande potencial para aplicações fotônicas, principalmente por apresentarem energias de fônons ainda mais baixas do que as de óxido-fluoretos. Contudo, esses materiais têm sido pouco explorados, e apenas poucos trabalhos podem ser encontrados na literatura. A procura por sistemas que funcionam em temperaturas criogênicas tem sido uma motivação oriunda de diversos campos da ciência. Em 1929, o físico Alemão Peter Pringsheim propôs um estudo inovador, no qual um sólido bombeado com luz monocromática deveria apresentar refrigeração por meio de luminescência anti-Stokes, isto é, emissão com energia maior do que a absorvida pelo próprio material. Entretanto, devido aos desafios experimentais que esta área exige, só em 1995 foi possível reportar a primeira observação experimental do efeito de refrigeração óptica em um material de estado sólido. Em 2016 foi reportado na literatura a observação experimental de refrigeração a laser em um cristal de LiYF4 (YLF) dopado com íons de Yb3+ para uma temperatura local mínima abaixo de 100 K. Este resultado está abaixo do valor inicial definido pelo National Institute of Standards and Technology (NIST) para temperaturas criogênicas, que é de 123 K (-150oC). Recentemente, este cristal foi usado para refrigerar um sensor infravermelho para <135 K . Contudo, a eficiência de refrigeração com íons de Yb3+ está limitada à ~5%, sendo necessária a busca por novos íons e matrizes que combinados forneçam maiores eficiências, e ainda, mais baixa temperaturas de resfriamento. Além disso, essa tecnologia pode também ser desenvolvida tendo em vista o apelo ambiental. Sistemas tradicionais de compressão a vapor utilizam gases refrigerantes tóxicos capazes de provocar efeito estufa e destruição da camada de ozônio. A dificuldade de substituição no entanto é a alta eficiência (~60%) que esses sistemas mais tradicionais apresentam com relação a concorrentes. Por isso, a necessidade de buscar sistemas mais eficientes na área de refrigeração óptica. Neste projeto estamos propondo sintetizar e estudar vitro-cerâmicas com nanocristais cloretos dopados com íons de Ce3+, Eu2+ e Yb2+. Esses íons apresentam transições permitidas o que deve possibilitar sistemas com maiores eficiências e temperaturas mais baixas (~10 K).
  • Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jupira Gomes de Mendonça

Ciências Sociais Aplicadas

Planejamento Urbano e Regional
  • metropolização, desenvolvimento urbano e o direito à cidade: o caso da região metropolitana de belo horizonte
  • Transformações importantes na organização das cidades e das regiões marcaram o final do século XX, em decorrência dos processos de reestruturação produtiva e do rearranjo das estruturas de poder e de controle. Nesse movimento, novas dinâmicas intraurbanas e novas territorialidades se fazem presentes e outros sujeitos se somam ao conjunto de circuitos e agentes que têm na produção da cidade o sentido da acumulação capitalista. Parece estar em curso um novo modelo de acumulação urbana, que tem na parceria Estado-empreendedor privado um mecanismo importante para sua viabilização. No Brasil, esses processos apresentam diferentes dimensões, tendo em vista as condições históricas, os recursos naturais e o papel desempenhado pelas cidades no conjunto da acumulação capitalista do país. Nesse sentido, o trabalho aqui proposto tem como objetivo central identificar os efeitos dessas novas dinâmicas sobre o território e sobre os processos de gestão no nível metropolitano, tendo como foco, especificamente, a Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). Procura-se identificar o sentido dessas alianças e as novas formas de relação entre o Estado e o capital privado, seja no mercado imobiliário, na gestão metropolitana, nos grandes empreendimentos, nas coalizões de expansão ou, até mesmo, nos mecanismos de participação social, incluindo, ainda, as formas de insurgência. Para tal, propõe-se a condução do projeto em seis eixos de análise, que buscam, a partir de diferentes abordagens, lançar luz sobre essas transformações no espaço metropolitano e na sua governança, a saber: Eixo 1) “Desafios institucionais para o desenvolvimento urbano e metropolitano”, que se propõe a investigar a efetividade das políticas metropolitanas no âmbito dos municípios integrantes da RMBH, bem como as razões da não inclusão das diretrizes de tais políticas. Eixo 2) “Regulação urbano-ambiental”, que tem como diretriz a capacidade integradora das questões urbano-ambientais, com uma análise sobre os empreendimentos urbanos, os conflitos ambientais gerados, suas medidas de mitigação e compensação, os mecanismos de consulta popular que os legitimam e a efetividade da implementação das condicionantes atreladas às suas licenças de operação. Eixo 3) “Mobilidade residencial e Gentrificação”, que visa ao aprofundamento das análises relativas aos processos acima descritos sob a ótica da mobilidade residencial. Trata-se de avançar na compreensão da dinâmica de estruturação do território por meio da leitura interpretativa da dinâmica sócio-demográfica e suas consequências no território. Eixo 4) "Coalizões de poder no Vetor Norte da RMBH", no qual, sob a perspectiva da Teoria dos Regimes Urbanos, propõe-se a mapear e compreender a complexa interação entre atores públicos e privados nesse eixo de expansão do território metropolitano, bem como suas influências sobre as políticas públicas e sobre o desenvolvimento econômico da região. Eixo 5) "Conflitos Urbanos e Insurgências", que busca identificar processos contemporâneos de segregação socioespacial e analisá-los sob a ótica das lutas insurrecionais históricas, suas relações com os processos mais amplos na região e no país e, particularmente, suas relações com os processos sócio-econômicos locais. Eixo 6) "Construindo a Urbanidade Metropolitana", que visa compreender as novas formas de participação da sociedade civil nas políticas urbanas e analisar as possibilidades de construção da ‘urbanidade metropolitana’, entendida como uma rede ampliada de discussão e cooperação sobre temas afetos às questões de interesse metropolitano. Aliando-se aos processos participativos, o eixo visa ainda à sistematização e facilitação à sociedade civil não-organizada de informações técnicas e do saber cotidiano referentes à RMBH. Em síntese, esse projeto visa compreender as novas dinâmicas intraurbanas e as novas territorialidades da RMBH, bem como os desafios apresentados à governança, seja no plano local, seja no plano metropolitano. Busca-se, assim, contribuir para o entendimento dos novos processos de estruturação das metrópoles brasileiras, na tentativa de construir bases para processos de planejamento mais democráticos, bem como políticas urbanas mais comprometidas com a equidade e justiça urbanas. A proposta apresentada tem interlocução com os recentes estudos sobre as transformações e permanências observadas na ordem urbana das metrópoles brasileiras, em consonância com o Programa Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia – INCT/Observatório das Metrópoles.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jurandir Ceccon

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • problemas envolvendo constantes ótimas e problemas de estabilidade assintótica de equações de evolução: duas classes de problemas e suas conexões
  • Este projeto contará com a participação de seis universidades, sendo três universidades estaduais do Paraná e três universidades federais. Dessas seis universidades, cinco delas possuem programas de pós-graduação em Matemática. A equipe técnica terá oito pesquisadores especialistas em Equações Diferenciais (sendo cinco deles bolsistas de produtividade do CNPq) com larga experiência em problemas Elípticos, modelos não-lineares de Schrödinger, modelos de estabilidade assintótica para equações de evolução viscoelásticas, equações diferenciais parciais que modelam vibrações de placas e vigas, problemas que envolvem desigualdades ótimas e funções extremais, problemas de auto-valor para operadores de Laplace, modelos dissipativos envolvendo a equação de Korteweg de Vries, dentre outros. Todos os pesquisadores estão envolvidos na orientação de alunos de inciação científica, mestrado e doutorado. Além disso a equipe deste projeto tem uma significativa quantidade de artigos publicados nos últimos anos, sendo a quase totalidade publicada em revistas com Qualis/CAPES A1, A2 e B1. Devido a isso, muitos destes pesquisadores estão atualmente supervisionando pós-doutorandos em seus programas de pós-graduação. Os principais objetivos deste projeto serão: - Viabilizar uma maior cooperação entre diferentes programas de pós-graduações; - Aprofundar, qualificar e diversificar os problemas estudados pelos membros da equipe; - Fomentar a participação de alunos das pós-graduações nas pesquisas desenvolvidas pelo grupo e incentivar o intercâmbio destes entre as instituições envolvidas; - Aproveitar a qualidade técnica e a experiência da equipe para estudar problemas e modelos de grande envergadura e de interesse científico.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jurandyr Luciano Sanches Ross

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • ordenamento territorial brasileiro: potencialidades naturais e vulnerabilidades sociais
  • O ordenamento do território passa pela execução e implementação do Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE) que é um instrumento técnico-científico elaborado na perspectiva de assegurar a qualidade ambiental, o desenvolvimento sustentável e a melhoria das condições de vida da população. É fundamental considerar na sua elaboração as abordagens ambiental e ecológica, social e econômica, uma vez que o território é hierarquizado em zonas de acordo com as necessidades de proteção, conservação e desenvolvimento. É um instrumento para racionalizar a ocupação e redirecionar as atividades, servindo de subsídio às estratégias e ações de planos regionais em busca do ordenamento territorial com bases no desenvolvimento sustentável. Dessa forma, o objetivo do projeto é elaborar essa pesquisa técnico-científica por meio do macrozoneamento ecológico-econômico do território brasileiro, a fim de auxiliar na identificação das potencialidades e fragilidades naturais e das potencialidades e vulnerabilidades sociais do país. Para isso, se faz necessário elaborar um diagnóstico socioambiental integrado, envolvendo as relações sociedade-natureza para possibilitar a identificação de zonas territoriais, e definir as diretrizes preservacionistas, conservacionistas e de desenvolvimento econômico e social de cada zona. A partir de tal diagnóstico é possível elaborar: (I) as Unidades Ambientais Naturais, integrando os componentes da geodiversidade e da biodiversidade, tendo como base as informações temáticas derivadas da geologia, geomorfologia e pedologia, adicionadas das informações do clima e da cobertura vegetal natural; (II) as Unidades Socioeconômicas, baseadas nas informações da sociodiversidade, que se dará por meio da identificação e uso de mapas temáticos de uso e cobertura da terra, dos dados estatísticos oficiais relativos à área social (educação, saúde, renda e demografia), de infraestrutura, de serviços de utilidade pública, e econômica, abrangendo tanto o meio urbano quanto o rural; (III) as Unidades das Terras Protegidas, identificadas por meio das informações extraídas das unidades de conservação e de proteção ambiental, bem como as terras delimitadas como territórios indígenas e áreas quilombolas. As Zonas Ecológico-Econômicas estarão baseadas na intersecção das informações dos aspectos naturais e socioeconômicos, a partir da percepção das fragilidades potenciais naturais, das limitações/restrições de caráter ecológico e das potencialidades socioeconômicas, possibilitando estabelecer diretrizes de caráter ambiental, social e econômico. Para que tais ações sejam possíveis, é fundamental a adoção de uma metodologia de pesquisa baseada na compreensão integrada das características dos ambientes naturais e das realidades socioeconômicas. Deve identificar e analisar esses elementos nos diferentes âmbitos da realidade, sob a perspectiva da dinâmica do processo de ocupação humana e das relações econômicas e sociais. Os produtos cartográficos gerados no projeto seguem o recomendando pelo Decreto Federal 4.297/2002, em que a escala de apresentação será 1:5.000.000 e a escala de referência será 1:1.000.000. Para finalizar, afirma-se que o ZEE, ao dispor de um mecanismo integrado de diagnóstico e propor diretrizes pactuadas de ação, pode contribuir para que o sistema de planejamento oriente os esforços de investimentos do governo e da sociedade civil segundo as peculiaridades das áreas definidas como zonas, as quais devem ser tratadas como unidades de planejamento. A análise integrada dessas informações define, no território, situações que revelam as potencialidades humanas e as fragilidades socioculturais diferenciadas no tempo e no espaço.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Juri Castelfranchi

Ciências Humanas

Filosofia
  • xxi ufmg jovem: conhecimento para todos
  • Em 2020, a "UFMGJovem", programa de extensão da UFMG que inclui a feira estadual de ciência da Universidade Federal de Minas Gerais, completará 21 edições. A ação integra o Programa "UFMGJovem+ conhecimento para todos", registrada sob o número SIEX500121, e tem como objetivos propiciar a interação entre a universidade e a comunidade, promover a valorização e a apropriação social da pesquisa científica, e incentivar a formação de futuras e futuros cientistas. A organização da XXI UFMG jovem terá como foco geral temáticas contíguas e afinada com os temas da próxima Semana Nacional de Ciência e Tecnologia de 2020, e como atividades e objetivos específicos: 1. Promover oficinas, debates e momentos de diálogos voltados para o público de educadores e alunos da Educação Básica, tanto ao longo do ano, quanto nos dias específicos da feira; 2. Organizar o evento "XXI UFMGjovem"; 3. Divulgar projetos de inovação pedagógica desenvolvidos nos cursos de Licenciatura da UFMG e nas escolas públicas do estado; 4. Valorizar a produção e a circulação de saberes pedagógicos nos diferentes níveis de ensino; 5.Integrar a programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia de 2019; 6. Formar 20 lideranças juvenis como destaque de talentos em ciências e tecnologia. Para tanto, serão desenvolvidas as atividades de organização, realização, avaliação e acompanhamento do evento, dos trabalhos inscritos, dos alunos bolsistas BIC Júnior e a oferta de palestras, cursos e oficinas presencias e a distância. Tais atividades serão coordenadas pela Diretoria de Divulgação Científica (DDC) a Pró-reitoria de Extensão da UFMG (PROEX) no período de 02 de dezembro de 2019 a 30 de novembro de 2020 e possuem uma previsão de atendimento de 6000 visitantes nos 2 dias do evento, mais um número de professores, alunas, alunos, distribuídos em momentos específicos de atividades, oficinas e diálogos ao longo de 2020, em parceria com cursos de formação de professores e atividades de divulgação científica promovidas pela UFMG.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 07/01/2020-31/01/2021
Foto de perfil

Jussara Gue Martini

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • gênero e sexualidade: aproximações e distanciamentos no processo formativo de enfermeiros/enfermeiras e as implicações no cuidado de enfermagem no contexto do mercosul
  • O contexto que envolve os temas de gênero e sexualidade vem se tornando objeto de estudo frequente na contemporaneidade. Em função dos movimentos realizados por grupos sociais, em defesa dos direitos das pessoas com gênero e sexualidade fora dos padrões de normalidade pré-determinados socialmente, este tema tem despertado o interessa do meio científico, em diversas áreas do conhecimento, gerando uma elevação gradativa no número de pesquisas realizadas. Contudo, o desenvolvimento de novos estudos ainda configura condição fundamental para compreender o complexo contexto que estão envolvidas as pessoas que não se encontram no binarismo de gênero (homem ou mulher) e na heterossexualidade, principalmente em relação à garantia de direitos inerentes à dignidade humana, como é o caso da atenção em saúde. Neste sentido, objetiva-se compreender como o debate sobre gênero e sexualidade está incorporado nos cursos de graduação em Enfermagem, nas instituições da Associação de Universidades Grupo Montevidéo (AUGM). Trata-se de um estudo de casos múltiplos, que será realizado em Universidades que ofertam o curso superior de enfermagem. No que se refere à coleta dos dados, com a intencionalidade de construir um olhar investigativo a partir da expressão de diversos atores e suas experiências, este estudo de casos múltiplos prevê a utilização de pesquisa documental, entrevistas e narrativas de mapas corporais. Serão considerados/consideradas para participação no estudo docentes e estudantes, no contexto acadêmico, bem como, pessoas não binárias e não heterossexuais. Entende-se que a pesquisa tem potencial de reunir informações sobre o atual cenário da educação em enfermagem na América Latina, permitindo refletir sobre as questões da contemporaneidade (perspectiva de gênero e sexualidade) e dando condições à comunidade de Enfermagem (pesquisadoras/es, docentes, estudantes, enfermeiras/enfermeiros) de conhecer como a formação vem incorporando a temática em questão. Justifica-se a realização deste estudo em virtude da urgência de pesquisas que estimulem transformações nos processos formativos em enfermagem, com vistas à uma prática mais integral e que considere as pessoas nas pluralidades de ser e viver.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jussara Maria Rosa Mendes

Ciências Sociais Aplicadas

Serviço Social
  • atingidos pela construção de barragens hidrelétricas no brasil: as múltiplas expressões do sofrimento social e ambiental
  • Implantadas sob a prerrogativa do desenvolvimento e da produção de energia limpa, as hidrelétricas têm se apropriado de vastos territórios rurais e indígenas, em que as comunidades atingidas são tidas como empecilhos do progresso. Diante disso e tomando-se como foco as barragens hidrelétricas construídas na bacia do Rio Uruguai localizado no sul do Brasil, o objetivo central desta investigação será analisar as múltiplas dimensões do sofrimento social e ambiental vivenciado pelas populações atingidas pela construção de grandes empreendimentos hidrelétricos situados na bacia hidrográfica do rio Uruguai e suas interfaces com a saúde, com vistas a dar visibilidade social as expressões do desenvolvimento desigual. O estudo, de cunho qualitativo, será fundamentado na pesquisa participante. A coleta de dados terá como foco as populações atingidas pela construção de hidrelétricas na bacia do Rio Uruguai no sul do Brasil. Estima-se a participação de 40 pessoas, incluindo famílias atingidas, representantes dos movimentos sociais, representantes políticos e profissionais da saúde. Além disso será construída uma análise documental da legislação vigente sobre o tema e de documentos das obras investigadas.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jussara Moretto Martinelli-Lemos

Ciências Agrárias

Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
  • será o início do fim da espécie nativa de camarão-da-amazônia macrobrachium amazonicum? estudo de caso do sucesso adaptativo da espécie invasora macrobrachium rosenbergii (indo pacific shrimp) em estuário do pará
  • A origem geográfica dos camarões M. rosenbergii coletados nas águas paraenses é de populações nativas provenientes do Vietnã, Bangladesh e Tailândia (Iketani et al., 2011). Esse camarão invasor já foi coletado em 15 localidades no Pará: Viseu, Augusto Corrêa, Bragança, Tracuateua, Capanema, Irituia, Quatipuru, Benfica, Marapanim, Colares, Ilhas do Mosqueiro, Arapiranga, Icoaraci, Soure e Salvaterra (Barros e Silva, 1997; Cintra et al., 2003; Iketani et al., 2011; Silva-Oliveira et al., 2011). Este último trabalho ainda prevê, através de análise de modelagem de nichos, que uma vasta área pode ser potencialmente ocupada pela espécie invasora no norte da América do Sul, podendo estender-se desde o Maranhão até a Venezuela, incluindo a calha do Rio Amazonas, ou seja, um impacto ambiental e sócio-econômico de larga escala. Esses registros constituem cenário preocupante, pois o estabelecimento da espécie invasora em águas paraenses pode ocasionar sobreposição de nicho ecológico com a espécie nativa da Amazônia, M. amazonicum, reduzindo os itens alimentares da espécie nativa ou até mesmo podendo levá-la à sobrepesca ou extinção local, pois a espécie invasora é exímia predadora e pode alimentar-se da espécie nativa, acarretando significativa redução em seu estoque natural. Além disso, pode haver impactos maiores, uma vez que toda a cadeia trófica aquática pode ser afetada, em uma região de alta biodiversidade como os rios e estuários amazônicos. Do ponto de vista sócio-econômico, a redução na disponibilidade de alimento para a espécie nativa, assim como a introdução de um novo predador, pode reduzir drasticamente o estoque pesqueiro do camarão-da-Amazônia, afetando a cadeia produtiva desse recurso, uma das maiores fontes de renda para as famílias ribeirinhas da Amazônia, ficando geralmente atrás apenas da renda gerada pela venda do açaí. Nosso objetivo com esse projeto é responder, com base no método científico, os seguintes questionamentos: 1) A população de M. rosenbergii está estabelecida em Belém (Ilhas do Combu, Arapiranga e Mosqueiro), Marapanim, Maracanã, Salinópolis e Bragança, com sucesso reprodutivo ou é encontrada apenas ocasionalmente?; 2) Qual a expectativa de vida, taxa de crescimento e de mortalidade, produção secundária somática anual e biomassa média anual de M. rosenbergii?; 3) De que a espécie está se alimentando nessas águas costeiras? O camarão invasor é o predador do camarão nativo?; 4) Qual a cadeia produtiva de M. rosenbergii que é comercializado em Belém? Os camarões são comprados por aquicultores que cultivam a espécie no interior do Estado ou por pescadores artesanais que o pescam na zona costeira e águas interiores?; 5) Qual o perfil sócio-econômico dos pescadores artesanais que comercializam o camarão invasor M. rosenbergii? Como é realizada a pesca deste recurso?
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jussara Rafael Angelo

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • cenários de transmissão de malária - amazônia brasileira -
  • Em pleno século XXI a malária continua sendo uma das endemias de maior magnitude no mundo. Segundo a Organização Mundial da Saúde, no ano de 2013 ocorreram 132 milhões de novos casos, concentrados em países periféricos, sobretudo, na África. No Brasil, a malária está concentrada na região Amazônica onde ocorrem 99% dos casos. A malária é uma doença que envolve diversas dimensões da realidade apresentando uma distribuição espacial heterogênea, definida de forma geral por diversas características e processos territoriais que estão envolvidos na produção desta endemia, tais como densidade vetorial, dinâmica demográfica, processo de ocupação, implantação de projetos econômicos de mineração e de energia, mudanças de uso e cobertura da terra e a capacidade dos serviços de saúde em controlar a doença. Neste contexto, o objetivo deste trabalho é analisar os determinantes sociais e ambientais da malária na Amazônia Brasileira, através de indicadores sociais e ambientais, no período 2010-2015 e utilizar os componentes LuccME_Infectious_Diseases da plataforma de modelagem de uso e cobertura da terra, LuccME, para simular “Cenários de Transmissão Potencial de Malária (CTPM) para 2030 e 2050. Os CTPM serão elaborados considerando outros três cenários elaborados anteriormente por outras instituições de pesquisa. São eles: Cenários de Uso e cobertura da terra elaborado pelo Centro de Ciência do Sistema Terrestre do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CST/INPE), Cenários Climáticos elaborados pelo Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/INPE) e o Plano Nacional de Energia 2030 elaborado pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE). Espera-se que o desenvolvimento desta proposta contribua para o melhor entendimento da dinâmica de produção e disseminação da malária, identificando e quantificando os fatores ambientais de maior importância para a ocorrência da doença. Além disso, esperar-se que o arcabouço de modelagem espacial dinâmica e análise de cenários adotados demonstre sua potencialidade como métodos/ferramentas capazes de dar subsídio a construção de estratégias de prevenção e controle da malária bem como no planejamento as decisões políticas e econômicas que envolvem o processo de reprodução do território.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 01/06/2017-31/07/2020
Foto de perfil

Juvenil Enrique Cares

Ciências Agrárias

Agronomia
  • seleção de acessos de feijão-caupi resistentes a meloidogyne spp., mapeamento genético da resistência e a analise do transcritoma da interação planta-nematoide.
  • O cultivo de feijão-caupi (Vigna unguiculata) proporciona um alimento de grande importância nutricional pelo alto teor de proteína dos grãos que varia entre 20 a 25%, sendo que em alguns países da África, América Latina e Ásia representa a fonte de mais de 10% das calorias consumidas. O Brasil tem se destacado como um dos maiores produtores e consumidores de feijão-caupi, destacando-se a região Nordeste, com aproximadamente 90% da produção nacional. A cultura do feijão-caupi predominante na agricultura familiar vem passando por um processo de expansão nos últimos anos com significativo aumento de área plantada e uso de inovações tecnológicas, resultando em um aumento da produtividade. No entanto, a utilização de inovações tecnológicas como o plantio direto e a irrigação tem trazido novos desafios ao cultivo do caupi, principalmente a respeito de doenças causadas por fitonematoides. De maneira geral, os nematoides interferem no desenvolvimento das plantas, devido à remoção de nutrientes durante sua alimentação, associada com alterações na absorção e translocação de água e nutrientes, podendo acarretar perdas na produção que variam de 10% a 50%. Diante da falta de informações a respeito das populações de nematoides nos campos de cultivo da cultura nessas áreas de expansão, é imprescindível que se realize um levantamento nematológico nessas áreas e caracterize as populações de nematoides mais importantes ali encontradas. A adequada caracterização da nematofauna em campos de caupi será essencial para auxiliar no controle dos nematoides assim como no desenvolvimento de pesquisa visando resistência a nematoides. Esta caracterização também permitirá identificação de diferentes populações de nematoides que poderão ser utilizadas para seleção de fontes de resistência, mapeamento de genes de resistência e estudo da interação patógeno/hospedeiro. O Brasil é detentor de uma grande diversidade de genótipos de feijão-caupi, incluindo aqueles gerados pelo Programa de Melhoramento da Embrapa Meio-Norte, porém não se conhece a reação da maioria desses genótipos ao nematoide das galhas. Diante disso os objetivos desta proposta de estudo, são proceder levantamento de fitonematoides em campos de cultivo de feijão-caupi nas principais regiões produtoras do Brasil; Identificar a nível de espécie nematoides do gênero Meloidogyne associados a plantações de feijão-caupi; preparar e manter culturas puras das diferentes populações de Meloidogyne; selecionar fontes de resistência de feijão-caupi às espécies de Meloidogyne; conduzir mapeamento genético de genes de resistência a Meloidogyne em feijão-caupi; estudar a interação incompatível entre plantas resistentes de feijão-caupi e espécies de Meloidogyne, visando o melhoramento genético. Para atingir os objetivos, amostras de solo e raiz serão coletadas em áreas de plantio comercial de feijão-caupi localizadas nas principais regiões produtoras, sendo que as amostras serão processadas e os fitonematoides identificados. As diferentes espécies do gênero Meloidogyne, se presentes, serão identificadas à nível de espécie combinando os dados morfológicos, teste bioquímico de isoenzima (esterase) e teste molecular utilizando PCR. Culturas puras das diferentes populações de Meloidogyne serão mantidas para serem utilizadas no estudo de seleção de fontes de resistência a Meloidogyne, mapeamento genético, estudo da interação planta/nematoide
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Kadigia Faccin

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • impulsionando a inovação em economias emergentes: estudos sobre a dinâmica colaborativa em ecossistemas de inovação em cidades
  • Dados do Banco Mundial (2018) mostram que a população mundial aumentou 132% entre 1960 e 2016, enquanto o crescimento da população urbana no mesmo período foi de 297%. Isso mostra uma tendência de mais pessoas vivendo nas cidades (CARRILLO, 2006) e a urbanização da experiência humana como realidade (CARRILLO, 2004). Essa nova condição trouxe à tona o tema do desenvolvimento das cidades, tanto para absorver todo esse crescimento demográfico quanto para se adaptar estruturalmente a essa absorção. Nos últimos anos tem havido um aumento significativo de publicações trazendo conceitos relacionados às cidades: Cidades Inteligentes, Cidades Criativas, Cidades do Conhecimento, Cidades Sustentáveis. Todos eles evocam de uma maneira ou de outra a idéia de que é necessário repensar a maneira pela qual as cidades são estruturadas para o desenvolvimento e como isso afeta ou pode abranger aspectos ecológicos, culturais, políticos, institucionais, sociais e econômicos (Yigitcanar, 2018). Nesse sentido, entender cidades como ecossistemas de inovação pode ser o caminho para entender a nova necessidade de espaços urbanos. Diante deste cenário, coloca-se como questões para o presente projeto de pesquisa: Quais são as principais características dos ecossistemas de inovação nas cidades brasileiras? Como as práticas colaborativas são estruturadas e desenvolvidas nesses ambientes? Qual o papel das políticas públicas no desenvolvimento de ecossistemas de inovação para as cidades? Quais são as principais diferenças ou semelhanças na dinâmica de colaboração entre os atores nesses ambientes? Como a governança cooperativa ocorre nos ecossistemas estudados? Para responder a essas questões, diferentes lentes teóricas serão utilizadas para melhor compreender a complexidade do fenômeno e o papel dos atores (indivíduos, grupos ou organizações) na condução de práticas que impulsionam a inovação nas cidades. Além disso, a atenção a esse tema se comunica com outras ações globais para o desenvolvimento sustentável, pois potencializa a construção de infraestruturas resilientes, promove a industrialização inclusiva e sustentável e promove a inovação, ou seja, está intimamente ligada ao objetivo "9" - indústria, inovação e inovação. infra-estrutura, ao objetivo "11" - cidades e comunidades sustentáveis e "15" - vida terrestre, da agenda de desenvolvimento sustentável da ONU.
  • Universidade do Vale do Rio dos Sinos - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Kainara Lira dos Anjos

Ciências Sociais Aplicadas

Planejamento Urbano e Regional
  • dinâmicas socioespaciais nas zonas especiais de interesse social em bairros de alto valor imobiliário: estudos em joão pessoa e campina grande - pb, brasil
  • No Brasil, a ZEIS foi instituída pela primeira vez em 1980, no Recife, para vinte e seis (26) assentamentos precários pelo Decreto Municipal 11.670/1980. As ZEIS do Recife tornaram-se referência no Brasil, sendo adotadas em diversos municípios com variações nos tipos de assentamentos, abrangendo além das favelas, cortiços, loteamentos irregulares e, também, áreas destinadas à construção de novos empreendimentos habitacionais de interesse social. Esta zona é um instrumento urbanístico-regulatório, incluído no zoneamento da cidade, que incide sobre assentamentos precários ou áreas para a produção de novas moradias para segmentos de baixa renda, com parâmetros urbanísticos específicos que deveriam, por um lado, facilitar a implementação de projetos de regularização urbanística e fundiária e de habitação social e, por outro, inviabilizar os empreendimentos de grande porte voltados para outros grupos de renda. De todos os instrumentos formulados no contexto de redemocratização brasileira nos anos 1980, a ZEIS foi o que teve maior alcance institucional, sendo prevista em 1.682 planos diretores municipais e em 1.189 leis municipais específicas, segundo a Pesquisa de Indicadores Municipais de 2015 do, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Contudo, os processos de financeirização e mercantilização das cidades têm ampliado a pressão e as ameaças sobre estas zonas para que sejam viabilizadas reestruturações urbanas e operações imobiliárias voltadas para segmentos de renda mais alta. A PERGUNTA que norteia esta pesquisa é: Os perfis socioeconômicos dos moradores de ZEIS têm se alterado nas zonas mais consolidadas urbanisticamente e localizadas mais próximas de áreas valorizadas, cujos imóveis apresentam preços mais altos, acessíveis apenas a segmentos de média e alta rendas? A hipótese é que a dinâmica relacionada aos mercados imobiliário informal e formal nas ZEIS com maior grau de urbanização e com acesso a serviços e equipamentos urbanos básicos, localizadas próximas a áreas cujos imóveis tenham preços acessíveis, predominantemente, pelas classes de renda média e alta, venha gerando a mudança do perfil socioeconômico dos moradores de baixa renda face as condições de mercado. Sendo assim, o projeto de pesquisa proposto pretende verificar se a dinâmica imobiliária das Zonas Especiais de Interesse Social – ZEIS de João Pessoa e Campina Grande - PB, Brasil, consolidadas urbanisticamente e localizadas mais próximas de áreas valorizadas (cujos os preços de imóveis e padrões construtivos sejam mais altos) tem gerado mudanças de padrões de uso e ocupação e do perfil socioeconômico de moradores e usuários. Serão desenvolvidos estudos quantitativos e qualitativos, considerando as relações entre os mercados imobiliários formal e informal e a regulação urbanística, a partir de referências da economia política e outras contribuições sobre a formação de mercados imobiliários. A duas cidades encontram-se em estágios diferentes de implantação do instrumento de regulação urbanística inclusiva das ZEIS, possibilitando análises diversas sobre o objeto de estudo e reflexões sobre a metodologia, resultados e sobre potenciais aportes para políticas de regulação, urbanização e posse da terra em assentamentos precários em várias cidades.
  • Universidade Federal de Campina Grande - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Kalil Araujo Bispo

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • mecanismos de sensoriamento adaptativo em redes de sensores sem fio definidas por software
  • As Redes de Sensores Sem Fio (RSSFs) são redes com recursos limitados, como processamento, largura de banda, memória e, o mais importante, energia. Dessa forma, as aplicações para nós sensores devem criar condições de realizar suas operações de sensoriamento e processamento no maior tempo possível, como também mecanismos que possam ajudar na economia de energia, por exemplo, a utilização de melhores algoritmos, agregação de dados, mecanismos de auto-gerenciamento, dentre outros, respeitando as limitações de recursos das RSSFs. Algumas pesquisas na área mostram que solucionar esse tipo de problema não é uma tarefa fácil de ser resolvida. Sendo assim, este projeto propõe reduzir o consumo de energia em RSSF através de mecanismos de sensoriamento adaptativo em tempo de execução, a partir do uso de Redes Definidas por Software (SDN), além de apresentar uma forma comum para compartilhamento de dados entre aplicações e redes diferentes, que vão auxiliar também no processo de tomada de decisões sobre a própria rede ou os nós sensores que fazem parte delas. A utilização de SDNs se torna um fator importante para a solução desses problemas tão complexos. A separação de uma SDN em camadas de dados e camadas de controle facilita a solução dos problemas citados, pois reduz a complexidade de gerenciamento e configuração da rede, além de introduzir um ponto comum de compartilhamento de dados. Com os dados sendo processados por um controlador, o processamento de tomada de decisões é centrada nesse componente, deixando a RSSF livre para processamentos mais simples. Como forma de demonstrar a eficiência do projeto proposto, uma avaliação de desempenho com diversos mecanismos adaptativos será realizada, tentando mostrar que o projeto atende ao que foi proposto no que diz respeito a redução do consumo de energia.
  • Universidade Federal de Sergipe - SE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Kalinca Leia Becker

Ciências Sociais Aplicadas

Economia
  • avaliação de impacto da regulação da oferta de alimentos nas cantinas escolares sobre o consumo alimentar, saúde e oferta de trabalho da população brasileira
  • O objetivo principal do estudo é avaliar o impacto da regulação da venda de bebidas adoçadas e/ou alimentos não saudáveis em cantinas escolares no consumo alimentar e nas prevalências de obesidade e DCNT na população brasileira. Para isso, primeiramente, será realizado um levantamento dos estados e municípios que adotaram medidas de regulamentação da comercialização de alimentos não saudáveis nas cantinas escolares. A partir disso, será empregada a metodologia de avaliação de impacto para captar o efeito dessa regulação nas variáveis de interesse, organizadas em três grupos: consumo alimentar, saúde e oferta de trabalho, cujos relatórios serão os três principais produtos previstos no projeto, além do Resumo Executivo contendo a síntese dos principais resultados da pesquisa. Também estão previstas atividades de divulgação dos resultados, por meio de palestras e materiais a serem disponibilizados para as escolas, gestores da educação e formuladores de políticas públicas, além do compartilhamento da metodologia utilizada e transferência do conhecimento sobre o uso das ferramentas ao Ministério da Saúde.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 01/01/2020-31/12/2021
Foto de perfil

Kalinka Regina Lucas Jaquie Castelo Branco

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • ações no ensino de ciências na educação básica: ações inovadores para o ensino de ciências fazendo uso de programação com foco na melhoria do ensino público
  • Vide projeto anexo
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 12/08/2019-31/08/2021
Foto de perfil

Kamila Lockmann

Ciências Humanas

Educação
  • a inclusão escolar e os processos de individualização: problematizações e reflexões sobre as práticas pedagógicas
  • Nas últimas pesquisas desenvolvidas pelo Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação e In/exclusão (GEIX/CNPq), evidenciamos alguns movimentos importantes que vem sendo produzidos, no Brasil, por meio das políticas e práticas inclusivas. Um desses movimentos refere-se ao amplo e crescente processo de individualização contemporâneo que vem pautando as propostas inclusivas, em especial, por meio de discursos de respeito à diferença e de propostas que promovam a flexibilização e adaptação curricular às necessidade e particularidades dos indivíduos e aos seus diferentes ritmos de aprendizagem. Tais processos de diferenciação pedagógica são tomados como verdades inquestionáveis que sustentam a inclusão como imperativo de nosso tempo. Dessa forma, a presente pesquisa tem como objetivo analisar os efeitos que os processos de individualização, em especial aqueles advindos do campo da inclusão escolar, têm produzidos na escola contemporânea e identificar possíveis movimentos de contraconduta a essa lógica pautada por princípios neoliberais. Para isso, propõem-se analisar alguns documentos oficiais que legislam sobre a política inclusiva no Brasil e perceber as recorrências ou dispersões discursivas ali presentes. Num segundo momento, propõem-se ainda, realizar entrevistas com diretores e professores de algumas escolas municipais do Rio Grande do Sul com o intuito de perceber as estratégias pedagógicas que são desenvolvidas para atender aos alunos incluídos. Tem-se a intenção de perceber se tais processos de diferenciação pedagógica se fazem presentes nas escolas e que efeitos vem produzindo sobre os sujeitos alvo das políticas inclusivas. Tal problematização justifica-se pela necessidade de compreender tais processos para além de seus ares benevolentes ou reconhecedores da outridade dos sujeitos. Se por um lado os processos de individualização podem considerar as particularidades individuais dos sujeitos e afastarem-se dos mecanismos normalizadores que apagam a diferença, por outro lado, eles carregam a perversidade neoliberal da responsabilização do sujeito individual, da ênfase na concorrência e, sobretudo, da perda do princípio político do comum. Assim, os dados produzidos nessa investigação serão discutidos a partir de um quadro teórico pós-estruturalista que reúne alguns conceitos-ferramentas foucaultianos, tais como governamentalidade e contraconduta, além da contribuição de autores contemporâneos que discutem os processos de individualização e o princípio político do comum (DARDOT e LAVAL, 2017; SENNET, 2013; BIESTA, 2013). Diante desse quadro teórico-metodológico pretende-se produzir as seguintes contribuições para o campo da educação: a) construir conhecimento sobre as práticas pedagógicas inclusivas desenvolvidas nas escolas percebendo os efeitos produzidos pelos processos de individualização e/ou os movimentos de contracontuda ali presentes; b) refletir sobre o lugar que os alunos incluídos ocupam no interior das escolas e repensar as práticas de in/exclusão que podem estar sendo produzidas, em especial, pelos processos de individualização e diferenciação pedagógica promovidas pelas escolas; c) qualificar os processos de formação de professores na Graduação e Pós-Graduação, assim como nos espaços de formação continuada dos professores em exercício no que se refere à abordagem da temática da inclusão e das práticas pedagógicas.
  • Universidade Federal do Rio Grande - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Kamilla Andrade de Oliveira

Ciências Agrárias

Agronomia
  • incorporação de eventos climáticos extremos em modelos de regimes de incêndios florestais como subsídio para o aprimoramento do manejo integrado do fogo em ti bacurizinho, maranhão
  • Os incêndios florestais têm desempenhado um papel determinante na distribuição, composição e estrutura de muitos ecossistemas em todo o mundo e as mudanças climáticas são amplamente consideradas como um dos principais impulsionadores de futuras mudanças no regime de incêndios de acordo com pesquisas realizadas no Sul da Amazônia. No entanto, prever futuros impactos induzidos por mudanças climáticas nos regimes de fogo exigirá uma compreensão mais clara de outros fatores que provocam mudanças abruptas no regime de incêndios. A presente proposta busca evidências de diferentes configurações ambientais e temporais de mudanças no regime de fogo que não são diretamente atribuídas a mudanças climáticas em especial na área protegida Terra indígena Bacurizinho. Com uso de modelos de simulação disponibilizados pelo Painel intergovernamental de mudanças climáticas e software livre DINAMICA-EGO elencar os principais casos dessas mudanças abruptas no regime de fogo em diferentes escalas espaciais e temporais, incluindo aquelas diretamente ocasionadas (i) por fauna, (ii) por espécies de plantas invasoras e (iii) por mudanças socioeconômicas e políticas. Para subsidiar ações e políticas de manejo integrado do fogo e monitoramento em benefício para essas populações indígenas e ao bioma cerrado.
  • Universidade Federal do Maranhão - MA - Brasil
  • 30/11/2018-30/11/2021
Foto de perfil

Kamilla Vasconcelos Savasini

Engenharias

Engenharia Civil
  • a interação entre os ligantes novo e envelhecido no processo de reciclagem a quente e morna de pavimentos asfálticos
  • O presente plano de pesquisa traz uma abordagem da reologia e da química na análise dos ligantes asfálticos utilizados no processo de reciclagem a quente e morna dos pavimentos asfálticos. O projeto foi dividido em três grandes etapas, sendo a primeira a definição de uma metodologia para a quantificação da interação que ocorre entre o ligante novo adicionado à mistura reciclada e o ligante envelhecido presente no material fresado por meio da extração de ligante em etapas. A segunda etapa da pesquisa diz respeito ao processo de reprodução da usinagem que ocorre em campo para a produção das misturas recicladas a quente e morna em escala laboratorial. A terceira etapa traz uma avaliação do papel do agente rejuvenescedor, bem como sua dosagem, na produção de misturas recicladas mais duráveis por meio da restauração das propriedades originais do ligante envelhecido. As três etapas mencionadas neste projeto de pesquisa estão relacionadas entre si. A principal contribuição do projeto será a compreensão da interação entre os ligantes novo e envelhecido nos processos de reciclagem e o desenvolvimento de uma metodologia para quantificação da interação entre ligantes asfálticos no processo de reciclagem a quente e morna por meio da avaliação reológica e química dos ligantes. Tal metodologia trará maior confiabilidade para o projeto de dosagem das misturas recicladas, reduzindo as incertezas quanto ao seu desempenho.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Karen Cherubini

Ciências da Saúde

Odontologia
  • efeito do uso de enxerto de dentina associada a células-tronco mesenquimais na formação óssea pós-exodontia: estudo in vivo
  • Os defeitos ósseos alveolares são um desafio para a reabilitação dentária, principalmente quando se deseja a substituição do dente extraído por um implante dentário, situação em que o contorno e o volume ósseos são cruciais para o tratamento adequado. Os enxertos ósseos têm a função de corrigir tais defeitos e são classificados em três tipos: o enxerto autógeno, que é obtido e transplantado no mesmo indivíduo; o enxerto alógeno ou homólogo, obtido de um indivíduo e enxertado em outro indivíduo da mesma espécie; e o enxerto xenógeno ou heterógeno, caracterizado pelo transplante ósseo entre indivíduos de diferentes espécies. O enxerto autógeno continua sendo o padrão-ouro, entretanto sua principal limitação é a necessidade de um sítio doador e a morbidade adicional imposta ao paciente na sua obtenção. A literatura tem relatado bons resultados com o uso da dentina como material de enxerto. Entretanto, a associação de células-tronco mesenquimais e dentina como aceleradores da formação óssea ainda não foi explorada na literatura científica. O presente estudo tem por objetivo avaliar o efeito do uso de matriz de dentina associada a células-tronco mesenquimais no reparo alveolar pós-exodontia. Para tanto, 60 ratos Wistar serão distribuídos em 5 grupos de acordo com o tratamento: 12 animais que terão os 3 molares maxilares direitos extraídos e suturado o tecido; (2)12 animais que terão os 3 molares maxilares direitos extraídos, e será enxertado osso bovino liofilizado nos alvéolos pós-extração;(3)12 animais que terão os 3 molares maxilares direitos extraídos e posterior colocação de enxerto de dentina no sítio cirúrgico;(4)12 animais que terão os 3 molares maxilares direitos extraídos e posterior inserção de células-tronco mesenquimais em esponja hemostática de colágeno (gelatina) liofilizado de origem porcina, reabsorvível e altamente porosa; (5)12 animais que terão os 3 molares maxilares direitos extraídos, e posterior colocação de enxerto de dentina associado a células-tronco mesenquimais no sítio cirúrgico. As maxilas serão dissecadas e as áreas de interesse avaliadas por meio de exame histomorfométrico e imunoistoquímico. Marcadores séricos do metabolismo ósseo e microtomografia da maxila também serão avaliados. Os resultados serão analisados por meio de estatística descritiva e inferencial considerando-se o nível de significância de 5%.
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Karen de Morais Zani

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • estudo qualitativo e quantitativo da enzima l-aminoácido oxidase do veneno de serpentes crotalus durissus terrificus mantidas por longos períodos em cativeiro e recém-chegadas da natureza.
  • As peçonhas de serpentes constituem as toxinas animais mais estudadas. A variabilidade da composição do veneno foi descrita não apenas intra e interespécies, mas também de acordo com o sexo, a idade e a distribuição geográfica dos animais, e na maioria dos estudos a dieta das serpentes foi considerada como o fator desencadeador desta variação. O Laboratório de Herpetologia do Instituto Butantan fornece venenos para a produção do soro antiveneno e para a pesquisa científica não somente para o Instituto, como também para outras instituições. Atualmente, observa-se que o número de serpentes doadas ao Instituto vem diminuindo gradativamente. Assim, o plantel do Laboratório de Herpetologia é composto, em sua maioria, por serpentes nascidas e/ou mantidas em cativeiro por um longo período de tempo e alimentadas exclusivamente com camundongos e/ou ratos. Em estudos anteriores realizados pelo nosso grupo, pôde-se observar algumas diferenças entre venenos coletados de indivíduos em diferentes ambientes (natureza e cativeiro) pertencentes a subespécie Crotalus durissus terrificus. Os resultados desse estudo demonstraram que a maioria dos venenos de serpentes mantidas em cativeiro apresenta coloração amarela, enquanto a coloração predominante do veneno de espécimes da natureza é branca. Essa diferença de coloração apresentou correlação à maior atividade da enzima L-aminoácido oxidase (LAAO) nos venenos de coloração amarela. Por meio de eletroforese em gel de poliacrilamida foi observado que os venenos coletados de serpentes mantidas em cativeiro apresentam uma banda de aproximadamente 60 kDa que está ausente ou pouco abundante no veneno de indivíduos recém-chegados da natureza. Esta banda proteica foi identificada por espectrometria de massas como sendo, de fato, uma LAAO. Entretanto, devido ao baixo número de indivíduos analisados, a correlação entre a manutenção em cativeiro e a enzima LAAO não pôde ser estabelecida com segurança. Assim, o objetivo deste trabalho é analisar qualitativa e quantitativamente a enzima LAAO no veneno de 80 serpentes C. durissus terrificus nascidas e/ou mantidas em cativeiro no Laboratório de Herpetologia do Instituto Butantan e recém-chegadas da natureza.
  • Instituto Butantan - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Káren Mendes Jorge de Souza

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • efeitos da meditação em compaixão com base cognitiva em contextos de vulnerabilidade social.
  • Diversos estudos mostram que o bem-estar pode atuar como fator preventivo de doenças e na redução do estresse. Há evidências científicas de que esses resultados são potencializados pela compaixão, que pode ser entendida como o sentimento de preocupação que surge quando alguém é confrontado com o sofrimento de outra pessoa e a motivação para aliviá-la. Os numerosos efeitos sobre a promoção do bem-estar são potencializados através da prática da meditação compassiva. Considerando os efeitos positivos dessa prática nas alterações bioquímicas, neurais e comportamentais, é preciso estudá-la em diferentes realidades, contemplando as vulnerabilidades em sua perspectiva individual e coletiva. Esta pesquisa tem por objetivo analisar os efeitos de um programa de Treinamento em Meditação da compaixão, CBCT® Cognitively Based Compassion Training, aplicado a participantes de uma Organização Não Governamental, que vivem em situação de vulnerabilidade social. Trata-se de uma pesquisa com método misto. Na abordagem quantitativa, estudo randomizado controlado e, na abordagem qualitativa, a pesquisa-ação. A coleta de dados será realizada por meio de questionário autoaplicado (escalas: Autocompaixão, PANAS-X e Estresse percebido) e com grupos focais na região de Parelheiros, município de São Paulo. Para análise dos dados será utilizado software livre estatístico R e MAXQAD. Espera-se que os resultados desse estudo possam reduzir o(s) sofrimento(s), potencializar a autocompaixão e compaixão, com percepção mais positiva dos sentimentos e emoções e redução do estresse.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Karen Wohnrath

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • estudo de interação entre biomoléculas com complexos de rutênio-areno e calix[n]arenos para avaliação das propriedades antitumorais e antibacterianas
  • O tratamento quimioterápico é constituído de uma classe de medicamentos variados. A maioria dos medicamentos anticâncer aprovados pela Food and Drug Administration são moléculas orgânicas, enquanto os metalofármacos são muito escassos. A cisplatina é um dos complexos metálicos já aplicado em terapia de câncer e, os complexos de rutênio NAMI-A e KP-1019 estão em fase clínica por inibir metástase e induzir apoptose em células de carcinoma colorretal, respectivamente. Estes medicamentos podem atuar nas diferentes etapas de síntese, transcrição e tradução de DNA. Atualmente, há evidências de que alguns tipos de vírus, bactérias e parasitas associados às infecções crônicas estão presentes no processo de desenvolvimento do câncer, portanto o desenvolvimento de novos antibióticos também se encontra entre os maiores avanços na área de pesquisas em saúde. Os calixa[n]renos, compostos orgânicos macrocíclicos fenólicos, que também têm se destacado com atividades antriproliferativas e como veículo da droga, devido às suas notáveis propriedades “host-guest”. Como os calix[n]arenos podem ser estruturalmente modificados tanto na região superior do anel fenólico quanto na região inferior das hidroxilas fenólicas, essa modificação pode modular as afinidades desses compostos por metais. Portanto, serão sintetizados complexos rutênio-arenos coordenados a essas moléculas, para que possamos obter macrociclos com propriedades/atividades específicas e úteis nas diferentes áreas da química bioinorgânica. Neste contexto, como parte dos objetivos deste projeto é a síntese e caracterização de uma nova série de complexos mononucleares de rutênio-areno contendo fosfinas do tipo PAr3, e com ligantes derivados de calixa[n]renos, a avaliação de sua atividade antitumoral e antimicrobiana, o estudo eletroquímico para avaliar a influência eletrônica do uso destes substituintes na atividade antitumoral e no comportamento destes compostos em sistemas biológicos. e a caracterização dos modos e mecanismos de ação. A caracterização da atividade antitumoral e antimicrobiana incluirá a determinação das concentrações mínimas inibitórias e os modos e mecanismos de ação serão caracterizados por meio de técnicas de microscopia de fluorescência e estudos de interação dos complexos com biomoléculas in vitro. Estudo de modelagem molecular também são previstos com cálculos quânticos no vácuo e por simulações de dinâmica molecular a fim de explorar a estrutura do complexo e as interações com as biomoléculas para a sua localização celular. Com o intuito de obter um controle maior do sistema para estudar detalhadamente as interações moleculares, a partir de modelos simplificados de membranas, estudos termodinâmicos obtidos dos filmes de Langmuir serão empregados. Este estudo, junto aos demais a serem obtidos auxiliarão na interpretação do mecanismo de ação e na seleção de candidatos promissores para o posterior desenvolvimento de novas drogas antitumorais e antibacterianas.
  • Universidade Estadual de Ponta Grossa - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Karin Menendez-Delmestre

Ciências Exatas e da Terra

Astronomia
  • matéria escura em galáxias: distribuição de massa estelar como traçador em escalas galácticas
  • Uma das grandes descobertas astrofísicas do século XX foi a existência da matéria escura. Dentro do modelo padrão, espera-se que a matéria escura colapse em poços de potencial nos quais a matéria bariônica cai ao longo de estruturas filamentares para formar galáxias. O processo pelo qual as galáxias adquirem seu gás e formam estrelas depende fortemente da distribuição da matéria escura tanto na grande escala (de dezenas de Mpc), como na escala dos halos de matéria escura individuais (~10s-100s kpc). O programa proposto visa utilizar a distribuição de matéria luminosa em galáxias, em particular a distribuição de massa estelar, como traçador da matéria escura em escalas galácticas: o crescimento das principais estruturas estelares observadas em galáxias é regulado pelo potencial gravitacional subjacente definido pelo halo da matéria escura da galáxia. Levantamentos observacionais revelam uma grande diversidade nas propriedades de galáxias. Para desenvolver um modelo completo sobre a formação e evolução de galáxias precisamos considerar a diversidade nas características que observamos no universo local e comparar com predições de simulações computacionais. Apenas modelos que conseguem reproduzir as observações podem ser considerados como válidos. Desta forma, observações do universo local e simulações avançam de forma conjunta para construir um modelo completo de formação e evolução de galáxias. Para juntar os resultados de simulações com as propriedades observadas um parâmetro crucial que precisa ser abordado de forma homogênea é a massa estelar em galáxias e a distribuição de massa nas estruturas estelares principais que as compõem (e.g., bojo, disco, barra/lente/braços espirais). Considerando que a maior parte da massa estelar em galáxias se encontra nas estrelas que dominam a luz no infravermelho médio, um mapeamento completo da distribuição de massa estelar em galáxias é apenas possível baseado num levantamento representativo de galáxias locais nas bandas infravermelhas. Como uma dos membros fundadores do maior levantamento de galáxias próximas com o telescópio espacial Spitzer no infravermelho (S4G: Spitzer Survey of Stellar Structures in Galaxies), a proponente visa usar a descomposição de imagens de >2300 galáxias para caracterizar pela primeira vez a distribuição de massa estelar nas estruturas estelares principais em galáxias no universo local. Com o inicio em agosto/2018 do levantamento CANGA (Census of Austral Nearby GAlaxies, liderado pela proponente) com o telescópio SOAR (Chile), a equipe visa uma extensão do trabalho em estruturas estelares para combinar os dados do S4G com imagens profundas no óptico (griz). Essa combinação permite realizar uma análise espacialmente resolvida das população estelares nas diferentes estruturas galácticas. Com base no nosso sucesso desse semestre, antecipamos continuar as observações os próximos semestres, visando construir o levantamento óptico mais profundo de galáxias próximas no hemisfério sul. Este será um grande passo para a astronomia extragaláctica brasileira, complementando o trabalho que vem sendo realizado pelo Sloan Digital Sky Server (SDSS) no hemisfério norte; nossos dados, no entanto, serão 3 magnitudes mais profundos, superando amplamente a sensibilidade do SDSS e abrindo o caminho para análises de populações estelares profundas espacialmente resolvidas de regiões de menor brilho superficial em galáxias, incluindo as periferias, onde os efeitos da distribuição espacial do halo de matéria escura podem ser diretamente estudados. Em grande parte superando a sensibilidade do SDSS, este programa é o início do mapeamento mais profundo de galáxias próximas no hemisfério sul. O valor sinérgico com o ALMA, o MUSE, o Meerkat e, futuramente, com o SKA, torna este programa de grande potencial.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Karina Braga Gomes Borges

Ciências da Saúde

Farmácia
  • análise metabolômica na síndrome dos ovários policísticos e sua aplicação em um ensaio clínico randomizado com suplementação de cálcio e vitamina d
  • A Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) é um importante problema de saúde pública diante das comorbidades e prevalência atualmente apresentadas, sendo a endocrinopatia mais comum entre mulheres na idade reprodutiva. É caracterizada pela presença de oligo ou anovulação crônicas, hiperandrogenismo clínico e/ou bioquímico e ovários policísticos, apresentando complicações como puberdade precoce, acne, hirsutismo, infertilidade, complicações na gravidez, depressão, diabetes mellitus tipo 2, aumento do risco de doenças cardiovasculares e obesidade. A SOP constitui um ônus econômico significativo estimado em mais de US$4 bilhões/ano nos EUA, sendo os custos relacionados com tratamento hormonal da disfunção menstrual, com a infertilidade, hirsutismo e complicações do diabetes mellitus. Sua etiologia é desconhecida e se faz urgente e necessária uma maior compreensão da doença e uma avaliação adequada dos riscos, a longo prazo, de modo que as intervenções se tornem efetivas para minimizar a morbidade por complicações metabólicas nestas mulheres. Assim, o presente projeto objetiva caracterizar a SOP por meio de análise metabolômica a fim de identificar novos alvos terapêuticos e biomarcadores de diagnóstico. Além disso, propõe-se avaliar os efeitos de uma intervenção simples e de baixo custo, baseada na suplementação de vitamina D e cálcio, na melhoria das complicações metabólicas, hormonais e inflamatórias comumente observadas na síndrome.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022