Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Aristeu Vieira da Silva

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • observatório das desigualdades e iniquidades em saúde
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Estadual de Feira de Santana - BA - Brasil
  • 07/01/2020-07/01/2025
Foto de perfil

Aristóteles Góes Neto

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • funga da ilha de trindade: revelando a diversidade escondida
  • Os fungos estão entre os organismos mais diversos do planeta e tem importante função ecológica na colonização e manutenção de ecossistemas, podendo ser sapróbios ou estar envolvidos em relações simbióticas, como comensais, mutualistas e parasitas em diferentes nichos ecológicos. Funga é o termo geral aplicado para a diversidade de organismos do Reino Fungi de um determinado ambiente. Embora extremamente relevantes para a vida na terra, os fungos são majoritariamente desconhecidos, o que é mais preocupante quando se leva em consideração ambientes mais vulneráveis como, por exemplo, as ilhas oceânicas que, além de vulneráveis, têm potencial para abarcar biotas particulares. Nesse contexto, a funga da Ilha de Trindade urge em ser reconhecida, visto que esses organismos representam uma grande lacuna relacionada ao conhecimento da biota na Ilha. Logo, a presente proposta tem como objetivo principal caracterizar a diversidade taxonômica e aspectos ecológicos da comunidade de fungos da Ilha de Trindade. Para tanto será utilizada a abordagem de metabarcoding a partir de amostras ambientais do solo e do ar. A principal contribuição científica desta proposta é revelar a funga da Ilha de Trindade, sendo que o reconhecimento dessa biodiversidade virá associado ao entendimento dos fatores que influenciam a ocorrência e distribuição das espécies de fungos na ilha, bem como fornecerá conhecimento sobre a colonização de ambientes isolados e recentes por espécies de fungos. Além disso, será gerada informação sobre um grupo de organismos com grande potencial de aplicabilidade, o que inclui utilidade para eventuais estratégias de manejo de solo e reflorestamento com espécies nativas na ilha e permitirá o monitoramento da diversidade de fungos na ilha a longo prazo. Do ponto de vista acadêmico espera-se até o fim da execução do projeto a publicação de dois artigos em periódicos internacionais com alto fator de impacto bem como apresentação de resultados em eventos científicos nacionais (1) e internacionais (1).
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 01/03/2020-31/08/2021
Foto de perfil

Arleana do Bom Parto Ferreira de Almeida

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • identificação e caracterização de genes de resistência em cães com leishmaniose visceral tratados com miltefosina e / ou alopurinol
  • A leishmaniose visceral (LV) é uma doença negligenciada com ampla distribuição geográfica e altas taxas de morbidade e mortalidade. O Brasil é o país com maior número de casos nas Américas. Causada pela Leishmania infantum a LV possui como principal reservatórios os cães domésticos. Dada a importância destes, uma das medidas de controle da LV baseava-se na eutanásia de cães sororreagentes, contudo, à partir de 2017, foi liberado o tratamento de cães com o fármaco Miltefosina. No entanto, ainda há escassez de dados referentes a protocolos terapêuticos, susceptibilidade, efeitos colaterais, resistência a fármacos, além do impacto do tratamento de cães no controle da LV no Brasil. Diante disto, o projeto tem por objetivo identificar a ocorrência de falhas terapêuticas e caracterizar genes de resistência em Leishmania infantum e amostras biológicas de cães naturalmente infectados tratados com miltefosina, alopurinol e associação de ambos os fármacos. Para isto, 15 cães com LV serão submetidos a tratamento, sendo cinco com metilfosina, cinco com alopurinol e cinco com a associação de ambos. Os cães serão pesquisados no tempo 0 (T0) antes do tratamento e T1 (pós tratamento) para a presença dos genes de resistência LiMT e Ros3 relacionados à miltefosina e LinJ.30.3560 e LinJ.36.0790 relacionados ao alopurinol em amostras biológicas e isolados de L. infantum.
  • Universidade Federal de Mato Grosso - MT - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Arlei Marcili

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • genes de cisteíno proteases (catepsina l-like) de leishmania infantum chagasi: expressão heteróloga, caracterização, relações filogenéticas intraespecíficas e diagnóstico molecular e sorológico
  • As espécies do gênero Leishmania parasitam mamíferos no Novo Mundo e possuem ciclos de vida com alternância entre vertebrados e invertebrados. A maioria das espécies se desenvolve em artrópodes hematófagos, que podem pertencer a diversas ordens e famílias. A Leishmaniose visceral é uma importante zoonose e possui canídeos silvestres e domésticos como importantes reservatórios conhecidos e a diversidade genética de L. (L.) infantum chagasi no Brasil ainda não é conhecida. Leishmaniose é uma doença severa com ampla distribuição geográfica com uma incidência de dois milhões de casos por ano e 350 milhões de pessoas em áreas de risco de infecção. As cisteíno proteases estão envolvidas em uma variedade de funções nos ciclos de vida dos protozoários. Além de funções metabólicas e regulatórias possuem papel importante na evasão da resposta imune do hospedeiro, diferenciação celular nos vertebrados e nos vetores, invasão de células, morte celular programada, patogenia e virulência nas parasitoses causadas por tripanossomatídeos. No gênero Trypanosoma o gene que codifica a catepsina L-like tem sido utilizada com grande efetividade como alvo molecular para diagnóstico. Entretanto, os estudos com espécies de Leishmania são ainda escassos ou inexistentes para L. infantum chagasi. Assim, este projeto visa a caracterização da catepsina L-like de isolados brasileiros de L. infantum chagasi através do sequenciamento e análise filogenética intraespecífica baseado nos métodos de parcimônia e Bayesiana, expressão recombinante e avaliação da atividade enzimática das variantes, padronização de um diagnóstico molecular e sorológico.
  • Universidade de Santo Amaro - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Arlei Sander Damo

Ciências Humanas

Antropologia
  • transformações políticas em cuba e novos mercados - turismo, artes plásticas e cuentapropismo em perspectiva antropológica
  • Este projeto tem por objetivo abordar antropologicamente as transformações políticas e econômicas em curso na sociedade cubana. Essas transformações tiveram início no período pós-soviético (1990) e se acentuaram quando Raúl Castro assumiu o poder (2006). A retomada das relações diplomáticas com os USA, durante o governo Obama (2008-2016), criou expectativas positivas entre os cubanos, esperançosos de que o bloqueio comercial vigente desde a década de 1960 pudesse ser suspenso. A eleição de Trump (2016) teve o efeito inverso, freando as negociações em curso e ameaçando retroceder. De outra parte, a substituição de Raúl Castro por Díaz-Canel (2018), indica que a política de redução da presença do Estado na economia deve persistir e até avançar, mas não se trata de uma redução brusca nos moldes neoliberais, como ocorreu nos países do Leste Europeus, ex-integrantes da União Soviética. Uma das estratégias pragmáticas lançadas pelo Estado no final da década de 1990, quando o país passou por grave crise de abastecimento, e a que melhor prosperou, foi no campo do turismo. Os dados oficiais indicam que atualmente mais de 4 milhões de turistas visitam Cuba anualmente, tornando-se este segmento a terceira fonte de divisas estrangeiras. O impacto do turismo é tão evidente que alguns antropólogos vêm usado a expressão “apartheid turístico” para demarcar uma distinção, salientada pelos próprios cubanos, entre aqueles que têm contato com estrangeiros e os que estão alijados dele. Paralelamente, foram implementadas medidas para reduzir os custos estatais e gerar empregos autônomos, dentre as quais se destaca a autorização para que alguns profissionais pudessem atuar por conta própria. Esta iniciativa, conhecida como cuentapropismo, é uma espécie de política pública às avessas, uma vez que o Estado sugere a certas categorias de trabalhadores a oferta de produtos e serviços no livre mercado. Atualmente são mais de 200 possibilidades de atuação profissional legalmente autorizadas e o número de cubanos envolvidos nesse mercado já atinge 20% da mão de obra ativa. Boa parte dessas ocupações estão direta ou indiretamente vinculadas ao turismo, como é o caso do aluguel de quartos residenciais, dos serviços de transporte (táxis) e de pequenos restaurantes (paladares), entre outros. Do ponto de vista econômico a combinação dessas políticas contribuiu para aliviar a crise dos anos de 1990 – definida por Fidel Castro como “período especial em tempos de paz” – ao mesmo tempo em que tem criado embaraços ao projeto socialista centrado na igualdade e na solidariedade - um chofer de táxi que trabalha por conta própria atendendo turistas em Havana ganha em um dia o equivalente à metade do salário mensal de um médico ou engenheiro remunerado pelo governo. Entre os novos mercados impulsionados pela presença de visitantes estrangeiros estão aqueles rotulados pelas ciências econômicas como “economia criativa”. A produção de arte/artesanato tem aumentado significativamente, como haveria de se esperar com o incremento do fluxo de turistas ávidos por souvenirs. Uma tela com Che Guevara estilizado, que pode ser produzida em duas ou três horas de trabalho por um artesão de habilidades medianas, é comercializada pelo valor equivalente a um mês de trabalho de um professor. Mas o que chama efetivamente a atenção é a proliferação de estúdios, ateliês e galerias de arte nas principais cidades turísticas, com o florescimento de novos artistas e incontáveis casos da reconversão profissional. A autorização do Estado para que as famílias possam arrendar quartos residenciais, política associada ao cuentapropismo, e o aumento de turistas estrangeiros gerou um florescente mercado que vai muito além dos aluguéis, pois muitas famílias recompuseram seus domicílios visando liberar espaços à locação, tendo que prover os quartos com as condições exigidas para obtenção da autorização – ar condicionado, sala de banho, móveis bem conservados, etc. O contato face-a-face com os hóspedes propicia aos proprietários dessas residências a mediação de outros serviços, emaranhando completamente a economia formal com a informal, as moedas com as dádivas, os negócios com as amizades e a hospitalidade afetuosa com o interesse pecuniário. Este projeto se caracteriza pela incursão etnográfica nesse cenário de amplas e controversas transformações políticas e econômicas. Do ponto de vista teórico, a abordagem principal é realizada a partir do suporte da antropologia econômica, mas não menos importante é o diálogo com quem discute o mercado do turismo, das artes e das políticas públicas. O projeto objetiva dar suporte à continuidade de duas investigações em curso, uma delas centrada prioritariamente no mercado de arte/artesanato e a outra no mercado da hospitalidade. A primeira, efetivada pelo coordenador do projeto, já conta com três incursões etnográficas de curta duração (15 dias cada), realizadas em 2015, 2016 e 2018, em cidades como Havana, Santiago, Trinidad e Varadero. A segunda, realizada por um dos colaboradores (orientando de doutorado do proponente), contabiliza, até o presente, uma incursão de 20 dias realizada em 2017 (Havana e Varadero). Cada qual das etnografias têm seus próprios objetivos ao mesmo tempo em que possuem uma forte articulação tendo em vista as relações entre políticas públicas (ou de Estado), emergência de novos mercados, turismo e projetos de ascensão econômica individuais e coletivos.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Arlene Gonçalves Corrêa

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • síntese estereosseletiva de heterociclos e peptideomiméticos a partir de epóxidos ou azidirinas quirais
  • O Centro de Excelência para Pesquisa em Química Sustentável (Centre of Excellence for Research in Sustainable Chemistry, CERSusChem) está voltado para a pesquisa de produtos e processos químicos sustentáveis que possam ser utilizados na descoberta e no desenvolvimento de novos medicamentos. Dentre as diversas linhas de pesquisa em andamento no CERSusChem, destacam-se a catálise assimétrica, as reações fotorredox e as reações multicomponentes. Epóxidos e azidiridinas são heterociclos de três membros que estão presentes em diversos produtos naturais e sintéticos, que apresentam atividades bioógicas importantes como antimicrobianas e antitumorais. Peptideomiméticos contendo epóxidos ou aziridinas também têm sido descritos como potentes inibidores de cisteíno proteases, que são alvos para o tratamento de diversas doenças incluindo câncer e doenças tropicais. Na busca por novos organocatalisadores para promover reações enantiosseletivas, foram desenvolvidos no nosso grupo de pesquisa diversos catalisadores do tipo diarilprolinol silil éteres com substituintes na porção aril O- ou S-alquilados, com cadeias alquílicas lineares com tamanho variando de 2 a 12 carbonos. Estes organocatalisadores tem sido empregados em diversas transformações, incluindo epoxidação e azidiniração assimétrica de aldeídos -insaturados. No âmbito do CERSusChem tem-se bastante interesse no desenvolvimento de novas metodologias para a síntese de moléculas bioativas utilizando os princípios da química verde. Assim, os objetivos mais gerais deste projeto envolvem o emprego de novas reações assimétricas organocatalisadas, reações multicomponentes e reações promovidas por energias alternativas como a luz, por exemplo. Os compostos obtidos serão avaliados frente as cisteino proteases, como as catepsinas B e L.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Arlindo de Alencar Araripe Noronha Moura

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • abordagens em ciências ômicas, bionformática e epigenética para os estudos sobre marcadores moleculares da fertilidade em animais de produção
  • A proposta de pesquisa organizada nesse arquivo inclui dois subprojetos relacionados ao tema de marcadores moleculares da fertilidade, utilizando abordagens metodológicas em ciências ômicas, ferramentas de bioinformática, imunocitoquimica e epigenética. Estas abordagens vêm sendo objeto de inúmeros estudos do grupo de pesquisa em biologia da reprodução da UFC há vários anos e envolvem espécies animais de interesse econômico. Os estudos e experimentos descritos para cada subprojeto envolvem o trabalho de equipes multidisciplinares e multi-institucionais, com pesquisadores “sênior” e jovens, pós-doutorandos e alunos de IC, mestrado e doutorado. Esta tem sido, de fato, uma filosofia de trabalho implementada com o nosso grupo de trabalho desde o desenvolvimento dos primeiros projetos, o que proporciona maior versatilidade ao laboratório, melhor produtividade e obviamente, contribui sobremaneira para a formação dos discentes, pois os expõe a situações e praticas dinâmicas durante a condução das pesquisas, análises de dados, solução de problemas e clara compreensão sobre os desafios da ciência moderna. Como presentemente descrito, o subprojeto 1 da proposta apresentada ao CNPq envolve o estudo sobre marcadores moleculares da fertilidade potencial e aspectos da fisiologia reprodutiva de touros e carneiros deslanados. No primeiro trabalho, assim denominado Estudo 1, propõe-se uma avaliação de vários parâmetros moleculares como proteínas, metabolitos e lipidoma do plasma seminal e células espermáticas em touros com fenótipos de fertilidade estabelecidos através de centenas de inseminações artificiais realizadas na empresa Alta Genetics nos EUA. Mesmo tendo já realizado alguns estudos sobre proteoma do plasma seminal, optamos por incluir este tópico na proposta ora submetida ao CNPq devido ao fato de que, nesta fase, empregamos uma abordagem do tipo “shotgun”, sem o uso de géis, o que permite uma maior capacidade de identificação das proteínas presentes nas amostras. Como mencionado no projeto, algumas analises referentes ao estudo 1 estão sendo realizadas atualmente, já com resultados preliminares, mas estes segmentos do projeto foram incluídos aqui pois fazem parte de um todo, de um conjunto de avaliações para identificação de marcadores da fertilidade dos animais. O Estudo 2 representa uma série de avaliações sobre marcadores moleculares da congelabilidade do sêmen de ovinos. Neste caso, propõe-se também utilizar de recursos da microscopia confocal e eletrônica para avaliar possíveis alterações na ligação das RSVPs (homologas ovinas das BSPs) com as células espermáticas devido ao processo de criopreservação. O subprojeto 2, por fim, abrange uma serie de estudos e metodologias em epigenômica funcional, utilizando como modelo touros de centrais de inseminação artificial. O objetivo central do subprojeto 2 refere-se à identificação de mecanismos moleculares através dos quais as histonas regulam a estrutura da cromatina espermática e, consequentemente, aspectos significativos da fertilidade dos touros. Este trabalho representa, portanto, uma nova fronteira da linha de pesquisa do grupo de estudo da reprodução da Universidade Federal do Ceara e trará uma maior compreensão sobre os fatores determinantes da fertilidade em rebanhos bovinos. Para os discentes, a ampliação de agendas de pesquisa, desde que de forma consciente e com adequado planejamento, proporciona novas descobertas, aprendizado de metodologias cientificas e ampliação da gama de conhecimento.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Arlindo Gomes de Macêdo Junior

Ciências Biológicas

Imunologia
  • avaliação da resposta imune de camundongos à imunização com os antígenos peptídicos de leishmania infantum e leishmania braziliensis incorporados em lipossomos
  • A Organização Mundial de Saúde tem classificado a leishmaniose como uma doença emergente e negligenciada, e estima-se que a infecção resulte em 2 milhões de novos casos por ano. Os estudos revelam que diante das dificuldades para diagnóstico da parasitose, dos tratamentos antileishmaniose disponíveis atualmente serem baseados em quimioterapia que possuem problemas relacionados à toxicidade, possuírem custos elevados, e ao aparecimento de resistência aos fármacos, uma vacina seria fundamental para melhorar o controle da leishmaniose. Entretanto, apesar do avanço científico e tecnológico, obter vacinas profiláticas seguras, eficazes, duráveis e de baixo custo contra a leishmaniose ainda é um grande desafio. Estas vacinas deverão controlar não só a progressão do parasito mas também sua patologia associada ao desequilíbrio entre o agente infeccioso e do sistema imunológico do hospedeiro humano. Diante do exposto, a presente proposta possui como objetivo a obtenção de insumos para confecção de uma vacina de peptídeos das espécies de Leishmania infantum e Leishmania braziliensis associada com adjuvante lipossomal e que apresente potencial de resposta imune protetora em modelo animal murino.
  • Universidade Federal do Oeste da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Arlúcio da Cruz Viana

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • equações de reação-difusão não locais no tempo
  • Este projeto tem como objetivo o estudo de diversos aspectos qualitativos de equações de reação-difusão não locais no tempo em domínios limitados ou ilimitados, mais precisamente: a existência, unicidade, estabilidade de soluções locais ou globais com dados iniciais singulares, bem como a não existência dessas soluções, além de decaimentos espaciais e propriedades de simetria. Quando ocorrem soluções globais, nossa atenção é dirigida às suas propriedades assintóticas, por exemplo, decaimentos temporais e convergência assintótica para as soluções fundamentais.
  • Universidade Federal de Sergipe - SE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Armando Borges de Castilhos Junior

Engenharias

Engenharia Sanitária
  • influencia de nanopartículas de prata nos mecanismos de degradação de resíduos urbanos em instalação piloto
  • Os resíduos sólidos urbanos (RSU) descartados diariamente devem ser depositados e tratados de maneira ambientalmente segura. O aterro sanitário é ainda no Brasil uma alternativa para tal destino apropriado, onde os resíduos são acumulados continuamente, através de princípios de engenharia, que garantem segurança ambiental, aliada a um bom custo benefício. Nessa deposição, ocorrem processos físicos, químicos e biológicos, que culminam na biodegradação de resíduos sólidos urbanos. A degradação anaeróbia ocorre impulsionada por processos microbianos realizados por um consórcio complexo de micro-organismos, separada em fases onde se destacam diferentes processos. Os produtos finais de degradação em aterros sanitários são basicamente biogás e lixiviados, produtos estes que que podem ser caracterizados e trazer informações sobre as fases biodegradativas. A metanogênese pode apresentar características específicas para determinada composição de resíduos, o que pode aparecer em estudos moleculares da comunidade metanogênica, influenciável pelas características químicas e físicas da composição dos resíduos em questão. As nanopartículas vêm aparecendo de maneira crescente em novos produtos, principalmente eletrônicos cosméticos, alimentos e medicamentos. Esse fato atrai a atenção da comunidade científica devido as propriedades desconhecidas destes materiais, tais como o ciclo de vida e o nível de interação destas com os organismos do meio. Os residuos sólidos urbanos, por exemplo, podem apresentar essas nanopartículas, que, aterrados em aterros sanitários, se comportam ainda de maneira pouco conhecida na ciência, podendo influenciar os processos de biodegradação. As nanopartículas de prata (NPsAg) já tem sido tratada em outros estudos por seus efeitos microbicidas, mas ainda falta investigações da inflencia do seu comportamento em resíduos em decomposição. O objetivo desse trabalho é verificar o comportamento da biodegradabilidade dos resíduos e as possíveis relações com a interferência ou não de diferentes concentrações das nanopartículas de prata, avaliando a metanogênese. Para isso, serão realizados testes preliminares de atividade metanogênica específica e a instalação, operação e monitoramento de lisímetros simuladores de aterro sanitário (2 m de altura x 200 mm de diâmetro), com composição de resíduos sólidos urbanos seguindo padrões nacionais. Os reatores terão a concentração de 5, 15 e 45mg NPsAg/kg sólidos, além de um branco. Serão feitas coletas semanais e quinzenais do lixiviado e biogás resultante, com avaliação de parâmetros físicos e químicos, além de estudo molecular para avaliar a comunidade e atividade biológica, sequenciamento genético para determinar o efeito sobre a diversidade metanogênica. Com os dados obtidos também se testar um modelo de comportamento e influência das NPsAg na degradação anaeróbia dos RSU, contribuindo para melhor entendimento de possíveis alterações nos mecanismos de biodegradação quando em contato com uma quantidade crescente de nanopartículas. Os resultados podem trazer benefícios para a segurança social e ambiental de RSU aterrados, bem como melhor manejo de nanoresíduos.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Armando da Silva Cunha Júnior

Ciências da Saúde

Farmácia
  • desenvolvimentos de sistemas de liberação de fármacos para o tratamento de retinopatias degenerativas
  • Apesar dos avanços importantes decorrentes nos últimos anos no desenvolvimento de novos fármacos, de novas formas farmacêuticas e da terapia gênica, ainda não existe um protocolo totalmente eficiente de tratamento das retinopatias degenerativas. Portanto, na área da farmacotécnica, o desenvolvimento de novas formas farmacêuticas e vetores eficazes para o transporte de material genético representam uma grande esperança para milhares de pacientes.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Armando de Menezes Neto

Ciências Biológicas

Biologia Geral
  • inibição da neurogênese por vesículas extracelulares derivadas de células infectadas pelo zika vírus
  • As recentes epidemias causadas pelo vírus Zika (ZIKV) levaram ao seu reconhecimento como uma emergência de saúde global, principalmente pelas consequências de infecções em mulheres grávidas, com transmissão vertical para o feto. Nestes casos, pode haver um comprometimento do desenvolvimento fetal por um amplo espectro de manifestações neurológicas, caracterizando a síndrome congênita do Zika (SCZ). A microcefalia e o aborto, figuram entre as consequências mais graves, em casos onde há um acometimento generalizado do Sistema Nervoso Central (SNC) ainda em formação. A maneira como o vírus induz lesões no SNC ainda é pouco compreendida, porém, estudos têm demonstrado a capacidade do vírus em infectar e se replicar em células neuronais, gliais e endoteliais. O vírus possui alta seletividade por células neuronais indiferenciadas nas quais causa desregulação do ciclo celular, inibe a proliferação e diferenciação, além de induzir a morte celular. Portanto, a infecção afeta de forma extensiva a neurogênese, um processo que ocorre durante o período gestacional e através do qual células precursoras dão origem a neurônios maduros. A interferência, direta ou indireta, na complexa regulação gênica da neurogênese poderia explicar, em partes, as manifestações fisiopatológicas da infecção por Zika. Uma das maneiras que o vírus pode interferir na regulação gênica de células infectadas é através da perturbação da expressão de microRNAs. Os microRNAs (miRNAs) são uma classe de pequenos RNAs não codificantes que atuam como elementos regulatórios da expressão gênica em um nível pós-transcricional e são essenciais para a modulação do desenvolvimento neural. Um estudo utilizando uma linhagem celular humana de neuroblastoma (a mesma linhagem que será empregada na execução desta proposta), demonstrou que a diferenciação neuronal está associada a uma regulação positiva de um subconjunto de miRNAs. A expressão ectópica de alguns destes miRNAs foi capaz de estimular a diferenciação neuronal. Vários genes-alvo, cuja expressão é inibida por um destes miRNAs, são antagonistas de vias neurogênicas, o que sugere um possível mecanismo para o efeito positivo sobre a diferenciação neural. Posteriormente, este miRNA foi descrito como um regulador da apoptose e proliferação celular, atuando, através de inibição direta, sobre alvos da via p53. Portanto, é imprescindível determinar como a infecção afeta a expressão destes elementos regulatórios. Interessantemente, o mesmo miRNA foi detectado em vesículas extracelulares produzidas pela linhagem celular humana de neuroblastoma e também em vesículas isoladas a partir de líquido cefalorraquidiano (LCR). O transporte intercelular de miRNAs via vesículas extracelulares é um mecanismo de regulação gênica em nível sistêmico. As vesículas extracelulares (VEs) são nanoestruturas delimitadas por uma membrana bilipídica que estão envolvidas em mecanismos de comunicação intercelular através do transporte de metabólitos, proteínas, mRNAs e miRNAs. Podem atuar no microambiente em que a célula produtora está inserida ou exercer um efeito à distância, uma vez que podem ser encontradas na circulação e em diversos fluidos corporais, como saliva, urina, sêmen e também no líquido cefalorraquidiano. Um característica importante é que VEs são capazes de cruzar a barreira hematoencefálica. Vale destacar que as células do SNC são profícuas produtoras de vesículas extracelulares, que participam ativamente na regulação da homeostase. A produção de VEs já foi descrita para neurônios, astrócitos, oligodendrócitos e micróglia. Durante processos patológicos como câncer, infecções e doenças degenerativas, a composição molecular das vesículas extracelulares pode ser drasticamente alterada, destacando-se, principalmente, modificações nos níveis de expressão de miRNAs. Dados preliminares do grupo demonstram que a infecção de células de linhagem neuronal por Zika aumenta a produção de VEs, que passam a apresentar antígenos virais em sua composição. A hipótese fundamental desta proposta é que vesículas extracelulares são um dos mecanismos para a potencialização dos danos neuronais em quadros de infecção por Zika. Acreditamos que a infecção altera a expressão de elementos regulatórios (miRNAs) que modulam diretamente a neurogênese e que, por sua vez, estes elementos são transportados por vesículas extracelulares. Esta desregulação é então propagada via vesículas às demais células do sistema nervoso em formação, mesmo aquelas que não se encontram infectadas. Consequentemente, o sequestro, pelo Zika vírus, da comunicação intercelular mediada por VEs no SNC seria diretamente responsável por parte das manifestações fisiopatológicas da síndrome congênita do Zika. Portanto, apresentaremos um novo paradigma com implicações importantes para o entendimento dos mecanismos que levam ao comprometimento do desenvolvimento do cérebro fetal. Neste cenário, as vesículas extracelulares figuram como elementos que contribuem para a patologia e, portanto, se tornam potenciais alvos tanto para aplicações diagnósticas quanto para intervenções que visem reduzir ou eliminar as manifestações clínicas mais graves da infecção por Zika.
  • Fundação Oswaldo Cruz - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Armando Juan Navarro Vázquez

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • novos materiais e estratégias computacionais para elucidação estrutural mediante rmn de produtos naturais e sintéticos
  • A elucidação estrutural de compostos orgânicos naturais e sintéticos experimentou importantíssimos avanços metodológicos nos últimos quinze anos com a incorporação de metodologias como a RMN em meios orientados, o uso de técnicas de predição de deslocamentos químicos e constantes escalares baseadas em métodos DFT ou a introdução dos automatismo mediante metodologia tipo CASE (computer assisted structural elucidation). O presente projeto desenvolverá novos materiais e metodologias computacionais que contribuam à solução de importantes problemas e deficiências atuais na determinação estrutural de produtos naturais e sintéticos baseada em Ressonância Magnético Nuclear (RMN) e ajudem no extensão de metodologias de elucidação assistidas por computador a problemas de determinação da configuração relativa (CASE-3D). Na área de materiais, este projeto visa a obtenção de novos polímeros e sistemas liotrópicos para uma mais fácil aplicação e melhor aplicabilidade da RMN em meios orientados ( uso de acoplamentos dipolares residuais e anisotropias do deslocamento químico) aos problemas de determinação da configuração relativa e conformação de compostos naturais e sintéticos. Os sistemas que queremos sintetizar e estudar durante este projeto pertencem consistem em: a) Polímeros reticulados. Sintetizaremos novos polímeros reticulados com o intuito de melhorar a sua resiliência mecânica e melhorar a compatibilidade e propriedades de alinhamento emsolventes como DMSO, CD3OD ou THF. b) Sistemas liotrópicos cromônicos. Sintetizaremos novos mesógenos cromônicos potencialmente compatíveis com solventes orgânicos e meios aquosos. c) Sistemas baseados em grafite/óxido de grafeno. Novos meios de alinhamento baseados em grafite exfoliado ou óxido de grafeno serão sintetizados mediante o enxerto de diferentes polímeros por síntese radicálica. Nos aspectos computacionais o projeto quer introduzir importantes aprimoramentos na metodologia multiparamétrica de elucidação estrutural CASE-3D recentemente proposta pelo nosso grupo, particularmente na sua aplicação a sistemas com stereoclusters separados por elos conformacionalmente flexíveis. A nossa proposta metodológica envolve o uso combinado de acoplamentos escalares e residuais hetero e homo-nucleares e a combinação destes dados com a metodologia CASE-3D. Finalmente o projeto visa introduzir uma nova linha de pesquisa no nosso grupo . O nosso alvo é conseguir um salto qualititativo na eficiência da metodologia CASE-3D combinando os novos métodos de machine learning com métodos mecano-quânticos para a predicão rápida e precisa do deslocamento químico e acoplamentos escalares e deste jeito incrementar a eficiência computacional da metodologia CASE-3D
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Armele de Fátima Dornelas de Andrade

Ciências da Saúde

Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • ventilação/aeração pulmonar e deposição pulmonar de radioaerossol em pneumopatas obesos e eutróficos: eficácia do uso da cânula nasal de alto fluxo, de recursos terapêuticos manuais e da avaliação da anatomia das vias aéreas superiores
  • Introdução: A associação entre obesidade e doenças respiratórias é crescente, principalmente nas doenças inflamatórias de vias aéreas como a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). Dentre os pacientes com DPOC, aproximadamente 1/3 são obesos. O tratamento destas doenças baseia-se no uso de medicamentos broncodilatadores ou glicorticoesteróides em geral administrada por via inalatória. Estudos que investigam o processo de deposição pulmonar de aerossol em pacientes obesos ainda são escassos, embora o esperado é que haja uma relação inversa entre o IMC e a largura das vias aéreas superiores, por compressão mecânica exercida pela camada adiposa no pescoço. Recentes estudos vêm avaliando diferentes formas de administração do aerossol com o objetivo de melhorar a deposição periférica desses fármacos. Os sistemas de Cânula Nasal de Alto Fluxo (CNAF) associado a terapia inalatória, promovem uma oferta contínua de oxigênio, gerando pressão positiva nas vias aéreas e ocasionam uma diminuição da resistência inspiratória ao fluxo provavelmente otimizando a deposição do aerossol. Outra lacuna na literatura refere-se à utilização da técnica de liberação manual diafragmática, usada para melhorar a mecânica respiratória, mas não há da eficácia destas técnicas em aumentar a deposição de aerossol pulmonar nesses pacientes. Objetivo: O objetivo deste estudo é avaliar a ventilação, aeração e a deposição pulmonar de aerossol em pneumopatas obesos e eutróficos no que se refere a eficácia do uso da cânula nasal de alto fluxo, uso recursos terapêuticos manuais (Liberação diafragmática) e da avaliação da anatomia das vias aéreas superiores como recursos para otimização dessa deposição. Metodologia: este projeto será composto por dois desenhos de estudo, onde será realizado um estudo observacional do tipo transversal e um ensaio clínico do tipo crossover, do qual se derivarão 2 estudos distintos. Serão incluídos homens e mulheres com idade entre 45– 70 anos que formarão quatro grupos distintos: obesos sem DPOC; obesos com DPOC; não obesos sem DPOC; não obesos com DPOC. No estudo transversal serão avaliadas as características anatômicas das vias aéreas superiores utilizando o Tomógrafo Computadorizado com planos de reconstrução coronal e Sagital. Após a aquisição das imagens será construído um modelo tridimensional digital da via aérea superior e realizadas as medições das variáveis: volume da via aérea, área de secção transversal, área retropalatar e área retrofaríngea. Os estudos 2 e 3, será um ensaio clínico controlado randomizado com sigilo de alocação e duplo-cego em crossover. Serão avaliadas as intervenções (uso da cânula nasal de alto fluxo e técnicas manuais de liberação diafragmática) associadas à aerossolterapia onde será analisada a deposição do radioaerossol (Tecnésio associado ao DTPA) no pulmão total e nas regiões de interesse (ROIs), central, periférica, superior, média e inferior. Para análise da ventilação e aeração pulmonar será utilizado um tomógrafo de impedância elétrica com cintas com 32 eletrodos, posicionada no 4o e 5o espaço intercostal. Também serão analisados os dados da função respiratória antes e após as intervenções. Resultados esperados: Este projeto tem como resultados esperados aumentar o conhecimento acerca do impacto da obesidade em indivíduos com DPOC, bem como fornece evidências científicas que possam otimizar o tratamento com aerossolterapia nesta população.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Arminda Moreira de Carvalho

Ciências Agrárias

Agronomia
  • balanço de c, n e fluxus de n2o no solo em sistemas integrados com plantio direto de longa duração no cerrado
  • As discussões sobre mudanças climáticas globais e gases de efeito estufa (GEEs) tomaram proporções significativas durante a década de 1990 e início de 2000 devido ao aumento das concentrações antrópicas de GEE, ou seja, dióxido de carbono (CO2), metano (CH4) e óxido nitroso (N2O) na atmosfera . Em outubro de 2017, a concentração de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera ultrapassou a marca de 400 partes por milhão, a maior desde o início das medições em 1958. A dinâmica de carbono (C), consequentemente seu balanço, está relacionada com mineralização de nitrogênio (N), incorporado no solo também pelas plantas de cobertura, principalmente, com potencial de fixar N como as leguminosas e algumas gramíneas, p. ex. Brachiaria spp. O efeito de plantas de cobertura em sistemas integrados sobre a mitigação de óxido nitroso (N2O) ainda é pouco conhecido, já que a decomposição dos resíduos vegetais pode aumentar emissões desse gás traço à medida que se disponibiliza mais nitrogênio no solo. Assim, o objetivo geral dessa proposta é estimar o balanço de carbono (C) e avaliar fluxos de N2O do solo, além da modelagem de C, em sistemas integrados com uso de safrinha e plantas de cobertura em plantio direto de longa duração no Cerrado. O cerrado com vegetação natural será a área de referência do estudo. O clima da região corresponde ao tipo Aw (tropical chuvoso), segundo classificação de Köppen. O período chuvoso estende-se de outubro a abril, com precipitação média anual de 1400 a 1600 mm, sendo que 80% dessas precipitações pluviométricas concentram-se no período de novembro a abril, com temperatura média de 21°C. Os solos são classificados como Latossolo Vermelho distrófico, textura argilosa. Serão analisados os seguintes atributos do solo: teores e estoques de C e de N total, teores de N-NO3- e N-NH4+, fracionamento de C e N, eficiência de nitrogênio pela técnica de 15N e abundância natural de 13C e 15N, perdas de N na decomposição, CBM e NBM, atividade enzimática e fluxos de N2O do solo. Os resultados obtidos nesse projeto devem subsidiar o governo brasileiro para cumprir o acordo de Paris sobre o Clima (COP 21) visando atingir a meta de redução das emissões de GEE e contribuir com a formação de políticas públicas sobre mitigação e adaptação às mudanças climáticas, tais como, o programa Agricultura de Baixo Carbono (Programa ABC).
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Arnaldo César Pereira

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de eletrodos impressos visando a detecção eletroquimica de biomarcadores de cancer
  • A presente proposta visa o desenvolvimento de sensores eletroquímicos para a detecção de diversos biomarcadores de câncer, tais como: PSA (câncer de próstata), CEA (câncer de cólon retal), HER2 (câncer de mama) e CA 15-3 (câncer de mama). É importante mencionar que a detecção de biomarcadores de câncer é uma importante ferramenta para um diagnóstico precoce e os métodos atuais apresentam em geral alto custo e necessitam de mão de obra especializada. Assim, por meio do desenvolvimento deste projeto, objetiva-se a produção de dispositivos de baixo custo, com rápida resposta e instrumentação simples, que são características desta área de pesquisa. Neste contexto, os eletrodos serão impressos por serigrafia, gerando os conhecidos Screen Printed Electrode (SPE). O processo de impressão será realizado utilizando uma máquina de serigrafia semiautomática. Os SPE´s são versáteis, podem ser utilizados sem mão de obra especializada e apresentam baixo custo. Para sua fabricação, os eletrodos serão impressos em diferentes substratos como PVC, PET, cerâmica, vidro, poliéster e papel cromatográfico Whitman nº 1. A composição destes dispositivos será a base de tinta de carbono e pasta de Ag/AgCl. Além disso, serão empregados diferentes materiais visando a modificação superficial ou mesmo no interior destes SPE´s a fim de aumentar a sensibilidade do método, como: polímeros molecularmente impressos (MIP), anticorpos, materiais carbonáceos, nano partículas magnéticas e nano partículas de ouro. Todos os materiais a serem empregados no desenvolvimento desta proposta serão caracterizados por microscopia eletrônica de varredura, difração de raios-X, termo gravimetria (DSC e TGA), análise de espectroscopia vibracional na região do infravermelho (FTIR), análise de ressonância magnética nuclear de 13C e 29Si e análise elementar.
  • Universidade Federal de São João Del-Rei - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Arnaldo da Costa Faro Junior

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • catalisadores obtidos a partir de hidrotalcitas para produção de combustíveis limpos – fase ii
  • Sem dúvida um dos maiores fatores de risco ambiental nos dias de hoje é o aumento de emissão de gases causadores do efeito estufa e outros poluentes na atmosfera, devido ao crescente uso de combustíveis para geração de energia. Neste contexto, investigações sobre a obtenção e uso de combustíveis menos poluentes são importantes para aplicações futuras, visando contribuir para a redução da poluição atmosférica. O presente projeto pretende contribuir para viabilizar a produção de combustíveis oriundos de fontes fósseis, tratando-os cataliticamente para serem menos nocivos ao meio ambiente e viabilizar a produção de combustíveis limpos oriundos de fontes renováveis, tal como hidrogênio a partir da reforma do etanol para uso em veículos movidos a célula de combustível, e dimetiléter (DME) diretamente a partir de gás de síntese. O DME é uma substância que pode substituir o diesel e o gás liquefeito de petróleo (GLP), com vantagem de emitir menos gases poluentes. O catalisador é a “alma” da maioria dos processos de transformação química, determinando a velocidade e o rendimento com que a reação ocorre. Melhorias nos catalisadores podem tornar as rotas de produção de DME, de hidrogênio e de hidrotratamento de combustíveis mais competitivas economicamente. O presente projeto pretende investigar modificações na composição e estrutura dos catalisadores, que possam favorecer maiores rendimentos. Tais melhorias serão sugeridas a partir do conhecimento do catalisador e seu desempenho na reação. Para tais estudos, serão feitos testes reacionais e caracterizações dos catalisadores por diversas técnicas. Para todas as reações, os catalisadores testados serão obtidos a partir de precursores tipo hidrotalcita. Vários destes precursores já foram desenvolvidos previamente por nossa equipe, e suas formulações foram publicadas na literatura aberta. Os elementos que constituirão os catalisadores são combinações de um elemento trivalente (Al) com um ou dois elementos divalentes (Ni, Co, Mn, Cu). Para alguns casos, será incorporado um elemento hexavalente (Mo e/ou W).
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Arnaldo de França Caldas Junior

Ciências da Saúde

Odontologia
  • condição de saúde bucal de estudantes de escolas com alto e baixo índice de desenvolvimento da educação básica em municípios pernambucanos
  • O sistema educacional brasileiro avalia a qualidade da educação básica brasileira através do Índice de Desempenho da Educação Básica (IDEB). Escolas e municípios de todo país são avaliadas através de seus alunos para fornecer dados importantes para o direcionamento das ações educacionais. A investigação de fatores determinantes para o desempenho escolar como a condição sócio-econômica, influência familiar, formação docente, dentre outros, é relevante e rotineiro. Embora não investigados de forma contumaz, os agravos em saúde podem interferir no desempenho escolar dos alunos, assim, esta pesquisa tem por objetivo investigar se existe relação entre a condição de saúde bucal e o IDEB em escolares do ano final do ensino fundamental de escolas dos municípios pernambucanos que apresentaram baixo e alto IDEB. Metodologia: Trata-se de um estudo transversal a ser realizado com os alunos da 8ª série/9º ano do ensino fundamental das escolas que compuseram o IDEB de 2013. Do universo de 1644 alunos, 661 são dos municípios com baixo IDEB (distribuídos em 06 escolas) e 983 de municípios com alto IDEB (distribuídos em 14 escolas). A pesquisa será realizada através do processo amostral por conglomerados nas 6 escolas com baixo IDEB e 8 escolas com alto IDEB com uma amostra de 406 escolares, distribuídos proporcionalmente ao número de alunos nos dois grupos considerados. Em cada escola os alunos serão sorteados a partir de uma lista prévia a ser elaborada. Na análise dos dados de forma descritiva serão obtidos percentuais das variáveis categóricas e as medidas: media, desvio padrão, mediana e percentis para as variáveis numéricas. Na análise inferencial para a comparação entre os dois grupos (alunos de escolas dos municípios com baixo IDEB e com alto IDEB) será utilizado os teste Qui-quadrado para a verificação da relação entre as variáveis estabelecendo-se valores de Odds Ratio (OR) e após as análises uni e bivariadas, irá ser proposto um modelo de regressão logística para se estabelecer as variáveis explicativas para a condição de saúde bucal.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Arnaldo Henrique de Oliveira Carvalho

Ciências Agrárias

Agronomia
  • manutenção do núcleo de estudos em agroecologia e produção orgânica do ifes - campus ibatiba
  • A proposta de manutenção do Núcleo de Estudos em Agroecologia e Produção Orgânica do Ifes - Campus Ibatiba vem ampliar suas atividades desenvolvidas no Território Caparaó, ES, por meio da estruturação e fomento de uma rede de referência em agroecologia a partir das experiências de ensino, pesquisa aplicada e extensão tecnológica desenvolvidas nos municípios de Alegre, Dores do Rio Preto, Ibatiba e Ibitirama. Para tanto, tais atividades serão realizadas e socializadas juntamente com as entidades parceiras para o alcance dos objetivos do projeto, tendo como beneficiários diretos estudantes da rede de educação profissional/tecnológica e universitários, agricultores familiares e aqueles em transição agroecológica, professores, pesquisadores e técnicos. O NEA pretende assim, consolidar e ampliar suas atividades, e de forma participativa promover a reflexão sobre os caminhos e estratégias que levem a uma agricultura e pecuária embasada em princípios e diretrizes agroecológicos e de produção orgânica, como a promoção do uso sustentável dos recursos naturais, a conservação dos ecossistemas naturais e a valorização da agrobiodiversidade, a melhoria de renda e qualidade de vida dos agricultores, a redução das desigualdades de gênero e a ampliação da participação das mulheres e da juventude rural na produção orgânica e de base agroecológica.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 01/12/2017-31/10/2020
Foto de perfil

Arnaldo Luis Mortatti

Ciências da Saúde

Educação Física
  • estresse psicofisiológico em adolescentes atletas durante competições esportivas
  • As competições esportivas geram o aumento do envolvimento de componentes psicológicos (ansiedade, ganhar/perder títulos; oportunidade de ascensão social) e fisiológicos (elevação de marcadores de estresse (cortisol); elevação de valores de frequência cardíaca; lesões/dores musculares; alteração no sistema imune) que acomete o indivíduo e está diretamente relacionado com o sucesso esportivo e com a própria alteração na saúde do atleta. Na população adulta, essas variáveis estão um pouco mais controladas, por apresentar uma relativa maturidade nos componentes fisiológico, psicológico e social. No entanto, em adolescentes atletas, a identificação e o controle dos componentes psicofisiológicos inerentes a competições esportivas ainda é pouco explorado pela comunidade científica. Nesse sentido, fazem-se necessários projetos de pesquisa que busquem o entendimento do estresse psicofisiológico oriundo de competições esportivas em adolescentes atletas, com o intuito de verificar seus possíveis efeitos nessa população e apresentar ferramentas de controle para tais variáveis. Assim, o estudo propõe 1) analisar o estresse fisiológico em adolescentes decorrente de competições esportivas, por meio de possíveis alterações da concentração de cortisol, IgA, testosterona salivar, nos momentos pré competitivo, competitivo e pós-competitivo; 2) analisar o estresse psicológico e estado de humor, por meio de questionários, e sua congruência com marcadores fisiológicos gerados pela competição; 3) analisar possíveis incidências de inflamações no trato respiratório superior decorrentes da competição e sua associação com marcadores de imunidade durante o período de avaliação.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020