Feiras e Mostras de Ciência

A necessidade de empreender esforços coletivos para a melhoria dos índices educacionais brasileiros levou o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq/ MCTI e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES a estabelecerem parceria com diversas entidades educacionais e científicas, no sentido de propor a realização de Feiras e Mostras Científicas em âmbito nacional, estadual e municipal. Trata-se de mecanismo voltado para o reforço do envolvimento de alunos e educadores em um projeto de aperfeiçoamento do processo de aprendizagem e da investigação científica realizado nas escolas do país.

As Feiras e Mostras de Ciências têm-se revelado uma estratégia de alto impacto, unindo professores e alunos na produção do conhecimento, no compartilhamento de informações e na incorporação de atitudes de investigação científica, que contribuem para a construção da aprendizagem. O apoio às Feiras de Ciências e Mostras Científicas, de âmbito nacional, estadual e municipal constitui, portanto, um investimento na melhoria dos ensinos fundamental, médio e técnico, bem como um mecanismo eficaz de despertar vocações científico-tecnológicas e o interesse de jovens talentosos pelas carreiras profissionais nessas áreas.

Além disso, as feiras e mostras possibilitam um diagnóstico sobre como vem se desenvolvendo o ensino-aprendizagem nos diversos locais do país, de forma a permitir uma intervenção mais adequada que vise o estabelecimento de uma interlocução entre alunos, professores, pais e gestores e a melhoria das condições gerais de ensino. Finalmente, é importante ressaltar a necessidade de se desenvolver políticas públicas contínuas, de forma a promover uma mudança qualitativa nas estruturas sociais e educacionais do país.