COBIO | IM - Imunologia

Ciências da Vida

Critérios de Julgamento - CA - IM

Vigência: 2015 a 2017

1) Sobre o modo de submissão

O pleito de bolsa PQ deve conter 2 sessões:

(A)uma versão RESUMIDA (8 pgs) do(s) projeto(s) de pesquisa liderados pelo

proponente (normas descritas abaixo);

(B)Avaliação crítica da produtividade científica (publicações) e acadêmica

(formação de RH) alcançada no qüinqüênio anterior (2 pgs).

O projeto resumido (ARIAL 12, espaço simples) deve conter:

(A) resumo e objetivos gerais (1 pg);

(B)Racional da proposta (2 pgs);

(C) Metodologia e desenho experimental (3 ½ pgs);

(D) Aspectos éticos e financiamentos (1/2 pg), e (v) referências chaves (1 pg).

2) Requisitos mínimos para acesso ao Nível 2

Para primeiro ingresso no sistema, o(a) pesquisador(a) deverá apresentar evidências

inequívocas de liderança científica e produtividade qualitativa comprovada. Os requisitos

(mínimos) para obtenção de bolsa PQ2 são os seguintes:

a) Possuir título de doutor e pós-doutorado (obtido em período igual ou superior a 3

anos antes da presente submissão), concedidos por Instituição idônea de pesquisa ou

universidade.

b) Apresentar, para análise comparativa da qualidade das publicações científicas,

3 trabalhos científicos (ou mais) publicados de alta qualidade em revistas

indexadas no último qüinqüênio, sendo que pelo menos UM destes artigos deve

ter sido realizado no Brasil, após o término do doutoramento.O candidato deverá

ser obrigatoriamente o primeiro autor ou autor correspondente nestes 3 artigos

escolhidos, devendo caracterizar liderança na condução de uma linha científica bem

definida. Excepcionalmente, o CA-Imunologia poderá avaliar a inscrição de candidatos

que compartilharam (máximo de 2) as primeiras autorias e responsabilidade pela

correspondência em seus artigos, como evidência de liderança científica.

c) Justificar porque o candidato considera que as descobertas publicadas em seus

artigos (originalidade, conteúdo inovador etc) publicados justificam o seu acesso a faixa

PQ2 concedidas pelo CA Imunologia (2 pgs).

d) Deve estar presentemente orientando formalmente pelo menos 1 mestre ou doutor,

vinculado a programas de PG reconhecidos pela CAPES.

e) Deve ser classificado na cota de bolsas disponibilizadas pela diretoria do CNPq, para

a faixa 2.

3) Critérios de acesso ao nível 1D

a) Tersido contemplado com Bolsa PQ2 por um período não inferior a 3 anos.

b) Comprovar que orientou pelo menos 1 estudante de doutorado vinculado a programa

de pós-graduação de conceito 4 ou maior da CAPES, no último decênio.

c) Apresentar evidências inequívocas de liderança científica, conduzindo linhas de

pesquisa bem definidas, com elos de continuidade, caracterizando identidade própria.

d) Apresentar, para fins de análise comparativa da qualidade de publicações, uma lista

de pelo menos 3 artigos científicos publicados nos últimos 5 anos, na condição de autor

e/ou autor correspondente, justificando a importância destas contribuições e sua

relevância para o avanço da imunologia. Caso o(a) candidato(a) indique artigos em que

não tenha sido listado como autor(a) correspondente, justificar o motivo e importância

de sua participação no estudo coletivo.

e) Comprovar que obteve auxílio financeiro para desenvolver suas pesquisas com

verbas externas a sua própria Instituição, devidamente documentado por Termo de

Outorga.

4) Critérios para progressão aos níveis 1C,1B e 1A.

Para classificação nestes níveis o(a) pesquisador(a) proponente deverá satisfazer os

seguintes requisitos mínimos:

a) Preferencialmente,ter sido contemplado(a) com Bolsa Pesquisador 1D durante um

período igual ou superior a 4 anos.

b) Ter concluído pelo menos 2 orientações de doutorado, vinculadas a programa de PG

de conceito 4 ou maior da CAPES, no ultimo decênio. O(A) candidato(a) deve

comprovar que seus alunos de PG constam da lista de autores nas publicações

científicas de maior impacto.

c) Relacionar 3 artigos científicos publicados no ultimo qüinqüênio, seja na condição de

autor sênior e/ou autor correspondente, justificando a qualidade/impacto de suas

descobertas e sua relevância para avanço do conhecimento em imunologia. Caso o

candidato não conste como autor sênior/correspondente em algum artigo publicado,

deverá justificar convincentemente o motivo pela sua exclusão como líder do grupo.

d) Deve comprovar que recebe auxílio financeiro para desenvolver seu projeto com

recursos obtidos fora de sua Instituição, devidamente documentado por Termo de

Outorga.

5) Critérios de priorização dos pleitos de bolsa PQ do CA-IM.

Considerando-se a oferta limitada de bolsas novas e/ou transferidas, o CA-IM deverá utilizar

como parâmetro de classificação e desempate (para todas as faixas PQ) os seguintes

critérios, na seguinte ordem de prioridade:

1.Qualidade da publicação científica e posição do pesquisador como autor principal ou

correspondente.

2. Número de publicações, contabilizado o somatório dos índices de impacto dos

respectivos periódicos científicos com fator de impacto igual ou superior a 1,5 assim

comoo indice H de 5 anos e/ou número de citações nos ultimos 5 anos.

3. Número de teses de Doutorado orientadas e aprovadas;

4. Número de dissertações de Mestrado orientadas e aprovadas;

5. Número de Pós-Doutores supervisionados;

6. Nucleação de novos grupos de pesquisa;

7. Qualificação do projeto de pesquisa apresentado na solicitação da bolsa PQ,

conforme avaliação do CA com base nos pareceres dos consultores ad hoc."